clicRBS
Nova busca - outros
25 jan15:01

Trapiche continua sem manutenção

Rejane Xavier, Conselho de Colaboradores

Dez meses depois da promessa de reconstrução do trapiche na praia do Laranjal, a situação deste que já foi um dos principais cartões postais da cidade está cada vez mais crítica. A parte inferior da estrutura, erguida em 1968, está tomada de vegetação, e a estrutura cada vez mais comprometida.

Para os moradores, fica a esperança de que a promessa seja cumprida, e que por agora sejam retirados a vegetação e o excesso de areia que se formou ali, recuperando a paisagem já bastante alterada.


Contraponto

O trapiche está interditado desde agosto de 2009, e há quase um ano o Sindicato da Indústria da Construção e Mobiliário (Sinduscon), a Prefeitura e o Valverde Praia Clube anunciaram uma parceria para construção de um novo trapiche.

Segundo o diretor executivo do Sinduscon, Luiz Renato Bender, o projeto, orçado em cerca de R$ 300 mil, está concluído, e parte dos recursos já está assegurada pela própria entidade. O início das obras depende agora de autorização da Capitania dos Portos e alvará da Marinha, já que a área a ser ocupada pela estrutura pertence ao patrimônio da União.

- Estamos organizando a documentação necessária para conseguir as liberações – informou.


Por

8 Comentários »

  • Pedro Paulo disse:

    Por que motivos re-construir o trapiche com o tamanho original? Seria mais racional e menos cu$toso construí-lo com a metade do comprimento ou até mesmo 1/3 do comprimento original. Ou ainda, construí-lo de forma modular que pudesse ser aumentando, ou seja, 1º se construiria 50 metros, posteriormente outros 50 metros e assim por diante. O trapiche existente na cidade de Barra do Ribeiro poderia ser tomado como exemplo.

  • Rafael disse:

    Mais uma vez uma obra importante para uma cidade que carece de pontos turísticos, apesar de seu potencial, sofre nas mãos de buRRocratas. Isto não é por ser Pelotas; o País inteiro sofre por causa disto.
    Quando é para investir no povo, parece que nada é prioritário. Somente quando os grandes levam alguma vantagem, as coisas acontecem. Uma lástima.

  • Andre disse:

    Eu sou morador do Laranjal e também observei o que está acontecendo com o trapiche, a vegetação está tomando conta, onde vai parar o cartão postal?
    Quando é que a Prefeitura vai tomar uma providência e retirar a sujeira?

  • Cibele disse:

    Gente, eu vi domingo que não dá nem pra chegar perto do trapiche porque a sujeira ta horrível e a areia também invadiu, a prefeitura precisa tirar os água pés, e não é só no trapiche perto de lá também.

  • Julio de Souza disse:

    O Trapiche foi abandonado e ninguém faz nada pra mudar a situação, que tanta demora pra marinha autorizar? Acho q a história não tá bem contada, acho que as promessas vão ficar só no papel.

  • Maicon disse:

    As pessoas vão para o Laranjal, passam numa estrada duplicada (muito bom pra dirigir) mas quando chegam na praia se deparam com o cartão postal (que é o trapiche) numa situação tão crítica como está, além da falta de conservação agora a vegetação e areia poluido o local, digo a areia no sentido de estar invadindo um local que antes corria água, que normalmente as pessoas paravam ali pra bater fotos. Quem não viu, ainda, vá lá, vocês vão ver do que eu estou falando.
    A prefeitura não precisa de liberação da marinha pra fazer a limpeza. Esperamos que seja feita em breve antes que a paisagem mude totalmente.

  • Rose disse:

    Acabei de ver a matéria e fiquei chocada com as fotos que vi, eu sempre que vou no Laranjal vou direto ao trapiche pra admirar a paisagem, mas agora como ir lá e ver cheio de pasto ou águapé sei lá, tá horrível.
    E aí prefeito vais tomar uma providência ou não? A limpeza é por conta da prefeitura.
    Queremos o nosso trapiche pelo menos limpo ao redor (já que promessas de reconstrução tão na gaveta.

  • Mara Rodrigues disse:

    Mais uma vez vemos fotos que mostram o descaso do sr. prefeito e do secretário responsável pela limpeza urbana, se no verão não limpam a orla da praia o que há de se esperar no inverno. Parabéns a colaboradora Rejane que mais uma vez traz assuntos interessantes para nós leitores, espero que continue enviando outras matérias pois estava sentindo falta do seu trabalho

Comentários