Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Catarinão, o estádio de 55 mil pessoas que nunca saiu do papel em Florianópolis

13 de junho de 2013 6

Maquete do Catarinão. Foto: Reprodução/Almanaque do Futebol Catarinense

A Copa das Confederações começa no próximo sábado no Estádio Mané Garrincha em Brasília com a partida Brasil x Japão. Estamos a 364 dias dos inícios da Copa do Mundo e muito dinheiro foi investido para reformas e construções de novos estádios. Santa Catarina não quer ficar de fora do Mundial como vimos nas páginas e no site do Diário Catarinenses ontem.

Dos estádios da Copa do Mundo seis ainda não estão prontos e o prazo está fechando ao fim, até dezembro tudo deve estar terminado. O Mano Garrincha por exemplo custou 1.3 bilhões de reais. SC também sonhou com projetos grandiosos, muito antes de uma Copa do Mundo. No dia 29 de maio de 1969 o jornal O Estado publicou um reportagem que mostrava o projeto da Federação Catarinense de Futebol para construir o Catarinão, o estádio de Santa Catarina.

Para a construção do estádio estadual o governador Ivo Silveira prometeu 2 bilhões de cruzeiros para o inícios das obras em uma área de 150 mil metros quadrados nas imediações da Universidade Federal de Santa Catarina.

O Catarinão teria 55 mil lugares, seria iluminado por quatro postes com 43 metros de altura e 12 refletores cada e teria estacionamento com 3 mil vagas de estacionamento. Além disso teria uma pista de atletismo, 127 banheiros e 20 cabines para emissoras de rádio e televisão.

Obviamente que o projeto nunca saiu do papel e Santa Catarina nunca teve um estádio estadual.

Comentários (6)

  • Renato Alvinegro diz: 13 de junho de 2013

    Sabes porque que este projeto nunca saiu do papel ?? Só pelo fato de não termos uma federação !! Temos um prédio em Balneário Camboriu que é comandando pelo Hugo Chaves Brasileiro ( só sai de lá morto )…Vc conhece ?? É um Sr. barbudo, que só aparece em final de campeonato para entregar taça, com um ar boçal e dando mal exemplo fumando chaluto….Identificou ??… É este mesmo , Sr. Delfim de Padua Peixoto….O Homem que não fez e nunca vai fazer nada pelo futebol catarinense, só para seus interesses próprios….

  • Pedro diz: 14 de junho de 2013

    Iria ser o maior desperdicio de dinheiro construir um estadio ” estadual ” em Florianopolis, afinal, quem tem tradicao no futebol e a maior torcida é o interior

  • Elias FIGUEIRA diz: 1 de agosto de 2013

    Vamos mobilizar minha gente, os Presidente de FIGUEIRESE e AVAI, querem fazer um campo para os dois clubes da capital, sinceramente isso não vai dar certo. Se isso acontecer não ponho meus pés nesse CAMPO, vamos se mobilizar torcedores fora “WILFREDO.” ARENA ÚNICA ME AGRADAS…DEIXA O ESTADIO DO FIGUEIRA NO MESMO LUGAR, O MAIOR PATRIMÔNIO DO FIGUEIRA E AS TORCIDAS E ESTÁDIO, VCS DIRETORES ESTÃO DE PASSAGENS…

  • Elias FIGUEIRA diz: 1 de agosto de 2013

    Isso e piada de mal gosto, O FIGUEIRENSE esta muito bem instalado no estreito sim, ninguém misturar torcida nenhuma, e pra dar rolo, essas DIRETORIA que a viola poe no meio das perna e vão embora…

  • Ângelo diz: 1 de agosto de 2013

    Só o que falta é os clubes pedirem dinheiro para o poder público para a construção. E claro os governantes aceitarem.
    Florianópolis é uma vergonha, se vangloriam por serem campões do JASC e se quer tem um complexo esportivo digno para que seus atletas treinem.
    Será mesmo que é necessário o governo liberar dinheiro para isso, será que as duas equipes não conseguem arrecadar o dinheiro para a construção.
    Quando da Disputa para a Copa as duas equipes tentaram se candidatar e falaram que teriam dinheiro privado para construir, bora lá atrás desse dinheiro.

  • Elias FIGUEIRA diz: 2 de agosto de 2013

    Vai te catar Pedro dizer que o interior tem mais torcida do que a capital sai dai vai te criar, naum se sabe quem tem mais torcida seu recalcado…

Envie seu Comentário