Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Vale representa 31% do PIB de Santa Catarina, mostra raio X do setor produtivo do Estado

15 de dezembro de 2017 0

Lançada nesta quinta-feira pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), a edição 2017 do SC em Dados reforça a posição de relevância do Vale do Itajaí na economia do Estado.

Curta Pedro Machado no Facebook

De acordo com o estudo, que traça um amplo raio X do setor produtivo catarinense, a região responde por 31% do PIB de Santa Catarina. Na sequência vêm o Norte (22%), seguido do Oeste (16%), Grande Florianópolis (15%), Sul (11%) e Serra (5%).

O Vale também tem a maior participação no número de empresas (28%) e empregos gerados (26%) em Santa Catarina, além de ser responsável por 47% das exportações do Estado, o maior volume entre as seis grandes áreas catarinenses.

Os números são expressivos, mas a sensação que predomina é que o retorno das autoridades públicas com a região não vem na mesma proporção de sua pujança econômica.

Desafios para o crescimento

No curto prazo, a economia brasileira poderá continuar crescendo pelo aumento do consumo porque existe uma grande capacidade ociosa na indústria e também há mão de obra disponível (em função da ainda alta taxa de desemprego).

Porém, uma retomada sustentável da atividade econômica só será possível com um novo ciclo de investimentos, avaliou nesta quinta-feira o presidente da Fiesc, Glauco Côrte, ao fazer um balanço do segmento industrial em 2017 e projetar o próximo ano.

Para o dirigente, este novo ciclo de investimentos depende do aumento da confiança do mercado, e isso passa pela redução de despesas da máquina pública, continuidade das reformas e aceleração do programa de concessões.

Comments

comments

Envie seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: