Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Quem dá aos pobres empresta a Deus

10 de julho de 2009 22

O jornalista Cláudio Brito, interino do Sant`Ana na coluna desta sexta-feira em Zero Hora, abre o debate: deve-se ou não dar esmolas?

Veja o comentário que ele gravou sobre o assunto e dê sua opinião na enquete:

Você é a favor de dar esmolas?

 

 


Postado por Fernanda Souza

Comentários (22)

  • Luis diz: 10 de julho de 2009

    Que provas que vc tem que Deus não existe Mark?? ridículo foi o teu comentário.

  • Rafael Neves diz: 10 de julho de 2009

    Concordo plenamente com o Brito, não a que se negar ajuda a quem já está na miséria. O problema está na origem, não no fim. Quando a origem começar a ser tratada, não preciremos dar esmolas, pois não haverá a quem dar.

  • Eugenio Scartazini diz: 10 de julho de 2009

    Esmola resolve muitos problemas olha o Edir de Macedo a igreja Catolica entre outras que existe nesse mundo, tudo em nome do venha nôs a meiu reino pq o teu eu quero mais que se espluda..sacanagem mas esmoleiro é concorrecia desleal com essas igrejas..hehehe! o governo tem que abrir o olho com esses parazitas chamada igrejas,tudo em nome de jesus ..imagina se jesus vem cobrar a porcentagem dele quebra todos. e oscara de pau ainda uso aboa fé desses coitados..será que ele dormem anoite?

  • Auro Silva diz: 10 de julho de 2009

    Bueno …
    se os editores dessa reportagem viessem a Caxias do Sul e entrevistassem os responsáveis pela área da assistência social do município verificariam que, através de campanha, consegue-se convencer aqueles que davam esmolas a contribuir para os programas e serviços que atendem a população usuária da assistência social … se ao invés de darem esmolas contribuíssem para os fundos municipais de assistência e da criança e do adolescente obteria-se maior retorno …

  • jose antonio de souza mello diz: 10 de julho de 2009

    Não se trata de ser contra ou a favor.Fala mais alto o coração fraterno.O sentimento de solidariedade.A certeza de que somos mortais.Que de nada valem os títulos, os diplomas, os cargos, os cartões bancarios, os carrões, os casarões, etc… isso tudo tem dia para acabar.Partiremos e deixaremos tudo.As convenções de nada valem.Vale mesmo é a certeza do mestre: “que a mão esquerda não veja o que a outra fizer”.Importante é fazer o que manda o coração.Feliz de quem tem e vê a necessidade do outro.

  • Valdir Goetz diz: 10 de julho de 2009

    Pelo tanto que eu sei,é até perigoso dar esmola. Poque se algo acontecer, posso ser processado.
    Lembrem-se daquela reportagem feita em uma das Churrascarias da Dupla Setaneja “CHITÃOZINHO E XORORÓ, onde elas mostraram que toda sobra de carne de Churrasco as vezes nem cortado ia para o lixo. Porque se algo acontecesse com a carne doada a alguém eles seriam responsabilizados. Eu vi e ouvi com muita atenção!
    Abraços a todos…

  • Mark diz: 10 de julho de 2009

    Deus não existe, não sejam ridículos!
    Sinceramente, vocês não conseguem ser mais criativos em suas enquetes?

  • Fátima diz: 10 de julho de 2009

    Na Bíblia diz que “é mais fácil um camelo passar pelo buraco da agulha do que o rico entrar no reino dos céus”. Já que vc é todo metido a cristão, então reserve uma parte do seu salário para a sua sobrevivência e dê a maior parte para os mendigos. Segundo a Bíblia, então quando vc morrer, irá direto pro céu. Ah, mas isso vc não quer, né? É muito fácil falar e defender uma ideia na mídia, quero ver é botar na prática! Quanta hipocrisia!

  • Virgilio Melhado Passoni diz: 10 de julho de 2009

    Depende de onde e para quem iremos dar esmolas,como em todas as “profissoes”existem picaretas,temos que ver realmente para quem iremos dar esmolas,ha casos que nao podemos negar,ate por que se um pidinte que realmente esta necessitado e negarmos uma ajuda a ele, e ele jogar uma praga,a pessoa ja era.agora se o picareta jogar praga nao acontece nada.

  • Ida Carmen Oliveira diz: 10 de julho de 2009

    Se nós cidadães não ajudar-mos o próximo quem vai ajudar?A fome deve ser muito triste,o frio,será que autoridades passaram por isso?Se não der-mos comida á eles o desespero tomara conta dessas pessoas e quem às salvara?Claro a droga é a unica saída para fugir da realidade.por isso sou a favor de esmolas e contra droga!!! Tbm.sou uma pessoa cristã e acredito em Deus.

  • marco diz: 10 de julho de 2009

    Mark, Jesus te ama. Ele ta vindo logo…cuidado, vais ter que engulir as palavras se nao quiser pelo menos pensar bem antes de falar. Se tens provas concretas da nao existencia, por favor apresente-as. Se nao as tiveres, por favor, pense bem nos seus pecados e na possibilidade de passar a ETERNIDADE, no inferno. One World Order coming soon, youre the victim.

  • Carlos Santos diz: 11 de julho de 2009

    Quem dá aos pobres comete um grande mal.
    Dar aos pobres cria dependência perpetuando a pobreza.
    É muito cômodo ser pobre, sempre tem alguém ajudando, principalmente o governo, o grande fabricante de pobres através do arrôcho tributário.

  • Luciana diz: 10 de julho de 2009

    “Quem dá aos pobres empresta a Deus” ainda é um resíduo rançoso da herança judaico-cristã. Brito, em vez de dar o peixe não seria melhor ensinar a pescar? Ah! mas isso dá muito mais trabalho do que simplesmente dar uma esmola na sinaleira, e orgulhar-se do seu “espírito cristão”. Que papagaiada!

  • Jane diz: 10 de julho de 2009

    Deus existe sim, quer você queira, ou não.
    Dar esmolas? Realmente é algo complicado porque têm muitas pessoas com saúde para trabalhar que se aproveitam da generosidade de outras.
    Nos semáforos eu não dou esmola porque já vi muita gente com muita saúde pedindo dinheiro, além de pais explorando crianças.
    Quanto ao dar, vai da consciência e boa vontade de cada um.

  • charles pasa diz: 10 de julho de 2009

    sou contra dar esmolas
    sou a favor de dar moradia e emprego
    esmola vicia as pessoas
    minha singela opinião

  • Dionisio Neto diz: 10 de julho de 2009

    Não dou esmola. Sou contra dar esmola. Ninguém me dá nada, portanto, não dou nada p/ ninguém, a não ser bom dia, boa tarde, boa noite e só. Se eu for dar esmolas, p/ todos q. me pedem, terei q. abrir uma conta bancária, só p/ esse fim.
    No dia a dia, é 1 “pedição” insuportável.
    É guri na sinaleira, flanelinha, pedintes de todo o tipo no centro e até por telefone pedem doação sei lá p/q. Não dou esmolas. Fim.

  • Bagualudo diz: 10 de julho de 2009

    Tu que não existe Mark! hehehe Mente limitada q não consegue sentir e interpretar algo que seja um poko + complexo q a ciência humana! Não consegue ver o encaixe perfeito dos elementos da natureza, das criaturas “irracionais” porém instintivas. Ñ percebes q só a química não seria tão perfeita em sua resolução para criar o mundo onde vivemos. Sobre Deus existir ou não, somos divergentes caro MARK, atentemo-nos então a pergunta do blog…eu respondo: Esmolas não, alimento, estudo e trabalho sim!

  • Jeferson Harter diz: 11 de julho de 2009

    Esse assunto é muito polêmico. Ao darmos esmolas estamos apagando um incêncio provocado pelo governo, que não está cumprindo seu papel de dar um lar e educação à essas famílias. Porém, como cristão, sou a favor da esmosla, em forma de comida e roupas, assim, estamos ao menos fazendo nossa parte. Acredito que devemos fazer o que está ao nosso alcance, já que quem efetivamente deveria fazer não o faz.

  • Dionisio Neto diz: 10 de julho de 2009

    Complementando o meu comentário, faltou dizer q. essa conversa de q. quem dá aos pobres empresta a deus é lorota. Deus não existe. Não acredito na existência de deus e não tenho q. agradar a um deus q. não existe. Como voces são inocentes.

  • Arkhantos Peixoto diz: 11 de julho de 2009

    A mais brilhante coluna de Sant`Ana publicada no Sábado, 17 de janeiro de 2009 (Balanço da Vida).

  • Luís Fernando diz: 10 de julho de 2009

    Cláudio, sua colocação faz muito sentido a mim. Tenho uma formação cristã também, com uma prática espírita. Eu procuro evitar dar dinheiro, porque nunca saberemos para qual finalidade será usada (que pode ser para comprar drogas ou até coisa pior). Entretanto, é muito difícil negar alimento ou roupas. E não vem ao caso se Deus existe ou não nessa discussão. A ajuda ao semelhante é a única forma de mostrarmos que somos seres HUMANOS, tanto como anjos caídos quanto como macacos evoluídos. Abraços

  • Sérgio Bärwinkel diz: 10 de julho de 2009

    Olha que ele não tá errado não. Pegou no ponto. O que a Prefeitura dá não passa de esmola. Agora convém não justificar sua opnião por ser cristão.

Envie seu Comentário