Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Meia-entrada para mulheres gera troca de farpas entre Jovino Cardoso (PSD) e Bruno Cunha (PSB)

03 de agosto de 2017 4
vereadores

Jovino (E) e Bruno (D) (Foto: montagem sobre imagens de Lucas Correia e Jessica de Morais)

O clima esquentou entre os vereadores Jovino Cardoso (PSD) e Bruno Cunha (PSB) na sessão da Câmara de Blumenau desta quinta-feira.

A discussão teve como pano de fundo o projeto de lei apresentado por Jovino que pretendia conceder o benefício da meia-entrada a mulheres em eventos realizados em Blumenau. A proposta acabou sendo rejeitada pela Comissão de Constituição e Justiça da Casa, da qual Bruno é relator.

Nas redes sociais, o pessebista celebrou o arquivamento do texto: “Entendemos que o que as mulheres precisam não é de desconto em eventos e baladas, mas sim respeito e reconhecimento. Precisamos desconstruir esse universo machista!”, escreveu.

Da tribuna, Jovino acusou o colega de usar o seu projeto para se promover e reforçou que a meia-entrada beneficiaria mulheres, que no geral têm salários mais baixos que os homens.

Bruno rebateu, lembrando que o pessedista vem apresentando projetos inconstitucionais – foram quatro rejeitados só na terça-feira – para “jogar para o público”, o que segundo ele seria uma postura incompatível de alguém que foi vice-prefeito e já acumula experiência no Legislativo.

A troca de farpas revela um embate de gerações do Parlamento municipal. Jovino é um político tradicional, enquanto Bruno exerce o primeiro mandato, para o qual foi eleito com discurso de renovação política.

Comments

comments

Comentários (4)

  • Thiago Duwe diz: 4 de agosto de 2017

    Bruno Cunha está certo em defender o ponto de vista da legalidade, como professor de Direito deve mostrar o exemplo em apontar os erros recorrentes de Jovino quanto aos projetos inconstitucionais. Jovino é um político populista que não mede esforços para atacar outros que não compartilham de sua visão. É parecido com Lula e Bolsonaro, extremistas que usam da boa fé de seu eleitorado para criar divisões onde não deveria haver. “Graças a Deus” a carreira política dele está em declínio.

  • Gilson Herz diz: 4 de agosto de 2017

    Esse Jovino é um parasita. Em vez de elaborar projetos para o desenvolvimento de Blumenau, fica criando projetos eleitoreiros. Eu e povo estamos de saco cheio que esses tipos de políticos. Não sei como essa ameba ainda conseguiu se eleger. O povinho.
    PARABÉNS BRUNO CUNHA.

  • joao batista diz: 5 de agosto de 2017

    Eleições 2008 – 25025 JOVINO CARDOSO Votos 6494
    Eleições 2008 – 25025 JOVINO CARDOSO Votos 3556 (fonte TRE SC)
    Realmente, em franca decadência e acelerada

  • Rogerio Flores diz: 5 de agosto de 2017

    Ele deveria fazer um projeto para nós não pagarmos mais o aluguel do imóvel onde a câmara de vereadores está alocada. Penso que este projeto seria aprovado por unanimidade, desculpem só ele mesmo seria contra.

Envie seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: