clicRBS
Nova busca - outros

Economia

27 out23:29

Feira do Livro de Pelotas inicia nesta sexta-feira

Inicia nesta sexta-feira (28), a 39ª Feira do Livro de Pelotas. O evento deste ano ocorre até o dia 15 de novembro, na praça Coronel Pedro Osório e faz parte da programação do bicentenário da Princesa do Sul.

A escritora e pesquisadora Zênia de León é a patrona de 2011 e o vice-prefeito Fabrício Tavares é convidado para ser orador desta edição.

A abertura oficial ocorre nesta sexta, às 18h, no palco principal do evento. Esta edição da Feira conta com a participação de 22 livreiros.



1 comentário
25 out19:00

Conta da CEEE fica 7,6% mais cara a partir desta quarta

Zero Hora

Um acordo firmado na tarde desta segunda-feira, no Rio de Janeiro, deve permitir à CEEE aplicar o reajuste de 7,6% em contas residenciais a partir desta quarta. Só falta publicar no Diário Oficial da União a autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para que a estatal gaúcha eleve os valores cobrados dos consumidores.

Na semana passada, a Aneel havia confirmado o percentual médio de aumento de 7,82%, mas condicionado sua aplicação à regularização de débitos da CEEE. Entre março e abril, a empresa havia interrompido o pagamento de encargos setoriais, como Conta de Desenvolvimento Energético e Conta de Consumo de Combustíveis.

Caso não houvesse pendências, o aumento entraria em vigor nesta terça, data do aniversário do contrato de concessão da distribuidora da CEEE com a Aneel. Nesta segunda-feira, o presidente do Grupo CEEE, Sérgio Dias, viajou ao Rio de Janeiro para assinar o acordo de financiamento da dívida com a Eletrobras. A pendência chegava a R$ 371 milhões, que serão pagos em 36 vezes, depois de seis meses de carência.

– Todos os procedimentos burocráticos foram cumpridos, agora a CEEE não está mais inadimplente – assegurou Dias depois de retornar a Porto Alegre.

Conforme o presidente da CEEE, o aumento só não entrará em vigor hoje porque não houve tempo suficiente para encaminhar a publicação no Diário Oficial. Na avaliação de Dias, o percentual de reajuste autorizado pela Aneel foi “adequado”.

O peso na conta
OS AUMENTOS AUTORIZADOS
- Médio: 7,82%
- Reajuste para clientes residenciais e de baixa tensão (menos de 2,3kV): 7,6%
- Reajuste para clientes em alta tensão (de 2,3 kV a 230 kV): 8,23%
PARA QUANTOS
1,5 milhão
de consumidores
ONDE
- 72 municípios – Litoral, Sul e parte da Região Metropolitana
Comente aqui
16 out16:49

Segunda-feira é o último dia para a população participar da consulta pública sobre Shopping Popular

Termina nesta segunda-feira (17) o prazo para sugestões sobre a parceria público-privada para a construção de um Shopping Popular em Pelotas e requalificação e manutenção da Praça Cipriano Barcelos. A Unidade Gerenciadora de Projetos (UGP) informa que, encerrado o prazo, as sugestões serão analisadas para possível inclusão no projeto. O passo seguinte será a publicação do edital de licitação da obra.

Visando a transparência do processo licitatório, a prefeitura de Pelotas, por meio da UGP, lançou a consulta no dia 14 de setembro. Os interessados podem apresentar comentários e sugestões para o aprimoramento das disposições editalícias, identificadas pelo autor, para o endereço eletrônico ugp@pelotas.com.br, ou por escrito, mediante protocolo, destinado à UGP, localizada na rua Professor Araújo, 1653, Centro, Pelotas/RS, CEP 96020-360. A minuta do edital e os respectivos anexos estão disponíveis no site da prefeitura.

No projeto executivo das obras de construção do Shopping Popular e de requalificação da Praça Cipriano Barcelos, a ser submetido à aprovação da gestão municipal, no prazo de 90 dias após a assinatura do contrato, a concessionária deverá fornecer e implantar, de acordo com o projeto arquitetônico, no mínimo, 500 boxes para o desenvolvimento das atividades comerciais e as obras necessárias à realocação dos camelôs, artesãos e ambulantes no espaço do Shopping Popular de Pelotas, bem como a instalação dos equipamentos essenciais.

Está sendo proposto que o prazo de vigência do contrato seja de 25 anos, contados a partir da data de sua assinatura, condicionada sua eficácia à publicação no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, podendo ser prorrogado por 15 anos. A transferência da concessão somente será autorizada quando as atividades e os serviços estiverem sendo prestados há pelo menos dois anos, e mediante a comprovação do cumprimento regular das obrigações assumidas no contrato pela empresa vencedora.

Além da obrigatoriedade de manter o Shopping Popular de Pelotas, bem como a Praça Cipriano Barcelos, em condições de funcionamento adequado durante toda a vigência do contrato, o processo licitatório prevê, entre outras obrigações, que a concessionária prime pelo bom andamento da gestão do Shopping junto à comunidade local, bem como aos condôminos instalados, e promova interação entre os lojistas e a comunidade local, através de realizações e manifestações culturais e atrativas no ambiente interno do estabelecimento.

A concessionária também deverá preservar a qualidade das condições básicas para a agilidade do fluxo de visitantes, prevendo um acúmulo de pessoas nas datas festivas; zelar pela integridade dos visitantes e condôminos, aplicando políticas de prevenção de segurança; observar o horário de funcionamento do comércio local, seguindo os parâmetros toleráveis de abertura e fechamento das instalações; e ainda seguir as normativas de prevenção de incêndio e demais obrigações de segurança.

Conforme a legislação, a concessão patrocinada será regida pela Constituição Federal de 1988; pela Lei Federal nº 11.079, de 30 de dezembro de 2004, pela Lei Federal nº 8.987, de 13 de fevereiro de 1995, pela Lei Municipal 5.115, de 4 de maio de 2005 e, demais normas que regem a matéria, pelas normas técnicas e instruções normativas pertinentes; e pelo Edital de Concorrência Pública.

Fonte: Ascom

1 comentário
14 out14:58

Mais pomares: Quintais orgânicos invadem 115 municípios

Joice Bacelo | Zero Hora

A ideia surgiu da necessidade de contribuir com a segurança alimentar. Um kit com cinco mudas de 17 espécies diferentes garantiria fruta fresca e sem adição química durante os 12 meses do ano. Isso em 2004, quando o projeto Quintais Orgânicos, lançado pela Embrapa Clima Temperado, de Pelotas, estava recém começando. Sete anos depois, a iniciativa está próximo de atingir mil quintais orgânicos em 115 municípios do Estado, Santa Catarina e Paraná.

As mais recentes da lista são as regiões de Santa Cruz do Sul e Arvorezinha, que aderiram ao projeto no final de agosto. A Escola da Família Agrícola, onde estudam alunos de 11 municípios que ficam próximos a Santa Cruz, encampou a ideia e serviu de disseminadora do projeto. Foram distribuídos 24 kits para a formação dos quintais orgânicos às famílias dos estudantes, que vivem, em sua maioria, da agricultura.

– Fizemos um diagnóstico da alimentação dos estudantes e percebemos que não tinha muita diversidade. Então, além de variar a comida que vai para a mesa, o projeto poderá abrir os olhos deles para que, no futuro, ampliem a produção e consigam fazer renda com o que plantarem – diz o diretor da Escola Família Agrícola, Adair Pozzebon.

Voltado para as famílias que vivem da agricultura familiar, comunidades indígenas e quilombolas, o projeto da Embrapa também visa ao incentivo à expansão, como o plantio de hortaliças e grãos dentro dos quintais. Foi o que fez a escola Nossa Senhora do Bonfim, de Morro Redondo. Uma das primeiras a integrar o projeto, utiliza as frutas dos pomares que foram plantados e as hortaliças inseridas logo depois para a merenda escolar dos quase 500 alunos que estudam na instituição.

Na escola, o quintal orgânico também é instrumento de ensino. A aula da professora de técnicas agrícolas, Lúcia Bertoldi, é realizada geralmente em meio aos pomares, apenas com os alunos da sétima série. É ali que eles aprendem sobre o ambiente, a alimentação saudável e a prática do quintal, como limpeza e retirada dos galhos secos. A recompensa vai direto para a mesa, o alimento servido é o mesmo que os próprios alunos ajudaram a produzir.

Os kits distribuídos pela Embrapa incluem mudas de laranja, limão, bergamota, caqui, amora preta, goiaba, uva, figo, romã, pêssego e outros sete tipos de frutas nativas. De acordo com o coordenador do projeto, Fernando Costa Gomes, até o final do ano, uma parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário deverá disponibilizar mais 11 tipos de mudas de hortaliças como complementação da ideia inicial.

>> Entenda melhor o projeto na edição impressa de Zero Hora

Comente aqui
12 out01:00

Consulta pública sobre Shopping Popular se encerra na próxima segunda

Mesmo faltando poucos dias para o encerramento do prazo para sugestões sobre a parceria público-privada para a construção de um Shopping Popular em Pelotas e requalificação e manutenção da Praça Cipriano Barcelos, ainda é pequena a participação da população, segundo o secretário-executivo da Unidade Gerenciadora de Projetos (UGP), Jair Seidel.

A prefeitura de Pelotas, por meio da UGP, lançou a consulta no dia 14 de setembro. Interessados podem apresentar comentários e sugestões para o aprimoramento das disposições editalícias até a próxima segunda-feira (17). As manifestações devem ser encaminhadas, com a identificação do autor, para o endereço eletrônico ugp@pelotas.com.br, ou por escrito, mediante protocolo, para a UGP, rua Professor Araújo, 1.653, Centro, Pelotas/RS, CEP 96020-360. A minuta do edital e os respectivos anexos estão disponíveis no site da prefeitura de Pelotas.

Fonte: Ascom

Comente aqui
05 out15:55

Audiência pública discute o futuro da região do Porto de Pelotas

Uma audiência pública vai discutir o futuro da região do Porto de Pelotas, nesta s exta-feira (7), às 14h, no plenário da câmara de vereadores (rua 15 de Novembro, 207). O debate conta com a participação de representantes da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Universidade Católica de Pelotas (UCPel), Porto de Rio Grande, Porto de Pelotas, secretaria municipal de Transporte e Trânsito e secretaria municipal de Urbanismo.

Durante o encontro serão abordados crescimento, desenvolvimento urbanístico e infraestrutura da região.

Comente aqui
04 out17:38

Prefeitura firma convênio com Banco do Brasil para microcrédito

A prefeitura de Pelotas firmou novo convênio com o Banco do Brasil (BB) que irá beneficiar fomento de negócios de empreendedores de baixa renda e a geração de novos empregos aos pelotenses. O prefeito em exercício Fabrício Tavares e o supervisor Regional do BB, Carlos Alberto Roden, assinaram o convênio entre as instituições, para operação do programa de crédito do Banco do Governo Federal, denominado “Crescer – Programa Nacional de Microcrédito”.

A assinatura ocorreu nesta terça-feira (4), dando início às atividades da Semana da Micro e Pequena Empresa, na Tenda de serviços instalada pelo Sebrae, no Largo Edmar Fetter.

O prefeito em exercício afirmou que o convênio com o BB, assim como o já firmado e em atividade com a Caixa Econômica Federal, visa ajudar os pequenos empreendedores, ou mesmo novos empresários, a gerarem novos empregos, saírem da informalidade, movimentar a economia e concretizar o sonho de muitos ,que por vezes, por falta de quem os apoie, não prosperam.

Fonte: Ascom

Comente aqui
04 out11:39

Tem início a 85ª Expofeira de Pelotas

Inicia nesta terça-feira (4), a 85ª Expofeira de Pelotas, na Associação Rural. Durante o evento serão realizados 14 remates, julgamento de várias raças de animais, concurso de ordenha, além de seminários relacionados à agropecuária e atrações culturais.

O valor do ingresso para esta edição, que dá direito a todas as atrações do evento, é R$ 5. Crianças de até 10 anos não pagam. Estudantes e idosos têm 50% de desconto. O estacionamento custa R$ 5. A feira vai até o dia 12 de outubro, no Parque de Exposições Ildefonso Simões Lopes, na avenida Fernando Osório.

Comente aqui
29 set08:02

Audiência pública apresenta novo mix do Mercado Público

A Comissão Especial Temporária do Mercado Público convida para a audiência pública que será realizada nesta quinta-feira(29), às 19h, na câmara municipal, para apresentação do Novo Mix do Mercado Público.

A comissão é composta pelos vereadores, Zequinha (PDT), Ivan Duarte (PT) e Beto da Z3 (PT), junto com as secretarias de Desenvolvimento Econômico, Turismo, Cultura, Serviços Urbanos e a Comissão dos Locatários.

O Novo Mix contará com posto da Guarda Municipal, as tradicionais docerias, espaço para gastronomia, espaço para comercialização da agricultura familiar, artesanato, peixarias, açougue e comércios variados que são característicos da cidade.

“O objetivo é tornar o Mercado Público um símbolo do que pode ser encontrado em Pelotas”, diz o vereador Beto da Z3.

Fonte: Assessoria de comunicação do vereador Beto da Z3

Comente aqui
16 set17:06

Unimed-Pelotas apresenta ao Executivo projeto de novo investimento

A direção da Unimed-Pelotas apresentou oficialmente ao prefeito Fetter Júnior e secretários municipais, o projeto “Pronto Atendimento Unimed Pelotas”, que será construído na zona norte da cidade.

O novo empreendimento  ficará situado no bairro Três Vendas, e terá área construída de 7.195 metros quadrados, fora estacionamento, num terreno de mais de 42 mil metros quadrados.

Conforme foi colocado, o investimento desta unidade de Pronto Atendimento e Radiodiagnóstico será de R$ 14 milhões, e serão gerados, inicialmente, cerca de 250 novos postos de trabalho diretos. Ainda, conforme o cronograma, as obras de edificação deverão ser iniciadas no início de 2012, para ser inaugurado no primeiro semestre de 2013. A direção da Unimed-Pelotas ainda expôs que o projeto visa qualificar o setor e atender a demanda crescente por saúde, além de incrementar investimentos na cidade, se somando aos grandes investimentos que Pelotas vem recebendo em diversos segmentos, como em educação.

O presidente da Unimed-Pelotas, José Milton Cunha Mirenda, relatou que atualmente cerca de 150 atendimentos, numa média mensal de quatro mil, são feitos ao dia pela unidade, e que com o novo empreendimento, o número tende a crescer. O prefeito assinalou que o número de atendimentos se assemelha ao que é realizado na Unidade Básica de Atendimento Imediato (UBAI- Navegantes), e destacou que a realização deste empreendimento, mesmo que de segmento privado, irá qualificar a cidade. 

Fonte: Ascom

Comente aqui