Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de agosto 2008

Conversa entre gênios

30 de agosto de 2008 13

Estava o Jô Soares entrevistando na última semana o Caetano Veloso. Parei para ouvir, era uma entrevista que se prenunciava interessantíssima. O Jô Soares é um grande ator de talk-show, ele fala inglês corretamente, toca pistom, tem apurado senso de humor, há 20 anos que assisto, todas as madrugadas, às entrevistas do Jô.

Eu só desligo a televisão e vou dormir quando o Jô Soares leva artistas ou diretores de teatro para entrevistas. Aí não dá para agüentar. Simplesmente porque eu não sou ligado em teatro, 95% da população brasileira não é ligada em teatro. Então, eu não sei por que o Jô Soares gasta assim tanta pólvora em chimango.

Como quase que invariavelmente o Jô abre o seu programa com entrevistas sobre teatro, isso tem me feito dormir mais cedo. Não dá para suportar.

***

No entanto, quinta-feira passada se encontraram no programa o Jô Soares e o Caetano Veloso, uma dupla talentosa do maior respeito.

Fiquei ouvindo e me deliciando. Até que, estando torcendo eu para que eles abordassem o assunto Chico Buarque de Holanda, acertei na mosca: os dois passaram a abordar o Chico.

Foi quando fiquei sabendo que o Caetano Veloso tem a maior admiração pelo Chico Buarque. Ele é vidrado no Chico Buarque. Chegou até a passar a impressão de que gostaria de ser o Chico Buarque.

***

Em determinada parte da entrevista, eu fiquei sabendo pelo Caetano Veloso que o Chico Buarque é um grande improvisador, algo assim como era um outro gênio, o gaúcho Jayme Caetano Braun. Era só dar o assunto para o Jayme Caetano Braun, que ele saía na hora fazendo versos sobre aquele tema, fosse na mesa do bar, numa reunião entre amigos ou mesmo no palco.

Esses poetas do improviso, muito comuns no Nordeste ou entre os trovadores gaúchos, talvez sejam a maior expressão da arte falada que se conheça, superior até àquela que julgo a maior de todas as artes: a oratória.

Pois além da oratória, os poetas de improviso constroem versos com a sua fala, empilham rimas, não há nada mais saboroso na face da Terra do que ouvi-los.

***

Vai daí que o Caetano Veloso disse que o Chico Buarque é capaz de na hora, numa conversa, de improviso, construir a letra de uma música ou de um poema com o maior brilhantismo. E a noção e memória de Chico Buarque sobre rima é um caso espantoso, disse o Caetano. Chico é um poeta nato, congênito, miraculoso, deu-nos a entender o Caetano.

Eu não sabia disso, mas fiquei ainda mais abismado com o gênio de Chico Buarque, para mim, insuperável.

***

Depois, o Caetano e o Jô abordaram outro gênio. E também tocaram no lado assombroso que sempre destaco a respeito de Noel Rosa. Não é crível que tendo morrido com apenas 26 anos, o estro de Noel Rosa tenha sido tão fantástico como é a sua obra de mais de 300 gravações, algumas delas antológicas, como Gago Apaixonado (samba do gago), em que ele construiu rimas gaguejando, Último Desejo, Feitiço da Vila, Palpite Infeliz.

Que gênio, o Noel Rosa.

***

Naquela que considero a melhor das músicas de Noel, ele se esmera de uma tal sorte na posição de um verso sobre o outro que ninguém até hoje o superou, nem o próprio Chico Buarque com A Rita.

Refiro-me à obra-prima de Noel chamada Conversa de Botequim, cuja primeira parte é um prodígio de brasileirismo e um conjunto preciosíssimo de expressões:

Seu garçom, faça o favor de me trazer depressa

Uma boa média que não seja requentada

Um pão bem quente com manteiga à beça

Um guardanapo, um copo d’água bem gelada

Feche a porta da direita com muito cuidado

Que não estou disposto

A ficar exposto

Ao sol

Vá perguntar ao seu freguês

do lado

Qual foi o resultado

do futebol.

***

Nunca vi nada igual. Um portento, uma das sete maravilhas da música brasileira. Notável. Extraordinário. O mundo é mais para os gênios.

*Texto publicado hoje em Zero Hora.

Postado por Sant`Ana

Como andamos carregados!

30 de agosto de 2008 12

Existia há muito tempo esta expressão: “Como eu ando carregado!”. Queria dizer “como eu ando azarado”.

Era uma forma de os brasileiros lamentarem a sua falta de sorte.

***

Muitas vezes me passa pela cabeça o quanto eu ando carregado. Uma das vezes é quando leio no noticiário que nós, brasileiros, pagamos o preço mais alto do mundo pela gasolina.

Quer dizer, existem uns 300 países no mundo e o povo entre eles que paga mais pela gasolina no planeta é o brasileiro.

Então eu me pergunto: por que cargas d’água eu fui nascer logo no país que paga pela gasolina o preço mais caro do mundo?

Eu poderia ter nascido, por exemplo, na Argentina, estaria pagando hoje metade do que pago aqui no Brasil pela gasolina.

Se eu tivesse nascido na Venezuela, pagaria pelo preço da gasolina oito vezes menos do que pago atualmente no Brasil.

E não é questão de câmbio, não. Em qualquer moeda os argentinos pagam pela gasolina metade do preço brasileiro e os venezuelanos pagam oito vezes menos do que nós pelos combustíveis.

***

Repetindo, penso comigo: por que fui nascer logo no país que cobra pela gasolina o preço mais alto do planeta?

Exatamente porque eu sou muito carregado.

Agora mesmo, foram descobertas reservas abundantes de petróleo na costa entre o Espírito Santo e Santa Catarina que, ao que dizem, vão tornar o Brasil um país muito rico.

O presidente Lula já fez um discurso esses dias tencionando saber o que faremos com esta fortuna colossal das reservas de petróleo da camada pré-sal, a milhares de metros abaixo da superfície do solo, que foram encontradas no Brasil.

O presidente Lula está preocupado em destinar esses recursos fabulosos que o Brasil vai ganhar com o pré-sal na educação dos brasileiros e outras finalidades sociais.

***

Então eu já estou assegurado de que, com o que o Brasil vai ganhar no pré-sal, nós, brasileiros, que pagamos pela gasolina o preço mais alto do mundo, vamos continuar pagando a gasolina mais cara do mundo.

Ou seja, os consumidores brasileiros de combustíveis não terão qualquer vantagem no preço dos combustíveis com a descoberta e a exploração de petróleo na camada pré-sal.

Como não tivemos nenhuma vantagem no preço da gasolina quando foi anunciado estrepitosamente que o Brasil se tornara, poucos anos atrás, auto-suficiente em petróleo.

Para nós, brasileiros, que pagamos o preço mais alto do mundo pelos combustíveis, nenhuma vantagem. Pelo contrário, continuamos pregados na cruz do preço mais alto do mundo, que não atinge somente a todos nós, atinge a toda a economia brasileira, isto é, se pagássemos mais barato pelos combustíveis, imaginem o progresso e o desenvolvimento que isso acarretaria, teríamos um impulso extraordinário em nossas vidas e no país.

***

Então eu chego à conclusão: como nós andamos carregados!

Que sina a nossa, somos auto-suficientes em petróleo e nos castigam com o a gasolina mais cara do mundo. Não é uma carga, uma tremenda falta de sorte?

***

Assim também com os pedágios. Por que, meu Deus, nós, gaúchos, temos o azar de pagar o pedágio mais caro do Brasil em nossas estradas? Por quê?

Em determinado percurso das estradas gaúchas, só para comparar, pagamos R$ 26 de pedágio.

Em percurso semelhante, em estradas argentinas, os motoristas pagam R$ 5!

Por que esta diferença? Por que a gasolina mais cara do mundo somos nós, brasileiros, que pagamos? E o pedágio mais caro do Brasil somos nós, gaúchos, que pagamos?

Mas nós não andamos mesmo carregados?

Que sina, por que isto só acontece para cima de nós?

*Texto publicado hoje em Zero Hora.

 

Postado por Sant`Ana

Agora tem que vencer!

29 de agosto de 2008 17

Mauro Vieira

O Gre-Nal de ontem foi bom porque, além de ter sido um jogo disputadíssimo e atraente para os 23 mil espectadores que estiveram no Olímpico, alegrou os colorados que se classificaram para a etapa seguinte da Sul-Americana e os gremistas por terem virado o jogo, o qual o time titular do Inter vencia por 2 a 0 e o Grêmio conseguiu o empate.

Agora, a façanha dessa time do Grêmio, um time de reservas jogando contra o poderoso Internacional, é notável, porque não foram em 90 minutos. Em 90 minutos, um time mais modesto do que o outro pode até ganhar um jogo, ou pode empatar, como ontem. Mas foram 180 minutos, primeiro no Beira-Rio e os outros 90 no Olímpico e o Grêmio foi igual nos dois jogos.

Se o time reserva do Grêmio consegue empatar com a equipe titular do Internacional, em 180 minutos, isso explica a liderança dos titulares no Brasileirão.

Eu não diria que o momento é espetacular, pois na minha garganta ainda estão entalados os cincos pontos que o tricolor deixou de ganhar nos dois jogos em que jogou fora. Mas, enfim, conseguiu manter os cincos pontos a frente do segundo colocado, que é o Palmeiras.

O jogo conta o Vasco, no domingo, é decisivo. O Grêmio precisa ganhar, pois, agora, ele próprio precisa se ajudar e terá que ganhar de qualquer maneira.

Ouça o meu comentário no Gaúcha Hoje sobre o assunto

Postado por Sant`Ana

Agora cabe ao Grêmio ajudar a si próprio

29 de agosto de 2008 32

Valdir Friolin

O Internacional se classificou para a segunda fase da Copa Sul-Americana com o empate em 2 a 2 no Gre-Nal de ontem.

Mas a reação do Grêmio depois de estar perdendo por 2 a 0 serviu para uma festa da torcida tricolor ao final do jogo.

O Grêmio saiu afinal afirmado dos dois Gre-Nais. Com times inteiramente reservas, conseguir empatar dois clássicos contra os titulares do Internacional foi façanha notável.

Houvesse uma vitória colorada ontem, de alguma forma o impacto da derrota do Grêmio poderia se refletir psicologicamente de forma negativa no time titular gremista que joga domingo contra o Vasco.

Ao contrário, a façanha dos reservas gremistas em empatar com o poderoso Internacional titular mais ainda deverá estimular o Grêmio a uma vitória contra o Vasco.

E como o Grêmio precisará desta vitória domingo! O Grêmio vem de duas decepcionantes atuações, contra o Flamengo e o Náutico.

os adversários gremistas que são escudeiros na tabela ajudaram demais o time de Celso Roth, que, apesar de perder cinco pontos nas duas últimas partidas, permaneceu na liderança a cinco pontos do segundo colocado.

Mas agora cabe ao Grêmio ajudar-se a si próprio. Agora é no Olímpico. Qualquer tropeço tricolor pode significar a liderança seriamente ameaçada.

Então, é de alta e profunda decisão este jogo de depois de amanhã.

A torcida terá de lotar o estádio. E outro resultado que não seja a vitória será amassante, cheio de temeridade.

Domingo é dia de avançar para o título. Não há outro caminho. Palmeiras, Cruzeiro e Botafogo estão vindo de trás perigosamente.

Será que a torcida sabe que seu papel é fundamental para o Grêmio manter esta liderança e vai lotar o estádio para ajudar o time?

*Texto publicado hoje em Zero Hora.

Postado por Sant`Ana

Viamão está largada a própria sorte

29 de agosto de 2008 3

Telefonou-me ontem, às 21h, o senhor Carlos Roberto Silva, residente à Rua das Araucárias, bairro Jardim Fiúza, em Viamão.

Ele tinha sido atacado defronte a sua casa uma hora antes por dois indivíduos que o agrediram a coronhadas e roubaram a sua motocicleta.

A moto não pegava, o motor levou 10 minutos para funcionar, mas nada de socorro ao assaltado. Ele telefonou para a polícia e recebeu a clássica resposta: não há viatura para atender essa ocorrência.

A população de Viamão está entregue à própria sorte, não há efetivo policial nem há viaturas.

Isso é um convite para os ladrões, que agem livremente em toda a cidade.

*Texto publicado hoje em Zero Hora.

Postado por Sant`Ana

Saem crianças, entram marmanjos

29 de agosto de 2008 12

Marcos Nagelstein

Pelo menos da Avenida Ipiranga para a margem esquerda do Arroio Dilúvio, estão desaparecendo as crianças que pedem esmolas na sinaleira.

Não parece ter havido uma medida de profilaxia social, encaminhando as crianças pedintes para órgãos de assistência.

Acontece que, no lugar das crianças que esmolavam nas sinaleiras, apareceram os marmanjos, maiores de idade, achacando os motoristas.

Eles são potencialmente agressivos, intimidam pelo seu tamanho e aspecto. Os motoristas, amedrontados, cedem à pressão e alcançam a esmola, que tem todas as características de extorsão.

Está havendo uma faxina etária nas sinaleiras da cidade. Evidentemente que as crianças estão sendo enxotadas dos pontos de mendicância por esses adultos mal-encarados.

Anteontem, foi registrado que um desses desocupados adultos, diante da recusa de um motorista em alcançar-lhe dinheiro, arrancou a antena do carro.

A técnica deles para dominar as sinaleiras é a da intimidação e da ameaça.

As sinaleiras estão deixando de ser um problema social para se tornar numa questão policial.

*Texto publciado hoje em Zero Hora.

Postado por Sant`Ana

Notícias incríveis

28 de agosto de 2008 1

As notícias desta quinta-feira em Zero Hora foram inacreditáveis. 

Isto, por exemplo, não é possível: um menino de Recife, de um ano e meio de idade, enrolado numa fralda, caiu do terceiro andar do prédio onde mora. Durante a queda, no segundo andar, bateu numa janela. Logo depois, no primeiro andar, o menino foi amortecido por um guarda-chuva aberto, que o arremessou contra as lanças de um muro. Foi a salvação do menino, que ficou dependurado pela fralda nos ferros. Mas a queda só acabou quando a criança escorreu dos panos e, finalmente, caiu nos braços de uma senhora. A realidade nunca superou tanto a ficção como neste caso. A vida foi salva por obstáculos benéficos e outros maléficos.

Outra notícia é que o presidente da Bolívia, Evo Morales, sobrevoava a Amazônia boliviana quando faltou gasolina no helicóptero em que estava. O piloto tentou pousar numa cidade próxima, mas opositores do governo o impediram. Em outro local, a mesma coisa, revoltosos não deixaram o presidente pousar. Na iminência de uma tragédia, Morales teve que pedir autorização ao governo brasileiro para pousar aqui. Mas o que é isso? Como é que um presidente, eleito democraticamente, é impedido de pousar no seu próprio país?

E, por fim, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul pintaram um muro. Aí, abriu-se uma discussão se aquilo era pichação ou manifestação artística. A universidade considerou como a segunda opção. Mas dois estudantes, revoltados com a pintura, resolveram borrá-la e rabiscá-la. Ou seja, picharam a pichação na universidade.

Olha, vou dizer, o noticiário de hoje foi impagável.

Postado por Sant`Ana

Quando a morte não chega

28 de agosto de 2008 2

Impressionate o que ocorreu em Recife.

Um menino de um ano e meio caiu do terceiro andar de um edifício, bateu numa janela e num toldo durante a queda e, por fim, caiu sobre as lanças de ferro de um portão. Incrivelmente, a criança ficou suspensa pelas fraldas que usava, antes de começar a escorregar.

Quando finalmente se chocaria com o solo, uma senhora o agarrou. Que caso inacreditável, este!

Veja meu comentário sobre o assunto:

Postado por Sant`Ana

Gre-Nal: Inter é o favorito

28 de agosto de 2008 1

O Wianey Carlet arrolou 10 motivos por que o Grêmio é o favorito a vencer o Gre-Nal de hoje. De onde o Wianey tirou essa idéia? É um time de reservas!

Está certo, o Grêmio é o líder do Campeonato Brasileiro. Mas, esta noite, não é o líder que entra em campo. São os suplentes. O favorito é o milionário Internacional.

Veja meu comentário sobre o assunto:

Postado por Sant`Ana

As chances matemáticas do Grêmio

28 de agosto de 2008 23

Arivaldo Chaves

O matemático Tristão Garcia tem alguns interessantes e outros bombásticos dados sobre a perspectiva de classificação dos clubes no Brasileirão.

São projeções matemáticas, nada têm a ver com os resultados técnicos que advirão, no entanto podem nos guiar sobre as possibilidades de cada um dos candidatos ao título de 2008 e à Libertadores de 2009. 

As chances matemáticas de o Grêmio vir a ser campeão brasileiro são de 55%.

Não se assustem os gremistas, porque o principal seguidor do Grêmio na tabela, neste instante, o Palmeiras, tem apenas 13% de chances de vir a ser campeão.

O terceiro colocado na tabela, Cruzeiro, tem apenas 12% de chances matemáticas de vir a ser campeão.

E o Botafogo, atualmente quarto lugar na tabela, ostenta 8% de chances para chegar ao título.

Por esta projeção, o Grêmio é favorito ao título.

No entanto, em duas, três ou quatro rodadas, este quadro pode vir a se modificar totalmente.

Mas neste momento é assim, risonho para o Grêmio, que foi muito mal no Maracanã e em Recife, tendo de se vitoriar contra o Vasco, domingo, no Olímpico, às 16h, se quiser ficar em paz com os dados matemáticos. 

Já as chances para chegar ao fim do campeonato classificado para a Libertadores são as seguintes: o Grêmio tem possibilidades percentuais de 92% de chegar ao G4.

O Palmeiras tem 66% de chances. O Cruzeiro 61%. E o Botafogo tem chances de chegar ao fim do Brasileirão entre os quatro da Libertadores em 51%.

O bombástico no levantamento do matemático Tristão Garcia é que o Internacional, que no início do campeonato era considerado por toda a imprensa esportiva brasileira um dos três favoritos máximos ao título, tem agora 0% (zero por cento) de chances para ser campeão e, notem bem, apenas 2% de chances matemáticas de disputar a Libertadores no ano que vem, ano do seu centenário.

Sob o ponto de vista matemático, portanto, as perspectivas coloradas são desoladoras.

*Texto publicado hoje em Zero Hora.

Postado por Sant`Ana

Um naufrágio

28 de agosto de 2008 3

Recebo, me penalizo e me suplicio com o relato, passando-o adiante, na esperança de que as autoridades do SUS possam atender ao apelo dramático:

“Paulo Sant’Ana. Tu és minha última esperança. Imagina o sofrimento de uma mãe que vê o seu filho sem poder caminhar há nove anos, esperando uma cirurgia pelo SUS. Sua única forma de deslocamento, só dentro de casa, é de joelhos. Ele sofre demais e eu muito mais ainda. Tudo porque pegou uma infecção hospitalar durante uma cirurgia, que deixou seus pés atrofiados. O mais angustiante é que os médicos garantem que uma simples cirurgia resolverá o problema. Meu filho, Josir Rosa de Souza, agora com 33 anos, está perdendo toda a sua juventude, sem poder mais trabalhar, estudar. Tenho certeza de que se o secretário da Saúde do município, Eliseu Santos, ler esta carta, ele irá resolver o meu problema, que me deixa cada dia mais desesperada. Muito obrigada e que Deus te proteja. (ass.) Tereza Fernandes da Rosa, Rua Humberto Cadaval, número 473, Lomba do Pinheiro, telefone 3319-9399”.

Impossível deixar de comover-se. Secretários estadual e municipal da Saúde, só mais esta, eu apelo. Não é difícil de resolver e salvar essas duas pessoas do naufrágio existencial.

*Texto publciado hoje em Zero Hora.

Postado por Sant`Ana

Táxi com cabine blindada

27 de agosto de 2008 12

Jefferson Botega

Depois da sugestão do Rubens Antonio Grando Postali, publico agora a proposta do Rafael Vargas Pereira (rafavpereira@hotmail.com) para redução de ataques contra taxistas. Os leitores do blog consideram a sugestão viável? Têm idéias para aperfeiçoá-la?

“Penso que a melhor solução seria a cabine a prova de balas para taxistas, e com entrada de passageiros somente pelas portas traseiras do carro.

Pora tanto, todos os táxis teriam quatro portas, e a parte dianteira do carro seria totalmente isolada, com vidros blindados.

Claro que isto acarretaria custos, mas se as autoridades tiverem boa vontade e bom senso, com certeza encontrariam um meio para, no minímo, reduzir os custos de implantação dessa alternativa.”

Postado por Sant`Ana

Mulher não atirou para evitar assalto, mas a morte

27 de agosto de 2008 17

BM improvisou ao isolar o local do assalto com faixa de /Cynthia Vanzella

Notável a ação ou a reação da mulher que ontem matou um assaltante e feriu outro, na financeira Novocredi, em Porto Alegre. Ela merece uma medalha de ouro por tiro ao alvo.

O sangue-frio, a precisão com que ela agiu são realmente instintivos. Nunca houve nada igual.

Ela teve um aproveitamento de 100%, pois foram quatro tiros: dois atingiram o rapaz que foi morto e os outros dois feriu o segundo assaltante, que ainda conseguiu fugir com os objetos roubados da financeira.

O que me chamou mais a atenção é que ela disse que não matou para evitar o assalto, mas sim porque achou que ia ser morta. Disso eu não sabia ontem, antes de escrever a minha coluna em Zero Hora.

Foi uma ação em legítima defesa. Ela pensou que ia ser morta e atirou. Tanto isso é verdade que o seu marido, um coronel da BM, disse a ZH, que há 20 dias, um ladrão invadiu a financeira e tentou um assalto. O ladrão estava desarmado e a esposa o expulsou da loja a chutes. Que mulher incrível.

Ela segue instintivamente o ensinamento da legítima defesa, que só se caracteriza quando o autor usa de meios proporcionais à agressão.

Quando os bandidos entram armados na loja, ela age com tiros, porém, quando entrou um assaltante desarmado, a mulher reagiu a chutes. Ela usa de meios estritamente proporcionais. Perfeita.

Também há o fator da sorte. Na grande maioria dos casos, as pessoas se dão mal. Embora o relato não seja de sorte, mas de precisão, de perícia. Ela aproveitou a distração do assaltante. Como pressentia que podia ser morta, matou o ladrão.

É um fato simplesmente inacreditável. Extraordinário!

Merece uma medalha de ouro!

Postado por Sant`Ana

Mulher ganha medalha de ouro na prova de tiro

27 de agosto de 2008 12

Próximo do meio-dia de ontem, defronte ao Batalhão Ambiental da BM, na Avenida Bento Gonçalves, aconteceu o mais espetacular assalto dos últimos anos na crônica policial gaúcha.

Dois assaltantes entraram na loja em que funciona a financeira Novocredi e anunciaram o roubo a duas mulheres que se encontravam trabalhando.

A proprietária da financeira, com 29 anos, aproveitando-se de um descuido dos dois ladrões armados, puxou de uma gaveta o revólver 38 de seu marido e atirou nos dois bandidos.

Quatro tiros, dois no rosto do primeiro assaltante, um ex-PM, dois nas costas do segundo ladrão.

O primeiro assaltante morreu na hora, o segundo fugiu baleado nas costas até um carro em que o esperavam outros dois do bando.

O bandido baleado nas costas entrou no carro em que estavam os comparsas debaixo de uma fuzilaria de soldados do batalhão que acorreram à fuga.

Ninguém do batalhão acertou nos bandidos, a mulher da financeira já tinha feito o serviço, matara um ladrão e ferira o outro nas costas. Quatro tiros contra os assaltantes, 100% de aproveitamento desta mulher que vira uma heroína popular, nunca se viu tanta decisão, sangue-frio e precisão do tiro de uma mulher envolvida pelo perigo e pela tensão de um assalto.

Uma façanha espetacular, ninguém pode ficar alheio a este feito, principalmente porque protagonizado por uma mulher que não tinha sequer curso de tiro, a arma não era sua, prestem bem atenção neste detalhe. 

O assaltante que tinha sido baleado nas costas duas vezes pela mulher entrou correndo no carro onde estavam seus dois cúmplices à espera e gritou: 

— Toca!

– Pra onde? Pra casa ou para o esconderijo? – perguntou o que estava ao volante.

– Para o Pronto Socorro, estou com dois caramelos no pulmão.

– Mas o que houve?

– Havia uma mulher que era osso duro de roer. 

Os dois assaltantes levaram o companheiro ferido para o Pronto Socorro e o deixaram na portaria. O enfermeiro que recebeu o ferido entendeu tudo e gritou para o homem da maca:

– Este ferido não terá acompanhante. 

Na Olimpíada do Assalto, modalidade em que batemos até mesmo os chineses campeões, uma mulher que tem de ficar anônima, por motivo de segurança, acerta quatro balaços na prova de tiro e sobe para o alto do pódio.

Faltava mais esta medalha de ouro para o Brasil.

*Texto publicado hoje em Zero Hora.

Postado por Sant`Ana

Pandeiro no céu

27 de agosto de 2008 1

Arquivo pessoal

Morreu ontem, João de Castro Filho, o famoso Azeitona, com 96 anos. Foi um notável pandeirista, conhecido em todas as rodas da cidade nos bares musicais de então.

Quando eu cantava, ele me acompanhava com o Caubi no violão nas noites inesquecíveis do Chão de Estrelas.

Era doce e simpático o nosso querido Azeitona. Por muitos anos trabalhou como iluminador na então TV Gaúcha, hoje RBS TV.

Estão formando parceria em algum cantinho do céu, numa serenata eterna, o Jessé Silva, o Túlio Piva, o Alcides Gonçalves, o Lupi, o Clio do Cavaquinho, o Jonson e tantos outros que não cito por receio de que ainda estejam vivos, eles que povoam ainda deliciosamente as nossas recordações, tão intensos são ainda em nossa memória que por vezes intento, nas crises de saúde, ir-me encontrar com eles.

Azeitona será sepultado hoje às 10h no cemitério do bairro em que sempre viveu, Belém Novo.

Dá-lhe pandeiro lá no céu, negrinho querido.

*Texto publicado hoje em Zero Hora.

Postado por Sant`Ana