Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 18 junho 2016

Figueira recebe o Inter e Chape vai a Salvador

18 de junho de 2016 0

A derrota para o Santa Cruz deixa o Figueirense mais uma vez desconfortável para um jogo em casa e agora sem Carlos Alberto , que teve participação fundamental na vitória Contra o Flamengo.

A chance de manter a invencibilidade no Orlando Scarpelli aumenta com o retorno de Marquinhos, Ayrton e Rafael Moura , que não jogaram em Recife, mas não resolve todos os problemas.

Para não tropeçar, vai ser necessário o controle das jogadas aéreas e contra-ataques, pontos fortes do Inter , além de paciência para enfrentar muitas faltas , artimanha usada de forma exagerada pelo time gaúcho.

Rafael Moura vai ter motivação extra para enfrentar o Inter e Argel como vê o Figueirense ?
O comportamento dos dois merece ser observado com atenção.

Derrubar o time de Argel pode representar o ponto de afirmação do Figueirense no campeonato. Vencendo tem chance de abrir quatro pontos da zona de rebaixamento depois de nove rodadas, situação que daria mais confiança e tranquilidade ao time.

Salvador

O calor da capital bahiana é um dos obstáculos que a Chapecoense tem de superar para buscar mais uma vitória fora de casa, em jogo que começa ás 11h no Barradão.

Ainda sem Dener e Gil, o desafio da Chape é manter o desempenho das primeiras rodadas, quando ficou distante do Z-4, situação que já não é confortável como antes, depois da derrota para a Ponte Preta e dois empates em casa.

O Vitória está dois pontos abaixo da Chape na tabela e vai forçar o jogo para tirar a diferença. Resta ao time catarinense manter a segurança defensiva de outros jogos e atacar com frequência também , assim teria chance de fazer os três pontos.

Contra adversário direto fora de casa, não perder já é razoável.

Criciúma tropeça em casa diante do lanterna

18 de junho de 2016 0

O Criciúma perdeu o aproveitamento de 100 % em casa , mas pode ficar satisfeito por que conseguiu o empate no último lance , gol de Jheimy , que voltou ao time depois de 4 meses se recuperando de lesão.

O Tupi, lanterna da Série B, apertou a marcação e complicou as ações costumeiras do Criciúma pelos lados do campo e surprendeu ao virar o jogo.

O Tigre abriu o placar com Hélio Paraíba e parecia que venceria com facilidade, mas o jogo mudou e depois de um primeiro tempo fraco, precisou lutar muito no segundo tempo para evitar a derrota.

O resultado só não foi pior para o Criciúma por que Náutico, Bahia e Atlético , adversários diretos, também tropeçaram em casa.