Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Projeto 260, domingo dia 18, na Tristeza, em Porto Alegre

11 de dezembro de 2011 1

No início do ano, um grupo de garotos da Zona Sul de Porto Alegre juntou-se para criar um espaço de interlocução e arte. A iniciativa partia de duas constatações elementares: a noite porto-alegrense estava ficando excessivamente baladeira, tipo assim, um fim em si mesma, hedonista, irritantemente consumista; e, por outro lado, faltavam equipamentos urbanos de cultura nos bairros da Capital. Sim, o Bonfim tem, por exemplo, seu tradicional Ocidente, que abriga ações instigantes, como o já célebre Sarau Elétrico. O Cristal ganhou a Fundação Iberê Camargo, com sua arquitetura icônica e seus privilegiados salões expositivos. Mas e a Tristeza?

Assim, numa residência na Rua Landel de Moura, pertinho da margem quieta do Lago Guaíba, o pessoal começou a se encontrar, em tardes de domingos. No cardápio, bandas jovens, fotografia, instalações e, bom, também, claro, uma cerveja, ou duas…

Para uma geração que às vezes dá a impressão de estar perdendo a habilidade de decodificar a linguagem corporal das pessoas, porque vive com os rostos capturados pelo brilho azulado das telas dos AIpéds, AIfones, AIdiabos e toda uma tralha festejada por interativa, confesso que deu gosto de ver o pessoal conversando e vibrando com bandas que fundiam rock e samba. Para uma turma que nem sempre sabe como uma laranjeira produz os frutos que chegam a sua mesa no café da manhã sob a forma de sucos, foi alentador vê-los circulando sob os ramos de figueiras, limoeiros, bergamoteiras de um belo pomar, ou se abrigando do sol sob um farto parreiral.

O coletivo logo ganhou nome: Projeto 260. Cheguei a comentar aqui no blog uma das edições do evento, que então se chamou Fiat Lux. Pois então, o projeto cresceu e reluz. A efervescência coletiva agora adota o velho fórum da Rua Landel de Moura, 430. O imóvel, um espaço privilegiado no coração da Tristeza, estava ocioso e semiabandonado desde que o Judiciário se transferiu dali para a Avenida Otto Niemeyer, há alguns anos. A associação de moradores do bairro vem lutando para garantir uma destinação comunitária e cultural para o endereço. Ambas as iniciativas, assim, se encontraram.

No próximo domingo, dia 18, entre as 15 e 22 horas, um espaço estanque entra em movimento: com o apoio da Opus Promoções, o Projeto 260 apresenta agora o Fórum Musical. A proposta promete, reunindo as bandas Purifique e Cadiombleros, as gurias do Tamanco no Samba e, ainda, Ian Ramil e banda. Ingressos antecipados estão disponíveis nas lojas Trópico.

A ebulição do Projeto 260 é um indicativo de que Porto Alegre começa a consolidar a vocação de cidade culturalmente policentrada, algo inimaginável há alguns anos, mas, agora, já bastante palpável.

Comentários (1)

  • Dieter diz: 12 de dezembro de 2011

    É muito bom ver a boa repercussão desta iniciativa, realmente a luz foi feita no primeiro evento e hoje nos encaminhamos para fechar o ano com uma terceira edição. Obrigado pelo espaço no blog e agradeço também aos que contribuíram (e contribuem) para fazer o projeto dar certo. Fica o convite para que todos compareçam ao antigo Fórum da Tristeza no dia 18 de dezembro para participar conosco deste fechamento de ano.

Envie seu Comentário