Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Evo Morales, o presidente mais boleiro do mundo

29 de julho de 2013 2

Evo em ação. Foto: Presidência da Bolívia/05.07.2010/Divulgação

“Evo Morales é o melhor jogador de futebol entre os presidentes do mundo”, declarou o presidente do Banco Mundial, o coreano Jim Yong Kim. E ele pode estar certo, afinal o presidente da Bolívia é atualmente o líder mais boleiro de todo o mundo.

É normal ver Evo Morales em campos espalhados pela Bolívia. Peladeiro, ele gosta de usar a camisa 10, mesmo número de Carlos Aragonés usava no Bolívar e em algumas partidas da seleção boliviana. O meio-de-campo que fez muito sucesso em seu país, e que passou por Palmeiras e Coritiba nos anos 1980, é um dos ídolos do futebol do presidente boliviano.

E foi no futebol, aos 13 anos, que Evo Morales organizou alguma coisa pela primeira vez na sua vida: a equipe de futebol de sua comunidade. O time se chamava Fraternidade e Morales era o capitão.

Na época, a família do presidente morava em Oruro e para manter a equipe o jovem meio-campo do Fraternidade vendia a lã de lhamas para comprar bolas e as camisas da equipe.

Evo Morales tentou ser jogador de futebol. Em seu time de coração, o San José de Oruro, o presidente fez um teste nas categorias de base. Porém não conseguiu passar.

No dia 6 de julho, o presidente do Banco Mundial, o coreano Jim Yong Kim, esteve na Bolívia e em um ato público em Cochabamba declarou:

- Tive a oportunidade de jogar um pouco com o presidente e posso dizer sem nenhuma dúvida que o presidente Evo Morales é o melhor jogador de futebol entre os chefes de Estado de todo o mundo. Muito impressionante senhor presidente – disse o coreano.

Nos vídeo espalhados pela internet, nas poucas imagens de Evo jogando dá para perceber um bom domínio da bola, mas vamos concordar que é muito mais fácil ser artilheiro de pelada quando você é o presidente do país.

Rivalidade em campo

Em 2010, o presidente Evo Morales levou ao terreno do futebol a rivalidade que enfrentava com seus ex-aliados políticos do partido Movimento Sem Medo (MSM). Durante uma pelada em La Paz, por conta da inauguração de uma quadra de grama sintética no centro da cidade, Morales cometeu uma falta grave em um ex-aliado.

No início da partida, um jogador pisou no pé do presidente. Em seguida, Morales não pensou duas vezes e deu uma joelhada no jogador em uma área, digamos, delicada. Apesar disso, a pelada terminou com um empate de 4 a 4, com um gol do presidente boliviano. Que seguiu em campo e não foi expulso.

Comentários (2)

  • Ponderado diz: 29 de julho de 2013

    RIDÌCULO e daí para o resto é fácil entender. O juiz não o expulsou e também contribui para entender o resto. E o resto é …o resto, campo de atuação do Evo. RSRSRSRSRSRSRSRSRSRS! Pensei que morria antes de ver isto, mas acabei vendo!

  • Fernando diz: 29 de julho de 2013

    Se jogasse no Avai, não faria muita diferença entre os atuais do clube, só tem peladeiro ultimamente.

Envie seu Comentário