Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Croácia: com pitada de Real, Barça e Juve no time, meta é repetir histórica campanha de 98

21 de abril de 2017 0

Um dos pontos fortes da Croácia na luta por uma vaga na Copa do Mundo 2018 é a presença de diversos jogadores de qualidade que encantam em grandes clubes europeus.

Com atletas como Rakitic (Barcelona), Modric (Barcelona) e Mandzukic (Juventus) no meio-campo e no ataque, o time croata está em primeiro lugar no Grupo I, das Eliminatórias da Europa, com quatro vitórias e um empate.

Seleção da Croácia tem vários meias e atacante talentosos. Foto: Divulgação / HNS

Seleção da Croácia tem vários meias e atacante talentosos. Foto: Divulgação / HNS

Legião de talentos.

Os destaques do Real e do Barça atuam pela seleção da Croácia em funções diferentes da que executam nos seus clubes.

Luka Modric joga no time croata de forma mais recuada, como um volante que dá qualidade á saída de bola.

Já Ivan Rakitic atua como uma meia-atacante centralizado bastante ofensivo, com a missão de invadir a área adversária.

Mandzukic, por sua vez, exerce o mesmo papel que vem fazendo com maestria na Juventus. Centroavante de origem, ele vem jogando aberto pelo lado esquerdo, conciliando a recomposição defensiva com as tarefas ofensivas.

O grupo croata ainda conta o meia da Inter de Milão, Ivan Perisic, pretendido pelo Manchester United, e o atacante Kalinic, que faz excelente temporada pela Fiorentina.

O volante Kovacic, também do Real Madrid, é reserva, pois o treinador prefere escalar no meio, ao lado de Modric, o volante Milan Badelj, também da Firorentina, que é mais forte na marcação.

Mandzukic (Juventus) e Perisic (Internazionale) são alguns dos principais nomes da Croácia. Foto: Divulgação / HNS

Mandzukic (Juventus) e Perisic (Internazionale) são alguns dos principais nomes da Croácia. Foto: Divulgação / HNS

Um treinador experiente e estudioso

O técnico croata Ante Cacic, 63 anos, é pouco conhecido no futebol mundial.

Na região dos Balcãs, no entanto, é bastante renomado pelos trabalhos que faz desde os anos 80 nos times locais com destaque para o Dinamo Zagreb, da Croácia, e o Maribor, da Eslovênia.

Cacic nunca foi jogador de futebol e nunca trabalhou como técnico fora da região da antiga Iugoslávia.

No entanto, uma das suas virtudes é buscar permanentemente se qualificar no futebol, já tendo completado todos os níveis do curso de treinador da Uefa.

A Croácia joga em um esquema 4-2-3-1.

Na vitória contra a Ucrânia, por 1 a 0, em março, pelas Eliminatórias, a equipe atuou com: Subasic; Jedvaj, Vida, Mitrovic e Pivaric; Modric e Badelj; Brozovic, Rakitic e Mandzukic; Kalinic.

A meta principal é repetir a histórica campanha da Copa do Mundo de 1998, na França, quando o time liderado pelo centroavante Davor Suker conquistou o terceiro lugar.

Comments

comments

Envie seu Comentário