clicRBS
Nova busca - outros

Comércio

04 set17:32

Expomarau é lançada na na Capital

Autoridades estaduais e lideranças da região norte do Estado estiveram no lançamento da Expomarau 2011, que está em sua décima segunda edição.

O evento ocorreu no Salão Julio de Castilhos, espaço nobre da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre, na quinta-feira. A expofeira comercial, industrial,  de serviços e agropecuária de Marau, será realizada de 07 a 09 de outubro, no Parque Lauro Ricieri Bortolon. Cerca de trezentosa expositores já confirmaram presença no maior evento realizado no município de Marau.

Após a cerimônia de lançamento na Assembleia Legislativa, as soberanas Jaqueline Peron Binda, Anaíse Dalla Corte e Tatiane Viecilli, cumpriram agenda na Capital, com visitas a veículos de comunicação e órgãos do governo. Depois, seguiram para Esteio, com objetivo de divulgar a feira durante a Expointer.

____________________________________
Fonte: Assessoria de Imprensa Expomarau

Comente aqui
16 ago14:19

Empresa de Não-Me-Toque anuncia que fabricará tratores

Caio Cigana, Zero Hora

A fabricante de implementos agrícolas Stara, de Não- Me- Toque, anunciou ontem a intenção de investir R$ 75 milhões para fabricar tratores em um período de cinco anos. O projeto inclui a compra de um pacote tecnológico da argentina Pauny e a construção de uma unidade no país.

O diretor presidente da empresa, Gilson Trennepohl, revela que, em uma primeira fase, os tratores serão importados, mas já comercializadas com a marca Stara. Em um segundo estágio virão partes da Argentina para que o veículo seja montado na unidade brasileira. E, na terceira fase, em até cinco anos, a produção será nacionalizada.

Cerca de dois mil tratores sairão da linha e deverão gerar um faturamento inicial de R$ 500 milhões, projeta a empresa. O número de empregos diretos é estimado em 400. Os tratores serão apresentado pela Stara na Expointer.

A empresa pretende vender e depois produzir modelos 130 cavalos a 310 cavalos, vocacionados para médias e grandes propriedades. Além de vender no mercado interno, o projeto da Stara prevê exportar os tratores. Segundo Trennepohl, a intenção inicial é erguer a fábrica no Rio Grande do Sul, mas não está descartada a possibilidade de o projeto ser implantado em outro Estado caso sejam oferecidas melhores condições de competitividade.

– Mas não vamos tomar uma decisão radical baseada apenas na questão financeira, embora seja importante. Não estamos fazendo leilão – ressalta Trennepohl, que ontem apresentou o projeto ao governador Tarso Genro.

A empresa vai investir ainda outros R$ 25 milhões para montar uma fábrica de implementos na Argentina. O primeiro passo, no entanto, também será formar uma parceria com a Pauny, líder do setor no país vizinho, que cederá a sua rede de revendedores no interior para a Stara ampliar a rede de comercialização.

A STARA

Fundada em 1960, tem unidades em Não- Me- Toque e Carazinho. Fabrica equipamentos para agricultura de precisão, plantadoras e semeadoras, pulverizadores, carretas agrícolas, niveladoras de solo, plataformas de milho e subsoladores. Além de vender no mercado interno, exporta para 35 países.

A PAUNY

Com matriz na província de Córdoba, é a principal fabricante argentina de tratores de média e alta potência. Produz ainda retroescavadeiras, motoniveladoras, reboques e tanques para armazenar líquidos. Além do mercado argentino, exporta para países da América do Sul, África e Europa.

O PROJETO NO BRASIL

Investimento de R$ 75 milhões para aquisição de pacote tecnológico e construção de uma fábrica no país. Em cinco anos, quando toda a fabricação estiver nacionalizada, sairão da unidade cerca de dois mil tratores/ ano, com a geração de 400 empregos diretos. O faturamento inicial será de R$ 500 milhões.

INCURSÃO NA ARGENTINA

A Stara também vai apostar no mercado argentina. Vai começar exportando os implementos agrícolas para comercializar em parceria com a Pauny e, em um segundo momento, vai enviar partes para os equipamentos serem montados no país vizinho. Em um ano e meio, pretende ter fabricação própria na Argentina, provavelmente na província de Córdoba.

1 comentário
10 ago19:48

Novo projeto sobre hipermercados é apresentado

Atualizada às 22h30min


Na sessão da Câmara de Vereadores de Passo Fundo desta quarta-feira um novo projeto sobre a questão dos hipermercados foi apresentado. Com isto, os vereadores adiaram a votação ao veto do prefeito Airton Dipp, à lei que restringe a vinda de hipermercados para Passo Fundo.

O novo projeto se justifica pela busca de uma mediação entre “uma parcela significativa da populçação que defende a vinda de grandes empreendimentos” e “de uma série de entidades representativas do comércio, da indústria e dos serviçoes”.

O projeto libera a construção de supermercados área de venda superior a 2.500m², desde que as empresas interesadas atendam a exigências como:

- disponibilizar área de estacionamento de tamanho igual ou superior a área construída;
– estabelecer um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) efetivo, que permita a redução do impacto ambiental através do reaproveitamento da água e da reciclagem de lixo, a ser aprovado pela gestão municipal;
– oferecer aos funcionários refeitório e creche;
– das mercadorias postas à venda, quando produzidas num raio de 100km de Passo Fundo, pelo menos 30% deverão ser adquiridas de produtores da região.


Comente aqui
10 ago13:32

Vereadores decidirão se mantêm ou não o veto ao projeto dos hipermercados


Vai a votação hoje, na Câmara de Vereadores de Passo Fundo, o veto do prefeito Airton Dipp ao projeto de lei das grandes redes de supermercados.

A medida que limita em 2 mil m² a construção de novas lojas do varejo de gêneros alimentícios não recebeu a aprovação do chefe do executivo. Cabe agora aos vereadores a decisão de derrubar ou não o veto. A sessão começa às 17h.

RBS TV PASSO FUNDO

1 comentário
09 ago20:35

Conselho Municipal de Desenvolvimento Agropecuário de Ibiraiaras tem novos membros

Na manhã de segunda-feira,  no gabinete do prefeito de Ibiraiaras, ocorreu à nomeação dos novos membros do COMDAG – Conselho Municipal de Desenvolvimento Agropecuário.

Os membros do conselho são representantes do governo municipal e do legislativo, representantes dos prestadores de serviços e profissionais da área da agricultura.

Comente aqui
06 ago15:29

Vídeo: Novidades da Expoacisa 2011

O Coordenador Geral da Expoacisa, Marco Antônio Silva e o Diretor Executivo, Agenor Casteli, falam sobre as novidades da feira para 2011. O evento será realizado de 18 a 20 de novembro, no Bourbon Shopping, em Passo Fundo.

Comente aqui
29 jul20:42

CDL elege nova diretoria

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Passo Fundo realizou na tarde de quinta-feira a eleição da sua diretoria 2011/2012.  Eleita como presidente, a empresária Zoila Medeiros assume o cargo que ficou sob o comando de Roberto Estivallet durante as gestões de 2009/2010 e 2010/2011.

A entidade, que completa 47 anos de atividades voltadas ao fortalecimento do segmento do comércio e em prol da comunidade da cidade e região, pretende manter as suas ações de aproximação dos associados, buscando novas formas de inserir-se na comunidade.

A CDL Jovem também realizou a eleição de sua nova diretoria, que será liderada pela jovem empresária Emeline Casanova da Silva, assumindo o cargo que foi de André Nabarros durante as gestões de 2009/2010 e 2010/2011.

Nominata Diretoria CDL – Gestão 2011/2012


Presidente – Zoila Medeiros
Vice-Presidente – Carina Sobiesiak
Diretor do SPC – Agadir Stramari
Diretor Financeiro – Ary Rabello
Diretora de Promoções – Márcia Meneguzzi
Diretor de Relações Públicas – André Nabarros
Diretor de Desenvolvimento Empresarial – Adriano Sonda
Diretora de Comunicação – Janie Casanova da Silva
Conselho Consultivo – Roberto Estivallet
Conselho Consultivo – Valter Ceolin
Conselho Consultivo – Volmir Danielli

Nominata Diretoria CDL Jovem – Gestão 2011/2012


Presidente – Emeline Casanova da Silva
Vice-Presidente – Gilmar Tauffer Junior
Diretora de Ação Social – Natália Valério
Diretor de Divulgação – Pedro Henrique Neubart EstivalletDiretor de Eventos – Santiago Zimmermann Battisti

Comente aqui
27 jul14:32

Guerra de preços da gasolina gera benefícios para o consumidor

Mariana Fontanive | mariana.fontanive@rbstv.com.br

Município da região chama atenção por ter baixos preços de gasolina. Em Tapera, a guerra de preços de postos de combustíveis gera benefícios para o consumidor.

O representante comercial Jorge Farias precisa viajar pelo Estado. Ele gasta mais de mil reais por mês em combustíveis. Sempre que pode, ele abastece em Tapera.

No município, ele encontra o preço da gasolina até R$ 0,50 mais barato.

- Eu levaria em garrafas também, se pudesse levar na mala. Não sei se é a concorrência da cidade, mas ver a gasolina tão barata assim é difícil – afirma.

O torneiro mecânico Cristian Martins é outro que abastece do município.

- Eu não tenho nem ideia de porque a gasolina está tão barara – diz Simon.

Em um posto, no Centro de Tapera, o litro de gasolina custa R$ 2,39.

- Hoje, para nós, este preço ainda está sendo compensador – diz o empresário Paulo Simon.

No outro lado da rua, em outro posto, o litro da gasolina está sendo comercializado a R$ 2,45.

- Nós temos um custo operacional baixo, por ser um negócio de família, e eu compro bem o combustível – afirma o empresário Vilson Muskop.

Comente aqui
20 jul12:48

Manitowoc pretende nacionalizar 60% da produção em quatro anos

Leandro Becker | leandro.becker@zerohora.com.br


Prevista para inaugurar em abril de 2012, a fábrica de guindastes da Manitowoc Crane no RS pretende nacionalizar 60% da produção em quatro anos. O investimento de R$ 70 milhões é financiado pelo Estado. A construção do pavilhão de 28 mil metros quadrados iniciou há três semanas em Passo Fundo.

No primeiro ano, as peças para montagem dos guindastes serão importadas. Por isso, a multinacional busca parcerias para transportar os componentes do exterior ao Brasil pelo porto de Rio Grande. A empresa estima faturar R$ 400 milhões na unidade e destinará 25% da produção à América Latina e o restante ao Brasil.

- Esperamos crescer na Região Sul cerca de 40% ao ano de 2011 a 2014 – afirma Lawrence Weyers, vice-presidente da Manitowoc para as Américas.

Em Passo Fundo, a empresa produzirá o guindaste RT 540, adaptado a terrenos acidentados e capaz de içar cargas de 40 a 90 toneladas, e uma grua com capacidade de 80 a 120 toneladas. Hoje, o primeiro é importado dos EUA e o segundo, da China. A empresa ainda estuda implantar outra linha a partir de 2013.

A meta é concluir uma unidade de cada modelo por dia, mas há capacidade para dobrar a produção na mesma planta. A unidade terá seis sistemistas, mas a montagem e pintura das máquinas serão feitas em Passo Fundo. A entrega dos primeiros produtos está prevista para a segunda quinzena de maio de 2012.

De acordo com o diretor-executivo da empresa no Brasil, Mauro Nunes, o preço dos modelos que serão produzidos em Passo Fundo varia de US$ 100 mil a US$ 1 milhão. Sem frete marítimo e encargos, a estimativa é que eles sejam pelo menos 20% mais baratos no país, dependendo do preço do aço.

A perspectiva é que a fábrica gere 80 empregos diretos em 2011. Destes, 50 são na linha de produção e o restante em áreas técnicas, onde o maior desafio é conciliar competência e o domínio do inglês. A prefeitura busca parcerias para fortalecer a mão de obra local, priorizada pela Manitowoc.

A multinacional deve gerar 1 mil empregos diretos e indiretos em Passo Fundo. As obras serão concluídas até 25 de março de 2012. Com a instalação da empresa norte-americana e de outros empreendimentos, o município espera alavancar o PIB industrial e consolidar a região como novo pólo metal-mecânico gaúcho.

Comente aqui
19 jul15:10

Sincomércio de Passo Fundo visita Associação Comercial de Ernestina

O Sincomércio de Passo Fundo esteve na última quinta-feira na Associação Comercial (ACIPAE) de Ernestina continuando seu trabalho de fortalecimento da representatividade nas cidades de extensão de base. Com o objetivo de fazer um mapeamento das necessidades e o fortalecimento do setor terciário.

A presidente Sueli Morandini Marini falou aos associados  da ACIPAE sobre a atuação do Sincomércio e apresentou nossos parceiros do Sistema SESC e SENAC de Passo Fundo, respectivamente a gerente Lisângela Silva Antonini e a diretora Carla Fichtner Patines que também falaram sobre suas entidades aos empresários presentes.

Como nas outras visitas às cidades base, foi eleita como líder de extensão de base Fabiana Frantz e como vice  Silvana Frank dos Santos, com o objetivo de serem os elos entre as duas entidades.

Comente aqui