Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Otto Glória, o técnico brasileiro de maior sucesso em Portugal

05 de junho de 2013 2

Otto levou a seleção portuguesa a terceira colocação no Mundial de 1966

Depois de ser demitido da Seleção Brasileira o técnico Mano Menezes sumiu. Seu nome é especulado a cada demissão de técnico de time grande, mas desta vez o treinador é cotado para assumir o Porto, de Portugal. Segundo o jornal “A Bola”, o brasileiro é o favorito do presidente Pinto da Costa para ocupar o cargo que será deixado por Vítor Pereira, que não deverá ter seu contrato renovado apesar de ter conquistado o bicampeonato nacional em suas duas temporadas à frente da equipe.

Essa não é a primeira vez que um técnico brasileiro é lembrado em Portugal. Ninguém esquece Felipão que foi técnico da seleção portuguesa e que conquistou o vice da Eurocopa e a quarta colocação na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha. Porém o brasileiro de maior sucesso em terras portuguesas foi o carioca Otto Glória.

Otto começou sua carreira de sucesso no Botafogo e depois de passar pelo Vasco o técnico foi contratado pelo Benfica. Otto Glória foi responsável por uma transformação no clube e ajudou a fundar um centro de treinamento, além de buscar novos talentos para o time. De 1954 a 1959 os encarnados conquistaram três Taças de Portugal e dois títulos nacionais. Depois de cinco anos no comando do Benfica Otto assume o Belenenses e conquista a Taça de Portugal na temporada de 1959/1960.

Foto: Arquivo

Depois de uma breve passagem pelo Sporting Lisboa, o técnico se aventura na França e ajuda o Olympique de Marselha a subir para a primeira divisão. Em 1968, retornou ao Benfica para mais dois anos de conquistas. Com dois títulos nacionais, duas Talas de Portugal e o vice-campeonato da Liga dos Campeões de 1968, sendo derrotado na final pelo Manchester United de Bobby Chalrton e George Best.

Seleção portuguesa, a glória de Otto

O melhor trabalho do treinador carioca foi na seleção portuguesa. Na Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra, o time liderado por Eusébio surpreendeu o mundo ao desclassificar o Brasil, então bicampeão mundial.

Os portugueses venceram o Brasil por 3 a 1 e se classificaram para a próxima fase. Derrotando a Coréia do Norte e parando apenas na Inglaterra, anfitriã e campeã da edição de 66 do Mundial. Mesmo derrota Otto Glória conseguiu levar seu time a terceira colocação, ao derrotar a União Soviética de Lev Yashin por 2 a 1.

Comentários (2)

  • Nuno diz: 10 de junho de 2013

    Parabéns!Sou sobrinho deste Bestial técnico e achei sua matéria bem legal.Vale lembrar que é um resumo,pois suas Glórias te dariam muitas páginas de trabalho.Valeu a lembrança,abraços.

Envie seu Comentário