Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 13 maio 2017

"Novo" Figueira vence e deixa boa impressão na estreia

13 de maio de 2017 0

O Figueirense entrou em campo com um “novo” time no Serra Dourada e , considerando a falta de entrosamento, a qualidade do adversário e o fator local, teve desempenho razoável e fez uma grande vitória na arrancada da Série B.

Ainda não dá para avaliar padrão de jogo, estratégia, tática e desempenho individual, mas é visível que o perfil do time mudou. Comparando com o estadual, é um time mais veloz, leve e com posse de bola acentuada.

Embora vencendo, o Figueirense quase não finalizou. A única chance criada foi aproveitada pelo garoto Robinho ainda no primeiro tempo. No Segundo tempo o goleiro Thiago Rodrigues salvou o time duas vezes.

O time vai ter tempo para evoluir e mostrou potencial para crescer. A vitória traz confiança e vai facilitar a evolução.

Os Catarinenses no Brasileiro

13 de maio de 2017 0

O estadual é importante, mas chegou o momento da grande competição do ano para os times Catarinenses. Buscar o acesso de divisão ou se manter na Série A é a grande meta do ano para os principais times do estado.

Série C

O Joinville parece um “corpo estranho ” na terceira divisão, depois de acessos seguidos até a Série A em 2015 e demonstração de solidez financeira da gestão.

O jovem técnico Fabinho Santos fez bom trabalho no estadual e terminou a competição com o time organizado. A base está pronta pra o brasileiro. A mescla de jovens com jogadores mais experientes deu certo e o Joinville entra para ser protagonista na Série C.

Os garotos Matheus, Roberto, Kadu e Marlyson têm a companhia de atletas rodados como Lúcio Flávio, Bruno Rodrigues, Renan Teixiera e Max. As principais novidades são Éverton Junior do Tubarão, Eliomar do Brusque e Grampola do Bragantino.

A estreia é com o Ipiranga em Erechim. Mesmo fora de casa, fazer ponto é fundamental.

A chance de acesso é boa, mas a fase eliminatória é perigosa. Nem sempre o melhor vence nos confrontos diretos.

Série B

Tigre

A manutenção da base do time é o aspecto mais forte do Criciúma , considerando que não fez contrações expressivas para o campeonato brasileiro.

Mas o time do momento está no bolo dos dez com mais chances de acesso. O técnico David ainda precisa melhorar o trabalho, principalmente defensivo, para equilibrar a equipe.

O goleiro Luiz e os atacantes Fabinho Alves, Caio Rangel e Pitbull, além do meia Alex Maranhão, devem dar a sustenção ao grupo. Os jovens Marlon, Barreto e Douglas Moreira têm qualidade e vitalidade.

A estreia diante do Santa Cruz é jogo que vai exigir bastante, mas jogando em casa , precisa vencer para ganhar confiança.

O Tigre não é favorito, mas está na briga.

Figueirense

Também não começa como favorito, mas está entre os dez times com mais chances de acesso. Fez 15 contratações para o brasileiro e , assim, terá praticamente um novo time em campo.

O técnico Márcio Goiano – que há sete anos não faz um bom trabalho na Série B , o último foi com o próprio Figueirense em 2010- precisa queimar etapas para não sofrer com a falta de entrosamento. Apenas Thiago Rodrigues, Dudu e Bruno Alves, titulares do estadual, foram mantidos na equipe.

São muitas caras novas, mas o perfil da equipe mudou. É um time mais leve, rápido e veloz, considerando as características dos principais jogadores.

A sustenção do time deve ser garantida por Bruno Alves, Dudu Vieira, Jorge Henrique, Luidy e Zé Love , que ainda está se recuperando de lesão.

O Goiás, adversário na estreia, é dos mais fortes da Série B.

O Figueira é um time que ainda precisa conquistar a torcida.

Série A

Avai

O Avai começa a Série A com limitações técnicas evidentes, principalmente na defesa e meio-campo. Também são limitadas as opções no banco de reservas. As novidades, até o momento, são o lateral Diego Tavares, volante Welington Simião e o zagueiro Airton.

A força está na determinação e entrosamento, porque mantém a base da Série B. Os atacantes Denilson, Romulo e Junior Dutra são a maior esperança de soluções para o time. Na defesa, Betão é a grande segurança e, no meio, a experiência de Marquinhos ainda é fundamental.

Se não acrescentar qualidade, vai ser “dureza” para o Leão se manter.

Jogar com o Vitória desfalcado de cinco titulares e na Ressacada, é uma boa oportunidade para vencer.

Chapecense

A Chape, apesar da reconstrução, ainda é a melhor equipe do estado, mas ainda falta muito para atingir o equilíbrio exigido para disputar a Série A sem sofrimento, como foi ano passado.

Os espaços que permite entre as linhas de marcação é o principal problema do sistema de jogo escolhido pelo técnico Wagner Mancini. Ele tentou fazer correções em alguns jogos com mais volantes e em outros com mais zagueiros, mas não deu certo.

A entrada de Jandrei no gol e as contratações do zagueiro Victor Ramos e do meio Seijas ajustam posições carentes e deixam a Chape mais forte para o brasileiro.

Tendência é de luta contra o rebaixamento, mas com boas chances de se manter.

A estreia diante do Corinthians é dos jogos mais dificieis do campeonato.