Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Avai faz bom jogo e para o líder na Ressacada

19 de julho de 2017 0

O Avai não tirou a invencibilidade do Corinthians, mas realizou a melhor partida em casa, até agora na Série A.

O primeiro tempo foi equilibrado e truncado, com os dois times arriscando pouco no ataque. Nas duas melhores possibilidades de finalização, Juan não aproveitou para o Avai e Guilherme Arana perdeu para o Corinthians.

As lesões de Jadson e Pablo, substituídos em 14 min, atrapalharam os planos do técnico Fabio Carille.

O jogo mudou bastante no segundo tempo, principalmente depois da entrada de Romulo e Marquinhos, mudanças que aumentaram as possibilidades ofensivas do Avai, mas abriram espaços na defesa.

Os times se abriram e a emoção aumentou. Simião perdeu gol na pequena área e Joel acertou a trave. O Corinthians foi mais perigoso nos últimos minutos e finalizou duas bolas na trave, além de obrigar Douglas a fazer defesas importantes.

Apesar da situação na tabela, o empate foi um bom resultado para o Avai, que teve o goleiro Douglas como o maior destaque da partida.

Figueira e Oeste maltratam o futebol no Orlando Scarpelli

18 de julho de 2017 0

É difícil descrever a falta de qualidade que invadiu o jogo Figueirense e Oeste no Orlando Scarpelli, provocando dos piores jogos dos últimos tempos, principalmente no primeiro tempo, etapa que não teve nada além de faltas, chutões e passes errados.

No segundo tempo, depois que Zé Antônio e Luidy entraram, o rendimento melhorou um pouco. Renan Motta também entrou, mas nada acrescentou. Surgiram alguns lances de perigo a favor do Figueira, mas as melhores possibilidades ainda foram do Oeste.

Mazinho apareceu livre, mas o assistente errou e marcou impedimento. Jheime, na melhor chance da partida, perdeu na frente do goleiro Saulo.

No final, o que melhor aconteceu para o Figueirense foi não ter perdido, apesar de ser um resultado ruim para quem luta contra o rebaixamento.

Empate foi bom para o Avai em Salvador

16 de julho de 2017 0

O Avai repetiu em Salvador no jogo com o Bahia o que vem fazendo em todos os jogos Fora de casa. Apesar da ausência de Judson e Luan, continuou sendo um time que apostou tudo na defesa para não perder.

Assim, a posse de bola foi quase toda do Bahia, que dominou o primeiro tempo, finalizou várias vezes e teve duas chances claras para abrir o placar. Uma parou na trave e outra o goleiro Douglas defendeu.

A única finalização do Avai foi um cabeceio para fora do atacante Joel.

A configuração do jogo pouco mudou no segundo tempo. O Banhia continuou dominando a partida até abrir abrir o placar, aos 30 min, e parecia encaminhar a vitória, mas o Avai não desistiu.

Depois de cobrança de escanteio, Junior Dutra deu uma puxada na bola e Romulo desviou quase dentro do gol , empatando a partida.

Considerando o futebol que apresentou, as poucas chances que criou e a desvantagem no placar, empatar foi um grande resultado para o Avai.

Figueirense vence o Brasil com dois golaços

14 de julho de 2017 0

O Figueirense interrompeu a sequência de resultados negativos com um vitória que exigiu muito suor diante do Brasil no Bento Freitas, em Pelotas.

A opção por três zagueiros, protegidos pelos garotos Patrick e Pereira, funcionou bem contra um adversário que insistiu bastante nas jogadas aéreas.

No primeiro tempo o Brasil criou apenas uma chance e conseguiu fazer o gol. O Figueirense teve boas saídas ao ataque e fez dois golaços. Primeiro Robinho e depois Henan.

No segundo tempo o jogo só complicou depois que Leandro Almeida foi expulso. Decisão correta do árbitro.

A pressão foi intensa e o atacante Marcinho perdeu a grande chance de empate no último lance do jogo.

Uma vitória construída com muita luta e dois golaços. Talento e suor que podem iniciar uma nova história dentro do campeonato.

Individualmente, todos tiveram bom desempenho. Destaque, porém, para Saulo, Pereira, Robinho e Henan.

Goleada para o Coritiba mantém o Avai no Z-4

14 de julho de 2017 1

O Avai tomou uma ducha gelada na reação para deixar o rebaixamento com a goleada que sofreu do Coritiba depois de três bons resultados seguidos, principalmente, as vitórias fora de casa diante de Botafogo e Grêmio.

E jogar em casa se torna um trauma, porque o time não sabe tomar a iniciativa, ter posse de bola e envolver o adversário.

O Avai ainda tentava se encontrar em campo quando Judson fez o pênalti que provocou o primeiro gol da partida. Marquinhos empatou com a colaboração do goleiro Wilson, mas não demorou muito para o Coritiba fazer o segundo e segurar a vantagem até o intervalo.

No segundo tempo a situação piorou. O Avai tentava reagir quando o técnico Claudinei Oliveira fez três alterações que desestruturaram completamente o time. Ele tirou Romulo, Marquinhos e Judson e colocou Willians, Pedro Castro e Lucas Otávio. Foi um desastre.

O Coritiba aproveitou e fez o terceiro com a colaboração do goleiro Douglas e ainda chegou ao quarto gol, liquidando a partida bem antes do final.

Marquinhos foi o melhor jogador do Avai, enquanto Neto Berola e Kleber foram os destaques do Coritiba.

A derrota mantém o time no rebaixamento e diminui drasticamente a projeção de pontuação no primeiro turno.

Derrota para o CRB mantém Figueira no Z-4

11 de julho de 2017 3

O Figueirense voltou a ser um time inseguro, desatento na marcação e pouco criativo no ataque, em Maceió, na partida com o CRB.

A consequência foi mais uma atuação fraca e nova derrota, que mantém o time no Z-4 da Série B.

Embora o bom início de jogo, quando teve boa posse de bola, bastou o CRB pressionar um pouco que as falhas da defesa apareceram. O CRB abriu 2 a 0 antes do intervalo.

O deslocamento de Dudu Vieira para a lateral-direita e entrada do volante Patrick fez o desempenho subir um pouco no segundo tempo, mas não foi suficiente para , ao menos, empatar a partida.

Henan descontou e a reação não avançou. Faltou a superação, sempre necessária quando a fase não é boa, para evitar o pior.

Restou a boa estréia do goleiro Saulo, que fez boas defesas e evitou uma derrota por placar maior.

Douglas fecha o gol novamente e Avai surpreende o Grêmio em Porto Alegre

09 de julho de 2017 2

O jogo em Porto Alegre foi de ataque contra defesa quase o tempo todo, mas, no final prevaleceu quem soube defender melhor.

E nem foi a estratégia defensiva do Avai que parou o ataque do Grêmio, mas, sim, a exuberante atuação individual do Goleiro Douglas, que fez dez defesas importantes, incluindo um pênalti batido pelo lateral Edilson, jogador revelado pelo Leão.

Depois da metade do segundo tempo, quando o Grêmio abriu mais o time para tentar a vitória, o Avai deixou de apenas se defender e conseguiu duas chegadas fatais ao ataque.

Primeiro Simião fez um golaço de fora da área e depois Junior Dutra ampliou com outro belo gol.

Uma vitória fundamental para recuperar os pontos perdidos em casa e que revela um time capaz de segurar qualquer adversário em qualquer lugar, condição importantantissima para se manter na elite.

Figueira "trava" diante do Ceará e perde mais uma em casa

08 de julho de 2017 2

O dia estava marcado para ser de recuperação do time e saída da zona de rebaixamento, expectativa criada pela vitória diante do Londrina e o tempo de preparação, dez dias, antes de enfrentar o Ceará.

Foi das piores atuações do Figueirense na Série B, nesta temporada.

No primeiro tempo, o técnico Marcelo Cabo, preferiu recuar as linhas de marcação e deixar o Ceará tocar a bola, mas ficou sem contra-ataques. O Ceará teve muita posse de bola, mas quase não criou jogadas. Aproveitou, porém, uma desatenção do zagueiro Marquinhos, que deu condição a Pedro Ken, e abriu o placar.

O Figueirense reagiu e quase empatou em dois lances com a participação de Helber. Um ele recuperou a bola e tocou para Dudu Vieira e, no outro, finalizou para grande defesa do goleiro.

No segundo tempo, a entrada de Luidy deixou o time mais aberto, porém, nada funcionou. O goleiro Thiago Rodrigues se encarregou de enterrar a reação ao chutar a bola contra Ricardinho e entregar o segundo gol ao Ceará.

A insegurança no gol, novamente, cobra um preço alto do Figueira, que continua no Z-4 e com dois jogos fora de casa na sequência, CRB em Maceió e Brasil em Pelotas.

Vinicius Eutrópio é boa escolha da Chape

06 de julho de 2017 0

A demissão de Wagner Mancini nunca vai ser bem explicada, algo comum no futebol, mas a escolha de seu substituto é muito positiva.

Vinicius Eutrópio é dos poucos treinadores brasileiros que unem experiência como jogador e forte preparação teórica, no Brasil e exterior. É professor da escola de futebol da CBF.

A lista de bons trabalhos que já fez é grande, até mesmo na própria Chapecoense.

É um profissional que se impõe pelo conhecimento e não por gritos e encenações, frequente em muitos treinadores com pouca capacidade técnica.

Resultado não é possível antecipar, mas a Chapecoense está em boas mãos.

Sem criação, Avai fica só no empate com a Ponte

02 de julho de 2017 0

O Avai volta a sofrer diante de um adversário que exige a iniciativa do jogo e o posicionamento adiantado e, não apenas, de contra-ataque para vencer a partida.

Encarando a Ponte Preta fechada e com saídas rápidas o Avai ficou sem imaginação e infiltrações para finalizar. Foi assim o jogo inteiro, embora as alterações do segundo tempo que tentaram deixar o time mais agressivo.

Em um jogo truncado, a finalização de Romulo que parou no goleiro Aranha e duas boas defesas do goleiro Douglas, ainda no primeiro tempo, foram os principais lances da partida.

Dificil entender as opções do técnico Claudinei Oliveira, que deixou Junior Dutra no banco e, para colocá-lo em campo no segundo tempo, tirou Romulo, quando a escolha mais adequada era por Juan ou Pedro Castro, o que aumentaria a capacidade de finalização do time.

Um empate frustrante depois da grande vitória fora de casa contra o Botafogo.