Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Verdadeiro campeão

11 de novembro de 2013 12

Só faltava ganhar do Grêmio. E o Cruzeiro ganhou ontem, e com goleada. Ainda não é campeão matematicamente, mas não há ninguém que duvide. Alias, não é de hoje.

Faz muito tempo que já se sabe que o time mineiro é campeão do Brasil pela diferença que apresenta sobre os outros adversários. E muito melhor, ganhou de todos. Ontem, o Mineirão lotou e todos fizeram a grande festa. Jogadores, torcedores, dirigentes. Não há o que discutir. O verdadeiro campeão é o Cruzeiro.

Jejum

Já são seis jogos sem marcar um golzinho sequer. O time do Grêmio, montado por Renato Portaluppi, é vocacionado só para defender. E parece que Deus castiga.

Quando resolve atacar, perde gols absurdamente incríveis, como foi ontem. Já saiu da Copa do Brasil, onde marcou apenas dois gols, e corre o risco de despencar no Brasileirão. Menos mal que o Tricolor tem dois jogos em casa e pode somar pontos importantes e fundamentais na frente da sua torcida.

Treinador

O treinador Clemer demonstra muita maturidade nas suas entrevistas. Aproveita, como nunca, jovens jogadores das categorias inferiores.

Precisava muito da vitória contra o Botafogo. E ela veio como um alívio já que ninguém suportava trabalhar com a ideia de rebaixamento. Era preciso ganhar, e o time foi melhor do que o Botafogo. Agora, são cinco jogos para contentar o torcedor e brigar pela dignidade de um grande time no final do Brasileirão.

É demaaais!

O Goiás ja tinha mostrado sua cara. Fez seis vitórias seguidas. Encostou no Botafogo. Agora, é o Vitória, da Bahia, que soma pontos e se aproxima do G4.

São os novatos nesta disputa de vagas para a Libertadores. Sorte do Grêmio que joga em casa contra o Vasco – um dos piores times da competição – e depois contra o Flamengo, muito mais preocupado com a final da Copa do Brasil. Chance boa para emendar seis pontos. Mas tem que fazer gols.

Comentários (12)

  • João Andre diz: 11 de novembro de 2013

    Falta de Sorte??? Seis jogos sem marcar é falta de sorte ou incompetência?? Comentários e entrevistas idênticas eram dadas pelo treinador das coloridas Dunga e olha onde eles estão, rezando para não cair. Todo ano é a mesmo discurso, precisamos de qualidade, experiência. Este ano temos a qualidade (Zé Roberto) e a experiência (Elano) porem, ambos no banco de reservas. Maxi Rodrigues, excelente armador, precisa jogar. O time do Grêmio joga “sem ataque”. Cleber não joga futebol, deveria praticar MMA, teria sucesso na carreira. Barcos, este poderia ser contratado por postos de gasolina para ser o “boneco de ar”. O cara é uma nulidade, não tem força, a bola atrapalha o seu jogo. Manda para a Argentina sem passagem de volta. Por fim, mais um ano no quase…e pelo jeito que o Gremio está sendo dirigido, teremos muitos e muitos anos pela frente sem títulos.

  • alex diz: 11 de novembro de 2013

    A sorte acompanha os bons. Avisem o Renato. Se fosse o Roth que tivesse com esse esquema retranqueiro, seis jogos sem vencer, emendando o recorde de tempo sem fazer gols, certamente já estaria na rua. E aí Koff?

  • elio miguel diz: 11 de novembro de 2013

    Pedro, graças ao coirmão ainda estamos vivos. Que decepção é esse Reinato. E a diretoria come nas mão dele. O time joga com 3 zagueiros e 3 volantes e toma gol de tudo quanto é jeito. 4 do Coritiba, 3 do Cruzeiro, e por aí vai.
    Futebol é coisa simples, vejamos:
    Cruzeiro: Ricardo Goulart, Everton Ribeiro, Dagoberto e Borges.
    Atlético/PR: Emerson, Paulo Baier, Ederson, Marcelo.
    Atlético/MG: Guilherme, Tardeli, Jô, Fernandinho.
    Grêmio: Ramiro, Rivero, Kleber, Barcos.
    Como se vê, o quarteto final dos times que atacam todos são telentosos, ao contrário do Grêmio que têm os talenbtos no banco. Quem diz que futebol não tem lógica está totalmente enganado. Sorte ganha jogo, organização ganha campeonatos.

  • Machiavellirs diz: 11 de novembro de 2013

    A TRADIÇÃO DO GRÊMIO

    Na TV, o Maurício Saraiva, antes do início do jogo Cruzeiro x Grêmio, salientou, entre outras bobagens, o fato de que o Grêmio “reage historicamente” quando se depara com uma situação difícil.

    Ou seja, o Maurício, mais 100% da diretoria presente do Grêmio, mais 100% da diretoria futura do Grêmio, mais 100% dos demais comentaristas gaúchos gremistas, mais 100% dos demais comentaristas gaúchos “isentos” e mais 99,9999% de imbecis torcedores tricolores, adoram dizer que o Grêmio tem tradição nas competições em que participa, emprestando ao termo “tradição” uma conotação soberba de imortalidade e de vitórias magníficas.

    E dizem isso porque a mediocridade deles acha que os times campeões da Libertadores em 1983/1995 e quatro vezes da Copa do Brasil têm o poder de transferirem — numa espécie de osmose futebolística — os brios, esforços, dribles, tabelas e cobrança de faltas ensaiadas dos jogadores campeões no passado para os pernas de pau dos dias atuais.

    Não! Não! Não! Os tempos de glória passaram, há muito.

    Tudo o que aconteceu naquele passado está enterrado. “Deixem o passado enterrar seus mortos”, diz a Bíblia. Viver das glórias do passado é coisa de gente medíocre, gente incapaz de transformar em glória a realidade do momento presente. Os Renatos daquela época já estão enterrados; os Jardéis também; os Felipões, Cacalos e Koffs idem!

    Então, por favor! Deixem de falar bobagens quando não tiverem nada pra falar! Parem com essa mediocridade irritante!

    A história de tradição já se esgotou há muito tempo.

    Se continuar assim o Grêmio vai ficar igual ao Inter, ou seja, vai esperar 1/4 de século ou mais para ser alguma coisa!

    FORA RENATO! FORA KOFF!

  • Marcolorado diz: 11 de novembro de 2013

    O Cruzeiro vai ser campeão com vários jogadores que esta ” Dupla de provincianos ” mandou embora.

  • giovani carassai diz: 11 de novembro de 2013

    Paulo Pelaipe o grande vencedor de 2013, com o provável título de campeão da copa do Brasil Foi corrido da Azenha ou seria Humaitá, pelos pseudos genios assessores do DERROTADO DO ANO , sr Koff.
    Façam como Rui Costa e acompanhem pela TV o Paulo Pelaipe levantar a taça da copa do Brasil 2013.
    QUERO SABER QUANTO GANHA O Rui COSTA ????? O pelaipe todo mundo sabia, pois o ODONE era transparente. e o sr Rui Costa quanto ganha para dar ao torcedor gremista 14 motivos de orgulho em 2013 ? Lista abaixo

    sobre a volta do orgulho prometida na eleição pelo KOFF o leitor poderá escolhar qual orgulho dos 14 abaixo deixou mais feliz em 2013:
    Sobre a “volta do orgulho ” prometida na campanha eleitoral do Fabio Koff não sei qual destas escolho.
    Fora Koff derrotado do ano !!!!
    Rui costa não chega aos pés do Paulo Pelaipe !

    1- Derrota por 4 x 0 para sao luis de ijui
    2- Derrota para o ACHIPATO em casa
    3- Derrota para o cruzeirinho em casa
    4- Ganhar a vaga do sao luis na arena nos penaltis com todos titulares
    5- Perder 2 que jogou contra o juventude então na serie D
    6- Perder a libertadores na segunda fase , fazendo a segunda pior campanha entre todos na primeira fase
    7- Perder 2 grenais e empatar 2 terminado o ano sem vitoria em grenal
    8-Perder a copa do Brasil
    9- Levar 4 x 0 do coxa
    10- Levar 3 x 0 do cruzeiro
    11- Contratar wellington, cris, willian josé, andré santos e barcos e vargas inutil que vive expulso e o adriano
    12- Afirmar que a arena não é do Gremio
    13- Bater o recorde negativo sem gols de 1972
    14- Perder para rebaixada ULBRA CANOAS em casa no gauchão.

  • ivan diz: 11 de novembro de 2013

    pedrao nao da de aguentar a soberba do padeiro renato ele sabe muito ben que um jornal da italia escolheran como os dois maiores perna de pau contratado pelo calcio italiano foran o senhor sabe pedra quem foi foi quaresma um portugues na inter e renato na roma eles mostraran lances do renato pisando na bola uma vergonha ele e chamado en roma como a bufa ou bufola do secolo … e asin mesmo e considerado o maior jogador da historia do tricolino mama mia . quanto ao inter agora e hora da limpa dos come dorme do diretor filinho de papai surfista e comesar um ano novo sem estes caras por favor geovani luigi salva tua reputacao por favor salva a reputacao dos filhos netos bis netos tataranetos de uma geracao de300 anos …. chama alguen que conhese futebol e tu cuida da inalguracao do gigante ai o colorado ten chanses de ganhar o brasileiro de 2014 um abraco para os sonhadores gazelas que sonhavan com o colorado na segunda e rapaziada nao deu talves en 30 anos ou 40 voceis realizen o sonho por agora nao deu desculpa secadores nao deu e bon esperar …porque somos grande demais para este vechame ……..ivan

  • LAERT diz: 11 de novembro de 2013

    Caro Pedro, o futebol mineiro importou vários jogadores rejeitados pelos times gaúchos e imprensa gaúcha e formou dois times vencedores.

    Alguma coisa está errada aqui na província.

    O Cruzeiro tem, por exemplo Ricardo Goulart, Dagoberto, Ceará, Borges e Léo, o Atlético tem Victor, Réver e Jô.

    Aqui no RS a maioria deles foi considerada aquém das necessidades da dupla Grenal.

    Tem alguma coisa errada com relação a avaliação de jogadores e treinadores na nossa terra.

    Sobre o jogo Cruzeiro e Grêmio, qualquer resultado seria normal, afinal de contas era um clássico brasileiro e o time mineiro jogava em sua casa.

    No entanto, quem assistiu todo o jogo, mesmo que tenha considerado o Cruzeiro melhor, principalmente no primeiro tempo, certamente considerará o resultado 3 a 0 exagerado. O time mineiro chutou apenas 2 bolas no segundo tempo e fez 2 gols.

    Renato tem se equivocado em algumas coisas. Principalmente por sua tentativa
    de mostrar que é ele quem manda.

    A demora na troca de jogadores para buscar um melhor resultado, foi incompreensível.

    Ramiro, por exemplo, já tinha um cartão amarelo, vinha mal no jogo todo e não foi substituído.

    O que está matando o Renato é o próprio treinador. Sua vaidade e prepotência não o deixam tomar decisões mais sensatas.

    Em 2010 tinha um time altamente ofensivo e hoje tem um time altamente defensivo.

    De qualquer forma, resta agora ganhar os 3 jogos em casa. Se empatar um deles
    e não ganhar um fora para compensar, dará adeus a vaga na Libertadores.

    Nas duas últimas partidas, principalmente no segundo tempo, o time criou oportunidades de gol. Faltou nesses dois jogos, o que sobrou em anteriores, a sorte.

    A desclassificação na Libertadores é um prejuízo imensurável, talvez maior que a Arena e não só para o Grêmio, mas para todos aqueles gaúchos envolvidos com o futebol.

    Com o campeão de tudo não disputando campeonato nenhum e com o Grêmio fora, restará aos gaúchos ficar na frente da TV assistindo os mineiros serem campeões da América novamente e talvez campeões do mundo.

    O presidente do Atlético bancou o Cuca e se deu bem.

    E o Luxemburgo hein? Depois de enterrar o Grêmio, foi para o Fluminense fazer um projeto Segunda Divisão.

  • JOAO NUNES diz: 11 de novembro de 2013

    Seu Pedro: Da onde tu tirastes que o teu gremio perdeu gols absurdamente incriveís? Incrível é a tua capacidade de viver na demagogia e continuar estranhamente na condição de “supervisor de esportes” da tua rádio. Se para escreveres umas letrinhas , mente prá ca.., imaginem quando está narrando.Sinceramente a DUPLA GRENAL na sua essência que é o torcedor não merecia conviver com esta turma de safados , oportunistas da latinha.Quanto ao meu INTER, onde fala em DIGNIDADE de continuar a brigar por vitorias, é desnecessário esta observação, já que lá não existe imoralidade, vicio normal e corriqueiro , em outros locais.

  • Daniel diz: 11 de novembro de 2013

    O Ex-Presidente Paulo Odone não gostava do Renato, agora sei porque. O Renato é arrogante e teimoso, hoje tem o Koff e o Rui na mão, faz o que quer com eles. Com Paulo Odone não conseguiu e foi despedido, ou melhor, foi desprezado e pediu para sair. O Renato tem uma única chance para que os torcedores continuem ao seu lado, tem que mudar o esquema e voltar a ganhar e classificar o Gremio para a libertadores de 2014, ao contrário meu amigo, Renato pode pedir para ir embora, não terá mais clima na Arena.

  • reis diz: 11 de novembro de 2013

    Pedro , pede por um dos jornalista que cobre as entrevistas de dirigentes e treinadores para fazer uma perguntinha para eles quando nos mandam aquela velha reposta para tudo ” agora tem que TRABALHAR” onde o Rui Costa usou pelo menos umas 20 vezes.
    Entao que perguntem a eles:
    OK trabalhar, mas o que quer dizer isso? significa exatamente o que?
    qual e o PLANO de TRABALHO ?
    Mais treino?
    finalizacao?
    bola parada? (que nao fizeram o ano inteiro e o Gremio nao tem?
    Direçao?
    Reunioes? a respeito de que?

    Eles pensam que a gente e bobo Pedrao
    Abraço

  • sergio dias diz: 11 de novembro de 2013

    endeusam o treinador renato mas no ano passado o luxa já tinha 63 pontos nos mesmo 34 jogos

Envie seu Comentário