Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

A vergonhosa fila do SUS

24 de maio de 2010 24

Se há uma ideia que não sai da minha cabeça, que insiste em martelar o meu elenco neuronial, é a da fila de cirurgias no SUS.

Eu não posso entender como um governante consegue levar à frente o seu governo, com tantas frentes a atacar, se não olha para a transcendental fila de cirurgias do SUS.

Eu não entendo como podem os três principais candidatos à Presidência da República engalfinhar-se em debates, entrevistas, encontros e não deixarem tudo de lado para encarar somente um assunto: a fila de cirurgias do SUS.

Em meu delírio sanitarista, penso que os governos tinham de abandonar todas as suas metas e fixar-se somente em uma: acabar com a fila de cirurgias do SUS.

***

Para mim não existe governo se não se concentrar em razões humanitárias.

E a razão humanitária mais urgente no Brasil é a fila de dezenas de milhares de pessoas que esperam por cirurgias eletivas no SUS.

Não pode um governo revestir-se de dignidade se milhares de seus súditos estão a definhar em filas de cirurgias e consultas no SUS.

O mínimo de civilização em um país exige que, se uma pessoa está inabilitada por falta de uma cirurgia, seja ela imediatamente encaminhada para esse procedimento, num prazo que não pode exceder a 45 dias.

***

Não é possível que a vida ou a integridade física de uma pessoa fique à espera de uma cirurgia por três ou quatro anos.

Quantos milhares, na espera pela hora da sua cirurgia, ficam aleijados, mutilados, com seus órgãos e funções destruídos – morrem, enfim, na fila da espera de cirurgia pelo SUS?

***

O jornal O Globo fez uma pesquisa em sete capitais brasileiras, Rio de Janeiro, São Paulo, Fortaleza, Belo Horizonte, Curitiba, Brasília e Salvador – portanto com a ausência de Porto Alegre, onde a fila de cirurgias do SUS é angustiante –, e constatou que 171 mil brasileiros aguardam desesperadamente a chance de se operar na fila do SUS.

Se Porto Alegre constasse do levantamento, subiria para mais de 200 mil os que vivem a agonia de espera nas filas de cirurgias.

Sem falar nas outras 19 capitais.

***

Como pode? Em muitos casos, em muitas capitais, os governos transferem para os hospitais a regulação sobre a fila das cirurgias. E esses hospitais vão administrando as filas, furando-as, de acordo com seus interesses.

E o pobre doente que está na fila, impedido muitas vezes de trabalhar ou de se locomover pessoalmente e aderir ao metabolismo social, fica sem saber a quantas anda a sua inscrição na fila, numa aflição que beira o desespero e cedo ingressa na fatalidade.

***

O problema da fila tem origem na raiz da saúde pública: como a quantidade de equipamentos, leitos e profissionais é escassa, os hospitais se dedicam prioritariamente aos casos de urgência e emergência. E dá-lhe o doente a esperar, abandonado em seu lar, ao chamado de angústia sem fim, que às vezes demora cinco anos, quando a saúde do doente já se estraçalhou e vem a apresentar complicações afins com a original ou novos problemas de saúde.

***

Não deveria haver eleições se há fila de cirurgias. O país tinha de parar, antes de fazer eleições, para extinguir a fila do SUS, porque continuar a funcionar um país que organiza uma fila da morte é um dos maiores despautérios que se conhece.

Esta fila não pode continuar oculta nos bolsões de indiferença dos governos e dos hospitais.

Esta fila tem de ser publicada, apregoada, insistida em sua repercussão, para que o Brasil, de uma vez por todas, de vergonha, acabe com ela.

Comentários (24)

  • ALCF diz: 24 de maio de 2010

    A cerca de trinta anos atrás, no auge da ditadura militar, o extinto INAMPS, com a estrutura que possuía e o seu qualificado quadro de servidores, dava conta de tudo. Com o seu serviço domiciliar de urgência, denominado por SAMDU (Serviço de Atendimento Médico Domiciliar de Urgência), o paciente era e atendido em casa de pronto encaminhado ao Hospital quando o caso se fazia necessário. O cidadãos tinham o luxo de requisitarem ambulância para realizarem suas remoções de hospital para hospital, da sua residência para hospital e vice-versa quando da ocorrência de sua alta hospitalar. Exames e medicamentos produzidos pela extinta CEME, era uma fartura.
    Daí surgiu a hipócrito discurso da democratização em que a comunidade fiscalizando tudo seria melhor, a para isso criaram o SUS, que de único nada tem, pois determinados municípios negam-se atender um cidadão, quando não é ele residente naquele municipio. Ora! não é ele um brasileiro ? – O sistema não é ÚNICO ?
    Como se vê, o povo hoje não apenas fiscaliza, denunciam diariamente o caos e agonizam.
    Melhorou ?
    O cômico, é saber que, os que neste interím todo de desorganização do sistema, gerenciaram o SUS, nunca dele se utilizaram para atenderem a sí e seus familiares. Utilizam-se dos seus planos privados de medicina. Resumo: não confiam e sequer acreditam no sistema por eles mesmo geridos.

  • Vilmar Oliveira Carpter diz: 24 de maio de 2010

    Santana
    Acompanho teus comentários e hoje quando falas das filas de espera de cirurgias pelo SUS, justamente agora quando se avizinha uma eleição, creio que seria interessante salientares que a saúde nes te pais é municipalizada e portanto eleições para prefeito só daqui a pouco mais de dois anos e que tem candidatos aos governos dos estados que renunciaram as prefeituras, portanto estão se candidatando sem ter resolvido este problema vergonhoso por que passa o cidadão brasileiro. E olha que muitos destes candidatos foram reeleitos, portanto ficaram um tempo maior a frente do executivo municipal e não moveram uma palha para resolver.
    Um abraço

    Vilmar Oliveira Carpter

  • manoel ilha diz: 24 de maio de 2010

    OLA SANT’ANA, VC ESTA SENDO MUITO BONSINHO. QUANDO CHAMA ISTO DE VERGONHA.

  • JUSSANDRA MORAES diz: 24 de maio de 2010

    Paulo. até para exames e consultas a fila leva anos, eu estava em auxilio doença,fiquei por quase 6 anos..como não consegui os exames que o médico pediu ( estou aguardando desde 2004 por um eletroneuromiografia e um neurologista no Hospital de clinicas a pouco tempo perguntei se ainda iriam me chamar e informaram que continuo na fila para aguardar em casa.) o INSS me liberou..agora estou desempregada sem tratamento médido e na fila de Espera para os exames…segundo o Perito do INSS quando meu Braço atrofiar eu devo procurar me aposentar..claro se não morrer antes disso…

    Assim como eu existem milhares de pessoas aguardando…fazer o que,pobre não tem alternativa a não ser aguardar.

  • Antonio Magalhaes diz: 24 de maio de 2010

    Sei que deves ter dificulda de ler todas as manifestações que recebes de leitores e ouvintes, mas já te escrevi fazendo pedido que usasse a tua coluna para tentar melhorar a situação da saúde no estado e em Porto Alegre. Pois acho um escárnio com a polução o abandono da saúde em Porto Alegre(mais precisamente), não que a população não tenha sua parcela de culpa pois elege sempre os mesmos e o fará novamente. Há dinheiro para museus,times de futebol, eventos futebolisticos, reformas de teatros para tudo, menos para a saúde para fazer um postinho de saúde é uma lenda para deixar um teatro luxuoso é uma barbada. Pois agora peço que dê nomes aos bois. Este abandono da saúde tem nome, atualmente Luis Inácio da Silva,Fogassa, Yeda, já teve outros nomes e terá novos nomes logo, não tão novos pois já estiveram no topo das decisões. Alerto para que observem que estas mesmas figuras carimbadas apartir deste mês terão todas as soluções para todos os problemas, assim como as tinham a 20 anos, de 4 em 4 anos eles tem a solução.

    Obrigado por trazer o tema a baila, podes ajudar muito para acabar com esta barbaridade.
    1 anos esperando por um exame, meses por uma consulta(especialista), 10 horas por uma emergencia. E estas figuras vão para televisão e para as radios falar ao povo sem vergonha nenhuma.

    Um Abraço
    Antonio Magalhaes

  • elio miguel diz: 24 de maio de 2010

    Ué Sant’ana, o Lula não é o melhor presidente do mundo? Quem olhar a saúde e a segurança sabem que todos nós estamos padecendo de uma reavaliação profunda. Enquanto o presidente do Iran e o pessoal da ONU ironizam, os problemas nacionais são deixados de lado. Mas fique tranquilo Sant’ana, o Zé Povo vai eleger a Dilma e tudo vai continuar melhorando….

  • JANETE diz: 24 de maio de 2010

    Infelizmente não é uma piada, é a nossa realidade…

    RECEITAS DO SUS

    1. Se você não sabe o que tem, dê VOLTAREN;
    2. Se você não sabe o que viu, dê BENZETACIL;
    3. Apertou a barriga e fez ‘ahn’, dê BUSCOPAN;
    4. Caiu e passou mal, dê GARDENAL;
    5. Tá com uma dor bem grandona? Dê DIPIRONA;
    6. Se você não sabe o que é bom, dê DECADRON;
    7. Vomitou tudo o que ingeriu, dê PLASIL;
    8. Se a pressão subiu, dê CAPTOPRIL;
    9. Se a pressão deu mais uma grande subida, dê FUROSEMIDA!
    10. Chegou morrendo de choro, passe um SORO.

    E mais:

    Arritmia doidona, dê AMIODARONA…
    Pelo não, pelo sim, dê ROCEFIN.

    NÃO ESQUECENDO QUE O DIAGNÓSTICO É QUASE SEMPRE VIROSE!!!

  • JANETE diz: 24 de maio de 2010

    Amigo Santana, para que cuidar da saúde dos pobres e famigerados povão que vota neles.
    O governo sempre se elegeu com falsas promessas, e saúde no Brasil pelo SUS é uma utopia.
    Agora, para salvar uns votos a mais para Sra Dilma, governo enfeita com ampla campanha e combate ao Cracke. O crack é uma mistura de cloridrato de cocaína (cocaína em pó), bicarbonato de sódio ou amónia e água destilada, que resulta em pequeninos grãos, fumados em cachimbos ( improvisados ou não). É mais barato que a cocaína mas, como seu efeito dura muito pouco, acaba sendo usado em maiores quantidades, o que torna o vício muito caro, pois seu consumo passa a ser maior.
    Estimulante seis vezes mais potente que a cocaína, o crack provoca dependência física e leva à morte por sua acção fulminante sobre o sistema nervoso central e cardíaco.
    O governo anunciou nesta quinta-feira (20) detalhes do Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack, que prevê um orçamento de R$ 400 milhões para 2010, aplicados em tratamento médico para dependentes, repressão ao tráfico e campanhas de prevenção.

  • Pedro da Rosa diz: 24 de maio de 2010

    Que saudade de vç. Ligo a TV e não te vejo mais. Só quero que saibas tens em mim um admirador do teu trabalho.
    Saúde

    Abraço

  • JANETE diz: 24 de maio de 2010

    Que plano furado é esse Amigo Santana. Governo pensa que somos idiotas, babacas basta ele anunciar liberação de verba e tudo estará solucionado?
    Povo esta descrendo, dia a dia das falsas campanhas sem resultado.

    Nem é fila do SUS, é fila da morte.. Os pacientes morrem dentro e fora dos Hospitais. É uma tragédia, pior de que outros países destruídos pela força da natureza.

    Haiti, México ande Lula fez doações, visitou, a saúde por lá mil vezes melhor, mesmo em situação extrema, lutam pela vida. Aqui no BRASIL, pelo SUS nos corredores e nas filas a vida perde valor.

    Não falta dinheiro, se a ladra do INSS tal de Georgina, que ficou famosa, pelo ROMBO, causado no caixa, ela e sua quadrilha, e mais inúmeros outros rombos nao quebrou a INSS,
    isso denuncia incompetência dos GESTORES, do Ministro que so ocupa espaço na midia, e não trabalha, nao age, nao se move, não pensa, não contribui totalmente incapaz.

    Sistema Unico da Saúde no BRASIL é uma vergonha, Lula deveria sentir na pele, esse descaso com povo, principalmente, os humildes e mais pobres de uma nação linda.

  • dilmão diz: 24 de maio de 2010

    Tava demorando começar a campanha pró-Serra. A saúde vai mal e sabemos que uma grande parte da culpa é das prefeituras que não investem em saúde básica preventiva. Depois lotam ambulâncias para Porto Alegre e demais cidades-pólo. No último concurso para médicos em PORTO ALEGRE promovido pela prefeitura, o piso estava BEM ABAIXO do mínimo. Quem é que se candidata. Ainda por cima para enfrentar PÉSSIMAS CONDIÇÕES DE TRABALHO e desmandos. A culpa é do Lula?

  • leandro cruz diz: 24 de maio de 2010

    Fica tranquilo que em 2014 tem copa do mundo no Brasil! Oba que beleza!
    É um país maravilhoso,sem problemas…não tem mais onde invertir…então
    vamos investir em estádios de futebol,eta Brasil!

  • Nádia Mussi diz: 24 de maio de 2010

    Paulo!
    Que bom te ver hj na Tv….foi como se estivesse chegando na minha casa uma pessoa da família, muito querida, muito esperada…..vontade de te dar um abração! Bom retorno…boa recuperação! Te cuida!
    Abração!

  • JANETE diz: 24 de maio de 2010

    Sabemos que és lido e super respeitado, por esse BRASIL de todos nós.
    Tu representa a voz do povo.
    Afora amizade, respeito que tens por seus leitores e ouvintes, és um Homem do bem.
    Abre espaço para bradarmos nossa indignação, protestarmos contra falência na saúde, contra corrupção no meio politico.
    És um grande parceiro das causas sem solução, jogadas ao leu, que afetam os mais pobres, os mais simples cidadão e tralhador. O povo ti reconhece, como defensor dos esquecidos.

    Grande abraço, obrigada.

  • Suzana-Rio Grande-RS diz: 24 de maio de 2010

    Assim como Pedro da Rosa diz que saudade de vc eu tb o faço. Que maravilha o JA de hoje repassando todos os momentos de PABLO! Chorei qdo vc entrou cantando! Que emoção! Agora, eu e minha mãe(85 anos) gremistas fanáticas, o aguardaremos novamente todos os dias c/criticas e elogios! Finalmente uma luz no fim do túnel para nós gremistas! Beijos! Que Deus o proteja sempre e muita saúde, de coração.

  • Claudionor Ventura Oliveira diz: 24 de maio de 2010

    Amigo, tens vários, milhares de amigos ocultos, tenha a certeza que está em nossas orações vc me permita que te chame assim, caso contrário o Sr. Paulo Sant’Ana, querido e ilustre figura…Faz um bom tempo que o Sr. faz parte de nossa família. Meu falecido Pai, boêmio, sempre fazia com que nossa atenção focasse em suas palavras, hj o Pai Bira está em outro plano, quem sabe até seja ele q me deu essa idéia de lhe escrever. Sempre ele, o Pai dizia olhem um “Ser” que tem a preocupação de “Ser” e não tem nada haver com o “Ter”. Fazia menção em suas orientações no almoço da importância da sabedoria, do conhecimento, mas o de causa não o da consequência como a teoria. E o Sr. Paulo Sant’Ana, receba essa modesta escrita que vivemos em Passo Fundo em um Ranchinho, de frente para o norte eu, Claudionor a prenda Marine gremista de coração e um Piazote lutando pela própria Sorte. És exemplo de perseverança, de dedicação pelo “Ser” e hj tivemos a oportunidade de lhe reencontrar no jornal do almoço, e plantar mais uma sementinha no coração de meu Filhote, que é colorado, mas consegui dizer a ele a importância do “Ser” que és exemplo. Deus lhe dê toda a saúde necessária, e luminosidade contínua para sua sabedoria! Um forte abraço.
    Claudionor, Marine e Hiago Adão

    Rua Gen. Prestes Guimarães, 425 Apt 01
    Bairro Rodrigues – Passo Fundo – RS

  • Navarro diz: 24 de maio de 2010

    Sant’ana, ainda tem alguns petezóides que querem tirar a responsabilidade do governo federal e atribuir a culpa aos municípios. Esse pessoal nunca soube reconhecer méritos e deméritos de um desempenho. Tudo o que está certo nós que fizemos. Os nossos erros são sempre por culpa dos outros. É triste ver pessoas com essa mentalidade elegendo governantes.

  • Luciano diz: 24 de maio de 2010

    Apenas um exemplo para contribuir:
    Meu sogro precisava de um exame para avaliar o câncer que tinha, como existia uma fila de espera resolvemos pagar…… Depois de mais uma ano de sua morte (total de 2 anos desde a requisição do exame) ligaram para marcar o bendito exame, respondi que ele já havia falecido, e a atendente falou: “Ah é!”

  • Fga. Inaê Costa Recha diz: 24 de maio de 2010

    Gostaria de Parabenizar o Sr Paulo Santana pela iniciatva de postar num blog sua experiência com o uso de Prótese Auditiva. Gostaria, ainda, de agradecer-lhe por tal iniciativa, pois com certeza o relato de sua experiência e de seu resultado positivo pode trazer grande ajuda àqueles pacientes que ainda relutam em usar o aparelho auditivo. Quando as pessoas deixarem de lado o preconceito que possuem em relação a prótese auditiva, assim como deixaram o preconceito com quem usa óculos, teremos muito mais pacientes com resultados positivos, pois a demora em iniciar o uso de aparelho auditivo dificulta na adaptação. Felicidades nesta “nova vida”.

  • Ana Lucia Rodrigues diz: 24 de maio de 2010

    Hoje fiquei muito feliz em revê-lo no Jornal do almoço ,quanta saudade mesmo que seja para falar do meu Internacional .Sou grande admiradora sua . abraços de Santa Vitória do Palmar.

  • Luiz Meireles diz: 24 de maio de 2010

    Nao estou morando no pais mas acompanho o que se passa por ai. As mortes no transito estao banalizadas, ja existindo um mapa para atualizacao permanente. Assassinatos resultantes do trafico de drogas sao noticiados sem ninguem dar mais importancia. Essas mortes, no entanto, sao divulgadas. E as das filas do SUS? Por que a midia tao comprometida com o social nao faz uma campanha como essa contra o crack, divulgando detalhadamente a lista de pessoas a espera de um procedimento medico? Assim, os correspondentes da imprensa estrangeira teriam acesso a essas informacoes, provocando uma repercussao que, quem sabe, envergonharia nossos governantes.

  • Camila diz: 24 de maio de 2010

    Que alegria te ver no JA! Estava com saudades já. Quinta-feira vou estar aguardando para ver teus comentários do nosso tricolor.
    Abraços, Sant’ana!

  • ATÉ QUANDO MEU DEUS!!!! diz: 25 de maio de 2010

    EM PRIMEIRO LUGAR PARABÉNS PELA VOLTA AO J.A,AGORA, FALANDO DESSE “DESCASO”DESSES GOVERNANTES PELA SAÚDE NESSE PAÍS É REVOLTANTE ,POIS É TANTO DINHEIRO QUE ARRECADAM EM IMPOSTOS ,E O QUE ELES FAZEM ?PARA APARECEREM NA “MÍDIA INTERNACIONAL “USAM NOSSAS RESERVAS ALIMENTARES E FINANCEIRAS PARA FAZEREM”DOAÇÕES “PARA PAÍSES COM TRAGÉDIAS CLIMÁTICAS E POLÍTICAS,ENQUANTO QUE AQUI ,ESTADOS QUE SOFRERAM SEMELHANTES TRAGÉDIAS “AINDA”ESTÃO ESPERANDO O LULA “ESTUDAR”COMO IRÁ AJUDAR,ENQUANTO CRIANÇAS ,IDOSOS E ENFERMOS EM GERAL (QUE ESTÃO LUTANDO PARA SOBREVIVER)MORREM NAS FILAS DE PRONTOS SOCORROS Á ESPERA DE ATENDIMENTO OU LEITOS OU MEDICAMENTOS,NOSSOS GOVERNANTES “ANUNCIAM”500 MILHÕES DE VERBAS PRA CONSTRUIREM LEITOS ,REMÉDIOS,MÉDICOS PRA VICIADOS EM “CRACK”(ESTES SIM ,QUEREM MATAR,ROUBAR E SE MATAR FUMANDO ESSA DROGA),QUE FISCALIZEM O SUS NA MADRUGADA PRA VER A QUANTIDADE DE IDOSOS E CRIANÇAS “LUTANDO POR UMA FICHA PARA SEREM ATENDIDOS DAQUI A 6 MESES TENTANDO”DESESPERADAMENTE SOBREVIVEREM,FISCALIZEM TODOS OS PRONTOS SOCORROS PRA VEREM UM ABSURDO SURREAL,ESPERAQNDO UM MÉDICO “FANTASMA”QUE “NUNCA”ESTÁ PRA ATENDER,OU QUANDO ESTÁ ,NÓS TEMOS QUE ESPERAR QUE ELES TIREM UMA SONECA,OU ALMOCEM,OU TERMINEM SEU PAPO EXTROVERTIDO PARA DEPOIS SIM PRESTAREM UM “PÉSSIMO ATENDIMENTO E PIOR MUITAS VEZES DE PÉSSIMO HUMOR,É SANTANA,MAS O QUE MAIS ESTÁ PREOCUPANDO NOSSOS GOVERANTES SÃO OS “RELES”VICIADOS NO CRACK,POR QUE SERÁ?SERÁ QUE ELES ESTÃO QUERENDO “SE PREVENIR”PRA UM FUTURO FILHO VICIADO??????

  • Carlos Santos diz: 25 de maio de 2010

    Todos já pagam o dobro para ter saúde: atendimento particular + impostos para o SUS inútil.
    Apartir de 2011, todos pagarão o triplo, com a volta da CPMF.
    Será: atendimento particular + custo SUS + CPMF.
    Quem pensar um pouco sabe que pagar CPMF não é somente para que tem conta bancária.

Envie seu Comentário