clicRBS
Nova busca - outros
23 mar14:51

JA testa o comportamento dos flanelinhas


Uma reportagem exibida no Jornal do Almoço desta quarta-feira (23) testou o comportamento dos flanelinhas em diferentes cidades do Estado, entre elas Pelotas.

Aqui, as imagens mostram um guardador de carro indiferente à ação de uma mulher que sai dirigindo um veículo estacionado por outra pessoa.

>> Vídeo: Assista à reportagem no 4º bloco do JA.

Qual a sua opinião sobre a ação dos flanelinhas? Deixe o seu comentário!



Por

4 Comentários »

  • Felipe disse:

    Tem que acabar! eu nunca dou dinheiro para eles, e varias vezes já fui ameaçado. Tem varios flanelinhas com condições de trabalhar como qualquer outra pessoa, mas parece que ganhar dinheiro desta forma é mais facil.

  • Paulo disse:

    Pagamos seguro obrigatório, seguro particular, e ainda somos obrigados a pagar a esses fagabundos. A construção civil está implorando por mão de obra! Concordo com você Felipe e vou além, isso é estorção, é crime, onde estão as autoridades?

  • Vanessa disse:

    A maioria dos flanelinhas de Pelotas são usuarios de crack…dizem cuidar de carros para sustentar o vício…
    Se o motorista não da dinheiro eles fazem cara feia ou até ameaçam…
    A prefeitura precisa fiscalizar…

  • Marta Varella disse:

    Essas funções de guardadores de carros tem que acabar. Sou completamente a favor dos parquímetros, prefiro dar dinheiro para a Prefeitura do que para essas pessoas que se intitulam como “guardadores de carros”. Eles não estão nem ai para o que acontecer com os carros, o que importa é o dinheiro que as pessoas dão muitas vezes por serem obrigadas,coagidas, intimadas ou até mesmo ameaçadas. Fui obrigada a fazer um BO contra um desses indivíduos,fui coagida, intimada a não colocar mais mau carro na Floriano entre Félix da Cunha e Anchieta pelo fato de não querer dar dinheiro e por ele se achar dono da quadra. É um ABSURDO isso, achava que as ruas da cidade de Pelotas ainda fossem públicas, mas pelo visto, elas têm donos.

Comentários