17 jan17:24

Banco Mundial aprova licitações de empreendimentos na Colônia

O Banco Mundial, financiador do Projeto Pelotas Polo do Sul, homologou na última sexta-feira (14), os processos de licitação pública de execução de dois empreendimentos: 12 pontes em concreto e um sistema de abastecimento de água, de tratamento convencional e de redes de distribuição, ambos na zona rural. Os contratos, avaliados em R$ 3,87 milhões, deverão ser analisados e assinados pelo prefeito Adolfo Antonio Fetter ainda esta semana, conforme o coordenador geral da Unidade Gerenciadora de Projetos (UGP), Jair Seidel.

As empresas vencedoras são as gaúchas Terra Sul – que construirá a rede de água no Bachini, Vila Nova e Ponte Cordeiro de Farias –, Sogel e EPT Cadiz, escolhidas para executar as 12 travessias no interior.

- Cada uma delas será responsável pela metade das empreitadas. O total de pontes foi dividido em lotes, de acordo com as regiões geográficas, a fim de agilizar as obras – explica Seidel. A previsão da Prefeitura é que máquinas e funcionários cheguem à região da colônia em fevereiro.

Além de melhorar o sistema viário do meio rural, as novas pontes deverão facilitar o transporte das safras. Por meio do novo sistema de água, o governo espera levar água tratada e encanada para cerca de 4 mil moradores do interior de Pelotas. O projeto executivo foi elaborado pelo Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas (Sanep) em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (SDR).

Por

Comentários