Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

As mudanças no futebol do Figueira

18 de março de 2017 5

A bandeja carregou as cabeças de Léo Franco e Branco, ainda no calor da derrota para o Joinville e, em pleno camarote da diretoria, no Orlando Scarpelli.

Foi a resposta do presidente, Wilfredo Brilinguer, á pressão da torcida por melhores resultados no momento que o clube atravessa uma das piores fases desde o ano 2000.

A dupla do futebol acertou pouco na montagem do time, não conseguiu fazer ajustes e ainda deu o azar de perder Marquinhos, João Paulo e Zé Love, jogadores que muito ajudariam para superar a turbulência técnica. Então, era uma mudança esperada.

O cargo de superintendente de futebol é fundamental na montagem da equipe e administração da área técnica, mas tem funcionado precariamente na gestão Brilinguer. Não há sequência de trabalho e de profissionais. Na média, muda tudo a cada trimestre.

Desde o final de 2012, quando Brilinguer assumiu a presidência, o período de maior sequência foi sob o comando de Argel, que iniciou em 2014 e terminou em 2015. Mesmo assim não foi um trabalho sustentado por conceitos de longo prazo, mas apenas conduzido pela energia e empolgação do treinador.

Agora , Carlos Arini, foi contratado para a função que já exerceu no clube. Os conceitos continuam os mesmos. Mais uma vez a preocupação não é com a formação de um time identificado com a torcida, mas sim com a colocação imediata de jogadores no mercado.

Comentários (5)

  • William diz: 19 de março de 2017

    Não sei porque esse agito, gritaria, preocupação.
    Perder para o Jec e normal.

  • waltencir diz: 19 de março de 2017

    A solução para o Figueirense e a renúncia do sapo gordo do Wilfredo.

  • Fábio Lancaster diz: 19 de março de 2017

    Márcio Goiano vai se segurar até quando?

    Wilfredo, pede pra sair. Deu pra ti já. Tenha hombridade. O senhor já mexeu em tudo que podia e nada funcionou.

    “Engracado” ver a maior torcida organizada do clube calada… essa parte está colocando a culpa de tudo que estamos vendo no zagueiro Dirceu…

    Sem o apoio dessa turma a pressão não será suficiente para tirar o Dono do Clube.

    Por que será?

    Pede o boné e vaza!

  • waltencir diz: 19 de março de 2017

    Não e problema perder jogos pro jecaville, pois já ganhamos 3 títulos encima deste time insignificante, enquanto eles, nem lembro, mas com o Wilfredo de presidente o Figueirense esta perdendo a grandeza, fora sapo gordo

  • robert avaiano curitiba diz: 21 de março de 2017

    Vamo vamo avaiii

Envie seu Comentário