Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Chegou a hora

14 de dezembro de 2010 18

Foram muitos dias de espera. Dias de angustia para quem vive intensamente o Internacional.
Ser bicampeão do mundo é um sonho de todo colorado.
São dois jogos. O primeiro, hoje, às 14h (20h, aqui em Abu Dhabi).
Claro que o adversário é muito menor tecnicamente do que o Colorado. Mas o futebol cobra respeito aos adversários, foco de quem quer ganhar, atenção dos que melhor desempenho técnico conseguem.
O jogo vale tudo para o Inter. Para o Mazembe, é uma possibilidade histórica de ser a grande zebra, de buscar uma passagem honrosa para a final desta competição, que é a maior do mundo entre clubes.
Deve dar o Internacional, pela grande diferença técnica.

Foco

Celso Roth sempre tratou este primeiro jogo com a seriedade que ele necessita.
Mesmo o time sendo muito melhor que o do Mazembe, cabe ao treinador alertar seus jogadores contra a possibilidade de uma tragédia. O Colorado vai marcar no campo do adversário, na busca de instalar o pânico nos africanos. Atacados, eles podem entrar em pânico, errar jogadas, entregar a bola com facilidade e, daí, o Inter terá de condições de construir a sua vitória.

Se ele falou…

Como há dois anos, no seu retorno ao futebol do Internacional, Fernando Carvalho, o presidente do Mundial de 2006 ocupará – ao menos no papel –, a função de assessor.
Ele assegura que o diretor do departamento de futebol será Roberto Siegmann.
– Vou ficar em uma posição mais de retaguarda – garante Carvalho.
Se é o homem quem tá dizendo, então a gente acredita, né?

Pontuais

Me agrada o novo discurso do vice-presidente de futebol do Grêmio, Antônio Vicente Martins. O clube, mesmo que estivesse nadando em dinheiro, necessitaria apenas de reforços pontuais. O time que terminou o ano jogando o melhor futebol dentro do Brasil precisa de retoques.
Renato conseguiu, com que o Grêmio tem, fazer um time técnico e competitivo. Agora, imagine se o clube tem problemas financeiros. Dois ou três reforços, jogadores prontos para serem titulares – e deu.

Comentários (18)

  • Paulo Lima diz: 14 de dezembro de 2010

    Grande Pedro Ernesto!
    Sou teu fã!!
    Estes teus parceiros de programa querem te derrubar. Abre bem os olhos porque com este teu time de comentaristas. Se dependeres deles tu vai acabar fazendo entrevistas sobre qualquer coisa menos futebol.
    Ainda bem que não apostei depois dos comentários de ontem.
    Te cuida!

  • João Alberto diz: 14 de dezembro de 2010

    Fala que vai rasgar a camisa do outro time…..
    Se foi para fazer este papelão, então não fosse….
    ô povinho prepotente!
    Vão passar a vida toda querendo ser diferente dos outros!
    Engulam mais esta!

  • Tricolor diz: 14 de dezembro de 2010

    Quem pisou e humilhou a camisa de quem agora ? Saudações tricolores

  • Marcio diz: 14 de dezembro de 2010

    Pedro Ernesto, me responda :

    O Todo Poderoso Mazembe, pisou, triturou e humilhou a camisa do Inter campeão mundial???

  • Edson Francisco diz: 14 de dezembro de 2010

    Fica aqui a minha homenagem ao radialista gaúcho colorado Pedro Ernesto Denardim “O CAMPEÃO DO MUNDO ESTÁ HUMILHADO, DESTROÇADO E RASGADO PELO DESCONHECIDO E JAMAIS VISTO MAZEMBE”.

    Nossa camisa sempre foi respeitada e jamais humilhada, por três vezes atravessamos o mundo e por três vezes conquistamos, por isso sou São Paulo 100% tricampeão mundial.

    Choraaaa, colorados, chora Denardin. O Tricolor jamais irá ser alcançado por esse timeco do Inter.

  • João Alberto diz: 14 de dezembro de 2010

    Quem nasceu Internacional, jamais será São Paulo Futebol Clube! Nunca Será!!!!

  • Carlos diz: 14 de dezembro de 2010

    Pedro: temos agora com o Inter duas zebras históricas, a vitória do Mazembe em 2010 e a vitória do Inter sobre o Barcelona em 2006. Fez-se justiça.

  • Mazembe diz: 14 de dezembro de 2010

    “GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É demais. É demais. 40 minutos da etapa complementar. O Mazembe liquida o Inter. O Mazembe rasga a camisa do Inter e pisa em cima dela. O Mazembe humilha o campeão do mundo. O campeão do mundo destroçado pelo futebol do Mazembe. O campeão do mundo começa a morrer definitivamente nas cores preta e branca do Mazembe.”

    E aí, Sr. PREPOTENTE Locutor Pedro Ernesto Denardin, da Rádio Gaúcha?! Será que você narrou assim tbm a humilhante vitória do Mazembe nessa tarde? Igual vc fez em 2006 contra o São Paulo???? Hein? Hein? Acho que não, né?!
    HUMILDADE SEMPRE!!! O INTER SAAAAAAAAANGRA O VERMELHO DE SUA CAMISA EM ABU DHABI!

    ESTAMOS VINGADOS! ENFIM! ;)

  • Eduardo M diz: 14 de dezembro de 2010

    A prepotencia da midia gaucha consegue feitos incriveis. Como esse , de fazer um time mediano do Inter ser odiado em todo o Brasil. Não pelo Inter ou pelo Gremio , mas pelos seus jornalistas , que se julgam acima de tudo e de todos.

    Isso , é claro , quando estão entre eles , lá naquela estranha cidade bem ao Sul do Brasil.

    Quando saem da sua toca , viram mansinhos , como os vários exemplos dado pelo fraquissimo Ruy Carlos Osterman , que sempre levava bailes quando ia ao Bem , Amigos , sendo sacaneado o programa todo.

    E o sr. Pedro Ernesto , quando vai ao Arena Sport TV , parece um locutorzinho do interior do estado. Acuado , se sentindo inferiorizado , diante de jornalistas que possuem visões mais globalizadas.

    Quanto a sacanagem com a camisa do Inter , o jornalista Washington Rodrigues , da Rádio Tupi , abriu o programa dele , as 17hs de hoje lembrando justamente do Pedro Ernesto , classificado pelo Apolinho como “aquele locutorzinho arrogante que mandava rasgar e pisar na camisa do São Paulo”. O Apolinho perguntava , na abertura do programa , se esse tal locutorzinho estava também pisando e rasgando a camisa do Inter. E todo o estúdio da Radio Tupi veio caiu nas gargalhadas…

  • Cláudio Luís diz: 14 de dezembro de 2010

    É NISTO QUE DÁ SER PREPOTENTE.

  • ricardo signorini diz: 14 de dezembro de 2010

    mas … e o MAZEMBE???
    aeheauhaeuhae

  • Alexandre Luis Allgayer diz: 15 de dezembro de 2010

    Ae Pedro!

    Porque você não narrou:

    “O MAZEMBE PISA, TRITURA, HUMILHA A CAMISETA DO INTERNACIONAAAAL””

    foi o que aconteceu não é?

    INTER= HUMILHADO NO MUNDIAL!!

    INTER=VERGONHA!!!!!!!!!!!!

    INTER=PIADA!!!!!!!

  • hamilton diz: 15 de dezembro de 2010

    e ai pedrao
    sou natural de sao chico de paula terra boa de gaucho macho que nao desiste nunca
    agora concordas comigo:
    narrar o gremio dos ultimos jogos do brasileirao,e narrar o inter da desiçao do mundial e de chorar nao é?
    parece que nao sao gauchos ou vcs reporteres puseram eles acima do que realmente sao
    é de se rever as palavras ditas
    abraços

  • hamilton diz: 15 de dezembro de 2010

    ola pedro
    acho que a midia gaucha em geral contribuiu com a apatia do time do inter.
    o inter ja nao vem jogando bem faz tempo, e vcs que tinha, o poder e o dever de baixar a bola de quem nao esta jogando nada, nao o fizeram. deu no que deu.
    nao acho que tenha sido zebra, ganhou quem tinha mais vontade de ganhar
    quanto ao time colorado ,ja esta morto faz tempo entao nao esaltem mais o inter porque eles podem acreditar nisso e dai ja viu né!!!!!!

  • jorge diz: 15 de dezembro de 2010

    O MAZEMBE RASGA A CAMISA DO INTER! O MAZEMBE PISA NA CAMISA DO INTER, O MAZEMBE HUMILHA, DESTROÇA, AVACALHA O INTER!O MAZEMBE JOGA NA PRIVADA A CAMISA DO INTER E DA DESCARGA!!!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Paulo Eduardo diz: 16 de dezembro de 2010

    É Pedro, para chegar às chuteiras do SPFC, os gauchos vão ter que comer muito, mais muuuuuuuuuuuuuuuuito churrasco.
    Salve o guri de Alegrete !!!!!!!!!!!!!

    Abraços,

  • jefferson goncalo diz: 16 de dezembro de 2010

    Tenho acompanhado a perplexidade com que os meios de comunicação estão avaliando a euforia e comemoração exagerada dos gremistas, inclusive através dos seus dirigentes, pela maior derrota na história do seu co-irmão para o fraco time africano: o Mazembe, no campeonato mundial de clubes FIFA de 2010 em Abu-Dhabi.

    É fácil entender. Quando nosso co-irmão ganhou, com merecimento, o campeonato mundial de clubes -FIFA em 2006 a direção colorada promoveu uma campanha insólita para desconstituir o título mundial interclubes, conhecido na época como Copa Toyota (patrocinadora do evento) conquistado com muito sacrifício e esforço da direção gremista, pelo talento único do nosso ídolo Renato e sua torcida. É uma marca e motivo de muito orgulho para os gremistas. Assim como deve ser para nosso co-irmão.

    Sendo assim o discurso era: O titulo conquistado pelo co-irmão era o que valia o do Grêmio não.

    A direção demonstrava isso através da mídia, camisetas, aviões com a facha de “Campeão Mundial FIFA”, até no seu estádio emplacou a griffe “FIFA” (que foi obrigada a retirar por determinação da própria FIFA) tamanha era vontade da massa colorada de suplantar o título mundial conquistado pelo Grêmio em 1983. Insisto: um título único e muito estimado pelos gremistas.

    Por que não vale? Será que é porque agora é a FIFA que organiza e tem todos os continentes participando?

    Vamos lá, a FIFA tem seus interesses e objetivos de inclusão de outros continentes para desenvolver o futebol onde praticamente não existe se comparado com os times Sul Americanos e Europeus.

    Na Copa Européia / Sul-Americana Toyota participavam os times de maior representatividade no mundo. Desde 1960 existia neste formato e até 4 clubes em determinados períodos.

    Aliás a Toyota continua sendo a patrocinadora, se não ficaria inviabilizada a competição como era na outra modalidade.

    Leiam os comentários gerais sobre o torneio por
    Chuck, Blazer, diretor do Comitê Organizador – ( FIFA.com) Quinta-feira 16 de dezembro de 2010
    “Antes de mais nada, acho que vale a pena ressaltar que esta Copa do Mundo de Clubes já entrou para a história, pois, pela primeira vez, um clube de fora da América do Sul e da Europa chegou à final. Não quero minimizar a importância disso porque acredito que há tempos esperávamos ansiosamente por um time que não fosse das duas forças tradicionais do futebol. Estamos muito felizes de que isso tenha acontecido aqui. Parabéns ao Mazembe por conquistar um lugar na história. Acho que todos concordam que a equipe trouxe estilo ao torneio e, com certeza, muito talento musical. Além disso, o grupo mostrou um futebol que o torna merecedor da vaga na final.”

    Sendo assim, é de se esperar uma comemoração eufórica e até exagerada quando assistimos a derrota do co-irmão no campeonato mundial de clubes para o Mazembe por 2 x0 , que até então desqualificava o título mundial do Grêmio – de forma muito injusta.

    Acho que o castigo veio agora, perdeu de forma vergonhosa para um time fraco da África. Vai ficar na história.

    Espero que a direção colorada entenda o recado e volte a tratar somente de futebol enquanto dirigente. Deixa as flautas e gozações para os torcedores. Que não crie mais animosidades entre os clubes, como esta que promoveu contra o título do Grêmio. Trate de ganhar mais um título e não queira desmerecer o Grêmio por sua conquista suada e que é motivo de orgulho para toda sua torcida e direção.

  • Absalão Bussamra diz: 14 de dezembro de 2018

    Feliz Mazembe Day, Pedro Ernesto! Saudações Tricolores!

Envie seu Comentário