Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Cadeira Vazia

30 de novembro de 2009 20

O Programa do Jô, quando dá para ser bom, sai da frente.

Foi assim na semana passada quando ele entrevistou o cômico Marcos Veras, ótimo ator e excelente imitador, que sacudiu o público durante dois segmentos do programa com suas tiradas e extraordinário humor picante.

E foi assim, ainda melhor, também na semana passada, quando foi entrevistada Mariza, grande fadista, cantadeira portuguesa.

Jovem e bela, produziria na entrevista com o Jô um dos mais instigantes momentos da música popular.

Em primeiro lugar, trata-se de uma grande cantora. Além disso, possui uma vivacidade ímpar, cantou maravilhosamente um fado e disse que conhecia muito da música brasileira.

Eu e todos os telespectadores ficamos torcendo para que o Jô Soares pedisse a ela para cantar uma página brasileira. E dali a pouco o Jô nos atendeu, solicitando que ela cantasse algo da nossa música.

Amigos, foi um momento alto da arte popular. Sem anunciar o que iria cantar, Mariza saiu dando de um modo tão alto, tão sensível, tão envolvente que a plateia e os telespectadores ficaram abismados que uma cantora estrangeira pudesse suplantar os intérpretes nacionais com aquela afinação e dicção divinas. E a canção foi escorrendo límpida, luminosa, para delícia total de quem a ouvia:

Entra, meu amor, fica à vontade

E diz com sinceridade

O que desejas de mim

Entra, pode entrar a casa é sua

Já te cansaste de viver na rua

E teus sonhos chegaram ao fim

Eu sofri demais quando partiste

Passei tantas horas triste

Que não posso lembrar este dia

Mas de um a coisa podes ter certeza

O teu lugar aqui na minha mesa

Tua cadeira ainda está vazia…

E foi até o fim encantando a todos. O Cadeira Vazia, de Lupicínio Rodrigues, ganhava uma feição que ainda não tivera nos lábios de tantos cantores e cantoras brasileiros. Mariza cantou com sotaque integralmente brasileiro, mas nem Elis Regina, que se não me engano gravou esta música, atingiu os píncaros de beleza de Mariza.

Ela massacrou, entusiasmou, divinizou o Cadeira Vazia, chamou a atenção de todos como nunca ninguém o fizera, para a beleza desta canção eterna, que é muito conhecida pelos amantes de Lupicínio , mas que passou a ser encarada ainda mais bela do que já se a considerava.

Foi um instante de perturbadora delícia, pouca vezes vibra-se tanto quando alguém canta como aconteceu desta vez.

Assim vale a pena ficar-se até o romper da madrugada à espera do Jô Soares.

E esta cantora Mariza já é afirmada em Portugal, mas tenho a certeza que se tornará em uma das mais destacadas intérpretes de fados e outras canções europeias.

Ela é simplesmente espetacular.

Quem puder, tente escutá-la para ver:

*Texto publicado na página 51 de Zero Hora de hoje.

Postado por Sant`Ana

Comentários (20)

  • Alessandro Dieckmann Passos diz: 30 de novembro de 2009

    SIMPLESMENTE FANTÁSTICO!
    Magnífica interpretação

  • Luiz Gonzaga de Carvalho diz: 30 de novembro de 2009

    Ah! Esqueci-me de falar das palminhas da platéia. Desnecessárias e burras. Alguém precisa botar ordem nessa platéia. Só atrapalharam. Veja só, platéia e sexteto atrapalhando, e a menina mandou um recado maravilhoso.

  • rodrigo chittoni diz: 30 de novembro de 2009

    to arrasado, ela me partiu em pedacos. nao me recomponho mais.
    divina interpretacao. impar. exuberante.

  • Luiz Gonzaga de Carvalho diz: 30 de novembro de 2009

    Mais uma vez:
    Continuo achando a gravação de Elis DEFINITIVA! Mas Mariza, certamente, pode chegar lá. O grande Lupicínio merece!!!

  • Daniel Travassos diz: 30 de novembro de 2009

    Sant`ana, só uma curiosidade, apesar de nacionalidade portuguesa, a Mariza é nascida em Moçambique… Grande interprete, tive a honra de ir a um show seu em 2007 em Maputo, capital de Moçambique. Nunca pensei que ficaria tão impressionado com o fado…

  • elio farinon diz: 30 de novembro de 2009

    esse video está com problemas, muito truncado!

  • Sergio Fontoura Machado diz: 30 de novembro de 2009

    Santana,novamente conseguis-te fazer meus olhos marejarem.Linda essa interpretação de Cadeira Vazia,um poema musicado de nosso saudoso Lupi,essa música dele só não é mais linda q o nosso HINO GREMISTA.A Elis tambem gravou Cadeira Vazia,e muito bem por sina,mas essa menina portuguesa,sem ensaio e sem Play Back,deu um show,obrigado Pablito por essa emoção.Saúde irmão.

  • Pablo Macedo diz: 30 de novembro de 2009

    Olá. Eu nao nasci no “pampa”, mas fui adotado e acabei maravilhado. Das coisas que me fascinaram no Rio Grande uma delas foi o futebol. O Grêmio foi me conquistando, com títulos, com hinos cantados em derrota, com a imortalidade propagada… lembra um pouco essa coisa do Brasileiro, não desisto nunca. Ontem uma mácula me fez sentir que aqui as coisas não são diferentes, os valores que eu achei tivesse encontrado aqui se perderam em aprte. Quando escuto um jogador do time do grêmio diz

  • Luiz Gonzaga de Carvalho diz: 30 de novembro de 2009

    Contin uando…
    Essa menina Mariza, cantando em um estúdio, com todos os recursos atuais, pode, sim, se ombrear a Elis. Alíás, para cantar a Cadeira certamente bebeu na fonte de Elis.Muito semelhantes as versões. Enfim, maravilhosas. Parabéns pela “sacação”. Valeu!!! Ah! Gostaria de ver a Mariza cantando Vingança, e outros tantos clássicos da música brasileira.

  • balboa diz: 30 de novembro de 2009

    Me desculpe caro amigo Santana:queria fazer uma apelo ao amigo, não sei se vou ser atendido.Todo mundo sabe que tua influência é muito grande no Gremio, por isso peço para que fale com a direção do Gremio mandar o que tem de melhor no elenco do Gremio para o jogo contra o Flamengo, e que pelo menos empatem contra o Flamengo.Se o teu Gremio fizer isso, tenho convicção que um dia nós retribuiremos este favor, pois na vida nunca podemos dizer que não comeremos desta comida.Podes mer xingar Santana.

  • Luiz Gonzaga de Carvalho diz: 30 de novembro de 2009

    Paulo,
    Seus comentários traduzem perfeitamente o que eu senti vendo o Jô. Mariza é uma cantora excepcional! Cantando Cadeira Vazia, quase à capela, já que o acompanhamento só atrapalhou, deu show! Lupa deve ter se revirado no túmulo, de satisfação, pois antes, além de Angela Maria, somente a grande Elis havia cantado este clássico com tanta maestria. Aliás, passo-lhe um pito: tu não podes desconhecer a gravação de Elis. Não só a gravação, como tb as inúmeras vezes que cantou em shows em teatro

  • Lee Silva diz: 30 de novembro de 2009

    Santana:
    Mariza desde algum tempo é a maior fadista da atualidade.
    Em POA (lá no centro) já vi CDs dela á venda, mas se vc quiser tenho aqui comigo 3 CDs dela que lhe posso fazer chegar caso tenha interesse.
    Abraço
    Lee
    Obs:
    Fiquei com pena de ñ ter visto esse programa do Jô.

  • Marco diz: 30 de novembro de 2009

    Tá feliz agora Santana?

  • Calixto diz: 30 de novembro de 2009

    Santana estamos esperando: como tu achas que o grêmio deve atuar no jogo c/o Flamengo. Precisamos de tua clara e inequívoca manifestação p/saber de teu caráter e, principalmente, qual é tua “Ética”. Afinal milhares de jovens precisamos formar nossos valores e aguardamos tua postura. Uma paixão (clube de futebol) justifica lancar mão da “ética do interesse” ou devemos ser coerentes c/princípios civilizatórios de alto valor, que elevam os seres humanos? Díga? Indague teus sentimentos.

  • Marco_P diz: 6 de dezembro de 2009

    Para “elio farinon – balneário camboriu” O vídeo está perfeito, tua conexão que é truncada. A postagem é minha no canal “md9290″ do Youtube que é meu. Se quiseres posso mandar uma cópia… É só pedir…
    Conheço a Mariza desde o início de sua carreira e a acompanho como um perdigueiro. Não poderia deixar de postar o vídeo após ter gravado o programa do Jô. Perder a oportunidade de vê-la cantando em português – Brasil – uma página do Lupicínio – seria imperdoável – uma heresia.

  • Machiavel diz: 30 de novembro de 2009

    A melhor música do Lupicínio é o Hino do Grêmio;depois, é VINGANÇA…VINGANÇA, VINGANÇA,VINGANÇA AOS SANTOS CLAMAR!E a vingança é o sentimento que maior prazer dá ao ser humano.E domingo, contra o Flamengo, é dia de VINGANÇA. Dia de prazer. O colorado vai implorar, pedir de joelhos.Vai falar em profissionalismo e outras bobagens.Mas ele sabe que não vai levar. Vai se humilhar mas não vai levar. O Gremista só quer VINGANÇA. E VINGANÇA, em pleno Maracanâ,contra o Flamengo,nada pode ser maior!

  • Darci de Azeredo diz: 30 de novembro de 2009

    Olá Paulo! Bom dia, hoje moro em Belém PA, dede 2002 e tive a felecidade de abrir no Google a pagina de Zero Hora, e li seus comentários sobre o nosso time, pois sou torcedor do Gremio desde 1954 qundo o Renner foi campeão, e continuo como sócio remido,fora o futebol adorei o video de Mariza cantando Cadeira Vazia, muito obrigado amigo, ja que nos encontramos em algumas noites em no Porto Alegre.

  • Rafael diz: 30 de novembro de 2009

    SANTANAAAA AO SOM DESTA MUSICA MARAVILHOSA, TENHAS DÓ DO TEU CO-IRMÃO, E MANDA UM RECADO LÁ PRAS BANDAS DA AZENHA PEDINDO QUE AO MENOS EMPATEM COM OS RUBRO NEGROS..UM ABRAÇO.
    RAFA.

  • rafael pacheco diz: 30 de novembro de 2009

    .. Salve Lupicínio Rodrigues ..

  • George Patino diz: 2 de dezembro de 2009

    Caro San`Ana,
    Gracas ao seu imcomparavel bom gosto e extrema sensibilidade eh que gente como eu tao distante da terrinha pode desfrutar de uma extraordinaria interpretacao desse classico do Lupiscinio por essa fera que eh a Martiza.
    O arranjo que ela interpretou esteve, certamente baseado na inesquesivel Elis.
    So nao gostei das palmas que tentaram marcar um ritmo inatingivel e que so atrapalhou a beleza do m0omento

Envie seu Comentário