clicRBS
Nova busca - outros
12 abr18:17

Mãe que entregou filho para casal homossexual defende adoção

Quase dois meses após o pedido do Ministério Público de Pelotas para que fosse concedida a guarda de um menino de quatro anos a casal um homossexual, em Pelotas, a mãe biológica da criança foi ouvida pela juíza da Vara da Infância e Juventude, Maria do Carmo Braga. A audiência aconteceu nesta terça-feira (12), com as presenças do promotor da Infância e Juventude, José Olavo Passos, e um defensor público. A mãe do menino afirmou que concorda com a adoção e disse que quer que o filho permaneça sob os cuidados dos dois homens, que vivem em união estável há oito anos.

O menino foi entregue há dois anos para o casal homosexual pela própria mãe, que pediu para que eles o cuidassem. A mãe relata que não possuía condições de cuidar do filho e assinou um termo de entrega do menino, que foi repassado para o casal de união homoafetiva.

Na época, o casal chegou a procurar o Conselho Tutelar, que autorizou os dois a permanecerem com o menino diante da situação em que a criança se encontrava: estava com sarna, piolho e precisando de atendimento médico.

O casal entrou com o pedido de adoção no início do ano e já tem a guarda provisória. A próxima etapa do processo será o estudo social do caso.

Leia também:

>> Posição do MP diminui briga judicial em casos de adoção homoafetiva, diz advogada

Por

Um Comentário »

  • adriane disse:

    Sou amiga do casal desde que se conheceram,são pessoas honestas,humanas e o menino não poderia estar sob melhores cuidados,conheço ele, é a criança mais feliz que ja vi!!! Com certeza Deus lhe deu muita sorte.
    Pais perfeitos!!!! grandes pessoas,carater,educação,dignidade e amor ao proximo o menino vai aprender de sobra!!!
    parabens por mais este passo! negar o direito de gays adotarem é negar o direito de ter uma criança feliz,educada e longe da marginalidade e da fome!

Comentários