Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Bem e mal

09 de maio de 2009 13

Era tão pessimista, que a cada um que encontrava não perguntava “olá, tudo bem?”, indagava, isto sim, “olá, tudo mal?”.

E ai de quem respondesse que ia tudo bem. Acusava-o de ser fingido ou mentiroso.

Já a mim, quando perguntam se está tudo bem, respondo: está tudo normal.

Esta palavra, “normal”, me parece ser uma boa resposta para quem quer saber como vai a minha vida.

Quando digo “normal”, supõe-se qualquer coisa, que está tudo como sempre ou que ora vou bem, ora vou mal, que a vida é assim mesmo, cheia de altos e baixos.

E às pessoas mais inteligentes não escapa que dentro da palavra “normal” está contida a palavra “mal”.

Acontece que não me atrevo a dizer que está tudo bem e me envergonho de dizer que vai tudo mal.

***

Outras vezes, se não fosse enfadonho responder além da formalidade, gostaria de dizer que vai tudo bem porque está tudo tão mal, que já não há espaço para piorar.

Raras vezes, quando alguém é perguntado se está tudo bem, responderá que está tudo mal.

“Olá, como vais, tudo bem?”. O melhor é dizer que está tudo bem para não encompridar a conversa.

Porque, se a gente for dizer que está tudo mal, terá de obrigatoriamente explicar o que vai mal.

Não há nada mais cruelmente constrangedor do que, dito que está tudo mal, retruque alguém de “por que está tudo mal? “.

Se alguém me pergunta por que está tudo mal, respondo que é porque não está tudo bem.

E a gente é tão comodista, que, se não está tudo bem, conclui-se, então, que vai tudo mal.

E mesmo quando não sentimos que está tudo mal, concluímos que isto não quer dizer que está tudo bem.

***

Ih, lá já vem aquele chato perguntar se está tudo bem. Será que ele não é suficientemente sensível para saber que comigo tudo vai sempre mal?

E gosto muito de uma outra resposta a essa pergunta que me fazem: quando alguém me indaga “Como vais?”, respondo imediatamente: “Vou indo”.

“Vou indo” tonteia o curioso. Ele vai quase a nocaute e puxa logo outro assunto.

“Vou indo” é uma solução genial: ela tanto não nos obriga a dizer mentirosamente que vamos bem quanto não dá para quem pergunta a alegria da resposta de que vamos mal.

***

Além disso, na expressão “vou indo”, está embutida uma forte carga de sinceridade.

É a mesma coisa que, indagado sobre “como vais?”, a gente responder “vou vivendo”.

“Vou vivendo” resume tudo, quer dizer que ora se vai bem, ora se vai mal, bem assim como é a vida de todo mundo.

Quer dizer também que vai mal mas podia ser pior ou que vai bem mas bem que podia estar melhor.

***

“Mal ou bem, eu vou indo bem” é uma resposta que quer dizer que “eu vou regular”.

Uma outra resposta contundente é “vou bem mal”.

Ou, então, quando indagado se vou bem, respondo: “Bem, eu acho que vou mal”.

Ou, então, esta outra, mais tergiversativa: “Mal e mal pressinto que vou bem”.

* Texto publicado na página 47 da Zero Hora dominical

Postado por Paulo Sant`Ana

Comentários (13)

  • Neusa Conte diz: 10 de maio de 2009

    Paulo, Parabéns pela sinceridade, poucas pessoas são assim. Conheci uma senhora que ao perguntar-lhe se td ia bem me respondia “SE LEVANDO”,com um ar de DESGRAÇA, até desisti de cumprimentá-la, me dava medo. Pois para mim tb não ia nada bem, mas não gostava de passar ADIANTE meu estado. Prefiro responder : NÃO DÁ PRA DESISTIR! Não DESISTA PAULO!

  • Anmtonio Luiz C. Faccin diz: 10 de maio de 2009

    Puxa ! para não dizer que seu assunto foi uma “m” ou “genial”, faço uso da mesma analogia: SEM COMENTÁRIO !

  • Carina diz: 11 de maio de 2009

    Não posso dizer que esteja tudo bem,nenhum brasileiro pode…
    Desculpem mas me revoltei ao ver uma reportagem em que crianças de 13 anos matam outras de 13 por uma máquina fotografica..QUANDO VAMOS OLHAR PARA ESSAS CRIANÇAS E CUIDAR?PRECISAMOS PARAR DE FALAR E LUTAR CONTRA ESSES CORRUPTOS!
    POR AMOR AOS NOSSOS FILHOS,Chega de lamentar,vamos buscar nossa paz,buscar um futuro melhor não só para nós,mas sim para TODOS!É UM PRESENTE DE DIA DAS MÃES QUE SEI QUE NÃO VOU RECEBER!MAS SONHO…

  • alexandre diz: 10 de maio de 2009

    TENHO UM AMIGO MEU CAMINHONEIRO DA CIDADE DE RIO BRANCO NO ACRE QUE TEM A RESPOSTA PARA TODAS AS TUAS INDAGAÇÕES: O ELSON RESPONDE ASSIM QUANDO PERGUNTADO: ESTOU PISCANDO E SUPER INTELIGENTE A RESPOSTA DELE RESUME TUDO. ESTAMOS PISCANDO SR. PAULO SANTANA. UM ABRAÇO.

  • Emmanuel Denaui diz: 10 de maio de 2009

    Complicado, pois o bem de muitos é o mal de poucos. Intrigante, pois depende do ponto de vista de cada um. Bom de se pensar a respeito. Mas ainda assim prefiro apenas dizer quando me perguntam: “em paz e tu?”.

    abraço!

  • Gustavo diz: 10 de maio de 2009

    hehe Santana vc é doido, mas que bom pra ti, ou seria mau?
    mas é isso aí, no mais vamos indo, mal ou bem, um grande dia a todos.

  • Marcio Rovis diz: 10 de maio de 2009

    Paulo não preocupe-se esta tudo bem…com o mal ao meu lado.Li em um livro que só devemos perguntar algo para uma pessoa se realmente queremos escuta-la,caso contrario oi ja basta.

  • Cesar diz: 11 de maio de 2009

    FORA YEDA

  • Vanessa Munhoz diz: 9 de maio de 2009

    Complicado é para mim responder essa perguntinha irritante, pois ultimamente descobri que o estar bem ou mal depende totalmente do humor, e humor de mulher(outra que coisa que estou descobrindo com o passar do tempo) é algo muito instável. Infortunadamente temos que fingir muito para viver em sociedade, eu com meus 19 anos estou no curso intensivo, para aprender, como é necessário parecer estar de bem, e muitas vezer suprimir a minha opinião sobre o estados das coisas, que não vão dana bem.

  • Ricardo diz: 10 de maio de 2009

    Que bobagem! O Estado pegando fogo e o Santana escrevendo sobre “oi, como vai?”… Qualquer coisa pra não ter de criticar a Yedinha ex-colega de casa da RBS. A que ponto chegamos, a podridão não está somente no setor público.

  • Bianca Goulart diz: 10 de maio de 2009

    Me diverti muito com o texto, simplesmente tudo que eu penso quando alguem me faz essa pergunta terrivel! Só falta as pessoas terem um pouco mais de humor, que não faz mal a ninguem e deixa o mundo mais agradavel!!

  • paulo freitas diz: 9 de maio de 2009

    è já passou e mt da hora de te aposentares, teus comentários estão cada vez mais caducos, ainda mais quando falas em futebol!!

  • Samuel Warth diz: 10 de maio de 2009

    “Normal”? Um senhor de meia idade, bem apessoado,foi ao médico para uma consulta de rotina. O médico: como está a sua alimentação? Normal.Como legumes, e frutas. Como está o seu sono? Normal. Durmo bem, seis horas por dia. E as atividades físicas?Normal.Faço caminhadas 3 vezes por semana. E sua vida sexual? Normal.Tenho relações cada 3 a 4 meses. Mas como? Na sua idade, o normal seria uma ou duas vezes por semana! Normal para o senhor que é médico. Para mim que sou Bispo em Cadiz tá muito bom!

Envie seu Comentário