Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts do dia 20 novembro 2008

Carro jogado longe é multado por local proibido

20 de novembro de 2008 18

Ricardo Duarte, Banco de Dados

Reproduzo abaixo o e-mail do leitor Rodrigo Allende:

“Sou publicitário e músico. Em um fim de semana, deixei Porto Alegre para me apresentar em Bento Gonçalves e, no meio do trajeto, recebo a notícia de que meu carro havia sido batido no local em que o deixei estacionado — na rua Santa Teresinha, em local permitido, em frente à guarita do simpático vigia Trindade.

Chegando ao local, na manhã do dia seguinte, o carro não estava mais lá. Já havia sido guinchado, pois a força da batida foi tamanha que meu carro foi parar na calçada, com duas rodas e os eixos destruídos. Os vigias, atenciosos, me passaram todas as informações, telefones, nomes das pessoas envolvidas. Tudo acertado. Os responsáveis pagaram todo o prejuízo.

Passadas duas semanas, recebo uma multa por estacionar em local proibido. Ocorre que, após a batida, meu carro foi parar na calçada, em frente a uma garagem. Que fiscal sem o mínimo de bom senso age dessa forma, multando um veículo que não tinha condições de se deslocar enquanto o guincho era providenciado???

POR QUE, Sant`Ana???
POR QUE, Sant`Ana???
POR QUE, Sant`Ana???

E, quando ligo para a EPTC em busca de ajuda, sou tratado com deboche ou desdém por uma instituição que diz “não poder fazer nada”, a não ser me passar informações para recorrer da multa.

Obrigado pela paciência. Desta vez, eu precisava, precisei fazer o registro.”

Postado por Sant`Ana

Gre-Nal do milênio?

20 de novembro de 2008 1

Ao bater o Chivas por 4 a 0, ontem à noite, o Internacional se credenciou para a fanal da Copa Sul-Americana. É uma competição de expressão mediana, mas sem dúvida será um certame honroso. Afinal, se o Internacional o obtiver o título, será o primeiro clube brasileiro a conquistar a Copa Sul-Americana.

E, como estão planejando agora uma virada de mesa, que levaria o campeão da Sul-Americana a disputar uma vaga na Copa Libertadores — já que o Internacional não teve méritos para obter a vaga pelo Campeonato Brasileiro —, quem sabe teremos um Gre-Nal na maior competição das américas em 2009? Seria o Gre-Nal do milênio.

Assista ao meu comentário no Jornal do Almoço:

Postado por Sant`Ana

Julio Iglesias

20 de novembro de 2008 0

Dulce Helfer, Banco de Dados - 04/03/2008

Infelizmente, estou com um problema de saúde que me impedirá de, esta noite, cantar com o Julio Iglesias, um dos maiores prazeres da minha vida. Que sujeito legal, esse Julio Iglesias.

Sempre que canto com ele, é de praxe aquela atenção comigo, aquela cordialidade. Não sei por que ele gostou tanto de mim. Um abraço, Julio, e um ótimo show esta noite, no Teatro do Sesi.

Assista ao meu comentário no Jornal do Almoço:

Postado por Sant`Ana

Injustiça brutal contra os aposentados

20 de novembro de 2008 16

Em defesa dos aposentados, o senador Paulo Paim faz vigília durante esta noite no plenário da Casa/Wilson Dias, ABr

Vou falar de uma equação simples. Se o governo federal corrige — e já está corrigindo para 2009 — os proventos de aposentadoria dos trabalhadores pelo INSS na metade da proporção em que corrige o salário mínimo, ao final de 5, 6, 10 ou 12 anos, todos os aposentados receberão apenas um salário mínimo.

Eu tenho correspondências de aposentados mostrando que eles ganhavam, quando se aposentaram, nove salários mínimos. E hoje, recebem menos de cinco salários. Ou outros casos, de trabalhadores que ganhavam oito salários mínimos e hoje recebem a metade, apenas quatro.

Se o governo corrige todos os anos as aposentadorias na metade do índice do salário mínimo, isso vai arrochando o provento do aposentado, de tal forma que se chegará a uma tragédia: todos passarão a ganhar apenas um salário mínimo daqui alguns anos. E é exatamente isso que mais me impressiona. É uma injustiça brutal o que está se fazendo com o poder aquisitivo dos aposentados.

O senador Paulo Paim (PT-RS) elaborou um projeto pelo qual as aposentadorias passarão a corresponder ao número de salários mínimos que tinham à época da concessão do benefício. Porém, o governo, que tem a maioria no Congresso — tanto na Câmara como no Senado — quer rejeitar o projeto do senador gaúcho que, junto de outros senadores, fez uma vigília na última madrugada no Congresso.

O governo revela uma insensibilidade poderosa. Não é possível que, ano a ano, venha sendo diminuído o poder aquisitivo dos aposentados devido a essa política de reajuste. Há um clamor nacional de aposentados — cerca de 20 milhões — que estão perdendo dinheiro a cada ano. Isso precisa ser corrigido. Alguma coisa precisa ser feita em socorro aos aposentados brasileiros.

Esta lógica é uma verdade estabelecida que não pode ser contrariada, pois se constitui em uma malvadeza social. Por isso eu estou insistindo nesse assunto. Aqui no Estado surge um grito de protesto contra essa maldade.

O esforço do senador Paim é elogiável. Contudo não vem sendo repercutido junto ao partido que ele pertence, o PT, e aos outros partidos que apoiam o governo Lula.

Ouça o meu comentário no Gaúcha Hoje

Postado por Sant`Ana

Aposentados

20 de novembro de 2008 26

Não tem explicação que o presidente Lula da Silva sancione a cada ano que passa um reajuste dos aposentados do INSS em percentagem que significa apenas cerca da metade do reajuste dado ao salário mínimo.

Fica escandalosamente degradado desta forma o reajuste aos aposentados. Ano a ano se exaure o poder de compra dos aposentados.

De seis anos, tempo que Lula governa, até mais outros seis anos, aposentados que ganhavam o correspondente a 10 ou oito salários mínimos perceberão três a quatro salários mínimos.

E em 15 anos se chegará à brutalidade social de que todos os aposentados ganharão apenas um salário mínimo.

Como é que, sendo ex-trabalhador e atual aposentado, o presidente permite tal chacina nos proventos dos velhos que vão morrendo à míngua de reajustes.

Lula não poderia de forma alguma, como parece que se apresta a fazer, vetar os projetos do senador Paulo Paim que visam a reparar os danos sofridos pelos aposentados.

* Texto publicado hoje na página 47 de Zero Hora.

Postado por Sant`Ana

Pontal

20 de novembro de 2008 10

O Projeto Pontal do Estaleiro Só/Reprodução

O mais sensato no momento em que se discute se o prefeito José Fogaça deve sancionar ou vetar o projeto da construção de um complexo arquitetônico na Ponta do Melo, o chamado Pontal do Estaleiro, é que se devolva à Câmara de Vereadores a iniciativa, com o veto ao projeto, para que seja mais amplamente discutido pela sociedade organizada.

Parece ser muito convincente a tese levantada por alguns setores citadinos de que o Pontal do Estaleiro deva ser incluído num projeto amplo e abrangente sobre a real vocação da orla do Guaíba em vez de ser isoladamente instituído.

Em seguida, nos próximos dias, ingressará na Câmara de Vereadores um projeto arquitetônico análogo ao do Pontal do Estaleiro, pelo qual será proposta a construção de várias torres de prédios comerciais na orla do Guaíba, por parte do Sport Club Internacional, que pretende erguer esses edifícios em torno da área do seu estádio que se delimita com o Guaíba.

Parece claro que se deva juntar o Pontal do Estaleiro com o projeto do S.C. Internacional, quando toda a política de urbanização da orla do Guaíba deverá então ser fartamente discutida por todos os setores da sociedade, inclusive os ambientais, sem o emocionalismo desgastante das apreciações de cada projeto por vez, além da falta de sintonia entre um e outro, com o que proporciona o distúrbio dos interesses a granel.

Se assim a orla do Guaíba começa a ser atração para as construtoras, que as edificações futuras nelas inseridas sejam constantes de um projeto só, entrelaçado em ideologia arquitetônica única, sem os retalhos das polêmicas individualmente cansativas e ressentidas.

Além disso tudo, a melhor informação vinda ontem da prefeitura dava conta de que o prefeito não iria sancionar um projeto cuja aprovação está sob investigação do Ministério Público.

* Texto publicado hoje na página 47 de Zero Hora.

Postado por Sant`Ana