Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 19 junho 2016

Figueira derruba o líder em seu melhor jogo até agora

19 de junho de 2016 4

O Figueirense manteve a invencibilidade no Orlando Scarplli com mais uma vitória diante de um adversário da parte de cima da tabela. O placar de 3 a 2 é a amostra mais evidente das emoções que dominaram a partida.

O Alvinegro realizou a partida mais regular do campeonato até agora, mantendo a intensidade o tempo inteiro e a vantagem no placar também.

Desde o início o Figueira partiu para cima e o Inter tentou o contra-ataque. Mais envolvente o Figueira criou mais chances o jogo inteiro e poderia ter vencido por uma placar mais folgado.

Desta vez o time não precisou dos gols de Rafael Moura, que preferiu nem bater o pênalti, para fazer três na defesa menos vazada do campeonato. Bady fez dois e Ferrugem o outro.

A atuação foi tão consistente que todos os jogadores tiveram bom desempenho, porém, Ferrugem, Lins e Bady brilharam no time do Figueira.

Méritos para o técnico Vinicius Eutrópio, que ganhando mais tempo para trabalhar vai arrumando o time, sempre com muita simplicidade e servindo de exemplo para o jogo limpo.

Chape acorda no segundo tempo e vence no Barradão

19 de junho de 2016 0

A Chapecoense não fez uma grande partida, mas soube explorar a ansiedade do Vitória , que se abriu empurrado pelo torcedor no Barradão , e conseguiu um excelente resultado.

Sono

Os times demoraram para acordar. A Chapecoense ficou muito recuada no primeiro tempo e o Vitória pouco finalizou. Ainda assim a chance mais clara foi do time catarinense, mas Silvinho perdeu.

Acordando

A Chapecoense continuou muito na defesa no retorno do intervalo e foi evolvida em vários momentos. O Vitória finalizou bastante e até a trave acertou, mas o jogo começou a mudar com duas alterações no meio-campo da Chapecoense. Moisés sentiu lesão e Cléber Santana cansou. Os substitutos, Rafael Bastos e Artur Maia, acrescentaram mobilidade e chegadas ao ataque, ações que estavam faltando.

O jogo ficou bom mesmo a partir da metade do segundo tempo. Aos 26 minutos Sérgio Manoel abriu o placar, Marinho empatou um minuto depois, porém, Thiego de cabeça fez o segundo da Chape aos 30.

O Vitória partiu para cima, pressionou e criou duas chances para empatar, mas a Chape também perdeu dois lances na frente do goleiro com Lucas Gomes e Bruno Rangel e garantiu mais três pontos.

Grande resultado, que empurra a Chapecoense para o grupo de cima na tabela.