Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Da Fronteira

24 de julho de 2010 3

Muito obrigado, mas muito obrigado mesmo a todos que me tocaram perto ou longe.

*

Recebo de Rivera: “Pauuuulo Sant’Aaaaana, como diria Pedro Ernesto!! Bueno, pra mim, que sou um ignorante literário mas não menos burro sei admirar, apreciar e me apaixonar. Pra ficar bem claro esclareço.

Bom, sou casado e minha esposa está grávida (só pra explicar o termo… me apaixonar). Paulo, senhor Paulo Sant’Ana, eu conheço inúmeros apaixonados por você, dentre eles, colorados fanáticos e, você sabe, colorado é bucha de aguentar, pior se fanáticos. Minha satisfação é imensurável quando leio na Zero Hora (internet) e diz o seguinte…. ‘Sant’Ana não escondia a emoção nos seus autógrafos e, diversas vezes, interrompia o que estava fazendo para enxugar as lágrimas’. Porque você não imagina o quanto representa para o Rio Grande do Sul. Talvez imagine, mas sua ‘modéstia’ o impeça de reconhecer isso.

Sou um cronista ‘pra meu consumo’, escrevo coisas quando perco o sono à noite, exponho indignações entranhadas na essência de minha ignorância, pois não vejo saída para algumas coisas e não sei que mundo minha filha irá encontrar e isso me incomoda muito, muito mesmo.

Bom, descobri há muito tempo que o conhecimento é maldito, pois, a partir daí (descoberta do conhecimento), o ser humano não consegue ser feliz, certamente aí se justifica a felicidade da criança. Então, quero ser o cara mais ignorante, alienado, e leio e procuro me informar para ser ignorante e não tenho conseguido. Se deixar de ler, ver e ouvir noticiários, parece que não consigo ficar ignorante e alienado, pois via de regra são eles que assim nos deixam. Incrivelmente, o consumo de notícias trágicas faz com que se mova a indústria jornalística, mas aí aparece quem???? Pablo Sant’Ana.

Então, você é o idiota que me faz pensar e perder o sono, descobri que você é o culpado de minha insônia. Então, descobri que, para fechar os olhos para as atrocidades políticas, imorais e tendenciosas entre outras, é melhor não ler sua coluna todos os dias. Então, o meu sono volta, mas, como um vício invencível, torno a ler, a ouvir e sinceramente meu cérebro faz com que seja feliz sabendo que você sente as coisas que sinto e para mim isso é um prazer e uma realização, pois não sofro sozinho. Cara, desculpa os erros de português, haja vista que fui alfabetizado em Rivera, no Uruguai, e mesmo tendo me esmerado para saber escrever melhor, ainda não consegui chegar ao nível satisfatório.

Quando digo ‘idiota’, por favor, não é pejorativo, é provocativo. Não conheço uma pessoa que não goste de você, inclusive os colorados mais fanáticos, tenho um tio que disse ‘o dia que o Paulo Sant’Ana morrer, não sei o que vai ser de mim nem da Zero Hora’… Colorado é que nem petista, não sabe administrar sentimento sem ser fanático. Grande abraço, muita saúde, aqui em casa somos apaixonados por você, ‘seu idiota que me faz pensar’. Parabéns pelo livro. E o teu sucesso é o meu sucesso.” (ass.) Julián Fontes, residente em Caxias do Sul, natural de Rivera, Uruguai”.

Comentários (3)

  • PEDRO GAUCHO diz: 24 de julho de 2010

    SANTANA, NÃO TE ILUDA. ESSES COLORADOS SÓ ESTÃO CANTANDO EM PROSA ESSE AMOR A TUA PESSOA PORQUE LARGASTE O GRÊMIO DE LADO. COMO DISSE DANIEL DEFOE, JORNALISTA E ESCRITOR INGLÊS, ” ONDE QUER QUE DEUS ERGA UMA IGREJA, O DIABO VAI LÁ E CONSTRÓI UM ALTAR”… SANTANA, VOCÊ TEM TEMPO QUE CONSTRUIU TUA “IGREJA”, ONDE OS TEUS FIÉIS E VERDADEIROS IRMÃOS GREMISTAS TE VENERAM. MAS DÁ PRA VER QUE O ALTAR ESTÁ MESMO VERMELHO. ACORDA SANTANA. EMPUNHE NOVAMENTE A BANDEIRA TRICOLOR. NUNCA O GRÊMIO PRECISOU TANTO DE VOCÊ.
    PEDRO GAUCHO.
    BRASILIA

  • Carmem diz: 24 de julho de 2010

    Muito bom, muito bom, muito bom ter estado lá. Foram duas horas na fila, mas ninguém se queixou. Todos que prestaram seu tributo ao geminiano Pablito estavam felizes por estarem ali. Foi uma oportunidade de fazermos o mínimo por aquele que faz o máximo por nós diariamente. Escreve e escreve muito. Escreve bem. Polêmico, criativo, às vezes Paulo, às vezes Pablo, mas sempre ELE: Paulo Sant’ana, o homem, segundo o título do livro, que alguns já “devoravam” na fila mesmo! Eu não, deixei para “saboreá-lo” todos os dias um pouquinho. Tudo o que foi dito nesta coluna é a expressão da verdade. Sant’ana, teus leitores te admiram MEEEESMO, nunca duvide disso. És um ídolo e és muito bom no que fazes. Obrigada a ti, por estares entre nós! Já estamos no aguardo do terceiro livro!

  • Antonio Oleques diz: 6 de agosto de 2010

    Sr. Paulo Santana, mesmo o Sr. sendo torcedor, dos listradinhos da Azenha, sempre o admirei muito, pela pessoa que és, mas infelizmente para nós COLORADOS, nasceste gremista e sofredor. Mas agradeço a DEUS, pelo Sr. existir e um dia acordara desse pesadelo, cantando o hino do seu clube do coração que é o INTERNACIONAL, o maior clube do mundo, maravilhoso e vamos levantar 2 troféis com o Celso Roth, foi valida sua passagem lá pela azenha, pois tinha que fazer o cursinho, para treinar um time de 1º linha, que é e sempre será o nosso INTER.
    Hoje moro em Salvador a 13 anos, mas estou sempre lendo o seu blog.

    Abraços de um amigo colorado,.

Envie seu Comentário