Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

De avô para neto

24 de julho de 2009 7

Meu neto Gabriel Sant`Ana Wainer, 17 anos, anda seguindo meus passos. Ele escreve belos textos e, agora, seu talento com as palavras pode ser conferido no blog Andei Pensando, no site do Kzuka.

Pois fui entrevistado por esse jovem escritor para uma matéria do jornal Kzuka, que mostra as diferenças entre os adolescentes de hoje e da minha época.

Confira abaixo como foi:

Gabriel — Vô, hoje em dia, com todos esses problemas de segurança que nós enfrentamos, ir de um lugar a outro se torna cada vez mais difícil. Na tua época os teus pais eram encanados com esse tipo de coisa?

Sant’Ana — Não havia isso, Gabriel, no meu tempo de criança e jovem. Na cidade, todos ficavam com a janela aberta durante toda a noite e as cadeiras das casas ficavam nas calçadas. Era um paraíso.

Gabriel — Você e os seus amigos saíam para fazer o quê?

Sant’Ana — A gente saia solto pelas ruas para realizar folguedos, a polícia não tinha trabalho nas ruas. Nem ladrão havia. A única coisa que existia era batedor de carteiras, que em vez da violência usavam a habilidade.

Gabriel — E tinha horário pra voltar?

Sant’Ana — Não tinha horário para voltar. Houve gente que até hoje não voltou.

Gabriel — Com que idade você começou a escrever tão bem quanto eu? Hahahaha… Foi pensando no futuro que você entrou pra esse ramo?

Sant’ana — Claro que foi pensando no futuro que entrei para essa profissão de jornalista. Mas só comecei a escrever tão bem quanto tu quando fiz 60 anos. Eu sou um retardado.

Gabriel — E as namoradas? Como eram as paqueras naquele tempo?

Sant’Ana — As namoradas naquele tempo eram todas eram virgens. Os homens só tinham sexo na zona do meretrício ou quando se desapertavam com as empregadinhas domésticas. Sexo naquele tempo entre namorados só depois que se casassem.

Postado por Sant`Ana

Comentários (7)

  • Ignacio Carrau diz: 1 de agosto de 2009

    Caro Sant Anna,

    adorei a entrevista do teu neto e ainda mais as tuas respostas, acho que logo logo poderemos ficar tranquilos para quando decidires te aposentar, pois a RBS tera um sustituto para o seu maravilhoso trabalho e para evitar a saudade nossa teus leitores que iriamos sofrer demais sem te ver, ouvir e ler.
    Grande abraco e muita saude para vc e que o Gabriel possa dar continuidade ao avo.

    Ignacio Carrau
    Desde o Rio de Janeiro

  • HELENO PINTO NOBRE diz: 24 de julho de 2009

    GOSTARIA DE PARABENIZAR PABLO; BELO NETO; MUITA SAÚDE PARA QUE POSSAS VER ESTE TEU NETO TER UMA VIDA SAUDÁVEL E NÃO HÁ DÚVIDA QUE É TEU NETO; ATÉ PARECE QUE É UMA FOTOGRAFIA DE QUANDO ERAS MAIS JOVEM. ESPERO DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO QUE ELE NÃO FUME E QUE SE ELE NÃO FUMA; ELE TE CONSCIENTIZE PARA ABANDONARES ESTE MALDITO HÁBITO; E EU NÃO ME CONVENÇO QUE FUMAS ATÉ NO BANHO; QUE É UMA HORA BASTANTE IMPORTANTE. TE CUIDA PABLO.

  • anonimo diz: 24 de julho de 2009

    Ótimas perguntas… Porém, respostas geniais!
    Sorte deste piá, Gabriel, que tem a oportunidade de conviver com um ícone da cultura popular que és tu, Paulo Sant`ana.

  • Cleomar Santos diz: 27 de julho de 2009

    Neste domingo à tarde vi muitas pessoas sentadas em cadeiras de praia nas calçadas. Muito agradável ver isso. A térmica de chimarrão ao lado, a mão protegendo os olhos do sol, pernas cruzadas e muita fofoca. Coisa linda de ver, e não tão de ouvir.

  • anderson cardoso diz: 25 de julho de 2009

    neste quizito..sexo com a namorada ,,mudou um pouco Santana ,neste dias ,,tem casal qu não faz sexo e depois de casado…

  • Felipe Francisco Faccioni diz: 25 de julho de 2009

    Sant’Ana, me parece que mais de 3/4 dos crimes do RS tem relação com uso de Drogas, o pessoal do DENARC do RS podem te dizer algo mais preciso deste assunto. É algo bom para comentar no Blog pois o usuário de drogas tem uma parcela de culpa nisto ( e o consumo de Drogas no RS é espantoso).
    abs
    Felipe
    Gaucho de Espumoso, morando fora do estado mais de 15 anos.

  • QUE CAPACIDADE!!!! diz: 28 de julho de 2009

    FOI NUMA DESSAS QUE SANTANA NAMORANDO NO PORTÃO FOI SURPREENDIDO PELA MÃE DA MOÇA GRITANDO”Ô MENINA,QUE ESTÁS FAZENDO?E ELA RESPONDEU,”NADA MÃE SÓ ESTOU ARRUMANDO A GRAVATA DO SANTANA,NO QUE A MÃE TORNOU A PERGUNTAR,”MAS GRAVATAÍ?NO QUAL SE DEU O NOME DA CIDADE

Envie seu Comentário