Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Dicas de Agenda Cultural"

Seminário Brasil Portugal, no IHGB

25 de março de 2013 0

Bem legal a programação do Seminário Brasil/Portugal que o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro preparou para os primeiros dias de abril. Confere aí. Folder Brasil Portugal FINAL

SEMINÁRIO CONTESTADO, LEITURAS E SIGNIFICADOS

15 de setembro de 2012 0

O Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro está promovendo um seminário sobre o Conflito do Contestado, no qual terei também a honra de falar. Posto abaixo a programação para vocês, notando apenas que não sou vinculado à Universidade Federal de Santa Catarina, como indicado no folder, mas ao Unilasalle/Canoas, no Rio Grande do Sul.

Folder contestado IHGB

Patrimônio artístico: caminhos, memória, preservação - por Nádia Weber e Zilá Bernd

02 de setembro de 2012 0

As Professoras Zilá Bernd e Nádia Weber estão lançando um novo livro: “Patrimônio artístico, caminhos, memória, preservação”, no dia 17 de setembro, às 21 horas, durante as Jornadas do Mercosul, no Unilasalle, em Canoas. Confere a capa aí.

O Contestado, restos mortais, de Sylvio Back

09 de agosto de 2012 1

O filme “O Contestado – Restos Mortais”, do diretor Sylvio Back, terá pré-estreia nacional em Florianópolis no dia 15 de outubropróximo. Agende-se.


O CONTESTADO – RESTOS MORTAIS

Filme de Sylvio Back

(Digital, Cor/PB, 118 min.)

Sinopse

Com o testemunho de trinta médiuns em transe, articulado ao memorial sobrevivente e à polêmica com especialistas, “O Contestado – Restos Mortais”, é o resgate mítico da chamada Guerra do Contestado (1912-1916). Envolvendo milhares de civis e militares, o sangrento episódio conflagrou Paraná e Santa Catarina por questões de fronteira e disputa de terras, mesclado à eclosão de um surto mes­siânico de grandes proporções.

Ficha técnica

Equipe
Fotografia e câmara Antonio Luiz Mendes
Diretor assistente Zeca Pires
Som-direto Juarez Dagoberto
Montagem/edição Sylvio Back/PH Souza
Abertura/efeitos visuais Fernando Pimenta
Produção PH Souza
Produção executiva Margit Richter

Produção Usina de Kyno/Anjo Azul Filmes

Pesquisas, roteiro e direção Sylvio Back


O Diretor

Sylvio Back é cineasta, poeta, roteirista e escritor. Filho de imigrantes hún­garo e alemã, é natural de Blumenau (SC). Ex-jornalista e crí­tico de cinema, au­todidata, inicia-se na direção cinematográfica em 1962, tendo escrito, dirigido e produzido até hoje trinta e sete filmes – entre curtas, médias e onze longas-metragens, esses, a saber: “Lance Maior” (1968), “A Guerra dos Pe­lados” (1971), “Ale­luia, Gretchen” (1976), “Revo­lução de 30” (1980), “Repú­blica Gua­rani” (1982), “Guerra do Bra­sil” (1987), “Rádio Auriverde” (1991), “Yndio do Brasil” (1995), “Cruz e Sousa – O Poeta do Des­terro” (1999), “Lost Zweig” (2003), e “O Contestado – Restos Mortais” (2010).

Tem editados vinte e um livros – entre poesia, ensaios, contos e os argu­men­tos/roteiros dos filmes, “Lance Maior”, “Aleluia, Gret­chen”, “Re­pública Guarani”, “Sete Quedas”, “Vida e Sangue de Po­laço”, “O Auto-Retrato de Bakun”, “Guerra do Brasil”, “Rá­dio Auriverde”, “Yndio do Brasil”, “Zweig: A Morte em Cena”, “Cruz e Sousa – O Poeta do Desterro” (tetralíngüe), “Lost Zweig” (bilíngüe) e “A Guerra dos Pelados”.

Obra poética: “O ca­derno eró­tico de Sylvio Back” (Tipografia do Fundo de Ouro Preto, Minas Gerais, 1986); “Moedas de Luz” (Max Limo­nad, São Paulo, 1988); “A Vinha do De­sejo” (Geração Editorial, SP, 1994); “Yndio do Brasil” (Poemas de Filme) (No­nada, MG, 1995); “bou­doir” (7Le­tras, Rio de Janeiro, 1999); “Eurus” (7Letras, RJ, 2004); “Traduzir é poetar às avessas” (Langston Hughes traduzido) (Memorial da América Latina, SP, 2005), “Eurus” bilíngüe (português-inglês) (Ibis Libris, RJ, 2006); “kinopoems” (@-book) (Cronópios Pocket Books, SP, 2006); e “As mulheres gozam pelo ouvido” (Editora Demônio Negro, SP, 2007).

Com 74 láureas nacionais e internacionais, Sylvio Back é um dos mais premiados cineastas do Brasil. Em 2011, recebe a insígnia de Oficial da Ordem do Rio Branco, concedida pelo Ministério das Relações Exteriores, pelo conjunto de sua obra cinematográfica e de roteirista.


Seminário sobre o Contestado na Universidade Federal de Pelotas, de 29 a 31 de agosto

09 de agosto de 2012 0

A Universidade Federal de Pelotas estará sediando um seminário sobre a Guerra do Contestado entre os dias 29 e 31 de agosto próximos. Confere aí a programação.

folder pelotas final

II JORNADAS MERCOSUL MEMÓRIA, AMBIENTE E PATRIMÔNIO - 17 a 19 de setembro de 2012

04 de agosto de 2012 0

Estão abertas as inscrições para as II Jornadas do Mercosul, com o tema Memória, ambiente e patrimônio. O evento é promovido pelo Mestrado em Memória Social e Bens Culturais do Unilasalle, em Canoas, RS. Confere aí a programação.

Porgramação II Jornadas Mercosul 2012



Seminário Nacional 100 Anos da Guerra do Contestado

24 de julho de 2012 0

Entre os dias 1º e 3 de agosto, em Florianópolis, o Memorial do Ministério Público e o Instituto HIstórico e Geográfico de Santa Catarina promovem o seminário 100 anos da Guerra do Contestado. Confira aí a programação.

Programacao_Seminario_Contestado

Simpósio sobre o Centenário do Contestado - Florianópolis - 29 de maio a 1º de junho de 2012

23 de maio de 2012 0

A Universidade Federal de Santa Catarina está promovendo um simpósio sobre a Guerra do Contestado, com uma ótima programação. Para quem se interessa pelo tema e pode estar em Florianópolis no final de maio, fica aí a dica.

Terça-feira, dia 29 de maio de 2012

8:00 às 12h e das 14 às 18h

Auditório da Reitoria da UFSC


Inscrições de ouvintes e Credenciamento de participantes

9:00h Cerimônia de abertura

Auditório da Reitoria da UFSC


9:40 às 11:50h

Conferência I

Abertura:

Prof. Dr. Alexandre Karsburg (UFRJ) O EREMITA DO NOVO MUNDO.  A odisseia de um monge peregrino na América Católica do século XIX.

11:50 às 14h

Intervalo

14:00h às 15:50h

Auditório da Reitoria da UFSC

Mesa 1:

Território, povoamento e conflitos.

Dr. Paulo Afonso Zarth (UNIJUÍ) e Dr. Marcio Antônio Both da Silva (UFFS/Unioeste). Religiosidade popular, autoridade constituída e conflitos no sul do Brasil (1860-1930).

Dr. Milton Cleber Pereira Amador (UNC). Colonização de Concórdia e a expulsão dos caboclos.

16:00h às 17:50h

Auditório da Reitoria da UFSC


Mesa 2:

Economia e sociedade

Dr. Nazareno Campos (UFSC)e Dr. Pablo Martin Bender (UNL- Argentina) Região do Contestado e Noroeste Santafesino no inicio do século XX: grandes capitais transformando a realidade socioeconômica e ambiental.

Ms. Alexandre Assis Tomporoski. (UFSC).Do antes ao depois: a influência da Lumber Company para a deflagração do movimento sertanejo do Contestado e seu impacto sobre a região fronteiriça entre Paraná e Santa Catarina. Três Barras, 1911-1960.

Dr. Antonio Marcos Myskiw (UFFS). A Colônia Bom Retiro (Pato Branco/PR) e sua relação com o êxodo camponês da região do Contestado.

17:50 – 19:00h

Intervalo

19:00 às 21:50h

Auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas – CFH

Conferência II

Dra. Márcia Janete Espig (UFPEL).  Uma ferrovia estratégica? A atuação da Estrada de Ferro São Paulo – Rio Grande durante a Guerra do Contestado.



Quarta-feira, dia 30 de maio de 2012

8:30  às 10:50h

Auditório da Reitoria da UFSC

Mesa 3  Campesinato e Colonização

Dr. Paulo Pinheiro Machado (UFSC). Terras e colonização no planalto e a questão do Contestado.

Dr. Flavio Braune Wiik (UEL). O Contestado e seu impacto sobre modos e regimes de relação Homem-Natureza entre os Kaingang da Terra Indígena Xapecó – SC.


Dr. José Carlos Radin e Dr. Delmir José Valentini (UFFS) O Contestado e a expansão da colonização.

Ms. Soeli Regina Lima (UNESPAR). Capital transnacional na região do Contestado: um estudo de caso da Southem Brazil Lumber and Colonization Company.

11:00 às 11:50h

Auditório da Reitoria da UFSC

Conferência III


Dr. César Hamilton Brito de Góes (UNISC). Nos caminhos do Santo Monge: religião, sociabilidade e lutas sociais no sul do Brasil.


11:50 às 14h

Intervalo

14:00 às 15:50h

Auditório da Reitoria da UFSC

Mesa 4


Saúde e profetismo popular

Dra. Nikelen Acosta Witter  (UNIFRA). O Poder social da cura: uma análise cultural.

Prof. Rui Bragado Sousa (UEM). Entre o céu e a terra: messianismo e materialismo no conflito do Contestado (1912-1916).


16:00 às 17:50h

Auditório da Reitoria da UFSC

Mesa 5

Historiografia do Contestado

Dr. Claiton Marcio da Silva (UFFS). “Uma Guerra Desconhecida”(?): disputas simbólicas, ressigni-ficações sobre a memória do Contestado (1970-2011).


Dra. Ivone Gallo  (Unicamp). Os Contestados: suas histórias, suas fontes e suas ficções.

17:50 às 19:00h

Intervalo

19:00h  Saguão do Bloco de aulas do CFH.

Lançamento de livros dos participantes do Simpósio

20:00 às 21:50h

Conferência  IV

Auditório do CFH.


Dra. Jacqueline Hermann (UFRJ). Messianismo e Sebastianismo no Brasil e no Contestado.





Quinta-feira, dia 31 de maio de 2012

9:00 às 11:50h

Mesa 6

Imaginação, santificação e cultura popular

Dra. Susan Aparecida de Oliveira (UFSC) Tramas entre memórias e imaginário colonial: as vidas de santos e os relatos sobre os monges do Contestado.


Prof. Celso Viana Bezerra de Menezes (UEL) Rituais de Devoção: Dádivas no Messianismo do Contestado.

Ms. Henrique Aniceto Kujawa  (UNO-CHAPECÓ).  Representações e Resignificações do Monge João Maria na construção do Movimento dos Monges Barbudos.


11:50 às 14:00h

Intervalo

14:00 as 15:50h

Mesa 7

Religiosidade e representação

Prof. Fernando Tokarski (UnC). A ermida de São João Maria e a invenção de Santa Emídia.

Dra. Tânia Welter (UFFS).Discursos e interpretações contemporâneos em torno do Profeta São João Maria.


16:00 às 17:50h

Mesa 8

Fontes especiais: O Contestado na arte e na arqueologia

Dr. Delmir José Valentini (UFFS) e Prof. Gerson Witte (IFSC) Hassis e o Contestado – Terras Contestadas.

Dra. Rita Inês Petrykowski Peixe (UNIVILLE e UNOESC) A crônica visual (re)constrói um conflito?


Ms. Jaisson Teixeira Lino (UFFS). Monges sacralizando a paisagem: grutas, fontes d’água e outras formações naturais no viés da arqueologia do sagrado.

17:50 às 19:00h

Intervalo

19:00 às 21:50h

Auditório do CFH

Conferência V

Profa. Dra. Márcia Maria M. Motta (UFF) Terras: ocupação e conflito no início da República.






Sexta-feira, dia 1º  de junho de 2012

9:00 às 11:50h

Auditório da Reitoria da UFSC

Mesa 9

Guerra e História

Ms. Alexandre dos Santos e Dra. Noeli Weschenfelder (UNIJUÍ) A Guerra do Contestado no cinema e no ensino de História através da obra A Guerra dos Pelados.


Dr. Geraldo Antônio da Rosa (UNIPLAC) Panorama da Educação na Região do Contestado após cem anos da Guerra do Contestado.

Ms. Cláudio Calaza (UNIFA) Aviões no Contestado: descortinando um emprego inédito.

Ms. Juçara Nair Wolff (PUC-RS). Colônia Militar de Chapecó: economia de bens, pessoas e leis. 1882-1909.


11:50 às 14h

Intervalo

14:00 às 16h

Auditório da Reitoria

Conferência de Encerramento

Dr. Rogério Rosa Rodrigues (UDESC). A guerra, a memória, a história: os historiadores de farda e a escrita da história do Contestado


Promoção:

Programa de Pós-Graduação em História – Universidade Federal de Santa Catarina

Centro de Filosofia e Ciências Humanas

PET-História – UFSC

Universidade Federal da Fronteira Sul

Programa de Pós-Graduação em História – Universidade Federal de Pelotas

CAPES

Memorial do Ministério Público de Santa Catarina


Informações:

centenariocontestado@gmail.com e   http://simpsiocentenriocontestado1912-2012.blogspot.com.br/

Inscrições de ouvintes:

Na antessala do auditório da Reitoria da UFSC, a partir das 8h do dia 29 de maio.

Chamada para trabalhos (até 31 de maio) - Simpósio Internacional de História Pública - USP

13 de maio de 2012 0

Achei bem interessante a proposta desse evento na USP. O encontro pretende discutir múltiplas faces da relação entre o ofício do historiador e o espaço público, para além das fronteiras acadêmicas convencionais. Já não era sem tempo desse tema ser encampado pelo debate acadêmico no Brasil! Veja aí.


CHAMADA PARA TRABALHOS
Chamada para trabalhos com conteúdo histórico em múltiplos formatos
Até 31 de maio de 2012
• Comunicação oral • Pôster • Vídeo documentário
• CD-Rom • Blog • Podcast • Documentário sonoro
• Conversas sobre livros • Site • Rede social
• Apresentação artística • Painéis coletivos
• Relato de experiência • Artigo jornalístico
• Fotografia • Ficção histórica • Portal ATIVIDADES PROGRAMADAS
Sessão plenária
• História pública no século XXI
com Michael Frisch (University at Buffalo, The State University of New York)
Mesas redondas • Qual o papel do intelectual público?
• Qual o papel da história diante da demanda pública por memória?
• Como a informática tem transformado o ofício do historiador?
• Quanto de história há na literatura histórica?
• O que o mercado editorial espera da história?
• A história em revista: Publicação ou divulgação?
• Arquivos e museus são lugares da memória pública?
• Quanto de história pública há na educação histórica?
• História em imagens: Visualidade é credibilidade?
Painéis • Memórias em movimento: Audiovisual e a escrita da história pública
• Perspectivas internacionais sobre a história pública Oficinas • Elaboração de projetos culturais
• Narrativa em novas mídias
• Introdução ao roteiro de documentário
• Narrativas fotográficas
• Documentário radiofônico
• História oral e história pública
• História digital e mídias sociais
• Direitos autorais para história pública e outras atividades REALIZAÇÃO

Núcleo de Estudos em História da Cultura Intelectual (NEHCI-USP)
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Universidade de São Paulo
historiaintelectualusp@gmail.com

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

IV Congresso de Jornalismo Cultural - revista Cult - São Paulo, 28 a 30 de maio

28 de abril de 2012 3

Alô, pessoal! Já está on-line a programação para o IV Congresso de Jornalismo Cultural, promovido pela revista Cult, de São Paulo, que este ano acontecerá na última semana de maio, no teatro do Tuca. O evento, para cuja curadoria contribuo, já se tornou uma referência no calendário cultural brasileiro. Este ano teremos as presenças, dentre outros do historiador Robert Darnton, do escritor Gonçalo Tavares, do quadrinista Art Spiegelman e do escritor Gay Talese. A programação, como sempre, está imperdível.