clicRBS
Nova busca - outros
05 out12:30

Prefeitura de Pelotas é a quinta no ranking dos sites mais completos

Juliana Bublitz | Zero Hora

Um levantamento inédito do Tribunal de Contas do Estado (TCE) revela que apenas 5% dos órgãos legislativos e executivos do Estado disponibilizam na web detalhes de obras públicas, nem 7% tratam das diárias pagas a servidores e somente 5% revelam a tabela de vencimentos dos funcionários.

Ao todo, das 992 prefeituras e câmaras gaúchas, 990 responderam ao questionário do TCE. Com 81 perguntas, a pesquisa avaliou o grau de transparência dos portais – que, desde a aprovação da Lei Complementar 131, em 2009, passaram a ser uma exigência legal.

Embora os municípios com menos de 50 mil habitantes tenham até 2013 para oferecer na web dados sobre execução orçamentária e financeira, os demais já são obrigados a cumprir a lei. Mesmo assim, há muito o que melhorar. Para começar, 24% dos inquiridos admitiram que não divulgam nada na rede virtual.

Entre os que já se modernizaram, a maioria o faz de forma deficiente. Um exemplo são as licitações. Pelo menos 33% dos consultados garantiram divulgar o tema, mas apenas 14 órgãos oferecem pormenores.

– Em muitos casos, percebemos que as informações até são publicadas, mas nem nós conseguimos encontrá-las. O ideal é que as pessoas não precisem de mais de três cliques para achar o que procuram – diz a assessora da direção-geral do TCE, Cristina Assmann.

Com base nessa premissa, Cristina e a equipe elaboraram o ranking dos órgãos mais transparentes – aqueles que comprovaram oferecer o maior número de informações aos usuários. Site da prefeitura de Pelotas aparece em quinto lugar.

>> Confira a reportagem completa e os resultados do estudo do TCE na edição impressa de Zero Hora

Por

Comentários