Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Pedro Ernesto"

Força tarefa

17 de dezembro de 2014 58
Gilvan de Souza/Flamengo, Divulgação

Gilvan de Souza/Flamengo, Divulgação

Depois de idas e vindas, com Tite e Luxemburgo batendo no poste, as opções se fecharam bastante. Piffero não fez de Abel a primeira opção, e o técnico se mordeu. Ficou enciumado.
O novo presidente disse que Mano não servia e que não queria estrangeiros. Sobrou pouco. Agora se diz que existe uma força tarefa para tentar convencer Abel ou Mano para aceitarem. Já nem sei o que dizer mais disso. O começo da gestão Piffero esta confuso demais.

Futebol
Luis Fernando Costa não é um dirigente muito conhecido no futebol. Mas é uma pessoa afável e muito respeitável. Seus amigos próximos dizem que ele tem bom domínio das questões relacionadas com o futebol.
No meio desta grande confusão estabelecida na busca do treinador, é uma boa notícia. Alguém que coloque as coisas nos seus lugares. Hoje, vamos conhecer seus auxiliares. O Inter precisa correr para não perder o trem que está passando.

Marcelo Moreno
O Cruzeiro contratou o atacante, Joel que jogou o Brasileirão pelo Coritiba, e está acertando com Leandro Damião. Moreno está sobrando do campeão brasileiro. Vai ficar no Grêmio, junto com Barcos. Dois bons centroavantes, ainda que ganhem muito.
Mas este é um gasto que dá para entender. Time sem bons atacantes não vai a lugar nenhum. E se o Grêmio diz que não antecipou muito as verbas de TV, parece certo que poderá pagar os dois.

Demmmmaaaiiisss
O Padre Ceron, da Paróquia da Restinga, visitou o Sala de Redação para falar de doações feitas pelo conjunto musical Serranos. São dez toneladas de alimentos. Dunga, Tinga e agora D’Alessandro também contribuem continuadamente com a paróquia que alimenta cerca de 500 pessoas por dia. É o lado social  da música e do futebol.

De menos
Se os clubes quiserem mais igualdade na distribuição das verbas de TV, que tratem de se unir. Um quer ser mais ganancioso do que o outro. A Globo faz aquilo que é melhor para ela. Gastaria o mesmo se os clubes distribuíssem melhor, mas isto é problema dos nossos insaciáveis dirigentes, que gastam maus do que arrecadam.

Final de semana de eleição: Medeiros x Piffero

13 de dezembro de 2014 48

Será uma grande eleição neste sábado. Se fala em 25 mil eleitores, o que significa ser o maior pleito de um clube no Brasil e um dos maiores do mundo. Talvez perca apenas para o Barcelona. Marcelo Medeiros é o vice de futebol que colocou o Inter na Libertadores. Tem laços familiares importantes. Seu avô foi presidente do Inter. Seu pai, Gilberto Medeiros, também. Seu tio Marcelo Feijó foi o presidente  campeão brasileiro invicto em 1979. Só falta ele para completar. Contra si tem um peso-pesado na política e na vida do clube. Vitório Piffero é um grande dirigente. Foi campeão de tudo ao lado de Fernando Carvalho. O candidato que vencer vai fazer bem para o Inter. Feliz do clube que tem dois candidatos desse quilate para concorrer à presidência. O Inter está de parabéns.

Futuro

Não há tempo a perder. O Inter tem pela frente uma Libertadores. Honraria, sem dúvida, mas compromisso gigante para o presidente eleito. Falta muita coisa para o Inter ser competitivo. Trata-se de disputa mais forte do que o Brasileirão. Aliás, contra os times que estão na Libertadores, o Inter fez só quatro pontos em 24. Não resta dúvida que é preciso melhorar. O tempo é curto para isso. Se Medeiros ganhar, Abel segue como técnico. Se der Piffero, quem comandará o time? E o vice de futebol, quem será? Respostas imediatas devem ser dadas.

Estagnação

Tudo o que se soube do Grêmio nos últimos dias é que Adalberto Preis terá mandato tampão como vice de futebol. Não se fala em contratações porque falta dinheiro. Barcos tinha sido vendido pelo Grêmio, mas seu salário é tão alto que até os mexicanos recuaram. Ainda não se sabe onde jogará Marcelo Moreno. O clube nem sequer tem dinheiro para pagar os compromissos mais urgentes. Situação muito complicada. Por enquanto, vem apenas Douglas. A maioria dos torcedores entende ser um grande erro, apesar de indicado por Felipão. Que quase nunca é contestado. O Grêmio vive momento de estagnação.

Demmmaaaiiisss

O Inter está de parabéns com seus candidatos à presidência. Nos debates, nada de ofensas, ambos mostraram categoria e bom nível. Trataram apenas de expor suas ideias sobre o Inter, o futebol e o tamanho da eleição. Exemplo a ser seguido por muitos clubes que fazem de cada episódio eleitoral verdadeira praça de guerra.

De menos

Se o Corinthians desembolsar para Tite algo em torno de R$ 700 mil por mês, dará um grande fora e estará na contramão do mercado. Já é um clube endividado, não consegue pagar sequer seu estádio. Vai dar calote no BNDES, que liberou empréstimo sem garantias. Teria sido por influência do ex-presidente Lula? As irresponsabilidades grassam no futebol brasileiro.

Quebrou mais um

11 de dezembro de 2014 87

A Unimed anunciou, em nota oficial, que não patrocinará mais o Fluminense. Foram 15 anos de um patrocínio que eu nunca entendi. A Unimed gastou fortunas pagando salários milionários para jogadores. Agora, o Fluminense não tem patrocinador. Os craques serão pagos ainda pelo período de contrato que tem junto à Unimed.

Mas alguns jogadores estarão liberados, e no mercado. Imagino que o futuro do Fluminense seja muito ruim. Ouso identificar que é mais um clube quebrado. Ou conseguirá outro patrocinador disposto a bancar o que era feito pela Unimed? Acho muito difícil. O Fluminense não tem estádio, não tem sócios, não terá time em breve. Pindaíba total.

Salários

Antes da sua passe, que ocorreu à noite, Romildo Bolzan foi entrevistado ontem no Sala de Redação. Ele falou que clubes que pagam salários de R$ 250 ou R$ 300 mil não têm futuro dentro do quadro financeiro do futebol brasileiro. Com isso, o novo presidente do Grêmio baliza os salários que serão pagos pelo clube.

Dificilmente alguém vai faturar mais de R$ 200 mil reais, apenas os que têm contrato em andamento, além do treinador Luiz Felipe. Os outros viverão com salários considerados baixos no futebol brasileiro. Romildo vai enquadrar o clube no plano de realidade. Ele promete chegar no dia 30 quitando todos os compromissos assumidos. Um bom início do novo presidente.

Reforços

Giovanni Luigi está de saída, mas não esquece de trabalhar pelo clube. Segundo o noticiário, ele teria deixado três indicações para o presidente que ganhar as eleições do próximo sábado. Arrascaeta, jovem jogador e titular da seleção uruguaia, é um nome que está sendo observado.

Rodrigo Moledo seria um retorno ao clube. E, finalmente, Rômulo, que foi do Vasco e está no futebol russo. Não sei se será possível contratar esses jogadores, sequer sei se o futuro presidente e o treinador terão interesse neles. Mas não deixa de ser boas indicações para encarar a Libertadores.

Demmmaaaiiisss

O Sala de Redação deve ouvir hoje o presidenciável Vitorio Piffero. Amanhã, será a vez de Marcelo Medeiros. São os dois candidatos que disputam a presidência do Inter. Piffero tem força no seu trabalho anterior, quando, com Fernando Carvalho, ganhou muitos títulos. Marcelo tem a classificação na fase de grupos da Libertadores e laços familiares históricos com o clube.

De Menos

O gremista e deputado federal Marco Maia saiu ontem com um papelão. Ele foi o relator da CPI do Petrolão e não indiciou ninguém. Os caras estão se entregando em busca da delação premiada, relatando roubos incríveis, e a CPI não indicia ninguém? O que será preciso fazer para que os deputados tenham uma decisão mais perto da realidade?

Pedro Ernesto: Orgulho ferido

10 de dezembro de 2014 50

Se Marcelo Medeiros ganhar a eleição para presidente do Inter, o treinador será Abel Braga. Se, no entanto, a vitória for de Vitorio Piffero, considerado favorito, Abel pode não ser o técnico colorado em 2015. Não que Piffero não queira, mas o atual treinador teria ficado ofendido por não ser considerado o número um do candidato. Se sabe que Tite está acertado com o Corinthians e que restou Abel como opção. Essa vaidade do técnico pode lhe custar caro, ou pode custar caro ao clube. Ele perderia um emprego de R$ 500 mil por mês, quase uma fantasia em um país repleto de miseráveis. Já o Inter pode ter que pagar mais, pois, sendo candidato único, ele pode botar o seu preço. Abel deve se sentir valorizado pelo fato de ter colocado o Inter na Libertadores e pode estar querendo se valorizar. O orgulho ferido do treinador, a vaidade profissional, vai dar o tempero para a contratação do comandante colorado tão logo se encerre a eleição.

Zé Roberto
Mais um que se vai. O fator mais importante é seu salário de R$ 300 mil, considerado pelo Grêmio muito caro. A realidade financeira do clube remete a um estado de pobreza franciscana. Estou entre aqueles que concordam com a política. O Grêmio gastou fortunas com jogadores que não deram nenhuma resposta. Só trouxeram dívidas. Nenhuma alegria importante para o torcedor. Caberá aos torcedores entenderem que é preciso cair na realidade. O Tricolor deve muito, perdeu tudo gastando fortunas. Melhor que gaste menos se é para nada ganhar. Mas, mesmo gastando menos, não é proibido ganhar. Há exemplos dentro do próprio clube.

Retiradas
Duda Kroeff já se mandou com alegações pouco convincentes. Fábio Koff toma o mesmo caminho e já declarou, na frente de seu conselho consultivo, que não permanecerá no clube. Talvez tenha se irritado com o presidente eleito, que demitiu seu braço direito Paulo Samuel. Ou a saúde de Koff não o permite trabalhar mais com intensidade. Talvez isso explique porque somente funcionários – Luis Felipe e Rui Costa – deram entrevistas depois do último jogo, relatando a politica do clube, os investimentos, as dispensas, as contratações. Matérias que, normalmente, são tratadas por dirigentes e não por funcionários. Muito estranho. Na campanha, todos se comprometem. Depois, se ausentam.

Demmmmaiiissss
Muito bom ver o Pelé, ao lado de sua namorada, dizer que foi um susto, mas que está muito bem. O Rei deixou o hospital e retornou para casa. Mostrava bom aspecto físico. Continua uma pessoa que não aparenta sua idade, parece muito mais jovem. O mundo torce pelo Rei. Tenho certeza de que todos nós estamos felizes.

De menos
A Fifa quase nada diz sobre o escândalo de venda ilegais de ingressos durante a Copa do Mundo no Brasil. Agora, manda dizer que na Copa da Rússia a entidade que vai vender ingressos. Os russos não perguntam para a polícia brasileira que desbaratou a quadrilha. O futebol, assim como a Petrobras, é um mar de lama. E o ministro da justiça do Brasil diz que há “indícios” de fraudes na Petrobras. Boa essa: indícios. ah ah ah.

Abel e Tite

09 de dezembro de 2014 71

Um dos dois será treinador do Inter na próxima temporada. Se Marcelo Medeiros for eleito, Abel continua. Se Piffero ganhar a eleição, pode dar Tite. São dois treinadores de primeira grandeza no futebol brasileiro.

A vantagem de manter Abel Braga é que ele conhece o grupo de jogadores. E isso facilita, encurta os caminhos. Tite, por sua vez, é um técnico que está mais atualizado. O Brasil inteiro esperava que ele fosse o treinador da Seleção. Eu gosto mais do Tite para o momento do Inter, mas não posso esquecer que foi Abel Braga que levou o time para a Libertadores.

Corinthians

Se Vitorio Piffero quiser Tite para o Inter, precisa resolver antes da eleição. O Corinthians promete ter seu treinador contratado até segunda-feira. Eles tem a pré-Libertadores e precisam começar a trabalhar com rapidez.

Piffero não tem certeza de vitória na eleição, mas precisa trabalhar antes. O Timão é o grande concorrente da hora.

Entradas e saídas

Sai muito mais gente do que chega neste momento no Grêmio. O clube precisa vender alguns jogadores. São muitos os compromissos que precisam ser saldados. Clube em situação falimentar fica parecido com o Botafogo.

É isso que o Grêmio quer evitar. Por isso, pode-se entender como correta a direção ao firmar uma forte política de contenção de gastos. Uma hora alguém tem que agir com a razão para não inviabilizar o clube.

Grande Índio 

06 de dezembro de 2014 70

Acabou o contrato de um dos maiores zagueiros que vi jogar. E olha que vi Belini, Figueroa e Airton Pavilhão, entre outros. Índio não foi menos do que eles. Foi forte, viril, técnico, grosso quando preciso.
Nunca teve medo de atacantes e sempre esteve nas paradas duras. Foi o zagueiro que mais marcou gols pelo Inter. Nos Gre-Nais, foi sempre protagonista defensivo e goleador. Cansou de fazer gols decisivos e dar vitorias para o Inter. Foi campeão do mundo. Foi campeão de tudo. Grande Índio. Inigualável. Lenda dos colorados.

Salário

Tite ligou na noite de quinta-feira para o Guerrinha e para mim. Fez questão de esclarecer duas coisas: que não negocia com nenhum clube enquanto não terminar o Campeonato Brasileiro e que não pede R$ 900 mil por mês por entender que é uma irrealidade.
Chega falar que notícias deste tipo trazem insegurança até para seus familiares. Pra mim, ficou claro que Títe quer treinar o Inter. E entendi que seria o melhor. Ele está atualizado e vem de grandes títulos. E o melhor treinador do país neste momento

Decisão

Não há mais nada para acrescentar com relação ao jogo deste sábado do Inter contra o Figueirense. Ganhar ou ganhar. Não ganhado, abre as porta do inferno da pré-Libertadores e do Grupo da Morte.
É preciso escapar de tudo isso para começar o ano que vem com toda pilha e bom pensamento no título da Libertadores. Mas o inferno e o céu estarão próximos no Orlando Scarpelli.

De menos

Espero que Duda Kroeff resolva seus problemas pessoais e consiga ser o diretor de futebol que prometeu ser na eleição do Grêmio. Fábio Koff já não tem mais saúde para acompanhar o time. Romildo Bolzan é principiante. É pouco para quem quer recuperar títulos, que faz muito tempo que não aparecem.

Demaaaiiissss

A torcida do Palmeiras, apesar da ruindade do seu time, vai lotar o Allianz Arena, o antigo Parque Antártica. Assim, procede uma grande torcida. Futebol é feito de momentos bons e ruins. O torcedor precisa saber disso. Os palmeirenses sabem.

Mala branca

05 de dezembro de 2014 56

O presidente do Figueirense, Wilfredo Brillinge, concedeu ontem longa entrevista à Rádio Gaúcha. Disse desconhecer a existência de mela branca para seus jogadores. Prometeu denunciar se houver oferta em dinheiro de terceiros para que o Figueirense ganhe do Inter. Wilfredo lembra que sua equipe precisa de um ponto para chegar à Copa Sul-Americana. Ingressar na competição internacional é o grande objetivo do clube no Brasileirão.

Quem carregará mala para o Estádio Orlando Scarpelli será o Inter. Mala de todas as cores, pela necessidade de vitória para escapar da Pré-Libertadores e do Grupo da Morte. Sábado, serão dois times motivados, em busca dos seus objetivos. Tem tudo para ser um grande grande jogo Florianópolis.

Time Misto

Escrevi sobre isso, mas é importante lembrar sempre. O time do Inter no sábado é misto ou menos do que isso. São três jogadores suspensos e outros nove no departamento médico. Alguns muito importantes, como D’Alessandro, Fabricio e NIlmar. Essa é a hora de Abel Braga montar um time competente com o que restou. Não é hora de lamentar ausências, mas de valorizar presenças. O jogo é importante, e o Inter precisa da vitória.

Reviravolta

Luiz Felipe Scolari chegou a anunciar, depois da derrota para o Bahia, um time de meninos contra o Flamengo, neste domingo Voltou atrás e vai mais uma vez com os cascudos. O Grêmio vem de três derrotas consecutivas. Perder mas um jogo significa aumentar uma estatística negativa. Terminar o Brasileirão com vitória pode amenizar um pouco a montanha de fracassos do time em 2014.

De menos

O presidente do Figueirense manda dizer que, normalmente, libera 2 mil lugares à torcida visitante. Fala que é bondoso por reservar 4 mil ingressos aos colorados, Acho decisão pouco inteligente, pois a torcida do Inter deve invadir Florianópolis. O Figueira está rasgando dinheiro.

Demmaaiiss

A seleção do Brasileirão anunciada na segunda-feira pela CBF cometeu grande injustiça. Marcelo Grohe deveria ser o goleiro dessa seleção. Fo o craque do Grêmio no campeonato e responsável por muitas vitórias do seu time. Nenhum goleiro neste Brasileirão jogou tanto quanto o gremista.

Grupo da morte

04 de dezembro de 2014 48

O sorteio feito na Confederação Sul-Americana trouxe para o Inter duas possibilidades. A primeira é ganhar do Figueirense – ou ter o mesmo resultado do Corinthians – e pegar um grupo médio sem necessidade da temida pré-Libertadores. A segunda é ir mal no final de semana, encarar a pré-Libertadores e ainda cair no Grupo da Morte, com São Paulo, Danubio e o atual campeão da Libertadores, o San Lorenzo. Claro que precisa ganhar o jogo. Não pode esperar pelo Timão, que joga contra o time Z do Criciúma. Só mais uma vitória. A verdadeira pré-Libertadores colorada será sábado, no Orlando Scarpeli. Haverá invasão vermelha. Todos têm que se mobilizar. O jogo virou grande decisão, com reflexos futuros da maior importância.

Desfalques

Serão 12 desfalques no sábado. Vamos lá: Muriel, Claudio Winck, Juan, Fabricio, Wellington Martins, Jorge Henrique, Sasha, Nilmar, Alan Patrick, Luque, D’Alessandro e Nilmar. São pelo menos seis titulares que Abel Braga não contará em Floripa. Claro que o Inter ainda tem recursos técnicos, mas esses jogadores farão muita falta. Como é o jogo decisivo, onde só a vitória interessa pelas consequências que trará, é hora de nem pensar nisso. Importante apoiar os que vão para campo.

Duda Kroeff

Alguns acontecimentos do Grêmio são muito estranhos. Primeiro, pela eleição de Romildo Bolzan Júnior, que há dois anos nem era cogitado para nada no Grêmio. Levado por Fábio Koff, acabou presidente. Teve a compra da Arena, com coquetel, fotos e manchetes nos jornais. Nada se confirmou, dando a impressão de que era estelionato eleitoral. Agora, surge a informação de que Duda Kroeff, alegando problemas pessoais e profissionais, não será diretor de futebol em 2015. Tudo muito estranho. O torcedor votou na compra da Arena, na presença de Duda e nada disso se confirma. Alguma explicação precisa ser dada pelos homens que comandam o Grêmio.

Demaiiisss

Segue a recuperação do Rei Pelé. Ainda lenta, mas progressiva. Ele continua na UTI, e o Brasil e o mundo torcem muito por ele. Não parece ser situação simples, mas os médicos conseguem reverter quadro que era preocupante. Espero que nos próximos momentos os boletins médicos indiquem ainda notícias melhores.

De Menos

Lamentei muito o fato de Eurico Miranda ter ganho a eleição e se tornado, mais uma vez, presidente do Vasco. No entanto, acompanho alguns movimentos dele com os quais concordo. A começar pelo fato de ter estipulado teto salarial de R$ 100 mil mensais para o novo técnico. Uma medida cautelosa e responsável. Quem não tem dinheiro, não pode gastar. Começou bem o truculento Eurico Miranda.

Pedro Ernesto: Florianópolis

03 de dezembro de 2014 34

Imagino a grande legião de colorados na partida deste sábado, no Estádio Orlando Scarpelli. Muito gaúchos e colorados já moram em Florianópolis. Outros tantos residem ali por perto, em praias como Garopaba ou Itapema, ambos em raio de 80Km da Ilha da Magia. São esperadas caravanas de gaúchos radicados em Santa Catarina. A esses todos ainda se juntarão os que sairão do Rio Grande do Sul e ganharão a BR-101 ou a BR-116. Florianópolis será vermelha neste sábado. Acredito em mais de 10 mil colorados apoiando o time nesta hora decisiva, em que uma vitória garante a vaga direta na Libertadores. Nos grandes momentos, os torcedores do Inter não negam fogo.

Retornos
Nilmar não poderá ser escalado por Abel Braga. O mesmo acontece com Jorge Henrique e Alan Patrick. O técnico já não contará com D’Alessandro, Gilberto e Fabrício, suspensos. A lista de desfalques tem ainda os lesionados Muriel, Juan, Claudio Winck, Wellington Costa, Luque e Sasha. São 12 jogadores, mais de um time de fora. Faz muita diferença. A equipe perde qualidade. Mesmo assim, é preciso achar formação capaz ganhar do Figueirense.

Dia do Fico
Jorge Baidek, empresário e ex zagueiro do Grêmio, trouxe proposta milionária para Felipão trabalhar no futebol asiático. O técnico nem quis saber. Promete seguir no clube. Mesmo com os fracassos de 2014, é experiente e já conhece os jogadores. O que falta agora é aquele Felipão vitorioso de outros tempos. Em 2014, nem vaga na Libertadores conseguiu.

Demmmaaaiissss
Agências internacionais de notícias avaliam que Felipão teve ano terrível. No terreno esportivo, concordo. Foi péssimo na Copa e no Grêmio, onde ficou aquém de Renato e Luxemburgo, que levaram o Grêmio à Libertadores. Do ponto de vista pessoal, foi um grande ano. Faturou milhões em publicidade na Seleção e em salários na CBF e no Grêmio e ganhou um neto, o que é um presente de Deus. Não da pra dizer que foi ruim

De menos
O zagueiro Pedro Geromel e o meia Giuliano foram pacientes de cirurgia ontem e passarão as férias de molho. Não estarão à disposição na pré-temporada. Mais um problema para ser resolvido pelo Grêmio, que tem a necessidade de montar um time minimamente competente para começar o ano. Está complicada a fase nas bandas da Arena.

Fase de grupos

02 de dezembro de 2014 48

O vice de futebol e candidato da situação, Marcelo Medeiros, representa esta noite o Inter no sorteio de grupos da Libertadores. No final de semana, o time enfrenta o Figueirense e, com simples vitória, entrará direto na fase de grupo da competição. É muito importante alcançar isso. São 15 dias de preparação a mais e chance de usar o Gauchão para azeitar o time, que estará em início de temporada. A pré-Libertadores implica em começar o ano com mata-mata, um mês depois do fim das férias. Por isso, o Inter precisa dar para a partida contra o Figueirense deve ser de decisão. Como disse o L.Potter, domingo, no Bate Bola, da TVCOM, a verdadeira pré-Libertadores do Inter é mesmo neste fim de semana.

Del Nero

O futuro presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, resolveu se manifestar depois que Felipão colocou em dúvida os critérios da entidade no Brasileirão, ao afirmar que não seria bom dois mineiros e dois gaúchos na Libertadores. Del Nero disse o óbvio. Falou de sua mágoa e acrescentou que o técnico viveu dentro da entidade e nada declarou enquanto dela se servia. Também qualificou como choradeira de treinador que atuou com falta de qualidade. Felipão fez algo parecido nos anos 90 quando denunciava complô da Parmalat e depois foi se servir do suposto esquema que ele mesmo denunciava. Apreendi ao conviver com esse profissional que não se deve dar muita bola a esses faniquitos que acompanham seus fracassos.

Pobreza

O fato de o Grêmio ter pouco dinheiro para contratar não significa, necessariamente, impedimento de fazer um bom time. Outros momentos provaram que não é com gastança descontrolada que se chega à formação de grandes equipes. Há jogadores baratos e de qualidade no mercado. E outros que devem ser observados na base. Hoje, Grêmio tem um time com jogadores médios. Se forem acrescidos quatro ou cinco de qualidade, está feita a equipe para fazer bonito na próxima temporada.

Demaaiiss

Vem aí o Gauchão, com 16 clubes. Três deles serão rebaixados e um da Segundona subirá. É o processo de enxugamento da primeira divisão, que sofre pelo inchaço. Estamos voltando à nossa realidade. Muitos desdém do campeonato e , mais tarde, se arrependem por perdê-lo. Gosto do Gauchão. Gosto do nosso Interior, da Caravana que roda pelas cidades com shows e muita alegria. O velho Gauchão é uma grande festa.

De menos

O Brasileirão está terminando. Nele, viu-se pouca qualidade. O futebol brasileiro passa por transição que o coloca abaixo de seu patamar histórico. O Cruzeiro foi a grande diferença. Logo depois, vem o Atlético-MG, campeão da Copa do Brasil. Inter e Corinthians chegaram à Libertadores, mas foram instáveis. Espero que em 2015 seja muito melhor.