Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

O futebol está à flor da pele

19 de novembro de 2009 25

O acontecimento do dia ontem foi, sem dúvida, a briga entre dois jogadores do Palmeiras no intervalo do jogo contra o Grêmio, quando eles estavam indo para o vestiário. O Brasil inteiro viu o tapa do Maurício e o revide com um soco do Obina, eles não tiveram vergonha de se mostrar em plena briga dentro da Arena. Que coisa séria!

Eu vejo às vezes os jogadores agarrados aos seus companheiros quando comemoram, mas aquilo muitas vezes é uma hipocrisia, por trás da comemoração existem atritos, existem brigas. E isso existe entre todas as profissões, quantas vezes eu já briguei com colegas de profissão, já vi médico calçar o outro com um revólver dentro do consultório! Então isso não é assim, de alarmar, porque acontece em todas as atividades: elas, de repente, derivam para a violência.

Mas o estranho é que ninguém sabe qual é o real motivo da briga, a razão é misteriosa. O campeonato – e isso está comprovado – chegou a um momento de tal tensão, que os nervos estão à flor da pele. Veja o que aconteceu com o São Paulo: teve três jogadores suspensos pelo Tribunal, também em um jogo contra o Grêmio. Naquele jogo, também dois jogadores do São Paulo brigaram entre si no centro do campo.

É sempre contra o Grêmio que acontece isso, e é sempre com os líderes. Eles são os mais pressionados, pois a decisão deste campeonato é muito nervosa, muito muito igual e parelha. E tanto o Palmeiras como o São Paulo são dois favoritos ao título, são os times que tem o maior poder de fogo financeiro, mas na reta final começam a fazer fiasco e agredirem-se, ou agredirem os adversários.

A imprensa se deliciou, quem é que não gosta de uma briga? E a briga que deu no final de Cerro Porteño e Fluminense, era uma batalha campal, com sopapos, voadoras, tapas para todos os lados. De repente, o time do Cerro Porteño, que vinha conduzindo bem a partida, levou dois gols nos acréscimos, e perdeu a cabeça, agredindo jogadores e dirigentes do Fluminense. Ontem à noite fiquei sabendo, tanto o Maurício quanto o Obina foram afastados definitivamente do Palmeiras, o Palmeiras rompe o contrato com os dois jogadores, e não quer mais vê-los no seu plantel, o que quer dizer que o clube reprova duramente este acontecimento lamentável.

O futebol está à flor da pele, tomara que não prossigam estas agressões e espetáculos tristes, deploráveis de jogadores agredindo colegas.

Confira a íntegra do meu comentário no Gaúcha Hoje:

Postado por Paulo Sant`Ana

Comentários (25)

  • balboa diz: 19 de novembro de 2009

    Quero enaltecer a atitude do Gremio, nestas últimas partidas do Campeonato, que mostra profissionalismo, que o Inter as vezes não tem. No ano passado, contra o São Paulo,o Inter colocou um time misto contra o SP,só pra não beneficiar o Gremio, no caso de vitória.O Gremio não tem mais nada a perder, só que se analisarmos,está só 4 pontos atrás do Inter.Caso tivesse ganho fora de casa, com certeza estaria disputado o título.
    Todo mundo sabe que sou colorado,mas o Gremio pode decidir o campeonato

  • Caique Copat diz: 19 de novembro de 2009

    Santana

    Eu nunca gosto de ver meu time perder, me sentiria envergonhado se meu time perdesse de propósito, O grêmio pensa no grêmio o internacional pensa no internacional, não tu é um falso gremista, tu só chora

    POSTA ESSE COMENTÁRIO PORQUE O OUTRO TU NÃO TEVE CORAGEM

  • José Mattos diz: 19 de novembro de 2009

    Estas brigas são contornáveis. É só bani-los do futebol. O que tem que ser combatido também, é a mão grande. Sacanearam o Juventude frente ao Vasco. Ontem a França meteu a mão e levou. E ninguém se indigna com isto. Ah, o juiz não viu. Se a coisa fosse séria, anulariam o gol. Campeia a safadeza.

  • Alex Ruiz diz: 19 de novembro de 2009

    Tu incentivas entregar jogo, nao tens moral nenhuma pra falar de futebol.

  • icaro zadinello diz: 19 de novembro de 2009

    continue assim gremio time do coração
    sant/ana parabens vc e demais
    abração mas nao sou gremista sou colorado e e nao torci para o palmeira mas sim para o timao do coração.

  • Heloísa Pires diz: 20 de novembro de 2009

    Ô Balboa,de Cascavel!!!Estás de cabecinha bem feita,heim,amigão!!!…Dá uma olhadinha nos jornais do ano passado,anteriores e posteriores ao jogo do Inter x São Paulo, para veres como todos elogiam a atitude do Colorado! O Inter tinha um jogo com o Boca,em seguida,e poderia jogar em São Paulo somente com os reservas. O Inter jogou com 7 titulares,restando 4 deles no banco. Aos poucos eles foram entrando,mas a cabeça,o foco estava em Buenos Aires. O Grêmio,neste ano,só disputa o Brasileirão!

  • AIRTON diz: 19 de novembro de 2009

    Concordo com vc que atritos existem em todas profissões.Mas discutir é uma coisa e se darem socos é outra.Quando isso acontece é porque os profissionais não tem um comandante ativo, na questão do futebol o técnico e o capitão. Em um jogo 15 dias atrás dois jogadores do S. PAULO discutiram e quase chegaram aos finalmente,mas isso não aconteceu porque tinha um grande lider dentro de campo ROGÉRIO CENI. É isso que faltam aos clubes lideres positivos, e o s. paulo irá ser campeão pois tem esse lider

  • EDER-gremio eu te amo diz: 19 de novembro de 2009

    E AÍ SANTANA!!!NÃO VAI CRITICAR O NOSSO AMADO TRICOLOR POR TER GANHO DO PALMEIRAS ONTEM?
    IMAGINA SÓ SE O GREMIO CEDESSE O EMPATE OU PIOR AINDA,A VIRADA EM PLENO OLÍMPICO E COM DOIS A MAIS EM CAMPO…ISSO SIM SERIA UM ESCÂNDALO!!!
    VAMO LÁ GREMIO!!!

  • Milton diz: 19 de novembro de 2009

    Pois eu acho que o Palmeiras “amoleceu” para o Grêmio, até com a briga , p´ra garantir o colorado…Dá-lhe Tricolor….

  • Liliane diz: 19 de novembro de 2009

    Snt`Ana; de que arena vc está falando?? credo!!!

  • Flávia diz: 19 de novembro de 2009

    Os tapinhas dos São Paulinos ou os soquinhos dos Palmeirenses, na minha hulmide opinião é feio igual e demonstra o nível de exaustão em que vivemos, torcedores, jogadores e porque não os juízes de futebol.

  • Marco Vinicius diz: 19 de novembro de 2009

    Ué, mas não era o senhor que queria ontem a fúria da torcida contra jogadores e dirigentes se o Grêmio ganhasse? Agora repreende atitudes tão baixas quanto?

  • marcio diz: 19 de novembro de 2009

    Os comportamentos irresponsáveis mais perigosos são os da torcida, ou de grupos que andam armados de paus e pedras em dias de jogo pelas ruas da cidade. Esses comportamentos são insuflados quando jornalistas fazem apologia a atitudes do tipo “vale tudo” para prejudicar o adversário. Como entregar um jogo, apenas para ver o adversário (ou seria o inimigo?) se ferrar. Quando se perde a dignidade e a honra, se está a um passo da incivilidade. E falta de civilidade é o mesmo que barbárie.

  • Rinaldo diz: 20 de novembro de 2009

    Os corneteiros venceram! Os secadores estão felizes! Tcheco se foi! Os corneteiros e a imprensa vermelha venceram!
    Estamos perdendo nossos ídolos, ou simplesmente deixando-os ir embora.
    Primeiro foi Danrlei, depois Roger (o lateral esquerdo), recentemente Sandro Goiano; depois Pereira – um emblema da Batalha dos Aflitos e agora Tcheco, este deve ser gremista demais para a direção que busca “outro perfil”.

  • Antunes diz: 19 de novembro de 2009

    Santana, muitos gremistas como eu gostariam que Rospide continuasse, mas tem receio que se “queime” como técnico e o Grêmio perca excelente funcionário que é. Porque não “efetivá-lo interinamente”, pagando gratificação mensal (tudo registrado em carteira) compatível com salário de técnico? Não haveria “pressão psicológica” e o Grêmio não arriscaria perder excelente funcionário. Não seria viável ? Abraços.

  • Heloísa Pires diz: 19 de novembro de 2009

    É O HOMEM COM O SEU STRESS!!!…

  • Cláudia diz: 20 de novembro de 2009

    Eu fiquei é muito triste com a saída do Tcheco! Agora o pessaol vai vê-lo dando show de futebol no Timão e vai sentir saudade!!!

  • Marcus K. diz: 19 de novembro de 2009

    Quem não gosta de uma briga, né Sant`Ana? Tu estás nessa cumbuca, já que apoias que o Grêmio entregue os jogos aos adversários do Internacional. Sinta-se culpado quando um jovem morrer apenas (e simplesmente) por vestir as cores opostas ao seu assassino nas ruas. Insurges às torcidas sentimentos de raiva e revanchismo desnecessários, e plantas nas ruas, com atitudes deste tipo, mais uma semente da violência que tanto repudiamos. Lastimável.

  • josé de alencar souza da silva diz: 19 de novembro de 2009

    Chora Sant ` Anna o Grêmio ganhou,para tua tristeza o Grêmio honrou seu nome vencedor.

  • Titiozão diz: 19 de novembro de 2009

    Estou assim,mas é com este desgoverno da condenada no nosso estado. Agora vem esse Secretário Deon querendo enrolar dizendo que piso não é básico na carreira do magistério. O que é então? É mínimo? É máximo? Será que ele é professor de carreira,concursado? Ele foi interventor no governo Colares/Neusa e mora de graça na Escola CADOP-Cachoeirinha, há anos.

  • felipebrun diz: 20 de novembro de 2009

    Excelente comentário como sempre…. poderiam postar o comentário de quarta-feira (18/11).

    Atenciosamente,

    Felioe

  • Greminho diz: 19 de novembro de 2009

    Santana! Estranho é o Presidente se livrar dos profissionais porque trocaram alguns tapas, quando ele mesmo na semana passada falou alto e em bom tom que se encontrasse o Simon, lhe daria uns tapas. Entende!!!!????

  • mateus diz: 19 de novembro de 2009

    putz…arrepiou de novo santana???O nde está o jornalista capaz de contriar todas as opiniões paralelas…INTER LIBERTADORES 2010…CHORA SANTANA!!!CCHHHOOORRRAAAAAAAAA.

  • Sergio Lourenço diz: 19 de novembro de 2009

    Só os críticos não veêm o boicote do Tcheco ao Máxi: ele passa uma bola por jogo para o argentino. Sem esse amarelão, até o Douglas Costa começa a jogar bem…

  • Tiago Moreira Guimarães diz: 29 de novembro de 2009

    O Grêmio é quem decide: “Corpo mole” contra o Flamengo para não dar chance ao Inter ou ganhar e dar chance ao arqui-rival? Parece loucura, mas sei lá… o ideal seria as com,binações favorecer ao Palmeiras, mas, entre tantas coisas, prefiro ver o Inter levantar a taça do que o Flamengo. Bom, pelo menos isso para mim que sou mineiro de Ubá, cidade próxima do Rio de Janeiro, onde há muitos torcedores do Flamengo. Já estão fazendo a festa aqui do título, pois creem que o Grêmio fará “corpo mole”.

Envie seu Comentário