Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de novembro 2018

Avai fica a um ponto do acesso com vitória em Maceió

17 de novembro de 2018 0

Os jogos decisivos precisam de acontecimentos especiais para ter um desfecho favorável aos vencedores. Diante do bem armado time do CSA e do estádio Rei Pelé lotado, o Avai superou várias dificuldades para fazer a vitória que o deixa a um empate da Série A.

A lesão de Igor Fernandes foi o primeiro obstáculo que o técnico Geninho precisou contornar. Capa entrou na lateral e não dava conta de Neto Berola, mas acabou expulso de forma injusta ainda no primeiro tempo.

Mas o Avai já vencia o jogo, gol de Getúlio, acertando lindo cabeceio depois de escanteio batido por Guga. Foi um primeiro tempo aberto, com os dois times procurando bastante o ataque, mas criando poucas chances.

O CSA tentou partir pra cima com um a mais em campo na volta do intervalo, mas o Avai soube defender bem com decisiva participação dos zagueiros Betão e Marquinhos.

Quando o zagueiro Xandão acertou Renato e foi expulso o Avai equilibrou novamente a partida e poderia ter ampliado, mas Matheus Barbosa tocou na trave depois de grande lance individual.

No desespero final o CSA criou as três melhores chances de empate já nos acréscimos. A trave evitou uma, Koslinski outra e Guga tirou uma terceira oportunidade.

Mais uma vez fora de casa, mais uma vez fazendo o gol primeiro e depois garantindo o resultado na defesa o Avai vence e entra em contagem regressiva para a decisão, sábado, com a Ponte Preta na Ressacada.

Avai vê Fortaleza campeão na Ressacada e acesso pendente

10 de novembro de 2018 0

O Fortaleza preservou sete jogadores, mesmo assim parou o Avaí na Ressacada e comemorou o título de campeão. O Avai não aproveitou os tropeços de Londrina e Goiás e deixa escapar a possibilidade de antecipar o acesso.

Água

As possas d’água no gramado travaram o jogo no primeiro tempo. A partida transcorreu truncada por forte marcação, muita luta, pouca técnica e alguns lances
de área.

Nos melhores momentos do Avaí Getúlio teve duas chances. Uma ele bateu desequilibrado para fora e na outra o goleiro abafou e evitou o gol.

O Fortaleza levou perigo apenas com um chute de Éderson de fora da área. A bola
passou perto.

O placar sem gols refletiu a falta de inspiração dos dois times antes do intervalo.

Título e tensão

A configuração do jogo pouco mudou no segundo tempo, mesmo depois das alterações nos dois times. A nova chance do Avaí esteve outra vez nos pés de Getúlio que chutou fraco e facilitou a defesa do goleiro Max.

O Fortaleza conseguiu levar perigo no ataque apenas depois da entrada de Marcinho. Já passava de 30 min do segundo tempo quando o Fortaleza criou as melhores chances. Foram dois escanteios seguidos. No primeiro o zagueiro Ligger acertou a trave e no segundo ele cabeceou para grande defesa de Koslinski.

O jogo se encaminhou tenso para o Avaí até o final porque carregava a dúvida de arriscar tudo para encaminhar o acesso ou garantir um ponto importante.

O Fortaleza, tranquilo, comemorava o título e esperava o fim do jogo e nem imaginava a oportunidade que teria. Aos 49 min Rodolfo bateu no canto e tirou a vantagem que o Avaí vinha construindo sobre os principais concorrentes.

Empate em Goiânia adia acesso do Avai

06 de novembro de 2018 1

O Avai fez um grande primeiro tempo, mas cometeu vacilos decisivos depois do intervalo e deixou escapar a chance de fazer mais uma grande vitória em Goiânia.

O técnico, Geninho, apostou na mesma estratégia que usou na partida com o Goiás e, com isso, mudou o time. Marquinhos entrou na zaga, Igor na lateral-esquerda e Pedro Castro no meio-campo.

O início não repetiu o jogo com o Goiás por causa desses caprichos do futebol. Aos 2 minutos Pedro Castro acertou a trave e aos 5 min o gol de Rodrigao não saiu por que, mais uma vez, a trave evitou.

Mas o primeiro tempo foi todo do Avai, que finalizou bastante e não permitiu nenhuma chanc clara de gol ao Atlético.
A boa atuação apareceu no placar somente aos 41 min, quando Rodrigão, de biquinho, tocou a bola para a rede.

O jogo mudou depois do intervalo. O Avai não conseguia sair da defesa e ainda dava espaços. O Atlético cresceu aos poucos e chegou ao empate depois que Guga deu espaço e Marquinhos não chegou na cobertura. Julio César completou o cruzamento de Kayer.

O Avai continuava com problemas até os 36 min, momento que Koslinski evitou o segundo gol do Atlético e Renato puxou o contra-ataque, tocou bonito na saída do goleiro e fez o segundo do Avai.

O jogo parecia decidido, mas Luan Pereira fez pênalti infantil e permitiu o empate. Julio César bateu e tirou os três pontos que davam chance de acesso no sábado. Agora o Leão terá de esperar um pouco mais para comemorar.

Mais um empate na Ressacada

03 de novembro de 2018 0

A partida, disputada com gramado bastante molhado, exigiu muito da condição física dos jogadores, manteve a tensão até o final, porém, frustrou a expectativa da torcida que esperava a vitória, depois da grande atuação em Goiânia.

O gol de Leandro Almeida aos 2 min indicativa que o Avaí não teria vida fácil com o Londrina. O golaço de Getúlio aos 10 min aliviou o susto inicial, mas a reação não veio com a intensidade necessária para a virada.

O Avaí terminou o primeiro tempo levemente superior e desperdiçando duas chances claras para fazer o segundo. Capa e Renato não aproveitaram e o Londrina exigiu bastante da defesa avaiana, principalmente com o habilidoso Dagoberto.

Precisando da vitória o Londrina foi ataque e permitiu espaços de contra-ataque que o Avaí nunca teve em jogos na Ressacada.

Mas o Leão não soube aproveitar. Quando não errava no penúltimo passe ofensivo, falhava na finalização ou o goleiro Wagner, destaque do segundo tempo, evitava. O segundo tempo foi todo do Leão, mas o segundo gol não saiu.

Quando Tiago Ribeiro foi expulso, aos 15 minutos do segundo tempo, os espaços ficaram mais generosos ainda. Mesmo assim o Avai não aproveitou. Luan Pereira substituiu Marquinhos e não foi efetivo, Jones e Daniel Amorim, que jogaram pouco tempo, também não acrescentaram.

Outro empate em casa impede o Leão de antecipar o acesso, mas as possibilidades ainda são enormes para subir.