Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 28 abril 2017

A decisão do Catarinense

28 de abril de 2017 0

Antes de começar a decisão boas vantagens estão do lado da Chapecoense. Além de ter uma equipe mais qualificada e mais opções no banco, joga a segunda partida em casa e, se ocorrer igualdade de pontos e saldo, fica com o título. A Chape pode ser campeã sem precisar vencer. Dois empates, por exemplo, bastam.

Quando se trata de decisão, porém, outros fatores entram em campo e podem equilibrar a disputa. A Chape vem de jogo desgastante com o Nacional pela Libertadores e pode sentir a parte física e emocional da derrota, apesar de ser uma situação difícil de medir. O Avai descansa há 10 dias.

Além disso, o quadro pode mudar bastante se o Avai vencer o primeiro jogo domingo e ficar ainda melhor para o Leão, caso vencer por dois gols de diferença ou mais.

Estratégias

A proposta de jogo dos treinadores é diferente. O Avai gosta de se fechar e buscar as saídas rápidas para o ataque. A Chape tenta jogar mais com a bola no pé e adiantar o time para trocar passes no campo adversário.

O Avai é forte na defesa e potente no ataque com Romulo , Denilson e Junior Dutra, porém tem fragilidade no meio-campo. Os volantes apenas marcam com eficiência e Marquinhos tem pouca mobilidade, que ele compensa pela qualidade técnica. As principais jogadas passam por Capa, Marquinhos, Denilson , Romulo e Junior Dutra.

A Chape tem força nas laterais, fragilidade nos zagueiros, mas é forte no meio-campo e ataque. As principais jogadas passam por Apodi, Reinaldo, Girotto, Luiz Antônio e Rossi.

Embora as diferenças, a disputa promete ser equilibrada.

Apito

Hébert Roberto Lopes apita na Ressacada. Acostumado com os principais jogos do país e América do Sul, tem confiança e competência para conduzir a partida com tranquilidade.

Torcida

A previsão é de estádio lotado, o que é mais um fator do lado Avai no primeiro jogo.