Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Leão assustou , mas Chape é campeã

07 de maio de 2017 0

O Avaí até ameaçou o título da Chape, mas prevaleceu a vantagem conquistada na Ressacada, e o time do Oeste celebrou o bi-campeonato diante de um público de 19.141 torcedores na Arena Condá. Foi um jogo tenso e emocionante e com vários lances de gol.

Defesa

Para começar a partida o Avaí não mudou seu estilo de jogo, e foi assim que Leandro Silva abriu o placar aos 27 min do primeiro tempo, ao sair em contra-ataque pela direita.

A Chape sentiu a pressão, perdeu a tranquilidade e o domínio do jogo, que era dela até aquele momento.

Marquinhos teve a chance de ampliar antes do intervalo, mas perdeu na frente do goleiro.

Tensão

O segundo tempo transcorreu com muita luta e discussões, e com o Avaí melhor em campo até os 52 minutos, mas a bola não entrou.

Arthur Moraes salvou o chute de Romulo, que criou ainda outra chance, evitada pela defesa. Quando Júnior Dutra ia fazer o segundo , Grolli salvou.

O Avaí conseguiu a superação esperada e teve coragem para jogar, porém não havia margem de erro. O detalhe fez a diferença a favor da Chape.

Conquistou o título o time com melhor desempenho. A Chape teve o melhor ataque e a melhor defesa, também a melhor campanha. Sem reparos.

Destaque

Apesar de não conquistar o título , o Avaí ganhou o jogo e teve em Romulo o grande destaque da partida. Ele participou dos principais lances e deu o passe para o gol de Leandro Silva.

Apito

Braulio da Silva Machado e os assistentes, Carlos Berkembrok e Kléber Lúcio Gil, foram muito exigidos, mas não cometeram erros importantes. As decisões
foram quase todas acertadas. Boa arbitragem.

Envie seu Comentário