clicRBS
Nova busca - outros

Saúde

26 jan15:08

Aposentado morre em frente a ambulatório em Passo Fundo

Um homem de 63 anos passou mal e morreu em frente ao ambulatório do bairro São Luiz Gonzaga, em Passo Fundo, no norte do Estado, na manhã desta quinta-feira.

Dorneles Antônio Dipp teria chegado ao local com a mulher, por volta das 6h, para pegar uma ficha de atendimento para ela. Na fila, ele teria passado mal e caído na calçada. Segundo a esposa Irma de Oliveira, de 59 anos, ele tinha pressão alta e hepatite.

Outras pessoas que estavam na fila do ambulatório, que abre às 8h, acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Brigada Militar. Segundo Irma, a Brigada Militar foi a primeira a chegar, cerca de 10 minutos depois da ligação, mas Dipp já estava morto. Ela reclama da demora do atendimento do Samu, que levou quase 1h para chegar ao local.

Segundo o secretário de Saúde de Passo Fundo, Jairo Caovila, o SAMU foi acionado às 6h04min e chegou ao local por volta das 6h10min. Procurada, a secretaria de Saúde do Estado ainda não se pronunciou sobre o caso.

O corpo de Dipp está sendo velado na capela do bairro São Luiz Gonzaga. O enterro será às 9h, no cemitério do bairro Petrópolis.

1 comentário
25 jan15:49

Prefeituras se unem e montam albergue em Passo Fundo

Marielise Ferreira | marielise.ferreira@zerohora.com.br


Municípios se antecipam ao governo do Estado e montam albergues para dar hospedagem a pacientes e seus familiares que viajam em busca de atendimento médico em cidades-polo.

Na manhã de terça, um consórcio de três prefeituras do norte do Estado abriu as portas da Casa Solidária, em Passo Fundo, seguindo o exemplo de outros municípios.

Com a novidade, a dona de casa Idenilse Klipel, 48 anos, descansou de uma maratona em busca de atendimento. Ela viajou dois dias seguidos de São José do Ouro a Passo Fundo para fazer exames cardíacos. Mas na terça, quando foi liberada pelo Hospital São Vicente de Paulo, já tinha um local certo para descansar.

– A gente vem doente, às vezes tem de viajar tarde da noite e voltar na madrugada seguinte. Com o albergue, a situação é outra – diz ela.
Com 16 leitos, a casa vai receber pacientes de São José do Ouro, Cacique Doble e Barracão. Conforme o prefeito de São José do Ouro, Pedro Grassi ( PP), o custo mensal de R$ 7,5 mil dividido entre as prefeituras, deve significar economia:

– Nos três municípios, temos 12 motoristas viajando direto, às vezes mais de uma vez por dia, das 4h da manhã até a noite. Imagine um paciente fazer hemodiálise e ficar na rua esperando para voltar para casa.

A estada no albergue só é liberada para pacientes e familiares quando encaminhados pelas secretarias de Saúde. No local, há quartos, banheiros, sala de convívio e cozinha, onde podem fazer suas refeições. O alimento precisa ser comprado pelo paciente.

As prefeituras resolveram buscar uma solução própria e não aguardar pelas casas prometidas pelo governo Tarso Genro. Até agora, o projeto que prevê a criação das hospedarias estaduais não foi votado na Assembleia.

MP Eleitoral vai fiscalizar

Em ano de eleições municipais, os albergues mantidos pelas prefeituras serão fiscalizados de perto pelo Ministério Público Eleitoral. Embora sejam considerados regulares por serem mantidos por entidades públicas e não por deputados, os albergues deverão manter critérios rígidos para não serem usados como forma de propaganda eleitoral.
O Procurador Regional Eleitoral, Carlos Augusto da Silva Cazarré, disse que orientará às promotorias especializadas em primeiro grau para acompanhar o processo e fiscalizar as casas.
– Em ano de eleição, é proibida a oferta de qualquer benefício ou vantagem ao eleitor, a não ser em casos de calamidade pública e emergência, ou de programas aprovados por lei que já estavam em execução no ano anterior – salienta.

Conforme Cazarré, estas casas também não podem ser mantidas por instituições como ONGs, que sejam vinculadas a candidatos.

Comente aqui
23 jan16:45

Passo Fundo tem três hospitais habilitados pelo SUS para fazer troca de próteses de silicone

BEM-ESTAR

Usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) que tiverem problemas com implante mamário de silicone das marcas francesa PIP e holandesa Rofil podem realizar a troca da prótese em três serviços de saúde em Passo Fundo.

O Ministério da Saúde divulgou nesta segunda-feira uma lista com 371 estabelecimentos habilitados em cirurgia reparadora pelo SUS. Para fazer a substituição, a paciente deve ter recomendação médica.Estão habilitados a realizar o procedimento em Passo Fundo o Hospital da Cidade, o Hospital Municipal e o Hospital São Vicente de Paulo.

A orientação do Ministério da Saúde é o que o procedimento de troca das próteses seja realizado, em princípio, pelo serviço de referência onde o implante inicial ocorreu e de acordo com as diretrizes técnicas definidas pelo governo.

De acordo com as diretrizes, todos os usuários do SUS — e também usuários de planos de saúde — que tiverem implante mamário de silicone das marcas PIP ou Rofil e que apresentarem sinal ou confirmação de ruptura da prótese deverão ser acolhidos pela rede de assistência pública ou conveniada ao SUS, bem como pelas operadores de convênios.

>> Confira os outros 22 hospitais habilitados a realizar o procedimento no Estado na ZEROHORA.COM

Comente aqui
18 jan12:08

Novos membros assumem Comitê 5S’s do HSVP

Foto: Ender Machado Monteiro, divulgação

 

O Comitê 5S’s do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo esteve reunido para nomeação dos novos membros a gerenciarem o Programa de Qualidade e Produtividade da instituição.

Os novos integrantes – Alessandra da Silva, Clarisse Dias, Cláuse Aline Seger, Elisa Deon, Francielle Bonkevich, Natália Nespolo de Paula e Renata Vanz – terão o mandato de um ano e foram escolhidos pela Direção do HSVP.

Desde 1996, o Comitê 5S’s busca qualificar e melhorar o ambiente do trabalhador através dos sensos de utilização, organização, limpeza, padronização e autodisciplina.


Com informações da Assessoria de Comunicação Social HSVP


Comente aqui
10 jan08:13

Faculdade de Odontologia da IMED seleciona pacientes

A Faculdade de Odontologia da IMED está agendando pacientes para tratamentos de extração, tratamentos endodônticos ou de canal, tratamentos periodontais ou de gengiva e restaurações dentárias. Os tratamentos iniciam a partir de fevereiro, no Centro de Estudos Odontológicos Meridional (CEOM).

Os interessados podem fazer o agendamento através do telefone (54)9983-9875, com Samara, ou diretamente no CEOM (rua Senador Pinheiro, nº 224, no bairro Rodrigues, em frente à praça Santa Teresinha).

Com informações da Assessoria de Imprensa da IMED

Comente aqui
09 jan19:12

Uso de tablet auxilia na comunicação de pacientes internados na CTI do HSVP

Pacientes que necessitam de traqueostomia, procedimento cirúrgico no pescoço que estabelece um orifício artificial na traquéia, têm dificuldades na comunicação verbal. Para auxiliá-los, um estudo pioneiro que envolve o uso de tablets foi implantado com os pacientes internados no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), em Passo Fundo

Para facilitar e dinamizar a comunicação entre esses pacientes e os profissionais de saúde, a enfermeira e mestranda do Programa de Pós Graduação em Envelhecimento Humano da Universidade de Passo Fundo (UPF), Graciela de Brum Palmeiras, desenvolveu o projeto de pesquisa “Comunicação verbal em unidade de terapia intensiva: validação do uso do tablet no relacionamento interpessoal do profissional de saúde e paciente”.

Por meio de um software desenvolvido para o projeto, foi possível inovar e auxiliar na comunicação entre os profissionais de saúde, pacientes e seus familiares.

- A dificuldade de poder se comunicar é uma situação difícil para todos os envolvidos, gerando ansiedade, irritação e frustração tanto para o paciente como para os profissionais de saúde. O propósito é que o paciente possa manifestar quais seus sentimentos através do toque na tela do tablet, onde estarão disponíveis várias imagens com diferentes expressões. Assim, o paciente poderá comunicar se está com dor e qual o local da dor, se gostaria da presença de um familiar ou se está com fome, entre outras vontades – explica a autora do estudo.

O projeto iniciou em março de 2011. Foram aplicados testes com o protótipo do sistema de comunicação e a sua implementação está prevista para março de 2012. 

- No início o estudo visava a comunicação somente por imagens, porém melhoramos o aplicativo para que ele ofereça sons e também a possibilidade de escrever – afirma o professor e orientador do projeto Adriano Pasqualotti.

Com informações da Assessoria de Imprensa da UPF

Comente aqui
08 jan10:39

Meu familiar está no CTI, e agora?

O Centro de Tratamento Intensivo Pediátrico e Neonatal (CTI) do Hospital São Vicente de Paulo de Passo Fundo recebeu no ano de 2011, 375 recém-nascidos. A maioria dos pais, ao saberem que seus bebês terão que internar na unidade, ficam assustados pelo fato do local ser conhecido como um dos mais complicados de um hospital.

Para desmistificar a negatividade que há sobre o local, a psicóloga Débora Marchetti do HSVP realiza o projeto “Meu familiar está no CTI, e agora?”.

Os pais e familiares que se encontram na sala de espera do CTI Neonatal, são convidados pela psicóloga a participarem de uma conversa para apresentação da unidade.

_Essa ideia surgiu devido à maioria dos atendimentos que eu fazia ser de pais que se sentiam incomodados e muito preocupados pelo fato de seus bebês estarem na CTI. No encontro que fazemos, buscamos apresentar as atividades do setor e despreocupá-los pelo fato dos bebês estarem ali_ ressaltou Débora.

O atendimento da psicóloga ocorre todas as segundas e quintas-feiras, às 13h.


A psicóloga preste esclarecimentos para desmitificar a negatividade da CTI




Informações: Assessoria de Imprensa do Hospital São Vicente de Paulo de Passo Fundo (HSVP)

Comente aqui
07 jan15:31

Novo diretor assume Hemopasso

Desde esta sexta-feira, o Hemocentro Regional de Passo Fundo tem novo diretor. Paulo Roberto Padilha está a frente do órgão, substituindo  Gustavo Cerutti.

O Hemocentro Regional de Passo Fundo abrange atualmente 139 municípios da região Norte do Estado e atende 53 hospitais, entre públicos e privados. Em relação à população, são cerca de 1,2 milhão de pessoas atendidas.

Comente aqui
06 jan12:13

Dados para a preparação do Plano Municipal de Saneamento Básico de Tio Hugo são coletados

Técnicos do Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) estão em Tio Hugo para coletar dados para a preparação do Plano Municipal de Saneamento Básico.

O Plano vai possibilitar a criação de mecanismos de gestão pública da infra-estrutura do município relacionada aos quatro eixos do saneamento básico: abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos e manejo de águas pluviais.

O investimento total do projeto é equivalente a R$ 100 mil, oriundos da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), além de recursos de contrapartida do município. Na quinta-feira, os técnicos fizeram a análise dos poços artesianos do interior.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Tio Hugo

Comente aqui
03 jan16:29

HSVP divulga aprovados para Residência Médica 2012


A Comissão de Residência Médica, do Internado e dos Estágios (COREME), do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), divulgou
a lista dos candidatos aprovados na seleção para Residência Médica 2012.

As matriculas serão efetuadas nos dias 10 e 11 de janeiro, das 8h às 11h45min e das 13h30min às 17h30min. Os aprovados devem comparecer na COREME do HSVP munidos de Fotocópia Autenticada da Carteira de Identidade, Fotocópia do CPF, Fotocópia Autenticada do Diploma Médico, Fotocópia Autenticada da Carteira do CREMERS, Número da Inscrição no INSS, Fotocópia do Título de Conclusão da Residência (quando há exigência prévia) e uma foto 3X4.


Pediatria
Daniele de Sena Brisotto
Martina Bortolon
Bruna Marin Peluso
Larissa Aparecida M. Pinheiro
Bianca Zandoná    6,24

Obstetrícia e Ginecologia
Sibele Klitzke
Graciele Dequi Deliberali
Daiane Cristine Dorr
Rafaela Miranda Corrêa
Pedro Henrique Bordin

Cirurgia Geral
Emanuel Roberto Diel
Amilton Gelain
Matheus Rizzotto
Greyce Borges Carnelos
Liana Ortiz Ruas
Talvâ Norberto Grando

Clínica Médica
Renan Goulart Finger
Ana Lúcia Giusti Scarsi
Ângela Cristina Beuren
Fernando Balestreri
Daniel Spilmann
Luciana Eder Martins B. Simoni

Ortopedia e Traumatologia/IOT
Bruce Quatrin Buzzeto
Pedro Gaspar Soares Justo
Lysie Pistorello

Ortopedia e Traumatologia/HO
Guilherme Luiz Pauli 
Jordana Scheeren

Neurocirurgia
Matheus Pintos Brunet
Rodrigo Roncaglio

Oftalmologia
Eduardo Gayger Muller
Laura Fernandez Simão

Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Diego R. Gonçalves
Ornélio Stertz Júnior
Gabriel Barancelli

Gastroenterologia
Patrícia Vargas dos Santo
Luciana Brosina de Leon
Carine Cahoeira

Cardiologia
Denis Cadore
Luciane Durigon Cocco
Piero Freddo Milnizki
Diego Anselmini

Ecocardiografia
Cíntia da Silva Medeiros

Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista
Julio Roberto Barbiero

Cirurgia Vascular
Alex Lazzari Dornelles
Tiago Domingues Nicolodi

Neonatologia
Fernanda Gabriella B. de Araújo

Medicina Intensiva Pediátrica
Mariane Vanzin Boeira

Comente aqui