Curiosidades

27 abr17:47

Fugindo à regra: casa no Fragata tem empregado doméstico

Na casa de Nair Rosselle, no bairro Fragata, não tem empregada doméstica. Tem um empregado. Lá, Vagner Moraes é quem limpa, organiza, cozinha… Em um segmento dominado pelas mulheres, ele é exceção.

A patroa conta que há um ano, quando resolveu contratar uma empregada, cinco candidatos apareceram, e Vagner conquistou a chance pela simpatia. Até agora, ela garante, que ele se saiu muito bem, e com as vantagens, segundo ela, de “não engravidar e não ter problemas com marido”.

>> Vídeo: Assista à reportagem de Daniel Trzeciak exibida nesta quarta-feira (27), no Jornal do Almoço.

>> Confira também: no Dia da Empregada Doméstica, o JA entrevistou ao vivo uma advogada para falar sobre os direitos dessa categoria de trabalhadores.

Comente aqui
07 mar16:35

Pelotenses criam versão caseira do BBB

Se no Big Brother Brasil 11 não tem nenhum gaúcho para representar os “pagos”, um grupo de amigos do CTG União Gaúcha inventou uma alternativa para não ficar de fora do reality show. Fãs do BBB, eles se reúnem toda semana para comer e satirizar a atração comandada por Pedro Bial.

Seria tudo normal se a cada encontro eles não realizassem um sorteio e uma votação para indicar quem cozinha e quem lava a louça. Ao contrário do programa de televisão (que a cada semana tem uma novidade), a brincadeira deles tem regras claras: o primeiro a ser sorteado é o líder, indica quem vai cozinhar e escolhe o cardápio da semana seguinte (assim o indicado tem vários dias para aprender a preparar o prato definido). O último sorteado é o anjo e imuniza aquele que estará livre de lavar a louça. Depois, o grupo todo passa pelo “confessionário” e vota em quem vai ficar com essa inglória tarefa. Ao mais votado, resta o trabalho duro à beira da pia.

Nesse jogo não tem eliminação, mas tirando isso, o restante é tudo como na real ficção da TV, conta uma das integrantes do grupo, Luciana Rotta.

- A gente forma panelinhas, mulher não vota em mulher, por exemplo. E também tem combinação de voto. Em fevereiro quando um dos guris ia viajar (ficou um tempo no “quarto branco”) todos votaram nele para lavar a louça na última janta – disse ela.

Para garantir as “intrigas” e muitas risadas, Luciana, Marcelo, Ana Júlia, Daniele, Roger, Romualdo, Caco e Cláudia assistem juntos aos vídeos onde cada um justifica seu voto, e também acompanham o BBB “de verdade”.

Quanto ao programa, cada um tem a sua torcida. Entre as gurias, a maioria torce pelo Rodrigão. Entre os guris, a torcida é pela Maria.

>> Quer dar uma espiadinha? Assista aos vídeos!

1 comentário
01 fev18:03

Casal protagonista do pedido de casamento em outdoor participa ao vivo do JA

Sabrina Zibetti e Juliano Sanches, o casal que protagonizou um pedido de casamento curioso em Pelotas, mostrado ontem aqui no clicRBS Pelotas, participou ao vivo do Jornal do Almoço da RBS TV Pelotas nesta terça-feira (1º) para contar detalhes dessa história.

Ele, professor de Educação Física, fez a proposta de casamento através de um outdoor na estrada do Laranjal. Ela, que estava viajando em Porto Alegre, ficou sabendo da declaração de amor pela TV, quando assistia ao Jornal do Almoço, e disse sim.

>> Vídeo: Assista à entrevista dos dois no site da RBS TV Pelotas.

17 comentários
31 jan14:05

Puro romance: Pelotense faz pedido de casamento em outdoor

A nutricionista Sabrina Zibetti levou um susto quando viu no Jornal do Almoço desta segunda-feira (31) a imagem de um outdoor na estrada para a praia do Laranjal, em Pelotas, com a sua foto. A surpresa foi preparada pelo namorado, agora noivo, Juliano Sanches, que resolveu fazer um pedido de casamento diferente.

Juliano Sanches fotografou quando o cinegrafista da RBS TV Pelotas fazia as imagens para o JA

O outdoor foi colocado na sexta-feira mas, como a moça estava em Porto Alegre no final de semana, ela ainda não sabia de nada. O apaixonado professor de educação física, de 26 anos, planejava levá-la esta tarde para a praia, mas antes disso ela descobriu tudo pela TV, o que não diminuiu a surpresa.

- Ela me ligou na hora, veio aqui chorando e já aceitou – conta ele, que entrou em contato com o clicRBS Pelotas depois de saber que o outdoor havia sido exibido no JA.

O casal de pelotenses namora há seis anos. Eles se conheceram na academia. Ela, um ano mais jovem, era aluna e ele instrutor. Quando Juliano foi trabalhar em Rio Grande, o relacionamento engrenou. Já compraram uma casa e pretendem casar ainda este ano.

34 comentários
12 jan12:45

Uma pinguela no caminho das charqueadas

Desde o início desta semana moradores do Areal – Fundos estão precisando se adaptar a uma nova realidade: a ponte de madeira que substituía há anos a histórica Ponte dos Escravos sobre a Sanga do Passo Fundo, na Estrada da Costa (Rota das Charqueadas), foi desmanchada para a construção da nova ponte de concreto. Lá embaixo, nas águas que seguem rumo ao Arroio Pelotas, ainda estão os tijolos antigos derrubados pela enxurrada.

Ao lado foi feita uma pinguela para a passagem de pedestres e foi ali que o fotógrafo Nauro Júnior registrou este flagrante: um grupo se equilibrava na estreita passagem carregando um berço.


Como a passagem dos carros está suspensa, os extremos da ponte viraram um estacionamento, onde moradores deixam os carros e seguem a pé ou de ônibus para o centro ou para o bairro. As fundações na nova ponte já começaram e a obra deve durar três meses.


Caminho da história

Segundo a pesquisadora Zênia de Leon, a Ponte dos Escravos original, que foi destruída pela enchente, foi construída em 1875 por escravos do charqueador Joaquim Assumpção.

8 comentários
30 dez06:10

Tempo louco: Granizo que não derrete, nuvens gigantes, sol cor-de-rosa...

Está chegando a hora da contagem regressiva para 2011, e o que muita gente quer saber é se o clima vai contribuir para uma bela festa de reveillon. Segundo a meteorologista Estael Sias, da Central RBS de Meteorologia, em princípio os fatores climáticos devem, sim, ser favoráveis para quem vai passar o feriado prolongado de Ano Novo em Pelotas.

A previsão é de tempo seco e quente na região até o dia 2 de janeiro, quando a instabilidade volta a provocar pancadas de chuva por aqui.

Na véspera do Ano Novo, dia 31, pela manhã, a temperatura irá oscilar na faixa de 18 a 20°C, mas durante a tarde o calor permanece com máximas acima de 30°C.

Curiosidades

Durante o ano, Pelotas, que é uma cidade úmida por natureza, viveu dias de umidade relativa do ar “paulistana”. O índice mais baixo foi registrado no dia 1º de dezembro, 23%. Em meados de agosto, em pleno inverno, a marca de 28% também causou espanto aos acostumados com índices normalmente acima dos 90%.

Segundo Estael, índices menores que estes só devem ocorrer no verão com o agravamento da estiagem. As chuvas abaixo da média associadas ao calorão devem acelerar a evaporação, deixando o ar ainda mais seco em superfície.

Em fevereiro, poucos dias mais depois que a enchente de 2009 – a pior dos últimos 35 anos em Pelotas – completou um ano, moradores de diversas partes da cidade reviveram o drama da cheia ficando ilhados em suas casas por causa dos alagamentos.

Em julho, gaúchos de diversas cidades ficaram impressionados com o “Homem Prateado”, artista de rua que enfrentou um “frio de rachar” para realizar seu ofício no Calçadão da Sete.

Em novembro, ninguém acreditou quando agricultores encontraram montes de pedras de gelo nas lavouras dias depois do temporal de granizo, que não derreteram apesar do calor que fazia na zona rural de Pelotas e em São Lourenço do Sul.

No dia 12 de agosto uma nuvem gigante acompanhada de uma ventania assombrou quem estava no Laranjal. O fenômeno também foi visto da cidade e gerou polêmica: seria uma tromba d’água, ou uma nuvem-rolo? (Foto acima, em destaque)

Também em agosto, a fumaça oriunda de intensas queimadas nas regiões Centro-oeste e Norte do país chegou até aqui e encobriu o sol dos pelotenses com uma névoa, que deixou no ar uma estranha coloração.

Confira todas as notícias sobre o clima publicadas no clicRBS Pelotas.


Balanço de 2010

O ano começou sob a influência do fenômeno El niño, que deixou o clima mais chuvoso e quente na região. Mas, a partir da primavera, o La Niña foi que roubou a cena, reduzindo as chuvas e prolongando a atuação das ondas de frio.

dia mais quente do ano foi o dia 3 de fevereiro, quando os termômetros em Pelotas chegaram a registrar 37,6ºC.

Em 2010 não tivemos temperaturas negativas. O dia mais frio foi 10 de agosto, e a menor temperatura do ano, 1,6ºC.

Em outubro, um fato atípico: fez 4ºC no dia 3, efeito do La Niña.

Em novembro os pelotenses precisaram ter saúde para suportar a grande variação térmica. No dia 8 fez 35ºC e logo em seguida, no dia 11, fez 7,6ºC.

Em relação à chuva houve uma alternância ao longo do ano. Fevereiro muito chuvoso e março seco, em abril voltou a chover mais, mas em maio ficou mais seco. O mês mais chuvoso do ano foi julho, quando o acumulado foi de 203,5 mm.

Qual destes fenômenos mais impressionou você em 2010?survey software

1 comentário
21 dez11:39

Passarinhos no poste

Claudete Macedo, Leitora-Repórter

Moro na Rua Maurício Sirotsky Sobrinho, no bairro Areal, e observei o ninho feito por um bem-te-vi no poste em frente à minha casa (atrás da RBS). Ontem pela manhã vimos que o filhotinho já está quase pronto para voar e os pais, além de trazerem comida, ficam na vigília do primeiro vôo do filhote!

Mesmo com uma câmera simples, consegui registrar alguns momentos. Não sei se ainda é o mesmo filhote ou se é outro, mas hoje já o observei novamente.

A lâmpada do poste apagou por uns dois dias nesta semana mas não liguei para a Prefeitura com receio de que, ao consertarem, tirassem o ninho. Mas a lâmpada voltou a ligar e só quem não deve estar gostando é o inquilino do poste, que passa a noite na claridade!

>> Interatividade: Você também registrou alguma imagem curiosa em Pelotas, perto de sua casa? Envie para o clicRBS Pelotas através do e-mail participe@clicrbspelotas.com.br.

Comente aqui
27 set12:13

Obras acentuadas

Com foto de João Paulo Celia, Leitor-Repórter

Na avenida Dom Joaquim, chama a atenção o aviso colocado em frente a uma construção, em letras verdes garrafais: PERIGO “ÓBRAS” (sic).

O erro de grafia da palavra obras, que não deve ser acentuada, não escapou do registro fotográfico feito pelo leitor-repórter.

1 comentário
10 ago10:59

Tons de azul

Francisco Vidal, Conselho de Colaboradores

Há poucos dias reparei na matéria publicada aqui no clicRBS Pelotas sobre a pintura da sede do Sanep e do Conservatório de Música da UFPel, e até comentei, corrigindo uma data.

Também vi que foram mencionados dois tons de azul, mas posso questionar com imagens. Os tons são três, olhando bem. O escuro, o claro e um mais claro ainda, no interior das portas e janelas. É quase invisível a diferença que tento mostrar nas duas fotos da porta da extrema esquerda, pela Anchieta.

A verdadeira e dolorosa polêmica é o choque interno entre as duas entidades morando na mesma casa: a municipal, que se considera dona de casa, e a federal, que o dia inteiro toca música.

O prédio, tombado, está se deteriorando e não há cuidados adequados.

Comente aqui
10 ago10:38

Homens em charrete realizam sequestro relâmpago

Sabrina Ongaratto, RBS TV

Parece mentira, mas não é. Pelotas teve ontem um sequestro relâmpago realizado com uma charrete. Por volta das 22h, dois homens sequestraram um pedestre de 58 anos no centro da cidade, na esquina das ruas General Neto e Osório. Levaram ele para as margens do Canal Santa Bárbara, roubaram dinheiro e objetos pessoais e deixaram a vítima no local com um saco na cabeça.

A vítima não ficou ferida e registrou ocorrência na Polícia Civil.

30 comentários