Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Possível*

24 de julho de 2013 10

* Por Zé Alberto Andrade – interino

Longe de se falar em favoritismo, mas o Inter tem bons motivos para acreditar numa vitória no Morumbi e na liderança – ainda que temporária – do Brasileirão. Não é sempre que se joga lá com o São Paulo tão abatido por uma grave crise institucional que se reflete numa série de derrotas quase inacreditável.

Pelo lado colorado a esperança aumenta quando se vê o time de Dunga jogando de maneira eficiente, vencendo três jogos consecutivos, com a volta de Leandro Damião e até com o astral positivo pelas recentes contratações. Até a ausência de Gabriel não se mostra como problema grave, dada a boa presença de Ednei, o lateral ex-Veranópolis que vem deixando muito boa impressão.

Galo

É possível, mas não é provável. O título da Libertadores para o Atlético-MG depende de
mais uma façanha, como foram as classificações contra Tijuana/Mex e Newell’s/Arg.

Mesmo com as negativas de problemas, a imagem de Ronaldinho descontente com Cuca na semana passada não sai da cabeça dos atleticanos. Contra o copeiro Olimpia/Par, precisando da vitória, um bom ambiente é apenas um primeiro passo que precisa ser acompanhado pela qualidade técnica, espírito de superação e atuações dignas dos craques do time.

Recurso

Usar imagens da tevê para reparar alguns tropeços das arbitragens punindo jogadores não é nenhum absurdo, desde que isto aconteça em casos que realmente o árbitro ou os auxiliares não viram o lance. A ameaça de suspensão de Zé Roberto é um exagero do procurador do STJD.

O mesmo árbitro viu o lance contra Lucas, como havia visto no passado a entrada grave de Bolívar contra o baiano Dodô. A partir disso, cabe julgar muito mais o juiz do que os jogadores. O caso do Zé é uma piada.

É demaaais!

Ganhar o Barcelona para treinar numa temporada em que a dupla Messi-Neymar estará formada é um bilhete premiado. Pois o sortudo é o argentino Gerardo Tata Martino. Martino é mais um exemplo da credibilidade que gozam os técnicos hermanos junto ao primeiro mundo do futebol europeu. As experiências com brasileiros, ainda poucas, nunca empolgaram.

Comentários (10)

  • Felipe diz: 24 de julho de 2013

    Não acho nenhum absurdo uma provável punição ao Zé Roberto, vamos parar com este bairrismo, quando é contra nós reclamamos. Quantas vezes escutei nos meios de comunicação que qualquer tipo de carrinho é temerário, aliás, artifício usado muito pelo “bonzinho” Zé Roberto.

  • dalton diz: 24 de julho de 2013

    Tu “não acha nenhum absurdo” porque tu é “ruim da cuca”, não entende nada de futebol, não deve ler nada.

  • Felipe 2 diz: 24 de julho de 2013

    Concordo com o outro Felipe…falam de carrinho temerário e acham que o Zé Roberto não merece nada??? Levando pra outra área, se um sujeito agride uma pessoa e ela morre, ou ela sobrevive mas fica incapacitada, ou se ela apenas tem ferimentos leves…o réu vai ser julgado conforme o “estrago”…assassinato, agressão e etc… se um carrinho que não é uma condição natural de jogo (carrinho por trás?) e fratura o pé de um profissional que depende do membro para se sustentar…acho que deve ser bem avaliado.

  • Eduardo diz: 24 de julho de 2013

    Penso que Vargas também será indiciado por agressão ao adversário, pelas imagens da TV se nota claramente que o Vargas vem por trás do jogador e com um leve ponta pé lhe atinge a perna, o jogador sai cambaleando mas não cai no gramado.
    Se foi um ponta pé leve ou não, pouco importa, a intenção é de atingir o jogador adversário.

  • bugre diz: 24 de julho de 2013

    Felipe, todo carrinho é temerário, (EU DISSE TODOS) inclusive os 300 carrinhos por jogo que o Guina dava quando estava no inter e nunca foi denunciado pelo Schmidt. Se uns carrinhos são denunciados e outros não,fica a impressão de perseguição.

  • Helder Hartmann diz: 24 de julho de 2013

    Essa figura ridícula do procurador Paulo Schmidt que entra ano e sai ano, sempre procura lances para punir o Grêmio. Ora, por acaso o Zé Roberto machucou um companheiro de profissão no lance por ele denunciado ? Então é mesmo uma grande piada essa denuncia desse cidadão.

  • eduardo menezes diz: 24 de julho de 2013

    Usar tv para punir jogador, tudo bem já que o juiz não viu ou não interpretou como falta, vamos deixar de sermos hipócritas, a tv também deve ser usada quando o árbitro erra, vamos a os fatos o gol legitimo do tinga contra contra o são paulo, foi anulado, outro o gol legitimo do jardel contra o palmeiras foi anulado. Esse STJD é tendencioso pelo que vejo e provo contra os gauchos, vou parar por aqui pois poderia citar mais meia duzia de erros contra a dupla grenal e infelizmente erros capital que nos tiraram de finais.

  • rodrigo diz: 25 de julho de 2013

    Putz! O INTER acaba de assumir a liderança do Brasileirão, ganhando do São Paulo em SP, mas a radio gaúcha parece a Rádio de MG! Mal se ouviu a entrevista do Dunga! Qualquer entrevista de alguém do Inter era interrompida pela narração de lances do jogo do Atlético. Que é isso? Nasci aqui, torço pro INTER e não pude ouvir reportagens do meu time porque a gaúcha decidiu que o bom era o jogo do Atlético (talvez fosse para quem secou hoje e se deu mal). QUE FALTA DE RESPEITO! O certo era manter a jornada normal e dar notícias do jogo de MG (como fariam, aliás, se fosse o GFPA ganhando em SP). Dá vontade de largar de vez, como fiz com a ZH! Quase 1 da manhã e só ouço falar de Atlético. Parece que um time daqui ganhou a libertadores e um de MG assumiu a liderança do brasileirão. VERGONHA!!!

  • Heloísa Pires diz: 25 de julho de 2013

    Felipe. É que a mídia trata o Zé Roberto da mesma forma que fazem parentes e amigos no aniversario da sua velhinha de 100 anos: -”Oooolha!…Ela assopra as velinhas do boooolo”!… – “Oooolha como ela se sacooode!…- “Dança, vó, dança”!…- “Oooolha como ela bate palminhas”!…”Ela canta o parabéééééns”!…Tudo, para eles, é inusitado para uma senhora idosinha de 100 anos. Para um atleta de 38 anos, também!

  • David Abreu diz: 26 de julho de 2013

    Enquanto este bando do STJD ficar analisando jogo da cadeira de escritório sem nunca ter jogado bola vão continuar cometendo injustiças contra bons jogadores e colocando todos no mesmo saco!! Ou a agressão do Fred no zagueiro do Vasco é igual ao lance do Zé Roberto ou do Bolívar no jogador do Bahia? Foram lances de jogo, o Fred teve a intenção de acertar o adversário!!!!!

Envie seu Comentário