Obras

05 jan12:24

Prefeitura autoriza publicação de edital de dois novos projetos de saneamento básico

O governo municipal está investindo, apenas em saneamento básico, o equivalente a tudo o que a Prefeitura desembolsou em dez anos, em todas as áreas: cerca de R$ 90 milhões. A declaração é do prefeito Adolfo Antonio Fetter que, em cerimônia na tarde de ontem (4), no Paço Municipal, autorizou a publicação dos editais de dois importantes e abrangentes empreendimentos: a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Vila Farroupilha (Rodoviária) e o Coletor Geral (CG1), no Simões Lopes.

Estas obras integram o Programa Saneamento para Todos, da Prefeitura e, somadas, estão orçadas em R$ 7,2 milhões. Com a participação de líderes comunitários, empresariais e políticos, Fetter anunciou na cerimônia que o volume de recursos investidos no setor chega à casa dos R$ 87 milhões. Deste total, R$ 36,4 milhões destinam-se à coleta e ao tratamento de esgoto, R$ 45 milhões são aplicados em abastecimento e tratamento de água e R$ 6 milhões viabilizam a usina de triagem e compostagem de lixo.

- Em todo o País, atualmente, só existem três cidades com mais de 300 mil habitantes que obtiveram cem por cento de esgoto tratado. Pelotas será o quarto município, quando a ETE Novo Mundo, na Zona Norte, entrar em operações – afirmou o prefeito.

O Fragata será o primeiro bairro contemplado com abrangência total da rede de esgoto.

- Esta é uma homenagem ao ‘bairro-cidade’ e os seus mais de 100 mil habitantes. Serão aplicados R$ 11,4 milhões – disse o prefeito, ao destacar que as melhorias em saneamento não beneficiam apenas os moradores da localidade específica, mas toda a população de Pelotas.

No Sítio Floresta, por exemplo, a nova ETE vai ajudar a proteger o manancial da Barragem Santa Bárbara, que fornece a água consumida por metade do Município. A abertura dos envelopes desta licitação será realizada em fevereiro.

A outra alusão de Fetter, que beneficia os munícipes em geral, veranistas e turistas, é a praia do Laranjal, onde deverão ficar prontos 50 quilômetros da rede coletora, com investimentos de quase R$ 10 milhões.

O governo municipal confirmou ainda mais R$ 17 milhões com a União no final de 2010. Trata-se de recurso assegurado para execução do projeto, aprovado pelo Ministério das Cidades, de construção da estação de tratamento de esgoto Novo Mundo, na Zona Norte.

- Um coletor de ponta a ponta na avenida Fernando Osório está previsto com o fim de não deixarmos uma residência sequer sem o provimento do serviço – antecipou Fetter.


O que prevê o Programa Saneamento para Todos


• LARANJAL (2400 residências):

1) Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e 15 quilômetros de rede coletora (já executados). Valor: R$ 5 milhões

2) Construção de 35 quilômetros de rede coletora (em execução). Valor: R$ 4,5 milhões. Previsão de término: novembro de 2011


• ZONA NORTE

1) SÍTIO FLORESTA (5 mil moradias e toda a população com a preservação do manancial da Barragem Santa Bárbara): Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e 12,8 quilômetros de rede coletora. Licitação em andamento e verba de mais de R$ 3 milhões garantida.

2) NOVO MUNDO: Estação de tratamento de Esgoto (ETE) e coletor geral nas Três Vendas, sobretudo em toda a extensão da avenida Fernando Osório. Valor: R$ 17 milhões.


• BAIRRO FRAGATA (R$ 11,4 milhões):

1) ETE VILA FARROUPILHA OU RODOVIÁRIA (45 mil famílias): Tratamento preliminar dos resíduos, reatores anaeróbios, reforma e aproveitamento da lagoa de decantação para polimento dos efluentes. A obra visa à conclusão do sistema de coleta do Fragata-Norte – à direita da avenida Duque de Caxias, sentido Centro-bairro – e vai beneficiar áreas como Vila Farroupilha, Guabiroba, Vila Gottuzo, Virgílio Costa, avenida Cidade de Lisboa.

2) COLETOR GERAL (CG1) SIMÕES LOPES (30 mil moradores): Interceptação das redes coletoras implantadas na região, conduzindo o esgoto até a futura ETE, a ser construída também neste bairro. Atualmente, os efluentes são jogados em galerias e sangas. Mais saúde e qualidade de vida à população do Simões Lopes, São Francisco, Vila Verona e a população em geral à esquerda da avenida Duque da Caxias, sentido Centro-bairro.

3) ETE SIMÕES LOPES – FRAGATA SUL: O edital da concorrência pública e a aquisição da área para construção estão em fases finais de conclusão. Planejada para as proximidades da ponte do Canal São Gonçalo, no final da avenida Viscondessa da Graça, a estação terá coletores e interceptores de esgoto, estações elevatórias, reatores anaeróbios, filtros biológicos, decantadores, entre outros. As metas são a conclusão do sistema de coleta da região denominada Fragata Sul, a construção do interceptor CG1 e o tratamento do efluente.


• ETE CENTRO: Edital em elaboração e R$ 3 milhões garantidos para tratamento de todo o esgoto do Centro, em acréscimo à execução atual da coleta.


• REDE DE ESGOTOS DO NAVEGANTES (770 residências): Novas instalações de esgotos e eliminação de todas as valetas nos Navegantes I, II e III. Obras em andamento por meio de parceria entre a Prefeitura e a empresa de transportes Expresso Embaixador. Valor: R$ 1 milhão.


• USINA DE TRIAGEM E COMPOSTAGEM DE LIXO (R$ 6,1 milhões): Contratada, em regime de concorrência pública, a empresa Serviços Técnicos de Engenharia (STE) para concepção do projeto executivo. Será erguida em área próxima ao entroncamento das BRs 116 e 392 e gerará 200 empregos diretos a catadores e papeleiros, e o processamento de cerca de 150 toneladas de lixo por dia. Reciclado o resíduo e preparado o composto orgânico, os detritos não aproveitáveis passarão pelo processo de prensagem, a fim de diminuir a quantia restante de dejetos. A iniciativa deverá diminuir em 50% o volume colocado no aterro sanitário.


Comente aqui
04 jan17:48

Começam as obras de instalação do esgoto no Navegantes

As equipes do Departamento de Esgoto do Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas (Sanep) começaram na manhã desta terça-feira (04) as primeiras movimentações para a instalação das redes de esgoto domiciliar às redes no bairro Navegantes. A intervenção é resultado de uma parceria entre a autarquia e a empresa Fonseca Júnior e vai possibilitar o atendimento de cerca de 50 residências, nesta primeira etapa. Serão cerca de 770 residências atendidas, com um investimento orçado em R$ 1 milhão em saneamento, entre material e mão-de-obra.

A casa de número 524, no Passeio 02, do bairro Navegantes I, foi a primeira a receber as tubulações em um conglomerado de quatro quarteirões que englobam ainda parte da avenida Arthur de Souza Costa, rua Carlos kramer do Amaral, Passeio 01 e lado ímpar da rua Darcy Vargas. Nas residências estão sendo colocados os encanamentos de 100 milímetros para ligação com a rede coletora da rua. Também será feita a colocação de caixas de gordura e caixas de visita.


Chamado à comunidade

Todas as residências da área mapeada que ainda não possuem rede de esgoto poderão ser contempladas. O problema é que muitas receberam as visitas dos fiscais do Sanep e não atenderam às notificações. “Reforçamos para que os moradores destas ruas que ainda não responderam aos chamados para que procurem a fiscalização do Sanep para aderirem ao projeto”, informou o diretor-presidente da autarquia, Ubiratan Anselmo, frisando que não há custo nenhum ao morador, já que o material interno é doado pela Empresa e o externo e a mão-de-obra são do Sanep, conforme ficou acordado pela parceria.


O Projeto

A proposta de expansão das redes domiciliares de esgoto no Navegantes foi lançada durante as comemorações alusivas aos 50 anos da empresa Fonseca Júnior. Na ocasião, em maio de 2010, foi assinada uma parceria entre o presidente da empresa, Paulo Roberto Fonseca, e o prefeito Adolfo Antonio Fetter. A iniciativa vai proporcionar a ampliação da rede de esgotos e a eliminação de valetas, separando as águas pluviais das cloacais, no Navegantes I, II e III.


2 comentários
04 jan12:04

Morador propõe transformação do banheiro do Laranjal em posto policial

Luciano Figueiredo da Rocha, Leitor-Colaborador

Sou morador do Laranjal e convivo com as belezas e com os problemas da praia. Um exemplo é a situação do banheiro que começou a ser erguido na orla do balneário.

Concordo com os argumentos de quem pediu o embargo da obra: o abandono que certamente seria acometido no inverno, a sujeira que este banheiro ficaria durante a maioria do tempo, fora questões ambientais. Porém, com o embargo, ficaram aquelas partes de paredes erguidas na areia, poluindo o visual da nossa bela praia.

Tenho comentado com algumas pessoas, inclusive com algumas favoráveis ao embargo, e tenho uma sugestão que, na minha opinião, rersolveria dois problemas ao mesmo tempo: Minha ideia é que seja reformulada a obra, construindo-se no local um posto policial permanente na beira da praia, pois o atual posto da Brigada Militar fica longe e, para muitos turistas, em local difícil de encontrar.

Tenho encontrado nos outros moradores do Laranjal manifestações de apoio à esta ideia, que resolveria o problema do “elefante branco” nas areias da praia e da falta de segurança no local.

6 comentários
31 dez07:10

Prefeitura recebe sugestões para qualificar a avenida Fernando Osório

Conforme anunciado pela Prefeitura na audiência pública realizada neste mês para debater a qualificação da avenida Fernando Osório, a comunidade tem até o dia 8 de janeiro do próximo ano para apresentar sugestões e conhecer mais detalhes do projeto executivo. A discussão com a população ocorreu no dia 8 de dezembro passado, na Sociedade Recreativa 15 de Julho, com o pronunciamento do prefeito Adolfo Antonio Fetter e esclarecimentos técnicos do coordenador geral da Unidade Gerenciadora de Projetos (UGP), Jair Seidel.

- Interessados em ver o planejamento e reivindicar benfeitorias podem se dirigir à Unidade e procurar nossa equipe – informa o coordenador-adjunto, Raul Odone.

A oportunidade foi estendida a outros moradores que não puderam participar da reunião na Zona Norte. Um dos principais pleitos do setor empresarial, segundo ele, diz respeito ao acesso dos caminhões às garagens, que será facilitado com a implantação de 12 rótulas em toda a extensão da via.

A Fernando Osório será contemplada também com melhoria em asfalto dos pontos mais críticos do pavimento, alargamento da via, implantação de meios-fios, ciclovia, reconstrução do canteiro central, arborização e redução do número de retornos. Elaborado pela Incorp, contratada pela administração em regime de concorrência pública, o projeto inclui mobiliário urbano novo, drenagem, sinalizações vertical, horizontal e turística, 30 travessias, iluminação especial e redefinição do tráfego.

O lançamento do edital do empreendimento do Projeto Pelotas Polo do Sul está previsto para fevereiro de 2011.

- Esta é a primeira iniciativa, do lote novo de cinco projetos de qualificação de grandes vias, a ser apresentada à população. Vamos ultrapassar 90 quilômetros de pavimentação com as ações nas avenidas Salgado Filho, Leopoldo Brod, 25 de Julho e Domingos de Almeida – anunciou o prefeito Adolfo Antonio Fetter.

De acordo com o planejamento estratégico de governo, rubricado pelo chefe do Executivo, estas vias se tornarão canteiros de obras em 2011, somando-se a outras grandes avenidas recuperadas: Juscelino Kubitschek de Oliveira, Ferreira Viana, Doutor Antônio Augusto de Assumpção e Bento Gonçalves (prolongamento).

A participação de moradores, representantes de associações de bairros, empreendedores e trabalhadores da Zona Norte – afirma o coordenador da Unidade – justifica-se pelo fato da Fernando Osório demandar um plano de grande complexidade e necessitar de várias alterações em todo o seu percurso.

- Além de ser uma via importante na conexão entre bairros e a região, bem como na entrada e saída da cidade. Pelotas terá um novo cartão postal – conclui Seidel.

Comente aqui
28 dez14:21

Começa obra de redução de rótula na Ferreira Viana

Começou hoje (28) pela manhã a obra de redefinição do traçado central da rótula do entroncamento da Avenida Ferreira Viana com a Avenida República. O início dos trabalhos foi acompanhado pelo secretário de Segurança, Transporte e Trânsito (SSTT), Jacques Reydams.

Conforme Reydams, está sendo feita a marcação para a retificação do anel central da rótula, no sentido bairro centro: o anel central será diminuído e a pista de rolagem ampliada.

- Mesmo tendo as medidas que obedecem aos critérios do Código de Trânsito Brasileiro, estamos executando essa alteração para ampliar em um metro a via carroçável e aumentar a sensação e a visualização de que é possível trafegar dois veículos em paralelo na rótula – explicou.

Ele ainda fez questão de frisar que todas as rótulas estão dentro dos critérios técnicos exigidos e que os espaçamentos entre elas atende aos moradores e à segurança.

- A distância de 500 metros entre as rótulas tem como função atender aos moradores das imediações que precisam fazer os retornos de acesso às ruas perpendiculares à avenida Ferreira Viana. Além disso, favorece a segurança já que força a redução da velocidade – analisou o secretário.

Além desta intervenção, o departamento de Sinalização e Manutenção retomou a recuperação da sinalização viária horizontal e vertical nos acessos ao Laranjal para aumentar ainda mais a percepção dos motoristas que trafegam nos sentidos centro/bairro e bairro/centro. As ações começaram pela Adolfo Fetter, na manhã desta terça-feira e culminarão na nova intervenção que está sendo executada na Ferreira Viana.


2 comentários
27 dez17:38

Prefeitura decide reduzir rótula na Ferreira Viana

A Prefeitura anunciou que a rótula da avenida Ferreira Viana no entroncamento com a avenida da República terá seu diâmetro reduzido em cerca de um metro para aumentar a área de passagem dos veículos. A ação fará parte de um conjunto de obras e ações desenvolvidas ao longo dos dois sentidos da avenida recém-duplicada para dar mais segurança, melhorar o fluxo do tráfego, prevenir acidentes e melhorar o escoamento de água em pontos onde foram constatados alagamentos após a chuva da última sexta-feira (24).

>> Leia também: Problema foi percebido por motoristas logo após a duplicação.

A informação é do secretário municipal de Governo, Abel Dourado, que se reuniu na manhã desta segunda-feira (27), por determinação do prefeito Adolfo Antonio Fetter, com os secretários João Tavares, de Obras, Luiz Carlos Villar, de Serviços Urbanos, Jacques Reydams, de Segurança, Transporte e Trânsito, o engenheiro da Unidade Gerenciadora de Projetos (UGP), Raul Odone e com o diretor-presidente do Sanep, Ubiratan Anselmo, a fim de discutir providências imediatas, antes mesmo de se iniciar a construção de dez novas bocas de lobo, entre outras pequenas obras que ainda serão concluídas.


Segundo Dourado, na reunião ficou definido que de imediato serão recuperados os contornos parcialmente destruídos por veículos, será reforçada a sinalização e reduzida em cerca de um metro o diâmetro da rótula com a Avenida da República. Próximo ao Umuharama, serão desobstruídas as tubulações e examinadas possíveis obstruções no canal, o que pode ter resultado em alagamento naquela área. Nas cercanias da rótula com a rua Rafael Mazza (Rua das Traíras), emergencialmente serão feitas pequenas obras no meio-fio para permitir o escoamento da água.

- Essas ações visam de forma emergencial impedir novos alagamentos, pois a previsão é de chuva para a próxima sexta-feira, assim como melhorar as condições e trafegabilidade das duas pistas, considerando o grande movimento de veículos previsto para o dia 31, com a festa de reveillon no Laranjal – ressalta o secretário.

Dourado disse ainda que a Prefeitura está acompanhando todos os desdobramentos e possíveis problemas apresentados após a duplicação da Ferreira Viana, e que era preciso primeiro constatar como se comportaria na prática o trânsito nas duas mãos da avenida, para aí sim tomar as providências cabíveis.

2 comentários
25 dez15:53

Crianças do bairro Três Vendas ganham praça de presente

A Secretaria de Serviços Urbanos entregou na manhã da véspera de Natal (24) uma nova praça à comunidade do bairro Três Vendas, localizada na Rua Otto Pommerenning.

A requalificação do espaço público partiu de um pedido muito especial: uma moradora de apenas 11 anos de idade havia escrito uma carta pedindo a nova praça como forma de realização de seu sonho de Natal. A área com brinquedos foi entregue pelo secretário de Serviços Urbanos, Luis Carlos Villar, e servidores da Prefeitura que trabalharam diretamente nas obras.

Para Duda, que escreveu a carta, a entrega simbólica foi emocionante.

- Eu e meus amigos costumamos brincar neste espaço. É nosso ponto de encontro em época de férias escolares e por isso escrevi  - disse ela, justificando o pedido atendido.


Comente aqui
25 dez15:25

Obra de contenção da voçoroca começa segunda-feira

As obras do projeto de Drenagem e Combate à Erosão no Balneário dos Prazeres, elaborado pelo Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas (Sanep) estão com a ordem de serviço liberada para o começo das atividades a partir da próxima segunda-feira (27). As primeiras ações vão se concentrar na limpeza e preparação da área junto à ponte do Arroio Totó, por onde as obras serão iniciadas.

Para coibir o avanço da erosão, também chamada de voçoroca, na esquina da avenida Bahia com Minas Gerais, as obras vão dar conta de disciplinar a fluidez das águas pluviais, pela avenida Piauí, Alagoas e depois pela estrada de acesso ao arroio Totó e à Colônia Z-3, por meio de canais. Na curva que desce para o arroio, local por onde começam os trabalhos, será construída uma galeria pluvial tubular em concreto armado que conduzirá a água rumo ao meio natural.

- A metodologia empregada vai ser começar essa estrutura pelo final, porque se tivermos um trecho já encaminhado e chover a parte construída já servirá para a condução – explicou o engenheiro autor do projeto, Cláudio Adir de Sousa.

A obra está orçada em R$ 129.725,00 e o prazo de execução é de dois meses.


O que é a Voçoroca?

A voçoroca é um fenômeno geológico que resulta em grandes erosões originadas pelas águas da chuva, em solos cuja vegetação é escassa. No caso do Balneário dos Prazeres, a depressão avança entre a orla e terrenos à margem da avenida Minas Gerais, em uma distância de aproximadamente 80 metros.


Comente aqui
23 dez11:14

Governo federal atrasa repasse de recursos das obras do Mercado

A falta de pagamento do governo federal, por meio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), está preocupando a Prefeitura e impedindo o andamento normal das obras do Mercado Público. Segundo o secretário de Cultura Mogar Xavier, desde outubro o Município não recebe o repasse do Programa Monumenta, e o montante devido pode chegar a R$ 500 mil até o fim do ano. Ainda segundo ele, a contrapartida da Prefeitura está rigorosamente em dia.

- O atraso está nos causando dificuldades no cronograma de obras tanto do Mercado quanto do Grande Hotel – disse Mogar.

De acordo com a Prefeitura, o governo federal estaria atrasando também outros repasses obrigatórios, inclusive do convênio do Sistema Único de Saúde (SUS), o que levou o prefeito Adolfo Antonio Fetter a utilizar recursos próprios do Município para pagar os hospitais conveniados em dezembro, cobrindo a falha do Ministério da Saúde.

A expectativa é que o governo federal coloque as contas em dia até o dia 31 de dezembro.

Em vista do atraso no cronograma de obras, ocasionado pelo falta de repasse de verbas federais, a Prefeitura prorrogou o aluguel das bancas da travessa Conde de Piratini por mais seis meses, até que a reforma total do Mercado seja concluída e iniciada as obras do Shopping Popular.

- Tínhamos outras duas opções para colocar os comerciantes instalados na Conde de Piratini, que na prática se mostraram inviáveis e optamos por continuar no mesmo local, considerando que os comerciantes estão bem instalados, apesar de provisoriamente, e satisfeitos com essa alternativa – diz o secretário municipal de Serviços Urbanos, Luiz Carlos Villar. Ele destaca que também não há problemas com os comerciantes e prestadores de serviços instalados no térreo do Shopping Praça XV.

Quanto às peixarias, conforme Villar, elas não serão removidas do Mercado enquanto não for resolvida a questão do atraso de verbas para as obras. Ele explica que quando for necessário para dar andamento do trabalho de recuperação do Mercado, os comerciantes poderão ser deslocados para a rua Tiradentes com Andrade Neves, local considerado adequado para receber as peixarias, embora de maneira provisória.


Comente aqui
16 dez13:17

Ministro dos Transportes vistoria duplicação da BR-392 entre Rio Grande e Pelotas

Guilherme Mazui, Zero Hora

Em visita ao Estado para inspeção de obras federais, o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, passou por Rio Grande e Pelotas, na manhã desta quinta-feira. Ele acompanhou o andamento das obras de duplicação da BR-392, entre as duas cidades. Após, seguiu para a Região Metropolitana, para avaliar a Rodovia do Parque (BR-448).

Acompanhado do diretor de Infraestrutura Rodoviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Hideraldo Luiz Caron, o ministro confirmou o começo da pavimentação dos lotes 2 e 3 em 10 de janeiro. Na inspeção, Passos encontrou uma estrada com 27km de terraplenagem concluídos, após 11 meses de trabalho. No lote 2, há 4km com a base de pavimento pronta.

Incluída no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a duplicação da BR-392 custará R$ 1,6 bilhão. Somente os lotes 2 e 3 consomem R$ 280 milhões. Já o lote 1, no contorno de Pelotas, está em fase de licitação, enquanto o lote 4, no Porto de Rio Grande, deve ter o projeto finalizado em abril do próximo ano.

— A obra está em bom ritmo. Como é do PAC, não possui restrições econômicas e orçamentárias. Avança pela competência dos executantes — elogiou.

Durante coletiva, o ministro comentou a devolução de trechos do Polo Rodoviário de Pelotas à União. A Ecosul, concessionária que detém o contrato, repassaria os pontos entre Pelotas e Jaguarão (BR-116) e Pelotas e Bagé (BR-293). Em troca, baixaria a tarifa do pedágio, atualmente em R$ 7,20 para carros de passeio.

— O estudo da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) está em fase final. A definição deve sair no começo do ano — informou Passos, que será substituído no Ministério dos Transportes pelo senador Alfredo Nascimento.

ZERO HORA

Comente aqui