Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 18 agosto 2017

Nova gestão do Figueirense mostra suas ideias

18 de agosto de 2017 1

O encontro dos novos gestores do Figueirense com a imprensa, hoje, no Orlando Scarpelli, foi uma boa oportunidade para conhecer e entender – não tudo ainda- o que eles estão tentando implantar no clube.

O modelo de gestão escolhido é frequente na Europa, mas novidade no Brasil, por isso, ainda gera dúvida e desconfiança. É, porém, uma oportunidade para expansão do clube além das fronteiras porque está aberto a investimentos externos.

Quem está na linha de frente do processo são os investidores, Alex Bourgeois, Claudio Vernalha e Luis Gustavo Mesquita. São eles que aportaram os valores para quitar pendências com jogadores e funcionários e, além disso, asseguram investimentos que podem chegar a R$ 20 milhões de reais no médio prazo.

Eles procuram ser transparentes, demonstram confiança e amplo conhecimento do mundo do futebol. O processo de transição está em andamento e vai até dezembro. Nesse período, a maior empresa de auditoria do país, faz o levantamento da realidade financeira e patrimonial.

Tem várias coisas sendo tocadas ao mesmo tempo e, com isso, revelando a complexidadade da mudança. A empresa de propósito específico criada em 2015 pelo Figueirense é uma LTDA, mas será transformado em S.A. A alteração vai permitir a criação de produtos financeiros que visam atrair grandes e pequenos investidores. Há interesse de grupos nacionais e do exterior, mas nada fechado.

Ao mesmo tempo, sob o comando do diretor executivo Alex Bourgois, as decisões no futebol estão sendo encaminhadas.

O grupo de 42 atletas vai ser reduzido para 30 e o garoto da base, Luiz Fernando, sobe para os profissionais. Contrações estão previstas, mas não garantidas. Depende da disponibilidade de jogadores no mercado.

Novos profissionais estão chegando. Márcio Gomes, que já trabalhou no Corinthians, vai assumir a área comercial, Zé Mário Cammpeiz é novo coordenador do núcleo científico e Fernandes assume o núcleo de inteligência. Fred Mourão coordena o Marketing.

O maior desafio do momento é evitar o rebaixamento para a Série C. Alex Borgois garante que está trabalhando para deixar o time preparado para 17 decisões , número de jogos que faltam para terminar a Série B.

Enfim, a nova gestão está apenas começando, tem projetos grandiosos, precisa trocar pneu com o carro andando, porém , demonstra energia para enfrentar a situação e , antes de tudo, capacidade financeira para superar as dificuldades do momento.