clicRBS
Nova busca - outros
02 jul14:16

Fenadoce: os produtos que fazem sucesso

Tamires Guedes, com fotos de Priscilla Rodrigues *

Realizada pela primeira vez em 1986, a Fenadoce se transformou em um evento nacional de negócios. Nesta edição, em uma área coberta de 22 mil metros quadrados, estão cerca de 300 expositores da feira de comércio, indústria e serviços. Abaixo, separamos alguns estandes com produtos que chamam a atenção durante o evento.


Ki Kozinha Maluka

Um estande especializado em utilidades domésticas com produtos importados principalmente da Europa ou de produção própria da Martuscelli. Assim é o Ki Kozinha Maluka, sob a responsabilidade de Marcelo Martuscelli.

O estabelecimento, que participa da Fenadoce há 15 anos, está com a novidade das panelas de titânio – que não necessitam do uso de óleo para fritura – além do limpador de vidro magnético e ferro a vapor bivolt portátil.

Há 32 anos a empresa participa de feiras e exposições. O proprietário afirma que a Fenadoce é a única feira que ele participa no Estado e que a cada ano que passa tem um rendimento de 20 a 40% maior que no ano anterior.


Jurupiga da Ilha

A responsabilidade pelo estande é da família Costa Dias, que tem a tradição na produção da bebida. Rosângela Maria da Costa Dias faz a receita familiar de origem portuguesa há 15 anos e comercializa a jurupiga há 13 anos na Fenadoce.

Além disso, o consumidor tem acesso à bebida em outras feiras, em alguns postos de vendas em Rio Grande e também diretamente com o fabricante, na Ilha dos Marinheiros, interior do município de Rio Grande.


Caricaturas

Caricaturas ao vivo, do artista Figuer Maia, faz parte pelo 3º ano da Fenadoce.

- Ele desenha desde pequeno, é dom mesmo, ele nunca fez curso para isso – afirma, orgulhosa, a esposa e assessora de Maia, Cintia Rodrigues.

Trabalhando com caricaturas há mais de 10 anos, eles participam de feiras e festas em todo o país.

- Não é uma caricatura exagerada, fica tipo um desenho animado, o que gera a aceitação de todas as idades e tipos de público – comenta Cíntia.



Bambu da Sorte

Vendendo o Bambu da Sorte, a comerciante palista Anny Lin está estreiando na Fenadoce.  Ela trabalha há 10 anos com os bambus originais de Taiwan.

- Está todo mundo apaixonado pelo produto – afirma Ana, que só trabalha em feiras e não possui lojas.


Flores de Madeira

Quem também está estreando na Fenadoce é Marli Sartor, que comercializa flores de madeira aromatizadas.

- A flor é própria para borrifar essencias, pois o produto penetra na madeira e exala em ambientes, deixando bem agradável – explica Marli.

A técnica, que nasceu no chile, é desenvolvida e aprimorada no Brasil há mais de 10 anos. Uma equipe de todo o país, principalmente em Balneário Camboriú (SC), é responsável por fazer a flor, enquanto a equipe comandada por Marli é responsável pela comercialização. A flor de madeira é exposta em Feiras internacionais de artesanato e Feiras do Sul do Brasil, estando disponível somente nestes locais.

Vintage

A feira também conta com um estande especializado em vintage – objetos em estilo retrô – que aproveita a Feira para inaugurar no mercado.


* Acadêmicas de Jornalismo da (UCPel)

Por

Um Comentário »

  • Jemima disse:

    como faço pra comprar um bambo desses? ……..

Comentários