Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O que o Governo de Santa Catarina fará para suprir a falta de professores?

27 de setembro de 2012 Comentários desativados

Perguntas:

Sou estudante do 3º ano do Ensino Médio e tenho professores que já me informaram que no estado de Santa Catarina, quando esgotam-se os candidatos ao cargo de professor das escolas estaduais, são aceitos candidatos sem formação nenhuma para dar aula. Isso é ou não é um descaso do Governo com a educação do estado?

É inaceitável que pessoas sem formação nenhuma possam ministrar aulas para alunos de qualquer nível de escolaridade. É uma forma absurda de cobrir a falta de profissionais da área, algo que acontece devido ao não pagamento de salário acordado entre o governo e os professores.

De Gabriel

Como podemos pensar em qualidade para o Ensino Médio se, por exemplo, a maior escola do estado, o Instituto Estadual de Educação esta sem professor de Inglês para o terceiro ano do Ensino Médio há vários meses? Hoje por exemplo só teria uma aula de Matemática e duas de Educação Física. Como fica o encaminhamento para o mercado de trabalho se mal os alunos estão tendo aula? Como pode um professor na maior boa vontade adiantar aulas, dar aula em duas turmas ao mesmo tempo, para que os alunos não fiquem horas esperando por professores que não estão lá para dar aula?

A Escola Estadual Leonor de Barros, está sem vários professores para a oitava série. Estão repetindo notas de outros bimestre para suprir o boletim vazio de notas. Não há professores de Inglês, Artes, Ensino Religioso, entre outros.

É bonito falar em notas de aproveitamento, mas é preciso avaliar o próprio processo de avaliação que o governo está fazendo perante a educação estadual de Santa Catarina.

De Tatiana Ramos Amorim Cabral

Resposta:

A Secretaria de Estado da Educação tem procurado promover estratégias de gestão que proporcione a todas as escolas da rede apresentar uma relação matrícula/professor adequada, resultante de um planejamento que tenha por objetivo manter o quadro de professores das Unidades Escolares completo. Evitando prejuízos ao aprendizado dos alunos, garantindo boas condições de trabalho ao professor e suprindo as necessidades pedagógicas das diversas faixas etárias.

Seguem, abaixo, algumas das medidas tomadas no sentido de manter o quadro de professores das Unidades Escolares completo e com profissionais qualificados:

* Concurso público de remoção e lotação para o cargo de professor;

* Concurso público de ingresso para o cargo de professor;

* Processo seletivo para admissão de professores com contrato temporário ACTs;

* Garantir a permanência de regras claras e definidas para o estágio probatório de professores e demais profissionais da educação, divulgando as mesmas para conhecimento e compreensão. Aproveitar este momento para complementar a formação do professor, orientar a prática docente e acompanhar o seu desenvolvimento.

* Está em estudo a criação de um programa de avaliação de desempenho institucional específico para a Rede Estadual de Santa Catarina, elaborado por segmentos, com a participação de todos os envolvidos no processo educacional, buscando o aperfeiçoamento, a valorização, a qualificação, a motivação e o comprometimento com as responsabilidades inerentes à área educacional.

Por Secretaria Estadual da Educação de Santa Catarina


Notícia: Mais de 37 mil inscritos no concurso público para magistério da rede estadual de SC farão prova no domingo

Não é possível comentar.