Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

O fiasco do ENEM

11 de novembro de 2010 1

Essa história do ENEM é absurda! Desde o ano passado venho dizendo o óbvio aqui por este blog: é inviável a pretensão de realização de um vestibular nacional e uniformizado num país com as diferenças regionais e dimensões continentais como o do Brasil. Trata-se de uma idéia idiota, arrogante, centralizadora e autoritária. Ninguém em sua sã consciência iria imaginar ser possível blindar um exame desses contra fraudes e mancadas em um território tão extenso e diverso como o do Brasil. O Governo brasileiro fala em multilateralismo na sua política externa, mas internamente promove via Ministério da Educação uma uniformização sem precedentes do País. Coisa de gente que vive numa bolha em Brasília. Está na hora de acabar com o ENEM como exame de seleção, vez que, no máximo, se trata de uma boa idéia se for exame de avaliação, tão somente. Além disso, já está mais do que na hora de mandar passear o Ministro da Educação, responsável por este fiasco, bem como todo o pessoal no seu entorno que concorreu para mais esta patuscada, seja por omissão, arrogância ou incompetência. Só vamos construir um Brasil novo quando as pessoas começarem a ser responsabilizadas por insistirem em seus erros.

Comentários (1)

  • Simone diz: 11 de novembro de 2010

    Perfeito o seu comentário…Lula e Dilma têm meu aval como presidente e como presidenta eleita, mas erros são erros, independentemente de quem os cometa. E o Enem, pelo tanto já exposto, é um erro; até acho a idéia boa, mas entendo também que se trata tão somente de um super vestibular mal aplicado, mal direcionado e inócuo, já que avaliação não substitui ensino. Este sim, deveria ser o princípio. Uma avaliação diagnóstica objetivando uma melhoria do ensino público, já que o privado já é, na maioria, competente na educação de nossos jovens; assim, o Enem também, quando funciona, privilegia aqueles oriundos de escola particular, restando aos de escola pública o Prouni ou cursos de licenciatura, no otimismo.

Envie seu Comentário