clicRBS
Nova busca - outros
24 out17:44

"Estou com o coração apertado", diz marido de gestante que viajou sete horas para dar à luz

Joice Bacelo | joice.bacelo@zerohora.com.br

É com ansiedade que Alex Naparo, de 32 anos, aguarda a evolução do quadro de saúde da mulher Elisiane San Martins, de 34 anos, internada em estado grave em Novo Hamburgo após viajar por mais de sete horas para dar a luz gêmeos.

Segundo o hospital municipal de Novo Hamburgo, a mãe e os bebês apresentam quadro de infecção.

— Estou bem nervoso, com o coração apertado, mas confiante. Vi os bebês e eles estavam se mexendo e com uma cor boa — afirmou o pai dos meninos Guilherme e Gustavo, que nasceram entre 18h41min e 18h42min de domingo.

Elisiane, que viajou de Santa Vitória do Palmar até Novo Hamburgo em busca de leito para dar à luz, é mantida sedada ainda no bloco cirúrgico. Os gêmeos estão na Unidade de Tratamento Intensivo neo-natal. Após nova medicação, os médicos acreditam que dentro de três dias será possível uma avalição mais precisa da família.

A mãe dos gêmeos fez uma viagem de cerca de 530 quilômetros desde o extremo sul do Estado devido à falta de leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) neonatais na região. Elisiane aguardou por vaga em um hospital durante três dias, desde o momento em que sua bolsa rompeu, na quinta-feira, até receber a confirmação de que poderia se dirigir até Novo Hamburgo.

>> Leia também: Estado dos filhos e da mãe que viajou sete horas para dar a luz em Novo Hamburgo é grave

Por

Um Comentário »

  • Nubia Ness disse:

    Isto é uma vergonha!!!!!!!pobre família,lamentavel mesmo!!!!muito triste.

Comentários