Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "paul in poa"

"Ah, eu sou gaúcho!": Paul arrebata o público

07 de novembro de 2010 94


Emocionante. Paul McCartney veio a Porto Alegre para encantar os gaúchos, definitivamente.   De terno roxo, camisa branca, calça preta e os característicos suspensórios, Paul esbanjou uma performance invejável no palco montado no estádio Beira-Rio e arrebatou o público com seu gauchês:

“Mas, bah, tchê!”, “Trilegal” e o famoso “Ah, eu sou gaúcho” foram as expressões que Paul intercalou com “Obrigado, Brasil” e “Obrigado, Porto Alegre” e que serviram para que ele conquistasse de vez a simpatia do público gaúcho.

Veja como foi o show de Paul McCartney em Porto Alegre

Confira fotos do show no estádio Beira-Rio

Pontualidade

- Oi! Tudo bem? Boa noite Porto Alegre! Boa noite Brasil!

Assim Paul abriu a noite na capital gaúcha, contrariando em apenas nove minutos a famosa pontualidade britânica – “Sir” Paul subiu ao palco exatamente às 21h09min.

Extrovertido, não aparentava os seus 68 anos: interagiu todo o tempo e presenteou a plateia com reboladinhas e dancinhas no palco montado no Beira-Rio, causando histeria entre as fãs.

– Obrigado, gaúchos – gritou Paul, e repetiu a expressão várias vezes no show.

Das baladas às mais dançantes

Após as 10 primeiras músicas e quase 50 minutos de show, o público se esbaldou no romantismo de My Love.

– Escrevi esta música para minha gatinha. Mas hoje ela é para todos os namorados – disse o ex-beatle, arrancando suspiros da plateia, enquanto casais se abraçavam e dançavam.

Depois de I’ve  just seen a face, Paul tocou And I Love Her. Mais um momento romântico: casais se abraçam e dançaram na pista premium

Já em Ob-la-di, Ob-la-da, a plateia foi ao delírio. O ritmo, que flerta com o reggae, repete no refrão um bordão do percussionista nigeriano Jimmy Scott, amigo de Paul, que significa “a vida segue” (life goes on).

Homenagem aos amigos

John Lennon e George Harrison foram lembrados por Paul McCartney em dois momentos emocionantes do show.

Ao cantar Here Today – no palco, só ele e o violão – Paul declara seu amor ao amigo John. A canção, do disco Tug of War (1982), é um lamento comovente, dedicada ao ex-beatle assassinado em 1980. “Eu escrevi esta música para o meu amigo John”, diz Paul.

Em Something, Paul homenageou George. Fotos do amigo apareceram no telão durante a música, composta para o álbum Abbey Road (1969).

O grande momento

Após um show pirotécnico e o costumeiro fogo do rock’n roll no palco, o ex-beatle, que já tinha ganho o público desde o primeiro acorde, fez os gaúchos o reverenciarem com, talvez, a mais clássica de todas as canções do show:  Hey Jude.

No telão, um close simples em McCartney dava o tom suave da canção feita para o filho de Lennon, Julie, enquanto as mulheres se escoravam em seus namorados e os homens, sem pudores, se abraçavam e choravam.

Com uma voz afinadíssima e convidativa, Paul chamou para o “na-na-na”: primeiro os homens, talvez por ver de cima do palco a emoção à flor da pele dos gaúchos. Depois as mulheres, em um coro fino e sutil.

Grand finale

Não é qualquer músico que, após mais de 2h30min de espetáculo, finaliza uma apresentação explodindo em êxtase dezenas de milhares de pessoas e volta para o bis com a disposição de quem está recém iniciando a noite. Day Tripper, Lady Madonna e Get Back em sequência fez o gramado e arquibancadas do Beira-Rio se transformarem em uma pista de dança. Palmas, mãos pra cima, sorrisos largos. Os fãs queriam, de qualquer maneira, interagir com sir Paul.

Mais uma breve pausa e a volta para o segundo bis, com Yesterday e Helter Skelter criando um misto de lágrimas e ranger de dentes. Lágrimas, pois Paul, ao primeiro acorde do violão de Yesterday, faz com que a mente voe para o sentimento mais secreto. O ranger de dentes fica evidente quando a cabeça de milhares de fãs sobe e desce — um dos gestos clássicos do rock pode até parecer analogia em reverência a um dos homens que revolucionaram o estilo.

Loucura de fã. Atenção do ídolo

Sgt Pepper’s Lonely Hearts Club Band seria o final da performance. Porém, antes, após ver tantos cartazes de boas-vindas e de pedidos inusitados, Paul não resistiu e chamou ao palco duas fãs que carregavam mensagens solicitando autógrafos. Em uma demonstração de carinho com as fãs, Paul autografou o braço das meninas que, emocionadas, aproveitaram a oportunidade para abraçar o ídolo.

As estudantes Elisa Delfino, de Porto Alegre, e Ana Paula Hining, de Florianópolis, ambas de 18 anos, deixaram o Beira-Rio com a missão de passar a noite sem banho e de acordar cedo nesta segunda-feira para encontrar um tatuador que deixasse para sempre a assinatura do ídolo.

Obrigado, Paul

Após cerca de 3h de espetáculo, era a vez de dar tchau. Sgt Pepper’s Lonely Hearts Club Band foi a escolhida para o adeus. Se assitir Paul McCartney na Capital começou como um sonho, um desejo quase impossível de ser realizado, fica na fala final de “macca” o pensamento não apenas de uma noite antológica, mas um novo sonho.

— Obrigado, Porto Alegre. Até a próxima – disse Paul.

Nós que agradecemos, Paul. Volte sempre.

Confira abaixo o set list completo:

Venus and Mars/ Rockshow
Jet
All my Loving
Letting Go
Drive my Car
Highway
Let me roll it
The Long and Widing Road
Nineteen Hundred and Eighty Five
Let ‘em in
My Love
I’ve just seen a face
And I Love Her
Blackbird
Here Today
Dance Tonight
Mrs Vandebilt
Eleanor Rigby
Something
Sing The Changes
Band On The Run
Ob-la-di, Ob-la-da
Back in the USSR
I’ve Got a Feeling
Paperback Writer
A Day in the Life/ Give Peace a Chance
Let it Be
Live and Let Die
Hey Jude
Day Tripper
Lady Madonna
Get Back
Yesterday
Helter Skelter
Sgt Pepper’s Lonely Hearts Club Band/ The end

Envie sua foto e mostre que você é fã de Paul McCartney

Confira, em audioslide, a chegada de Paul a Porto Alegre

Show de McCartney: Esgotam-se ingressos para cadeira numerada par

07 de outubro de 2010 1


Com pouco mais de uma hora de venda de ingressos, não há mais entradas para o setor de cadeira numerada par, no anel superior do estádio Beira-Rio (destacado em amarelo na figura abaixo).

Desde as 8h são vendidas para sócios do Inter e assinantes de jornais do Grupo RBS entradas para o show de Paul McCartney na Capital, no dia 7 de novembro.

> GRÁFICO: confira os valores dos ingressos e a disposição dos lugares

Fãs comemoram ingresso como se fosse um gol

07 de outubro de 2010 0

Urros exitosos ecoam no Beira-Rio, mas não é por causa de gol do Inter. Neste caso, o craque a ser idolatrado é Paul McCartney. Na manhã chuvosa desta quinta-feira, cada aficcionado que saía da extensa fila com ingresso em punho comemorava como se fosse o tri da América. Desde as 8h são vendidas para sócios do Inter e assinantes de jornais do Grupo RBS entradas para o show do ex-beatle na Capital, no dia 7 de novembro.

> GRÁFICO: confira os valores dos ingressos e a disposição dos lugares no estádio

> Blog N9ve: Paul como você nunca viu

Desde as 10h da manhã de quarta-feira no pátio do estádio, Anderson Lima foi o primeiro fã a surgir da multidão com o ingresso à mostra.

— É uma sensação de missão cumprida — confidenciou o estudante de 29 anos, emocionado e com um sorriso da dimensão da fila. — É o show da tua vida, tu esperas 20 anos para isso. É surreal — avaliou Anderson, que pretende se formar em produção audiovisual e cinema.

Há 31 horas na fila, Luciana Castilhos, 35 anos, foi também uma das primeiras a garantir sua passagem para um dos shows mais esperados do ano na Capital. Segundo ela, o clima de festa na fila ajudou a passar o tempo:

— Foi divertido, tinha gente tocando violão, cantando músicas. Valeu o esforço. Foram as 31 melhores horas da minha vida — conta a estudante, em lágrimas.

Fotos: fãs de Paul McCartney ignoram chuva e formam grande fila no Beira-Rio

07 de outubro de 2010 0

O tempo virou na madrugada de quarta para quinta-feira, a temperatura caiu e a chuva se alojou em Porto Alegre. Mesmo assim, a fila na pré-venda de ingressos para o show de Paul McCartney só aumentou no Estádio Beira-Rio, sobretudo a partir das 5h.

Preparada para começar às 8h, a venda foi iniciada seis minutos antes e transcorre normalmente.

A pré-venda para o show de 7 de novembro é destinada a sócios do Inter e assinantes de jornais do Grupo RBS.

> GRÁFICO: confira os valores dos ingressos e a disposição dos lugares no estádio

> Blog N9ve: Paul como você nunca viu

Corrida por Paul McCartney

07 de outubro de 2010 0

Começa nesta quinta-feira (7/10) a pré-venda de ingressos para o show de Paul McCartney em Porto Alegre, um evento do Grupo RBS, com realização da DC Set e apoio do Sport Club Internacional.

Sócios do Inter e assinantes de jornais do Grupo RBS terão direito à pré-venda, de hoje a domingo, limitada a 70% dos espaços disponíveis. A partir de segunda-feira, dia 11, será aberta a venda para o público em geral.

O show será no Estádio Beira-Rio (Padre Cacique, 891), no dia 7 de novembro, a partir das 21h.

> Clique aqui para conferir as perguntas e respostas mais frequentes
em relação ao show, sempre atualizadas com as novidades mais recentes

INGRESSOS

VALORES POR SETOR
(Confira aqui a localização no mapa do estádio)

> Cadeira não numerada, anel superior: R$ 140
> Anel superior, cadeira numerada ímpar: R$ 210
> Anel superior, cadeira numerada par: R$ 330
> Gramado livre e anel inferior: R$ 220
> Gramado premium: R$ 520
> Cadeirantes: R$ 140

ONDE COMPRAR

> Os ingressos estarão à venda pela internet, por telefone e em pontos de venda:
> Site: www.ingresso.com (a partir das 8h de hoje, 24 horas por dia)
> Call Center: 4003-3222 (a partir das 8h de hoje, 24 horas por dia)
> Bilheterias do Estádio Beira-Rio – Central de Atendimento ao Sócio (CAS), das 8h às 19h, de hoje a sábado. A partir de domingo, nas bilheterias do Gigantinho. Não é ponto exclusivo para sócios do Inter.

> Formas de pagamento: as bilheterias do Beira-Rio só aceitarão pagamentos com cartões de crédito/débito das bandeiras Mastercard e Visa e dinheiro. Não serão aceitos pagamentos com o cartão Banricompras.

> Não é necessária a apresentação do cartão do Clube do Assinante ou do Internacional na compra. Mas deve ser apresentado documento com foto do titular do CPF em nome do qual será feita a compra ou cópia (não precisa ser autenticada).
> Serão permitidos 6 ingressos por CPF.
> Haverá taxa de conveniência de 15% para venda na internet e de 20% nas compras pelo telefone.
> Não haverá desconto para Clube do Assinante.
> Meia-entrada para maiores de 60 anos, apenas para ingressos de cadeira não numerada do anel superior.
> Classificação etária livre (desaconselhado para menores de 14 anos).
> Proprietários de cadeiras perpétuas do Beira-Rio devem buscar informações com o clube: fone (51) 3230-4600.
> A partir das 8h de hoje, também haverá venda em lote para operadoras e agências de turismo. Maiores informações podem ser obtidas pelo fone (51) 3218-4560.

RETIRADA DE INGRESSOS

> A entrega dos ingressos comprados via internet ou telefone será feita a partir do próximo dia 20, em um posto no Beira-Rio.
> Será necessário apresentar o cartão de crédito com o qual foi realizada a compra do ingresso, um documento com foto do titular do CPF utilizado ou cópia (mesmo que outra pessoa vá efetuar a retirada) e o voucher a ser enviado por e-mail, assinado.
> Caso outra pessoa vá retirar o ingresso, é preciso ter em mãos uma autorização assinada pelo titular do CPF (que pode ser, inclusive, escrita no verso do voucher assinado).
> A medida visa a segurança: o objetivo é impedir que o CPF de alguém seja utilizado sem o seu conhecimento para adquirir os ingressos.

> Há um número de call center para esclarecer dúvidas: 4003-3222

Bilheterias do Beira-Rio só aceitam cartões Mastercard e Visa

07 de outubro de 2010 0

Na compra de ingressos para o show de Paul McCartney em Porto Alegre, as bilheterias do Beira-Rio só aceitam pagamentos com cartões de crédito/débito das bandeiras Mastercard e Visa e dinheiro. Não são aceitos pagamentos com o cartão Banricompras.

Saiba mais informações sobre a venda de ingressos, clicando aqui!

Cantoria para esperar Paul McCartney na fila

07 de outubro de 2010 0

A meia-dúzia de madrugadores, que começou a formar a fila para comprar ingressos de pré-venda para o show de Paul McCartney na primeira hora desta quarta (6), aumentou para cerca de cem. Cem fãs que, no começo da madrugada desta quinta-feira (7), saudavam a simples oportunidade de estar a poucas horas (e metros) de poder garantir seu lugar no espetáculo do dia 7 de novembro.

Para tanto, arranjaram violões. Dois deles. E um pandeiro. E começaram a entoar canções dos Beatles, o extinto (mas jamais esquecido) grupo de Paul McCartney. A temperatura amena ajudou, e a roda de cantoria logo ficou pequena para o cercado que organizava a fila. Mesmo quem não estava no grupo, cantarolava, assoviava ou batia palmas.

Thiara Alves Garcia, 22 anos, veio acompanhada da tia, Elaine Alves, 40. Chegaram tarde para os padrões do beatlemaníacos da primeira hora da manhã, mas garantiram um belo lugar.

– Chegamos às 22h e tudo está correndo muito bem. Tenho certeza que terá lugar para todo mundo – opinou Elaine.

Próximo do seu grupo estava a estudante Laura Aldana, 18 anos. A pouca idade não a impediu de ir para Londres, no último mês de junho, exclusivamente para ver o mesmo show que Paul fará em Porto Alegre. Como daquela vez, ela pretende ficar o mais próximo possível do ídolo.

- Fiquei grudada na grade do Hyde Park e só tinha brasileiro. Por isso acho que terei a mesma sensação aqui – declarou.

Jornalistas de ZH falam sobre a vinda de Paul McCartney a Porto Alegre

06 de outubro de 2010 7

Os repórteres de Zero Hora Priscila Montandon, Luís Bissigo e Gustavo Brigatti falam sobre a vinda de Paul McCartney a Porto Alegre, no dia 7 de novembro.

Envie sua foto mostrando o quanto você curte Paul McCartney

06 de outubro de 2010 2

Mande uma imagem sua ou de algo que simbolize o quanto você curte o ex-beatle Paul McCartney.

Envie suas fotos e elas serão publicadas aqui no site.

Fãs já fazem fila por ingressos para ver Paul McCartney

06 de outubro de 2010 0

– Meu Deus!
Foi isso o que disse a assinante de Zero Hora Luciana Castilhos, 35 anos, ao receber seu exemplar cedo da manhã de quinta-feira, 30 de setembro de 2010. Era o final de uma espera de mais ou menos 15 anos, quando ela pela primeira vez foi “apresentada” à música dos Beatles: a chance de ver um show de Paul McCartney em Porto Alegre, no próximo dia 7 de novembro, no Estádio Beira-Rio.
– Já tinha ouvido, claro, mas foi um ex-namorado que me mostrou a discografia toda, e daí me apaixonei – conta ela, escorada na grade que a separa do começo da realização de seu grande sonho.
Luciana (à esquerda na foto acima) é a primeira na fila para a compra dos ingressos do show de Paul em Porto Alegre, no pátio do Estádio Beira-Rio. Ela se posicionou em frente ao portão de número 6 por volta de 1h da manhã desta quarta-feira, véspera do início da venda dos ingressos.
– Minha mãe me incentivou. Ela disse: “Filha, tu tens que ir cedo para pegar um lugar bom, tu é baixinha como eu”. Daí eu botei minha filha na cama, peguei meu carro e vim para cá – conta Luciana.
A noite, segundo Luciana, foi tranquila.
– O pessoal da segurança do Inter ficou aqui em volta a noite toda. Disseram que ficavam monitorando pelas câmeras do estádio – conta, dizendo que dormiu no carro, “mas sempre de olho na minha cadeira”.
A importância de Paul e dos Beatles também ficou clara na explicação de Camila Gomes, estudante de Letras de 19 anos, a segunda na fila, desde as 8h da manhã no pátio:
– Pelo que eles fizeram na história da música, não tinha como não vir – disse a mais nova sócia colorada, título feito na manhã de quarta-feira.
– Eu vim com a carteira do meu primo para comprar os ingressos, mas um diretor do Inter (o Diretor de Administração do clube, Alexandre Silveira Limeira) me convenceu de que eu tinha de me associar, daí eu fui lá e fiz!
Colorada fanática, disse que só precisava de uma desculpa.
– Beatles é Beatles, não é? Não tinha como perder essa oportunidade única da vida – disse, ao lado das colegas Carolina Menegon e Natália Ribeiro, que a acompanham desde as 10h da manhã.
Luciana, Camila, Carolina e Natália devem seguir ali até a manhã desta quinta-feira, quando serão abertas as bilheterias. Logo atrás na fila, Anderson Lima (filho de sócio colorado), 29 anos, estudante de produção audiovisual, Liz Garcia (filha de assinante de ZH), bacharel em Direito, 23 anos, Eduarda Del Cueto, estudante do Ensino Médio, e outros mais aguardam pacientemente sua vez. Ela vai chegar. E Paul, também.

Por Rafael Soares