Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Nova tentativa de conciliação entre Blumob e trabalhadores dos ônibus termina sem acordo

29 de novembro de 2017 0

Uma vez mais Blumob e trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau não chegaram a um consenso em nova tentativa de conciliação na tarde desta quarta-feira. As partes negociam na Justiça do Trabalho os termos da nova convenção coletiva da categoria – o impasse já provocou paralisações no sistema.

Curta Pedro Machado no Facebook

O desembargador Roberto Basilone Leite propôs a manutenção das cláusulas da atual convenção, além do reajuste salarial de 2% a 3%. Ele também sugeriu que o acordo não envolvesse questões polêmicas propostas pela Reforma Trabalhista.

Representantes dos trabalhadores, no entanto, rejeitaram a proposta de reajuste do salário e do vale-alimentação em 1,83% – equivalente à reposição da inflação – feita pela empresa, alegando que o valor não cobre a desvalorização do período.

A categoria também pede cláusulas de proteção em relação à possibilidade de terceirização dos trabalhadores e contra possíveis modificações das regras da convenção em futuros acordos coletivos ou individuais.

Os representantes da Blumob, por sua vez, alegaram que as cláusulas propostas pelos trabalhadores podem gerar insegurança jurídica e argumentaram que o reajuste acima da inflação ficaria inviável para o balanço das companhias.

A Justiça já interveio na questão determinando que os trabalhadores mantenham, em caso de novas paralisações, frota mínima de 70% nos horários de pico e 30% no resto do dia, sob pena de multa diária de R$ 50 mil. A decisão liminar continua valendo.

Comments

comments

Envie seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: