Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

As algemas

13 de fevereiro de 2010 9

Vejam este caso do governador de Brasília José Roberto Arruda, pediu licenciamento do cargo por ter sido preso pelo Superior Tribunal de Justiça.

Foi decretada a sua prisão e ele não poderia fugir. Mas tinha de ser materializada a prisão, a Polícia Federal tinha de efetuá-la.

Ele pronto correu a telefonar para o diretor-geral da Polícia Federal e negociar a forma como iria para a prisão, sem as surpresas de ter de ser apanhado pela polícia e levado até a prisão.

Negociou da seguinte forma: ele se entregaria no prédio da Polícia Federal e se livraria da suprema humilhação: as algemas.

Tudo, menos as algemas, pensou Arruda. E assim foi feito.

Este homem estava disposto a tudo que o destino aprouvera. Foi destituído do cargo de governador, estava numa hora investido da função eletiva, despachando no palácio, em poucos segundos a sua vida mudaria para uma tragédia: tinha sido decretada a sua prisão.

Ele teria de suportar esta queda vertiginosa da existência de maneira estoica: de governador para detento, tudo se passou de forma rápida, um turbilhão de pesadelos passou por sua cabeça.

Mas teria de enfrentar a vida, a prisão, o processo, a execração.

Dispôs-se a tudo isso, só não se dispôs a uma coisa: as algemas.

Tudo, menos as algemas.

Foi tão grande, meses atrás, a polêmica sobre o uso de algemas em presos importantes, houve reação de alguns presos, houve justificativas candentes da Polícia Federal para usar as algemas, que chego a uma conclusão: a pena máxima em matéria penal entre nós não são os 30 anos de prisão, o teto de punição para cada cidadão. A pena máxima, segundo concluí, são as algemas.

As algemas com fotos nos jornais e imagens na televisão são o castigo mais temido pelos presos ilustres.

Daí que o governador Arruda negociou com a Polícia Federal não lhe fossem aplicadas algemas, o próprio presidente Lula se empenhou elogiavelmente no sentido de que Arruda não fosse humilhado pelas algemas.

As algemas carregam um tal grau de opróbio que muitas vezes se vê na televisão ou em fotografias de jornais os presos sendo conduzidos para a prisão, algemados, mas com um pano qualquer ou um papel sobre as algemas para esconder aquele equipamento policial dos olhos dos outros. E isso às vezes é cometido por presos não ilustres, por bandidos quaisquer, que incrivelmente pensam que só são destituídos de dignidade se forem vistos algemados.

Tanto é verdade isso que a definição de algema no dicionário deveria ser somente a de instrumento de ferro com que se prendem os braços pelos pulsos. Ou então como grilheta ou cadeia.

Mas não, está lá no dicionário o sentido figurado da palavra algema: coação, coerção, agressão.

O dicionário considera até como agressão as algemas, daí que os presos suportam todo e qualquer tratamento, querem apenas evitar as algemas.

Daí que o ex-governador Arruda está pronto para enfrentar todo um drama para responder às acusações de que é alvo, mas deve estar pelo menos minimamente consolado porque não foram publicadas fotos suas na prisão ou a caminho dela, mas principalmente porque ele não foi visto algemado.

*Texto publicado hoje na página 47 de Zero Hora

Comentários (9)

  • Luis Vieira Mulbaier diz: 13 de fevereiro de 2010

    ALGEMAS SIM. julgamento e cadeia igual á qualquer cidadaõ brasileiro, algemas tanbém para aquele comandante que empurou a quela moça em BRASILIA. Infelismente o nosso pais é de muitas leis e vias, se um cidadaõ comum cometer o mesmo ato do comandante contra um fiklho de um juis´, ,é atentado, agressaõ no minimo 10 anos de prisaõ.ASSIM vai se criando as geraçaõ cada uma no seu lugar morro no morro periferia na periferia eas algemas só para os filhos da clase média, média bem média. HÁ para os bem pobres as algemas vem com assesórios, tapa na cara e cuturno no tornozelo.QUE BELEZA DE JUSTIÇA BRASILEIRA.UM ABRAÇO A TODOSSSSSSSSSS

  • elio miguel diz: 13 de fevereiro de 2010

    Sant’ana, é lamentável que o povo tenha contribuído sobremaneira para essa cena. Ora, se o Arruda já tinha passado por um vexame no caso painel do congresso, por que votar nele de novo? Se o povo deixasse de votar nesses candidatos corruptos, acabar-se-iam todos os problemas dessa natureza. O Arruda teve o azar de ser filmado, o que caracteriza a prova sem discussão. Mas, outros, por terem “padrinho forte”, deveriam ter o mesmo destino, como o Sarney, o José Dirceu, o Renan, entre outros. O Lula interveio para que não usassem as algemas porque amanhã pode ser ele. Ou será que não é crime fazer campanha eleitoral ainda ocupando o cargo de Presidente? Alguém tem alguma dúvida disso?

  • diego diz: 13 de fevereiro de 2010

    Prezado Colunista, concordo com sua opinião, e tenho certeza que o uso das algemas é constrangedor, principalmente a forma utilizada pela BM, sim porque como nossas cidades são pequenas na região da fronteira com a argentina muitas vezes os Brigadianos deixam se levar por politica, time de futebol brigas de familia, sendo que quando tem oportunidade fazem uso de qualquer meio prar agredir e humilhar, vejo as algemas como necessarias em casos de agressividade, assassinos, estrupadores, claro desde que todos sejam culpados, não pode se admitir algemas em um cidadão suspeito, as algemas são algo que ja identifica e marca uma pessoa pelo resto da vida. Penso como é o caso que cito de um agricultor é preso e algemado por estar portando um revolver, e é preso dentro de sua propria terra quando estava trabalhando, sendo que não fez uso da arma, apenas porque alguem denunciou e o policial era amigo do denunciante. sendo que como era final de semana a pessoa foi levada para o presidio porque a juiza argumentou que so veria o caso na segunda feira, bom resumindo se fosse rico ou alguem que não tivesse nada a perder ela teria deliberado no mesmo dia, mas como é um pai de familia, que vive da agricultura, ela não se imcomodou de deixar esta pessoa em depressão por causa disso hoje ele faz tratamento psicologico, ta depressivo, enfim por causa da cultura gaucha, de um policial e de uma juiza, hoje ele se sente um incapaz e nem olha para os filhos. so uma observação o revolve é registrado faz 10 anos e nunca foi utilizado, e também não portava munição.

  • Luiz Inacio diz: 13 de fevereiro de 2010

    Santana, tem medo das algemas, aqueles que sabem que algumas horas depois estarào
    soltos, por elas e as fotos nos jornais apavoram, sabe por que? Porque quando estarà
    solto, continuarà a fazer a mesma coisa. Jà se reconhecido pelas fotos nos jornais com as
    algemas, fica mais complicado. Eu te pergunto, qual o bandido que preferiria, ficar 10 anos
    preso do que ser visto com algemas?
    No caso desse Governador coitadinho, ele sò roubou um pouquinho. Defenda-o como faz
    o Presidente que està acostumado e rodeado de corruptos. E tudo normal. E muito feio
    ser visto com algemas, roubar ao contràrio, faz parte do cargo polìtico.

  • Alessandro Soledade diz: 14 de fevereiro de 2010

    Arruda não tem vergonha de justificar para população que o dinheiro desviado era para a produção de panetones, mas julga humilhante ser preso com algemas. Eu preferiria as algemas.

  • Jairo diz: 14 de fevereiro de 2010

    Esperamos que o STF crie coragem e julgue rapidamente o Mensalão do PT. Zé Dirceu, Genuino e cia já estão tuando na cúpula petista e o “Chefe” dando boas rizadas. Provas substanciais não faltam. É de ruborizar ver Lula se dizendo entristecido com os problemas de BSB e ainda pedindo intervensão no DF. Vi cair o muro de Berlim, ainda tenho esperanças de ver justiça neste País fazendo cair a máscara dos “sepulcros caiados”.

  • nelson L diz: 15 de fevereiro de 2010

    Prezado Pablo: não podes deixar de ir a praia nos feriadoes.Perdes a genialidade e começas a escrever bobagem…Esta de que o Lulla defendeu uma prisão digna(sem algemas) para o Arruda merecer o teu apoio é de matar.Na China,e em varios outros paises este cavalheiro seria condenado a morte ou prisão perpetua.Alias ele, do mensalinho do DEM e os outros do mensalão do PT.Este apoio fica bem no Genival de Erechim ou no Arroto (assalariado do PT) de Poa não para voce.Vai tomar uns choppes e trata de superar esta enorme gaffe!!!!

  • Sergio Sulzbacher diz: 16 de fevereiro de 2010

    Respondendo qo Jairo,espero que julguem rápidamente também a corrupção gaucha ,dessa corja que afanou dinheiro do gauchos de tudo que é forma possivel.Querem pressa lá ,mas não aqui.Pimenta nos olhos dos outros é refresco.Aqui a corrupção está infiltrada em todas as Instituições.Esta corja jogou no lixo os valores e tradições gauchas.É bom que construam mesmo prisidios novos,pois a Justiça tarda mas não falha. E ENTÃO PODERÁ FALTAR VAGA NOS PRISIDIOS E ATÉ ALGEMAS PARA TODA ESSA TURMINHA DE POLITICOS GAUCHOS QUE SEMPRE TEVE TODOS OS PRIVILÉGIOS E REGALIAS DA MIDIA GAUCHA. A VEZ DELES TAMBÉM VAI CHEGAR.

  • André diz: 17 de fevereiro de 2010

    Sempre procurei analisar cautelosamente as situações e o que se diz, no momento em que se diz e acho que o presidente Lula equivocou-se ao defender o não uso das tão temidas algemas. A lei é igual para todos? Cuidado, amanhã vão estar construindo hotéis 5 estrelas para servirem de prisão para os assassinos e usurpadores do povo. Enquanto O POVO… Quem é o povo?
    Ah! Sim, claro, os idiotas pagadores de impostos. MAIS RESPEITO com quem constrói a grandeza deste país.

Envie seu Comentário