Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de agosto 2011

Confirmação

31 de agosto de 2011 0

O Grêmio precisa confirmar o que fez no Gre-Nal.
Não terá Mário Fernandes, que foi um dos jogadores mais importantes do time. Vai fazer falta. Escudero é duvida, e se não jogar, entra Leandro. Acho que aí o Grêmio não perde muito, se é que não ganha, porque Leandro vai ser companheiro de André Lima _ muito isolado no clássico.
Mas o mais importante é manter o ritmo, a força e a criatividade que o time mostrou contra o Internacional.
O Corinthians teve arrancada fulminante, mas parou no caminho, ainda que mantenha a liderança do campeonato. É, todavia, um grande time, que precisa ganhar, até para que seu treinador mantenha o emprego.
Um grande jogo, que começa bem cedo, às 18h.

Recuperação

Para a derrota no Gre-Nal existem muitas explicações, quase todas bem argumentadas.
Mas esta noite, contra o Santos, as desculpas devem ser deixadas de lado, em busca de uma vitória reabilitadora. Não é tarefa simples. O adversário cresce na competição depois do porre de euforia com a conquista da Libertadores.
Voltam ao Colorado Nei e Guiñazu, que fizeram muita falta no domingo. Ainda não joga D’Alessandro. E o Alvinegro Praiano, treinador por Muricy Ramalho, vem forte e com os principais craques. Também não vai ser fácil, mas será um grande jogo.

Arena

Não conheço todos os detalhes das alterações que foram feitas na Arena do Grêmio e aprovadas pelo conselho deliberativo do clube.
Imagino, entretanto, que estes conselheiros tenham responsabilidade para saber o que estão fazendo. Se for para melhor, que sejam bem-vindas as alterações.
E, claro, quando se melhora, existe um custo. A gritaria, muitas vezes histérica, só se justifica se o negócio for uma barbaridade. Sendo bom para o clube, nada a retrucar.

Você sabia?

* Que hoje se encerra a janela para transferências de jogadores brasileiros para a Europa?
* Que a Caravana do Gauchão promete muitas atrações para 2012?
* Que a presidente Dilma continua muito otimista com relação à participação do Brasil na Copa do Mundo?
* Que, no dia 13 de setembro, completam-se quatro meses de espera da assinatura de contrato do Inter com a construtora Andrade Gutierrez para a reforma do Beira-Rio?

Vandalismo

30 de agosto de 2011 1

Eu já andava feliz da vida, entendendo que o vandalismo estava terminando no nosso futebol e que as pessoas de bem poderiam ver os jogos com toda tranquilidade.
Lucianinho Périco chegou a fazer matéria com torcedores de Grêmio e Inter próximos da rótula do Papa, fazendo um suculento churrasquinho e convivendo pacificamente. Que maravilha! – pensava eu. Até fiz um editorial saudando estes torcedores.
Mas, no decorrer do jogo, duas facções da torcida do Grêmio se pegaram a pau. Foi preciso a interferência enérgica da Brigada Militar, e muitos foram presos no Jecrim, um tribunal montado nos estádios e com espaço para aprisionamento de praticantes de delito.
Não é que membros da Geral tentaram invadir este espaço para libertar dois de seus componentes? É o fim!

Geral

A torcida Geral do Grêmio tem duas formas de ser observada.
Uma, pela beleza de seus movimentos, com a avalanche copiada das torcidas da Argentina, e a garotada que a integra e que vibra com o Grêmio.
A outra face reúne marginais e toxicômanos, que usam a torcida para achacar dirigentes. Ganham ingressos e os vendem pela metade do preço, ficando com o dinheiro. Recebem ônibus do clube para excursões e cobram ingressos, e ameaçam todos aqueles que se opõem ao seu comportamento.

Decisão

Cabe à direção do Grêmio e às autoridades resolver esta situação.
Não basta prender os delinquentes e deixá-los transitar livremente no próximo jogo. É preciso proibir o ingresso deles. É preciso determinar que se apresentem a uma delegacia de polícia e que lá fiquem durante os jogos. Que seus malefícios sejam tirados dos estádios para que as pessoas de bem não sejam molestadas.
Pouca coisa pode ser pior para o futebol do que a delinquência de torcedores. Com a palavra, as autoridades.

Você sabia?

* Que a situação do treinador Ricardo Gomes continua preocupante?
* Que Cristóvão, ex-jogador do Grêmio e seu auxiliar técnico vai ficar dirigindo o Vasco da Gama?
* Que o Grêmio precisa fazer 25 pontos nos 20 jogos que ainda lhe restam para escapar do rebaixamento?
* Que o treinador Argel está comandando uma revolução no futebol do Caxias?

Ganhou o melhor

29 de agosto de 2011 14

O Grêmio passou por cima do Inter e da arbitragem. Fez um bom jogo, mas sobretudo jogou a vida. Sabia que precisava ganhar sob pena de comprometer sua atividade na competição. Foi aí que se viu um time com uma força e um interesse jamais visto este ano.

De outro lado, o Inter, meio de salto alto e desgastado física e emocionalmente pela vitória sobre o Independiente. Por isto Dorival Júnior queria poupar jogadores, mas é melhor ganhar e perder com os melhores do que escalar os ruins.

O Grêmio foi tão superior que nem mesmo os erros de arbitragem – pelo menos um pênalti além daquele que foi assinalado – tiraram a sua vitória. Damião não tocou na bola porque foi bem marcado. O meio-campo  teve maior número de jogadores do Grêmio. O Tricolor foi melhor em tudo e mereceu a vitória.

Índio

Ele foi um dos personagens do jogo. Primeiro porque marcou mais um gol em Gre-Nal, o que tem sido uma
rotina. Segundo porque fez um pênalti em Saimon, que o juiz não marcou. Nem deveria porque antes teve falta em Muriel.

No pênalti marcado foi ele quem deu um encontrão em Escudero. Deveria ser expulso. Outro fracasso da arbitragem. Mas fica claro que o velho zagueiro esteve no centro dos principais acontecimentos do Gre-Nal.

Meninos

Mário Fernandes foi exuberante, menos no gol do Inter quando ele deveria estar junto com Índio. Fernando jogou muito, mesmo que tenha errado alguns passes. Saimon foi o melhor de todos. Ele acabou com o grande
Leandro Damião que não teve nenhuma participação importante em toda a partida.

São jogadores que devem ser confirmados como titulares. Emprestam categoria ao time e o deixam mais
moço, com mais força e velocidade.

Você sabia?

Que Juan e Kleber podem estar deixando o Internacional?

Que o Atlético Mineiro já contabiliza seis derrotas consecutivas no Brasileirão?

Que o treinador Cuca esteve à frente do Galo cinco vezes e perdeu todas?

Que Escudero teve a melhor atuação no time do Grêmio no Gre-Nal de ontem?

Mais Gre-Nal

27 de agosto de 2011 7

D’Alessandro foi vetado pelo departamento médico do Internacional. Joga Andrezinho. Confesso que não vejo muito prejuízo para o time colorado. Se o argentino tem aquele crescimento dos grandes jogos, Andrezinho empresta ao time um toque refinado e cobranças de falta. Ele pode decidir um jogo cobrando falta com barreira. É uma das suas virtudes.
Sobre o Grêmio, não me animo a fazer comentários porque nada se sabe sobre o seu time, apenas especulações. Tudo é possível no time tricolor diante dos últimos resultados e a tentativa do treinador em encontrar um time. Então, vamos para o jogo.

Portões

Celso Roth sublimou: fechou todos os treinos no Estádio Olímpico. Será que vai parir alguma coisa melhor do que conseguiu fazer nos últimos jogos? Muitas vezes os treinos fechados bloqueiam da visão de terceiros a erros monumentais de treinadores.
Mas os portões fechados podem, também, esconder um grande e surpreendente esquema que possa complicar o adversário. Tudo isto saberemos no jogo, se a clausura dos jogadores e do treinador traz vantagens ou não.

Chuva

O grande meteorologista da RBS, o inigualável Cléo Kunn, deu para ser terrorista. É só escutar ele nas emissoras da RBS para que ele diga que vai chover. Ontem abriu um solzinho maravilhoso, apesar de algum frio.
Ouvindo a Gaúcha, veio ele com a informação que chove no domingo, inclusive na hora do Gre-Nal. Isto é terrorismo. Ouvindo o Cléo se tem a sensação que nunca mais vai parar de chover.

Você sabia?

* Que o Inter renovou o contrato de Oscar por mais um ano e meio?
* Que ao mesmo tempo a direção comprou mais 40% dos seus direitos federativos?
* Que ainda não foram vendidos todos os ingressos para o Gre-Nal?
* Que Lauro Quadros é o convidado especial da transmissão do Gre-Nal pela Rádio Gaúcha?

Favorito

26 de agosto de 2011 8

Costumo dizer que Gre-Nal não tem favorito. Mas, desta vez, retiro. O Gre-Nal tem favorito. É o Internacional. Menos por ele próprio, mais pelo Grêmio.
Não que o time da Azenha seja mau, mas Celso Roth não consegue resolver seus problemas de ataque. O Grêmio não marca gols. Tem o pior ataque do campeonato. Seus atacantes fracassam. André Lima, depois que voltou de cirurgia, não consegue jogar. Miralles tem poucas oportunidades e nelas quase nada consegue mostrar. Brandão ainda não deu resposta, e Leandro tem altos e baixos.
Na Era Celso Roth, nenhum atacante gremista marcou gols. Entretanto, o Gre-Nal tem suas características próprias, e o que é defeito hoje pode virar virtude amanhã.
Mas é certo que o clássico tem favorito. E é o Inter.

Mudanças

Nei e Guiñazu estão fora do Gre-Nal por terem recebido três cartões amarelos. Dorival Júnior pode optar por Glaydson ou convencer Ilsinho, o novo reforço, a jogar na lateral. No meio, a opção principal é Tinga, que já não tendo mais o fôlego de sempre, joga melhor numa faixa limitada de campo.
Mas o treinador também tem Bolatti. No ataque, não muda nada: Delatorre e Damião são os titulares.

Damião

Incrível o repertório de gols do centroavante colorado. Damião é grande e veloz, cabeceia como poucos, tem corpo para o enfrentamento e quase sempre derruba zagueiros e fica em pé. Chuta com os dois pés e ainda faz assistências. Um jogador completo.
Claro que ainda é o início de sua carreira, mas também é notório que o Brasil está ganhando um centroavante diferenciado, o que não existe depois de Ronaldo. Se tudo der certo, este jogador vai marcar época.

Você sabia?

* Que a Arena do Grêmio já tem 35% das obras concluídas?
* Que ainda não está assegurado o dinheiro para as obras em torno da Arena?
* Que o Gre-Nal deverá ser assistido por 45 mil pessoas?
* Que o 15 de Novembro de Campo Bom completa um século em novembro?

Galo

25 de agosto de 2011 7

Tomei café no Rio de Janeiro com o técnico Cuca e seu preparador físico Carlinhos Neto. Eles respondem pelo Atlético Mineiro, o time que não ganha há seis jogos, que está na zona de rebaixamento, que somou só 15 pontos em 18 jogos e que está a beira do desespero.

Nos 20 jogos restantes, o Galo vai ter que fazer 32 pontos, ou seja, mais do que o dobro do que fez até agora se quiser escapar do vexame da Segunda Divisão.

Cuca entrou no lugar de Dorival Júnior e fez cinco jogos _ quatro deles no  Brasileirão _ e perdeu todos. Carlinho Neves chegou pouco tempo depois e tenta colocar em ordem a preparação física do time. Me disse ele, que a preparação não é uniforme. Que muitos jogadores estão com condicionamento precário e o time não consegue andar.

Rotina

Virou rotina no Beira-Rio. Desde 2006, o Internacional empilha taças de torneios internacionais, fazendo valer, mais do que nunca, seu nome. E o título de ontem veio de uma forma extraordinária.

Foi um primeiro tempo primoroso por parte do Colorado, com direito a show de Leandro Damião, que marcou dois golaços. Na segunda etapa, o time recuou, mas conseguiu segurar a pressão argentina e garantir o bi da Recopa.

O técnico Dorival Júnior começa sua temporada no Inter da melhor forma. Agora, tudo é Gre-Nal.

Treinamentos

Celso Roth faz treinamentos pela manhã e pela tarde na desesperada tentativa de fazer um time para o Gre-Nal de domingo. Mas o grande problema do Grêmio está no ataque. Ele é o pior do Campeonato Brasileiro.

Mesmo que os investimentos tenham sido grandes, trazendo Miralles e Brandão, e já tendo Leandro e André Lima, o Tricolor não consegue fazer gols. Nos três últimos jogos só Marquinhos fez gols. Ninguém vai a lugar nenhum se o ataque não é bom. Este é o milagre que precisa ser feito por Celso Roth.

Você sabia?

Que Rodrigo Caetano está fundando um sindicato de gerentes de futebol?

Que o centroavante Alecsandro tem grande prestígio no Vasco da Gama?

Que Daniel Carvalho é muito contestado no Atlético Mineiro?

Que não devem aparecer propostas por Leandro Damião até o fechamento da janela europeia, no final do mês?

Respeito

24 de agosto de 2011 5

É bom respeitar este time do Independiente. Mais do que bom, é uma condição necessária para chegar ao escore necessário, com diferença de dois gols, para ganhar a Recopa Sul-Americana e chegar no bicampeonato da competição.
Não que eu ache o Independiente um grande time. Pelo contrário, até acho que é um time fraco. Mas é argentino. Sendo assim, não reflete o fator local. Joga como se estivesse em casa. E vai jogar retrancado, buscando contra ataques para complicar o Internacional.
Paciência é uma recomendação. Para o time e para o torcedor. Jogo de xadrez, atacar sem dar espaços para contragolpes. Não é uma decisão fácil, mas o Inter tem time para chegar lá.

Escalação

Espero que Dorival Júnior não desafie os astros. O Inter precisa jogar com equilíbrio. Neste caso os quatro zagueiros, dois volantes, dois meias e dois atacantes. Defende com seis e ataca com quatro. É uma medida boa para quem precisa ganhar o jogo e fazer escore.
Que o Dorival não me venha com três volantes tirando do time a criatividade e a velocidade, componentes indispensáveis para as grandes vitórias. Oscar não pode ser segundo atacante. Ele é meia, e dos bons. Provou no Mundial Sub-20.

Alterações

O Grêmio muda completamente para o Gre-Nal de domingo. A defesa terá a estreia de Edcarlos e Julio Cesar, e ainda tem a volta de Mário Fernandes. No meio entra Fernando, destaque da Seleção Sub-20. Na ataque volta Leandro, fazendo dupla com Brandão ou André Lima.
Pode parecer muita alteração num time só, mas é necessário. Do jeito que está a equipe caminha para o rebaixamento. Neste caso, mudanças radicais no time, na postura e na busca de resultados.

Você sabia?

* Que o passe do jogador Oscar está distribuído entre o clube, o jogador e investidores?
* Que o Grêmio precisa ganhar 47 pontos para escapar do rebaixamento?
* Que vou participar esta manhã do programa Redação Sportv no Rio de Janeiro?

Aproveitamento

23 de agosto de 2011 10

Celso Roth rasga sua biografia e diz que aproveitará o jogador Fernando no Gre-Nal. Rasga para melhor, muito melhor.
Lembram que, quando Ronaldinho foi, pela primeira vez, para a Seleção Brasileira, na volta Celso disse que ele seria reserva de Itaqui? Convenhamos que era um absurdo. Felizmente, o treinador reviu seus conceitos.
Lugar de jogador que está bem é no time. E Celso viu, assim como boa parte do mundo, a exuberante passagem de Fernando pela Seleção Brasileira Sub-20. Com aquela bola que está jogando, ficar na reserva do Grêmio, um time que luta com desespero para escapar do rebaixamento, seria um ato lesa-pátria. Quem sai, não interessa. O que é lógico é a entrada do jogador Fernando, um dos maiores destaques da nossa Seleção.

Cuidados

Argentinos jogam com a mesma frieza em casa ou fora dela. O Independiente não conseguiu atuar muito bem contra o Inter, mesmo com a vitória de 2 a 1, porque em casa, precisava atacar. Atacou e conseguiu a vitória, mas sem jogar muito.
Aqui, vai vir fechado, explorando possíveis erros do Internacional. Não será uma parada fácil, principalmente porque serão necessários dois gols de diferença para o Colorado levar o título. Todo cuidado é pouco contra este Independiente.

Repercussão

O mundo inteiro repercute o gol marcado por Leandro Damião. Mais do que isso, a assistência maravilhosa de calcanhar para Índio marcar o primeiro gol do Internacional.
Estamos diante do maior centroavante do futebol brasileiro na atualidade. No mundo, existem poucos como ele. É grande e rápido, faz gols de cabeça e com os pés, presta assistências maravilhosas. O que falta a este jogador? Estamos diante de um atacante diferenciado.

Você sabia?

* Que Oscar chegou em Porto Alegre dizendo que não quer folga, quer jogar?
* Que Fernando ganhou folga até quarta e depois se prepara para encarar o Gre-Nal?
* Que os dois próximos jogos do Grêmio são contra o Colorado e o Corinthians, em São Paulo?
* Que os gremistas estão apavorados pela situação do time no campeonato?

Ousadia

22 de agosto de 2011 17

Sobrou ousadia para o Internacional através do seu treinador. Duas vezes atrás no marcador, mesmo estando com dez homens, o time sempre atacou e foi premiado com um empate que talvez não seja muito bom na tabela pelo atraso na soma de pontos, mas no jogo se justifica plenamente. Ronaldinho fez gol, jogou muito, mas não superou Leandro Damião.
Este jogador do Inter é, realmente, um fenômeno. Ele deu um gol para Índio fazer e ainda fez um gol espetacular, de bicicleta. Não dá para dizer que quem foi ver Ronaldinho viu Damião porque o craque do Flamengo se justificou. Mas Damião foi mais do que todos e, mais uma vez, foi dele a definição do resultado. E a janela está terminando e ninguém, para sorte do Inter, lá da Europa viu este jogador com a atenção que ele merece.

Fracasso

O Grêmio voltou a perder. E perdeu, mais uma vez, para um adversário direto na luta contra o rebaixamento. Celso Roth tem quatro jogos com um empate, uma vitória e duas derrotas. Ele não está transmitindo nenhuma segurança para os torcedores.
Não há certeza de que o clube não será rebaixado. Este é seu campeonato. Domingo tem Gre-Nal, um jogo em que o Grêmio deve jogar tudo porque mais uma derrota entorta ainda mais o caldo e coloca pânico no Estádio Olímpico.

Resultados

O Corinthians perdeu para o Figueirense. O Flamengo depois de perder no meio da semana só empatou ontem. São Paulo e Palmeiras empataram entre si.
Só o Botafogo, entre os que disputam título e vaga para a Libertadores é que conseguiu ganhar, ou seja, a ponta do campeonato passa pela rodada praticamente estacionada. O campeonato está aberto, não há favorito, não há nenhum clube que se destaque dos demais. Tudo é possível.

Você sabia?

* Que o Grêmio continua com o pior ataque do campeonato, com apenas 16 gols?
* Que o goleiro Victor deve fazer seu grande teste no Gre-Nal no domingo, jogo em que ele já falhou muitas vezes?
* Que Guiñazu e Nei, pelo Inter, e Rafael Marques, no Grêmio, estão fora do clássico Gre-Nal?

Ronaldinho vem aí

20 de agosto de 2011 4

Já é o grande nome do futebol brasileiro. Seu início no Fla, porém, foi preocupante: só queria festas, noitadas, mulheres.
É verdade que nunca faltou a treinamentos, nunca chegou atrasado, mas acabava perdendo força com as repetidas farras. A torcida do Flamengo se indignou com ele e fez o Disque Dentuço, para o torcedor “entregar” o craque em seus exageros comportamentais.
Não sei se foi por isso, mas pelo menos há a coincidência que, depois desta atitude dos torcedores, o futebol do gaúcho começou a aparecer. Claro que ainda muito longe daquele exuberante Ronaldinho eleito, com justiça, duas vezes o melhor jogador do mundo. É ele que chega no domingo para encarar o Beira Rio e a torcida colorada. Não deixa de ser uma grande atração.

Luigi

Em boa hora o presidente Luigi colocou tudo no seu lugar: deu um carteiraço e mandou o time ser titular domingo, contra o Flamengo.
Carteiraço profissional e oportuno. Jogadores que são treinados para jogar futebol não podem jogar a cada quatro dias? Mas o que é que eles fazem o dia inteiro? No conjunto de quatro jogos destas duas semanas, o Inter não sai de Porto Alegre. Portanto, não há o desgaste das grandes viagens. Oportuna a participação de Giovanni Luigi.

Mudanças

Celso Roth deve mudar, radicalmente, o time do Grêmio.
Mudam jogadores, já que alguns estão fracassando pessoalmente, e mudam comportamentos.
O Grêmio precisa de uma sacudida forte. Não é possível que um clube que paga quase R$ 6 milhões por mês a um grupo de jogadores tenha resultados tão indignos. É hora do diretor Paulo Pelaipe, é hora do treinador Celso Roth.
O Grêmio precisa se recuperar ainda nesta rodada.

Você sabia?

* Que Hélio dos Anjos estreou contra o Flamengo e meteu 4 a 1?
* Que este profissional tem fracassado em grandes clubes, mas tem obtido muito sucesso em clubes médios?
* Que os atacantes Brandão e André Lima devem jogar juntos?
* Que, se ganhar do Flamengo, o Internacional pode entrar no G4?