Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Esporte"

Técnico pode aplicar o velho e bom despiste

27 de fevereiro de 2015 54

Em 20 minutos de treino aberto para os jornalistas, Felipão deu a entender que planeja colocar Everton de um lado, Pedro Rocha do outro, Douglas pelo meio e Everaldo na frente no Grêmio do Gre-Nal. Duvido.
O Grêmio dificilmente se atreverá no clássico. Deve apostar na segurança defensiva. A escalação mostrada por Felipão no treino só seria forte atrás se os meninos Everton e Pedro Rocha voltassem para pegar o lateral adversário. Não é o caso.
Só resta especular se o técnico não quer aplicar o velho e bom despiste, uma tradição da semana Gre-Nal.

López e Nilmar?
Será apresentado hoje o argentino Lisandro López, novo reforço do Inter. Onde ele jogará, considerando que seja titular, veremos em seguida. Especula-se que Aguirre possa escalá-lo ao lado de Nilmar, deslocando o camisa 7 de posição. Seria um equívoco. Apesar de franzino, Nilmar é centroavante. Não rende em outra função.

É demaaaaiiissss

O gol do Brasil-Pel nos acréscimos do confronto com o Flamengo coroou uma noite de festa que se encaminhava para um fim triste.
O trabalho contínuo de Rogério Zimmermann e da direção no Xavante é heróico. A base se mantém temporada a temporada, algo que o Grêmio, por exemplo, não consegue. Tomara que o Brasil apronte das suas no Maracanã.

É de menos

Não é só no Brasil que imbecis racistas se manifestam.
No jogo entre Roma e Feyenoord, da Holanda, torcedores holandeses jogaram uma banana inflável gigante no gramado e insultaram o atacante marfinense Gervinho. Receberam a resposta no ato: Gervinho marcou o segundo gol da Roma, garantindo a vitória por 2 a 1 e eliminando o Feyenoord.

*André Baibich – Interino

Pedro Ernesto: Florianópolis

03 de dezembro de 2014 34

Imagino a grande legião de colorados na partida deste sábado, no Estádio Orlando Scarpelli. Muito gaúchos e colorados já moram em Florianópolis. Outros tantos residem ali por perto, em praias como Garopaba ou Itapema, ambos em raio de 80Km da Ilha da Magia. São esperadas caravanas de gaúchos radicados em Santa Catarina. A esses todos ainda se juntarão os que sairão do Rio Grande do Sul e ganharão a BR-101 ou a BR-116. Florianópolis será vermelha neste sábado. Acredito em mais de 10 mil colorados apoiando o time nesta hora decisiva, em que uma vitória garante a vaga direta na Libertadores. Nos grandes momentos, os torcedores do Inter não negam fogo.

Retornos
Nilmar não poderá ser escalado por Abel Braga. O mesmo acontece com Jorge Henrique e Alan Patrick. O técnico já não contará com D’Alessandro, Gilberto e Fabrício, suspensos. A lista de desfalques tem ainda os lesionados Muriel, Juan, Claudio Winck, Wellington Costa, Luque e Sasha. São 12 jogadores, mais de um time de fora. Faz muita diferença. A equipe perde qualidade. Mesmo assim, é preciso achar formação capaz ganhar do Figueirense.

Dia do Fico
Jorge Baidek, empresário e ex zagueiro do Grêmio, trouxe proposta milionária para Felipão trabalhar no futebol asiático. O técnico nem quis saber. Promete seguir no clube. Mesmo com os fracassos de 2014, é experiente e já conhece os jogadores. O que falta agora é aquele Felipão vitorioso de outros tempos. Em 2014, nem vaga na Libertadores conseguiu.

Demmmaaaiissss
Agências internacionais de notícias avaliam que Felipão teve ano terrível. No terreno esportivo, concordo. Foi péssimo na Copa e no Grêmio, onde ficou aquém de Renato e Luxemburgo, que levaram o Grêmio à Libertadores. Do ponto de vista pessoal, foi um grande ano. Faturou milhões em publicidade na Seleção e em salários na CBF e no Grêmio e ganhou um neto, o que é um presente de Deus. Não da pra dizer que foi ruim

De menos
O zagueiro Pedro Geromel e o meia Giuliano foram pacientes de cirurgia ontem e passarão as férias de molho. Não estarão à disposição na pré-temporada. Mais um problema para ser resolvido pelo Grêmio, que tem a necessidade de montar um time minimamente competente para começar o ano. Está complicada a fase nas bandas da Arena.

Pedro Ernesto: Levir Culpi

28 de novembro de 2014 58

O técnico campeão da Copa do Brasil fala em justiça no título conquistado. E acho que fala bem. Para levantar a taça, teve de eliminar o Palmeiras, o Corinthians, o Flamengo e ganhar duas vezes do Cruzeiro. Foi um caminho difícil. Perdeu para Flamengo e Corinthians no primeiro jogo por 2 a 0, foi para Belo Horizonte e levou gol em ambos os jogos no começo. Mesmo assim, conseguiu marcar os necessários quatro gols para avançar. Duas façanhas extraordinárias.

Na final, o Atlético-MG teve o arquirrival e conseguiu duas vitórias. Incontestáveis. Ganhou porque jogou mais do que o adversário. Levir foi um técnico que soube tirar de seus jogadores o máximo. O time foi atrevido, veloz e mortal. Ganhou, mesmo, com muita justiça. Levir tem toda razão.

Julgamento
Todo mundo esperava que o Corinthians não perdesse quatro pontos pelo Caso Petros. Confesso que não sei examinar o tema, por falta de conhecimento jurídico. Mas posso examinar que Grêmio e Inter parecem mais preocupados com questões relacionadas à qualidade do seus times. O Inter está muito próximo da Libertadores, mas reconhece que o time está distante de jogar um futebol razoável. O Grêmio, neste ano, além de nada ganhar mais uma vez, nem sequer conseguiu vaga na Libertadores. Sei que ainda tem chance, mas ninguém acredita. Reclamamos do STJD, dos árbitros, dos complôs e sei lá do que mais. Acho que perdemos tempo. Poderíamos nos dedicar mais à qualidade dos nossos times.

Contratações
O Grêmio já deu inicio à fase de contratações. Quer o zagueiro Thiago Heleno, do Figueirense, e o atacante do Joel, que está no Coritiba e pertence ao Londrina. Acho que troca seis por meia dúzia. É verdade que Thiago Heleno atuou com Luiz Felipe no Palmeiras e tem sua simpatia. Sempre defendi a ideia de que é melhor contratar dois ou três grandes jogadores, aproveitar a base e buscar outras soluções na base. Para o Inter, vale o mesmo. Mas isso fica para depois da eleição do novo presidente.

Demmaaiiiiisss
A fila de colorados ontem no Beira Rio, para comprar ingressos do jogo contra o Palmeiras, começou cedo ontem. O Beira-Rio será pequeno na decisão de amanhã. Os dirigentes falam no maior público depois da Copa. Esse é o jogo do Inter. Não pode deixar de ganhar e garantir sua classificação. Depois, contra o Figueira, lá em Chapecó, será bem mais complicado.

De menos
Pelé tem problemas de saúde e deve ficar mais algum tempo no hospital. Confesso que torço muito pelo Rei. Principalmente se o assunto é saúde. Pelé é uma grande figura, embaixador brasileiro no mundo. Do ponto de vista esportivo, vale lembrar que marcou 1.281 gols. Nunca será igualado. Saúde, Rei. Que volte em seguida para casa.

Pedro Ernesto: Inveja dos mineiros

08 de novembro de 2014 67

Daqui de longe, começo a imaginar o clima em Belo Horizonte e Minas Gerais pela classificação dos dois grandes clubes do Estado à final da Copa do Brasil. Imagino como seria se fosse um Gre-Nal. O Inter desistiu da Copa do Brasil, perdeu para o Ceará duas vezes. O Grêmio caiu para o Santos em casa e, depois, perdeu mais três pontos pelas injurias raciais ao goleiro Aranha. Confesso que tenho inveja dos mineiros, dos meus amigos e companheiros da grande Rádio Itatiaia, que deve estar bombando com sua programação. Serão dois clássicos inesquecíveis. Eles merecem.

Sabedoria
Os dois grandes de Minas se prepararam para esse momento. Fazem futebol com sabedoria, ganham títulos e recebem a mesma cota de tevê da Dupla. Não temos sido tão competentes como eles. Nesse caso, nos resta aplaudir as grandes decisões reservadas para Belo Horizonte. Ah, eles estão na final da Copa do Brasil e no G4 do Brasileirão. Jogaram as duas competições a valer.

Torcida única
A decisão da Copa do Brasil começa na próxima quarta-feira no Estádio Independência. É lá que o Galo gosta de mandar seus jogos. Dia 26, a decisão será no Mineirão. Ambos os jogos terão torcida única. Lá também os marginais conseguem manchar grandes eventos. Não sei por que não se faz isso por aqui. Se só 1,3 mil torcedores rivais podem assistir à partida, por que mobilizar grande contingente da Brigada Militar? Ora, se é tão pouca gente, melhor fazer o jogo com torcida única. Vamos nos entregar para a marginalidade como se fez em Belo Horizonte. Eles venceram.

Mistérios
Abel Braga fechou o treino do Inter, mas todos sabem o time que jogará. Felipão abriu o treino e, muito original, tinha 14 jogadores no time. Os técnicos perdem muito tempo com isso. Todos sabem como os adversários atuam e como marcá-lo. Imagino que treinadores de futebol no Brasil se sentem mais importantes do que o presidente da República. Menos, gente. Não precisa de tanto.

De menos
O Governo do Distrito federal acaba de dar mais R$ 14 milhões para conclusão do Mané Garrincha. Esse estádio é a maior vergonha deste país. Seu custo final chega a R$ 1,7 bilhão. Será que não existe um senador ou um deputado federal capaz de abrir uma CPI para apurar essa roubalheira?

Demmaiiisss
Os tenores colorados estarão no Gre-Nal, agora com a competente parceria de Nilmar. Mas D’Ale, Alex e Alan Patrick não estarão liberados para jogar por música. A defesa do Grêmio é a melhor e mais bem protegida do Brasileirão. Será briga de cachorro grande domingo, na Arena.

Pedro Ernesto: Lindo romance

23 de outubro de 2014 62

Claro que cada um pode escolher suas parcerias. Ninguém tem nada que ver com isso. Mas posso imaginar, por conhecer de perto o ambiente do futebol, o que os jogadores da Seleção Brasileira devem estar pensando dos romances do futuro presidente da CBF. Marco Poli Del Nero tem 73 anos e foi o comandante da delegação nos jogos da seleção nos Estados Unidos. Desembarcou acompanhado de sua então namorada, Katherine Fontenele, uma bela modelo de 23 anos. A moça é tão bonita que foi capa da revista Sexy. Ela chegou a postar uma foto onde aparece beijando Marco Polo em passeio de barco nos Estados Unidos e declarando amor incondicional. Como brigou com ele, apagou a foto.

Novo romance
Mas Marco Polo del Nero não desiste. Tão logo brigou com a Katherine, partiu para outro amor, a modelo Carol Muniz, capa da revista Sexy de julho. Fico imaginando os jogadores presenciando esses romances em meio aos jogos da Seleção. Fico imaginando o que pensa disso o técnico Dunga, sempre muito rígido com a disciplina. Não pode ser uma coisa muito séria por mais que eu possa respeitar os relacionamentos de todas as pessoas. Tudo isso chama muito a atenção. Ele é solteiro e quer garotas novas. O velhinho esta solto. Só não precisa misturar com o futebol.

Recusa
A CBF avisa que a Federação Alemã recusou convite para revanche do 7 a 1 que nos aplicou na Copa do Mundo. Melhor assim. Dunga esta reestruturando a Seleção. Jogar neste momento contra o campeão mundial é temeridade. Enfrentamos a Argentina, e o 2 a 0 foi maravilhoso. Não tem razão para ter pressa. Mais dia ou menos dia vamos reencontrá-los e com time melhor estruturado.

Demmmaaaiiissss
O zagueiro Eduardo, de 18 anos, foi chamado por Gallo para a seleção sub-21. Enquanto se discute a qualidade dos zagueiros colorados, ele pinta como grande promessa. Suas convocações começaram aos 17 anos.

De menos
Robinho nega com veemência a informação do jornal Corriere della Sera de que  teria participado de um estupro na Itália. Confesso que também não acredito nisso. A menos que esteja muito enganado, Robinho é um cara incapaz de cometer essa barbaridade. Nem precisa. É rico, jovem e famoso.

Calor e umidade podem atraparar desempenho dos jogadores

18 de outubro de 2014 36

O que mais tem preocupado Felipão não é exatamente o time do Goiás. Ele tem falado mais da temperatura de Goiânia e da baixa umidade do ar, fatores que alteram, determinantemente, o comportamento físico dos jogadores. Felipão ainda se refere ao tamanho do gramado, bem maior do que a maioria, principalmente em comparação com a Arena.

Tem razão o treinador do Grêmio. Isso pode explicar a imensa dificuldade que os gaúchos têm para conseguirem vitória no Serra Dourada. Mas é o que o Grêmio terá de enfrentar. Não contará com Barcos, nem com Dudu, mas Lucas Coelho e Luan formarão o ataque. Não vejo muito prejuízo nisso. Na defesa, sem Rodolfo, Bressan tem sido responsável por grandes atuações. O jogo é importante. O Grêmio precisa da vitória. Tem que passar por cima do Goiás e de todos estes elementos que são favoráveis ao adversário.

Centroavante

Abel Braga vai escalar Nilmar para começar a partida contra o Corinthians. Se ele tem condições de jogar de 60 a 70 minutos, é lógico que ele comece o jogo. O treinador colorado diz que não vai dar função para ele. Nilmar entrará em campo para ser centroavante, sem outras tarefas.
Fica posicionado ou se movimenta para os lados, dependendo do lance, sem invenções. Ele está escalado apenas para jogar quando o Inter atacar. Acho que o Abelão tem toda razão.

Confusão

O Corinthians entrou em parafuso. Os jogadores criticam o treinador e o goleiro diz que têm jogadores que não estão prontos para atuar num time de tamanha responsabilidade. Os dirigentes preservam Mano Menezes e os torcedores fazem mobilizações de protesto contra todos.
Essa confusão que está envolvido o adversário do Inter pode representar facilidades para o time colorado. É só saber aproveitar. Todos no Timão estão com os nervos abaladíssimos. Duvido que alguém consiga render o máximo nestas condições. A torcida colorada também pode ajudar lotando o Beira Rio e vaiando muito o inimigo ferido.

Demmmaaaiiisss

Eleitoral ou não, o anúncio da compra da Arena motivou muito os torcedores do Grêmio. Importante lembrar que quem criou esta instabilidade foi a própria direção do Grêmio, que, muitas vezes, saiu em protesto contra a empresa que construiu o estádio do Grêmio. Mas isso é passado. O torcedor vibra com o presente, que remete a Arena totalmente para o clube.

De menos

Dois desastres movimentaram a semana que está terminando. O do Corinthians, que tinha a classificação na mão e conseguiu levar quatro gols do Galo mineiro. E o outro desastre foi do Botafogo. Em São Paulo, levou 5 a 0 do Santos e mostrou a todos que é um time que representa um clube quebrado, falido. Que viu um time que tinha no ataque Garrincha, Quarentinha, Amarildo e Zagallo tem muita pena daquela camiseta gloriosa.

Pedro Ernesto: Os demitidos

16 de outubro de 2014 43
SSPress/Divulgação

SSPress/Divulgação

Jogadores demitidos pelo presidente Mauricio Assumpção, do Botafogo, deram uma dura entrevista coletiva. São eles Bolívar, Emerson Sheik, Julio Cesar e Edilson. Começaram afirmando que o clube está totalmente desestruturado. Falta tudo, até remédios para tratar da recuperação de jogadores. Os pagamentos de imagem – quase sempre a parte maior dos vencimentos dos jogadores – contabilizam incríveis sete meses de atraso.

Os jogadores pediram para que o presidente fizesse o esclarecimento das razões das suas demissões. Mauricio Assunção teria dito que decretou a demissão em massa porque os jogadores faziam movimentos contrários ao interesse do clube. Eles afirmaram que o presidente não respeitou a história de profissionais rodados. Não sei quem tem razão. O que sei é que o Botafogo, na mão de Mauricio Assunção e outros que o antecederam, está cumprindo um caminho de “americanização”. Ou seja, está caminhando para ficar do tamanho do América do Rio, que se tornou um pequeno clube. Uma lástima para seus torcedores e para o futebol brasileiro. Apreendemos, ao longo dos anos, a admirar este clube, que já teve grandes e inesquecíveis momentos.

Arena do Grêmio
A “compra” da Arena virou um fato político no Grêmio. Fábio Koff anunciou o acerto com a OAS antes da aprovação do Conselho Deliberativo. Também não tinha no anúncio ninguém falando pela OAS. Isto motivou a resposta de Homero Bellini, que entendeu ser este um fato político. Independente das discussões, a torcida do Grêmio vibra com a desvinculação da empresa.

Acho que é bom negócio para os dois. Para o clube e para a empresa. A OAS tem tido prejuízo permanente na administração do grande imóvel. Será que o Grêmio sabe administrar com lucro o seu estádio? Esta é uma questão que precisa ser bem entendida. Além do pagamento dos 24 milhões por ano, ainda tem os custos de administração do imóvel. Claro que têm as receitas, mas é importante avaliar o resultado líquido ou o prejuízo que isto pode gerar.

Conselho Deliberativo
Alguns conselheiros dizem que o negócio envolvendo a compra definitiva da Arena e a saída da OAS da administração deve ser bem estudada e refletida. Conselheiros lembram que as duas últimas grandes decisões, onde a palavra final passou pelo CD do clube, foram grandes fracassos. Primeiro foi o caso da ISL. Festejada como a grande virada do clube, acabou sendo uma das maiores tragédias.  Todo o Conselho Deliberativo da época aprovou com louvor.

Depois, veio o negócio da Arena. Outra vez aprovação total, até que os mesmos chegaram à conclusão de que o negócio não seria bom para o clube. Sendo assim, acho prudente que conselheiros, com os pés no chão, façam uma grande reflexão, pois ele terá fortes consequências na vida do clube, para o bem e para o mal.

Demmmaaaiiisss
Vamos ter no sábado uma grande eleição no quadro de associados do Grêmio. Segundo estimativas das duas chapas, serão cerca de 15 mil votos, entre internet e presenciais. De um lado, Romildo Bolzan, representando a situação. Tem como fator positivo a anunciada compra da Arena, mas terá que responder bastante sobre os insucessos do futebol nos dois últimos anos. Homero Bellini é oposição. Fala em nova maneira de dirigir o clube, mais profissional. O associado decide o que lhe parece melhor.

De menos
A Seleção Brasileira volta a jogar em novembro, quando vagas importantes estarão sendo decididas no Brasileirão. O campeonato não para. Espero que Dunga se dê conta do importante momento que está sendo vivido pelos clubes e não convoque jogadores do futebol brasileiro. E espero que o Inter faça contato com a federação chilena para que não convoque Aránguiz.

Pedro Ernesto: Centroavantes

25 de setembro de 2014 34
Marcelo Sadio / Vasco

Marcelo Sadio / Vasco

O blog do jornalista Ricardo Perrone é um dos mais importantes no jornalismo esportivo no país. O último levantamento que ele produziu tem a ver com a loucura dos dirigentes dos clubes brasileiros. Claro, não fazem negócios com seu dinheiro. Tenho certeza de que pagam muito mal nas suas empresas. As empregadas domésticas devem ganhar salário mínimo, algumas sequer devem tem a carteira assinada. Mas o dinheiro dos clubes eles esparramam irresponsavelmente. Segundo Perrone, o goleador mais caro do Brasil é Fred. Dizem que é o patrocinador que paga. Será que ele paga bem seus médicos e enfermeiros? Ele ganha 900 mil por mês. Um desatino administrativo. O segundo melhor remunerado é Kleber Gladiador. Custa 640 mil mensais e, pasmem, quem paga é o Grêmio, que sequer o utiliza. E ainda tem contrato até o final de 2015, pelo que sei. Trata-se de uma orgia financeira.

Economia
Não faz dez anos e a TV pagava R$ 10 milhões para todo o campeonato. Hoje paga R$ 70 milhões para alguns, oitenta para outros tantos e tem clube que chega a levar R$ 100 milhões por ano. Ainda tem patrocínio das camisetas, do material esportivo e a renda dos associados. Time grande tem mais de R$ 200 milhões por ano de receita. Como, então, estão endividados até o pescoço? Tem que mudar. Gastam muito, endividam os clubes, e fazem times de qualidade discutível.

Revanche
Este presidente da CBF é mesmo fora da casinha.  Ele quer uma revanche contra a Alemanha, porque os 7 a 1 estão engasgados na garganta dele. Na dele e de todos nós, mas ainda não ê hora. Dunga recém assumiu a seleção que ainda tem muito daquela que fez o fiasco supremo no Mineirão. O treinador precisa mudar, o que virá aos poucos. É um processo que precisa avançar com o novo treinador. Neste momento enfrentar uma seleção desta qualidade pode nos dar problema. O presidente que espere  bom tempo. Foi na gestão atrapalhada dele que a nossa seleção fez seu maior vexame.

Demaiiissss
A Andrade Gutierrez lançou nota oficial confirmando que as obras do Beira-Rio estão finalizadas. Problemas na cobertura do estádio não seriam de responsabilidade da construtora. O que precisa ser consertado, fica por conta do Internacional. Espero que os colorados não tenham que encarar os problemas que os gremistas viveram na Arena. Que conversa chata e sem final.

De menos
O time sub-23 joga nesta quinta-feira, às 15 horas, no Beira-Rio contra o Guarani de Venâncio Aires. Este é o time treinado por Clemer, de grande trabalho nas categorias de base do Inter. É jogo da semifinal da Copa Fernandão. Na primeira partida, deu Guarani por 1 a 0. Bom programa para quem estiver de banda esta tarde.

Pedro Ernesto: Grêmio inaugura uma nova modalidade de punição

04 de setembro de 2014 76

Tudo se encaminhava para a decisão tomada pelo STJD. O próprio procurador, Paulo Schmitt, chegou a quase fazer um pré-julgamento. Não deu outra. O Grêmio foi eliminado, em primeira instância, da Copa do Brasil. Não tenho elementos para definir se isto é justo ou injusto. O que sei é que o Grêmio inaugura uma nova modalidade de punição. Isto parece um exagero, já que outros clubes, com o mesmo problema, foram apenas multados. Estranho, muito estrando. Ou teria sido o clamor popular que determinou este comportamento do tribunal? Esta é uma punição que marca o clube, o que não é bom.

No entanto, do ponto de vista da competição, o resultado de campo praticamente eliminou o Grêmio da Copa do Brasil. Ou será que dá para imaginar como provável que o ataque do Grêmio, que tem sido de uma incompetência absoluta, marcaria três gols na Vila Belmiro? Poder marcar, pode. Mas seria muito improvável. Cabe recurso, mas como a condenação se deu, por unanimidade, é, também, muito improvável que o Grêmio tenha sucesso. Este é um assunto polêmico. Nas redes sociais, todos opinam, cada um com uma opinião diferente. Agora é tocar avida pelo Brasileirão.

Escalação

:FERNANDO GOMES/AGÊNCIA RBS

:FERNANDO GOMES/AGÊNCIA RBS

Cabe ao treinador Luiz Felipe Scolari e ao grupo de jogadores do Grêmio ficar fora destas questões que tem a ver com o Tribunal. A vitória sobre o Bahia deixou o time a quatro pontos do G4. Existe, portanto, grande expectativa de, pelo menos, uma vaga na Libertadores. Não é tudo que o torcedor quer, mas é um grande consolo.
Neste sábado tem jogo importante e difícil contra o Flamengo. Luxemburgo conseguiu cinco vitórias consecutivas. O Maracanã vai transbordar de torcedores flamenguistas. Felipão terá de mudar o time. Não sabe se irá com dois ou três volantes. Os jogadores que não podem jogar não fazem grande diferença técnica em relação aos que estarão em campo. Uma boa vitória no Maracanã será uma grande alegria para os torcedores, que passaram por uma semana complicada.

Sul-Americana
Vamos fazer um acordo: o Inter largou a Copa Sul-Americana. Por duas razões bem objetivas. A primeira porque levou 2 a 0 do Bahia em seu estádio. A segunda porque nunca fez muita questão da competição. Aliás, na Copa do Brasil não foi muito diferente. Decisões polêmicas. O Inter está mesmo focado no Brasileirão, onde é vice líder e pode até ser campeão.

Hoje, contra o Bahia, joga um time praticamente reserva. Pode ganhar, mas dificilmente sairá da Fonte Nova com a classificação para a próxima etapa. Isto acontecendo, o clube estará focado apenas no Brasileirão. Se tiver sucesso, tudo estará justificado. Caso contrário, os colorados vão ter que dar muita explicação.

Demaaaiiss!!!
É verdade que o Grêmio esperou muito para enfrentar, objetivamente, a Geral. Não é menos verdade que o Grêmio, apesar da dura punição, trabalhou bem para enfrentar o julgamento de ontem. Como disse o presidente Fábio Koff, o clube fez tudo que estava ao seu alcance. Certamente, depois desta punição teremos torcedores com melhor comportamento. Teremos um público torcendo para o clube, e não arrumando problemas. No meio de tanta coisa ruim, este é o lado que sobra como produtivo.

De menos
Sem querer dar parecer jurídico por falta de formação no assunto, quero reiterar que o Tribunal não manteve a jurisprudência. Os clubes que tiveram problemas de racismo nos seus estádios foram multados, nunca eliminados de competições. Alguns jornalistas e ex-jogadores travestidos de jornalistas incendiaram o processo, mancharam a imagem do clube. O Grêmio nunca foi um clube racista. Não faltam provas para isso. Como em qualquer time do mundo, em sua torcida tem de tudo. Sendo assim, não merece ser rotulado por pessoas da imprensa como racista.

Felipão precisa trabalhar mais com sua equipe

14 de agosto de 2014 35

Durante a Copa do Mundo, o treinador Luiz Felipe Scolari foi criticado pelos repórteres que cobriam a Seleção Brasileira pela falta de treinamentos. Todos estavam estranhando o que acontecia, mas o treinador afirmou que isto fazia parte do seu planejamento.

Não sei se foi esta a razão, mas o resultado todo mundo já sabe. Nesta semana, agora como treinador do Grêmio, Felipão perdeu o Gre-Nal e deu folga na última segunda-feira. Na terça, foram realizados treinamentos físicos na manhã e na tarde. Já na última quarta-feira, não aconteceram trabalhos pela manhã. Somente à tarde foi que Felipão realizou um coletivo onde fez diversas experiências e fez várias modificações de atletas e esquemas.

Deve ser estratégia do treinador. Pela sua vida vitoriosa, deve saber o que esta fazendo. Mas eu acho que ele precisa trabalhar mais com seus jogadores para conhecer o que, para ele, ainda é desconhecido. No fim, é possível que dê tudo certo.

Punição
Serão cinco jogos em que a torcida Geral do Grêmio não poderá levar trapos, instrumentos, etc. Com
todo respeito às autoridades que tratam deste assunto, esta punição não passa de perfumaria. Os rapazes desta torcida resolveram ignorar autoridades que cuidam da segurança das pessoas nos estádios.

Eles fazem o que querem, do jeito que querem, quando bem entendem. Não obedecem determinações, brigam dentro do Conselho Deliberativo do clube, se acham mais importantes do que o próprio clube. Começaram torcedores, tornaram-se sócios, conseguiram 17 cadeiras no Conselho. O próximo passo será assumir a direção do clube e comandar tudo, do jeito que eles sabem e gostam.

Discussões
A Rede Globo está preocupada com os índices de Ibope das transmissões esportivas. Faz reuniões com os clubes para tentar entender o que esta acontecendo. Modestamente, entendi que esta fórmula de pontos corridos é sonolenta. No ano passado, no final do primeiro turno, já se sabia que o Cruzeiro seria o campeão. Restou pouca emoção em um turno inteiro.

Muito melhor seria a fórmula fraga. Nela, terminado o primeiro turno, zera tudo e todos voltam a ter chance. Mas pode classificar, também, os dois times de melhor campanha nos dois turnos. E aí se faz um quadrangular que pode ser numa única sede. Seria uma grande festa. E estes quatro estariam, automaticamente, classificados para a Copa Libertadores. Seria muito melhor do que 38 rodadas sem jogos decisivos.

Demmmaaaiiisssss

AFP

AFP

Ribéry anunciou sua aposentadoria da seleção francesa aos 31 anos. Ele não pôde jogar a Copa do Mundo do Brasil devido a uma lesão muscular. No Bayern de Munique, ele mostra sempre sua alta técnica. Ribéry ainda esta entre os melhores jogadores do planeta.

De menos
Pesquisa feita pela Pluri Consultoria descobre que o preço dos ingressos mais caros do mundo está no Brasil. Era só o que faltava. Só gente rica pode assistir futebol no Brasil. Construímos lindas arenas para serem visitadas pelas moscas, já que as pessoas normais, os trabalhadores, não poderão pagar este roubo coletivo. Quem explica uma barbaridade deste tamanho?