clicRBS
Nova busca - outros
22 jun12:19

Ratão do banhado é encontrado por moradores em rua do Fragata

Eduardo da Rosa, Conselho de Colaboradores

Moradores da rua Cônego Siqueira Canabarro, no bairro Fragata, próximo ao 9° Batalhão de Infantaria do Exército, foram surpreendidos neste último domingo (19) por algo atípico em um ambiente urbano.

O ocorrido foi entre 7h e 8h da manhã. Os cães da região estavam muito bravos e latindo sem parar. O motivo de tanta agitação era um ratão do banhado.

A polvorosa tomou conta dos populares que queriam pegar o animal para largá-lo em algum banhado e outros queriam apreciá-lo, pois nunca tinham visto uma espécie assim, ainda mais na rua em que moram.

A Patrulha Ambiental da Brigada Militar foi chamada por moradores que, com consciência ecológica, queriam salvar o bichinho e evitar que algum desavisado tivesse a idéia de fazer um churrasco de ratão.

Quatro valorosos policiais chegaram ao local e se mobilizaram em uma corrida desenfreada atrás do assustado e bravo bicho, que foi de uma quadra à outra até ser pego.

Dentre eles estava o Sargento Júlio Barcellos, que informou ser comum nesta época de temporais os animais, como ratões, aves e outros se perderem em busca de comida. O Sargento faz um alerta à população que não os maltrate e ligue para o fone (53) 3309.5380 que a PATRAM enviará uma equipe encarregada de recolher animais silvestres.

O ratão do banhado, recolhido por eles, foi conduzido ao Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre, localizado no campus Capão do Leão da Universidade Federal de Pelotas, e foi avaliado pela médica veterinária Ana Paula Albano. Segundo o Biólogo Marco Antônio Coimbra, do mesmo departamento, o animal encontra-se em perfeito estado de saúde e será reconduzido ao seu habitat natural.

Ainda de acordo com o biólogo tanto a PATRAM, como a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Civil e o IBAMA, recebem os animais silvestres e o conduzem ao Núcleo de Reabilitação da Fauna da UFPel. O telefone do núcleo é o (53) 3275.7227.

Por

Comentários